Cartografia E Fusos

13,552 views

Published on

Published in: Education, Technology
3 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
  • Um slide tão bom que poderia ajudar tantos professores... Bloqueado para download! =(
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Por gentiliza,mandem no meu e-mail
    aldejane_123@hotmail.com

    Muito obrigada...
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • olá! gostaria de receber esse material no meu email (judutra85@yahoo.com.br) obrigada!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
13,552
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,671
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
3
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cartografia E Fusos

  1. 1. GEOGRAFIA PROFESSOR AROLDO TAVARES
  2. 2. ROSA DOS VENTOS: <ul><li>Pontos Cardeais: </li></ul><ul><li>E : Este ou Leste; </li></ul><ul><li>N : Norte; </li></ul><ul><li>O : Oeste; </li></ul><ul><li>S : Sul; </li></ul><ul><li>Pontos colaterais: </li></ul><ul><li>NE : Nordeste; </li></ul><ul><li>NO : Noroeste; </li></ul><ul><li>SE : Sudeste; </li></ul><ul><li>SO : Sudoeste; </li></ul><ul><li>Pontos sub-colaterais: </li></ul><ul><li>NNE : Nor-nordeste; </li></ul><ul><li>ENE : Lés-nordeste; </li></ul><ul><li>ESE : Lés-sudeste; </li></ul><ul><li>SSE : Sul-sudeste; </li></ul><ul><li>SSO : Sul-sudoeste; </li></ul><ul><li>OSO : Oés-sudoeste; </li></ul><ul><li>ONO : Oés-noroeste e </li></ul><ul><li>NNO : Nor-noroeste </li></ul>
  3. 3. LATITUDE x LONGITUDE
  4. 4. ZONAS CLIMÁTICAS
  5. 5. Importância da Representação Espacial
  6. 6. Definição: “ A cartografia é a ciência e a arte da representação gráfica da superfície terrestre” Representação no PLANO (mapas) Os mapas são fundamentais para a representação total ou parcial do espaço geográfico. Cartografia
  7. 7. Mapa Mundi, 1607 MAPAS ... em 1607
  8. 8. Mapa Mundi, 1699 MAPAS ... em 1699
  9. 9. MAPAS ... hoje!!!
  10. 10. Como representar a Terra no Plano? QUAL A FORMA DA TERRA?
  11. 11. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS
  12. 13. CILÍNDRICAS CÔNICAS PLANAS CLASSIFICAÇÃO DAS PROJEÇÕES
  13. 14. REPRESENTAÇÕES DA TERRA <ul><li>1- Projeção plana ou azimutal: </li></ul><ul><li>Constrói-se o mapa imaginando-o situado num plano tangente ou secante a um ponto na superfície da Terra. </li></ul><ul><li>Exemplo: projeção estereográfica polar. </li></ul>
  14. 15. 2- Projeção cônica: <ul><li>Obtém-se o mapa imaginando-o desenhado num cone que envolve a esfera terrestre. O cone é, em seguida, desenrolado sobre um plano. Exemplo: projeção cônica de Lambert. </li></ul>
  15. 16. 3- Projeção cilíndrica: <ul><li>Obtém-se o mapa imaginando-o desenhado num cilindro tangente ou secante à superfície da Terra. O cilindro é depois desenrolado sobre um plano. </li></ul><ul><li>Em todas as projeções cilíndricas normais os meridianos e os paralelos são representados por retas perpendiculares. Exemplo: projeção de Mercator. </li></ul>
  16. 17. PROJEÇÕES CILINDRICAS
  17. 18. Definição: “ Valores lineares e/ou angulares que indicam a posição ocupada por um ponto num sistema de referência qualquer” Principais: Lat/Long - Latitude e Longitude UTM – Universal Tranversa de Mercator COORDENADAS
  18. 19. COORDENADAS LAT/LONG
  19. 20. COORDENADAS LAT/LONG
  20. 21. No uso de mapas deve verificar a compatibilidade entre as diferentes projeções, coodenadadas e escalas. É comum trabalharmos com mapas em diferentes sistemas. CONSIDERÇÕES
  21. 22. ELEMENTOS IMPORTANTES DE UM MAPA <ul><li>TÍTULO </li></ul><ul><li>LEGENDA </li></ul><ul><li>FONTE DA INFORMAÇÃO </li></ul><ul><li>DATA DA INFORMAÇÃO E DA CONFECÇÃO DO MAPA </li></ul><ul><li>NORTE </li></ul><ul><li>ESCALA </li></ul><ul><li>INFORMAÇÃO DA PROJEÇÃO </li></ul><ul><li>ELEMENTOS AUXILIARES </li></ul><ul><ul><li>MAPA DE LOCALIZAÇÃO </li></ul></ul><ul><ul><li>MAPA DE DETALHE </li></ul></ul><ul><ul><li>MOLDURA </li></ul></ul>
  22. 24. Definição: “ ... é a relação entre o tamanho dos elementos representados em um mapa e o tamanho correspondente medido sobre a superfície da terra.” Em todos os mapas corretamente representados podemos encontrar essa medida, expressa em números ou graficamente ESCALA
  23. 25. A escala numérica pode ser representada por uma fração ordinária (por exemplo, 1/500.000) ou por uma razão, como 1:500.000. Essa escala significa que cada centímetro no mapa representa 500.000 centímetros (ou seja, 5 km) no terreno. ESCALA NUMÉRICA
  24. 26. A escala gráfica é um seguimento de reta dividido de modo a permitir a medida da distância na carta. Este tipo de escala permite visualizar, de modo simples, as dimensões dos objetos representados no mapa. ESCALA GRÁFICA A escala abaixo indica qual a distância, na carta, equivalente à 1 km
  25. 28. Um mapa será tanto maior quanto menor for o denominador da escala. A ESCALA 1:25.000 É MAIOR QUE 1:50.000. ESCALA / MAPA MAIOR ???
  26. 29. Dificuldade na integração Como sobrepor informações em mapas com diferentes escalas? - mapa nas escalas 1:250.000 e 1:50.000 ESCOLHER A MELHOR ESCALA INFORMAÇÃO EM ESCALAS DIFERENTES
  27. 30. 1:250.000 1:50.000 Aumenta INFORMAÇÃO EM ESCALAS DIFERENTES
  28. 31. Documentos cartográficos registrados em papel Muito utilizados antigamente Dificuldade de integrar informações Manuseio muito trabalhoso MAPAS ANALÓGICO
  29. 32. Dados cartográficos registrados na forma magnética (matriz ou vetor) Muito utilizados atualmente Facilidade em integrar informações Necessidade de computadores e software potentes MAPAS DIGITAL
  30. 33. Diferença em relação aspectos físicos/naturais e antrópicos - Processos físicos/naturais..... lentos escala de milhares de anos!!! - Processo antrópicos.... mais acelerados escala de décadas!!! DINÂMICA ESPAÇO/TEMPO
  31. 34. DINÂMICA ESPAÇO/TEMPO Físico/Natural
  32. 35. “ antes da urbanização” “ após a urbanização” DINÂMICA ESPAÇO/TEMPO Antrópico
  33. 36. FUSOS HORÁRIOS <ul><li>Cada fuso tem, geralmente, 15º de longitude, cujo centro é um meridiano cuja longitude é exatamente divisível por 15º. Como o círculo terrestre tem 360º, e o movimento de rotação é executado em 24 horas, temos 360 ÷ 24 = 15, o que significa que cada hora do Globo se acha situada numa faixa de 15º. </li></ul>
  34. 38. OS FUSOS BRASILEIROS
  35. 39. <ul><li>(UNIOESTE 2003)“Os mapas, quase sempre, têm sido interpretados como uma representação objetiva e precisa da realidade, resultado de uma certa tradição empirística que sempre predominou na atividade de concepção e produção de mapas” (Boletim de Geografia, nº 2/2001, p.18). Na Cartografia vários termos são comuns e necessários para a localização de um ponto na superfície terrestre e/ou na produção de mapas. Entre as alternativas a seguir, considere a(s) relação(ões) correta(s) entre o termo e seu respectivo significado: </li></ul><ul><li>(01) Longitude – pode ser determinada pela diferença da hora entre determinado lugar e Londres. </li></ul><ul><li>(02) Equador terrestre – círculo máximo perpendicular ao eixo da Terra cujo plano coincide com o equador celeste e divide a Terra em dois hemisférios, Norte e o Sul. </li></ul><ul><li>(04) Equinócio e Solstício – representam momentos de intercessões da eclíptica com o Meridiano de Greenwich, não interferindo nas estações do ano. </li></ul><ul><li>(08) Meridiano – círculos máximos que teoricamente passam pelo eixo da Terra, por isso não há um círculo de referência; somente após a 1ª Guerra Mundial (1914-18) os países foram se ajustando até que se tornou universal o uso do nome Greenwich como círculo de 0º ou círculo inicial. </li></ul><ul><li>(16) Latitude – a distância em graus a partir da linha do Equador, variando de 0º a 90º para o hemisfério Norte ou para o hemisfério Sul. </li></ul><ul><li>(32) Escala – relação existente entre o mapa e as dimensões da área que está representando, dando a idéia de proporção. </li></ul><ul><li>01 + 02 + 08 + 16 + 32 </li></ul>

×