Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sardoal: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular

49 views

Published on

Ação de Curta Duração .

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Sardoal: O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular

  1. 1. O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular Sardoal, 20 de dezembro de 2018 Miguela Fernandes | miguela.fernandes@dge.mec.pt | miguela@sapo.pt Agrupamento de Escolas da Batalha Embaixadora eTwinning da Região Centro
  2. 2. O que gostavam de aprender ? https://answergarden.ch/716191
  3. 3. http://www.oecd.org/education/2030/
  4. 4. Decreto-Lei n.º 55/2018 “…a sociedade enfrenta atualmente novos desafios, decorrentes de uma globalização e desenvolvimento tecnológico em aceleração, tendo a escola de preparar os alunos, que serão jovens e adultos em 2030, para empregos ainda não criados, para tecnologias ainda não inventadas, para a resolução de problemas que ainda se desconhecem.”
  5. 5. “…é necessário desenvolver nos alunos competências que lhes permitam questionar os saberes estabelecidos, integrar conhecimentos emergentes, comunicar eficientemente e resolver problemas complexos.”
  6. 6. Gerir o currículo “A autonomia curricular concedida às escolas, num intervalo de variação entre 0 % e 25 %, é localmente construída por iniciativa de cada escola. “ alínea 2 do artigo 12º
  7. 7. Decreto-Lei n.º 54/2018 “… escola inclusiva onde todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontram respostas que lhes possibilitam a aquisição de um nível de educação e formação facilitadoras da sua plena inclusão social.”
  8. 8. Perfil do aluno • O Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória norteia-se por princípiosque orientam, justificam e dão sentido a este perfil. • Todas as crianças e jovens devem ser encorajados, nas atividades escolares, a desenvolver e a pôr em prática os valorespor que se deve pautar a cultura de escola. • As competênciassão combinações complexas de conhecimentos, capacidades e atitudes.
  9. 9. Perfil do aluno Princípios A. Base humanista B. Saber C. Aprendizagem D. Inclusão E. Coerência e flexibilidade F. Adaptabilidade e ousadia G. Sustentabilidade H. Estabilidade Competências • Linguagens e textos • Informação e comunicação • Raciocínio e resolução de problemas • Pensamento crítico e pensamento criativo • Relacionamento interpessoal • Desenvolvimento pessoal e autonomia • Bem-estar, saúde e ambiente • Sensibilidade estética e artística • Saber científico, técnico e tecnológico • Consciência e domínio do corpo Valores - Responsabilidade e integridade - Excelência e exigência - Curiosidade, reflexão e inovação - Cidadania e participação - Liberdade
  10. 10. Competências • áreas de competências são complementares e a sua enumeração não pressupõe qualquer hierarquia interna • nenhuma delas, por outro lado, corresponde a uma área curricular específica, sendo que em cada área curricular estão necessariamente envolvidas múltiplas competências, teóricas e práticas.
  11. 11. AE - com vista à prossecução dos seguintes objetivos: • Consolidar aprendizagens de forma efetiva; • Desenvolver competências que requerem mais tempo (realização de trabalhos que envolvem pesquisa, análise, debate e reflexão); • Permitir efetiva diferenciação pedagógica na sala de aula. http://dge.mec.pt/aprendizagens-essenciais
  12. 12. Obrigatório para todos os níveis e ciclos de ensino Obrigatório em pelo menos 2 ciclos do ensino básico Opcional para qualquer ano de escolaridade Domínios da Educação para a Cidadania -> Temas para projetos eTwinning
  13. 13. http://www.classtools.net/SMS/
  14. 14. P r o j e t o F a c i l i t a d o r
  15. 15. eTwinning • Comunidade de profissionais da Educação da Europa. • 44 países | 28 línguas
  16. 16. eTwinning Plataforma que permite Estabelecer uma rede de contactos Comunicar Ter formação Colaborar Desenvolver projetos Pertencer a uma comunidade de aprendizagem
  17. 17. https://wordart.com/
  18. 18. e ainda… • Arménia • Azerbaijão • Geórgia • Moldávia • Tunísia • Ucrânia • Jordânia • Líbano • Brevemente… Argélia https://plus.etwinning.net/
  19. 19. Fase 1- 2005 - 2008 Uma ação do Programa eLearning Fase 2 – 2008 - 2013 Uma iniciativa do Programa de Aprendizagem ao longo da Vida - inserido na ação Comenius Fase 3 – 2014 - 2020 Erasmus + Um percurso…
  20. 20. Estrutura de suporte CSS Bruxelas NSS Portugal Embaixadores NSS Espanha Embaixadores NSS … Embaixadores
  21. 21. Açores Anabela Santos Dora Pereira Madeira RosaGaspar Algarve MárioGuedes Alentejo ElisabeteFiel Centro MiguelaFernandes Norte Teresa Lacerda Daniela Guimarães Lisboa AnaPaulaPina
  22. 22. Projeto promove o trabalho colaborativo entre professores e alunos.
  23. 23. Todas as escolas públicas, privadas e profissionais.
  24. 24. Abre a sala de aula à Europa e ao Mundo!
  25. 25. Fortalece a cidadania europeia!
  26. 26. Twinspace... Online plataforma segura.
  27. 27. É simples!
  28. 28. Nacional: Selos de Qualidade e Prémios Europeu: Selos de Qualidade e Prémios Escolas eTwinning Dá reconhecimento!
  29. 29. Incentiva o trabalho de projeto
  30. 30. Ideias? O que fazer?
  31. 31. «The people who are crazy enough to think that they can change the world, are the ones who do.» Steve Jobs (1955 – 2011)
  32. 32. Equipa de trabalho • Colegas na escola • Professores do conselho de turma • Parceiros nacionais ou estrangeiros
  33. 33. Planificação do projeto • Recolha conteúdos curriculares (CC) • Brainstorming de ideias com base nos CC. • Aprendizagens essenciais / Perfil do aluno • Encontrar um parceiro • Planificar projeto com base CC e AE • Registar o projeto
  34. 34. •Que seja relevante para si e para os seus alunos. •Que envolva as disciplinas, número de alunos, professores e escolas que entender. •Que seja divertido!
  35. 35. Como?
  36. 36. Reunir professores para discutir, planificar… sempre!
  37. 37. Projeto • Com base no currículo o que pretendemos que os alunos aprendam? • Que projetos permitem os alunos alcançarem essas aprendizagens? • Que competências áreas de competências do perfil do aluno pretendemos trabalhar? Turismo Informática Organizações Sociais
  38. 38. Projeto • Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) • Que projeto? • Pontos de partida: • Problema da vida / investigações autênticas • Questão de investigação • Objetivos /competências • Unidades Curriculares? Cursos? • Competências • Avaliação • Instrumentos • Monitorização Entre níveis? Unidades curriculares? Cursos?
  39. 39. Desenvolver os projetos Fase 1 Informática Apresentações e Textos técnicos Bases de Dados … Fase 2 Estatística Inglês … Fase 3 Tecnologias web Empreendedorismo … Projeto Avaliar o projeto: questionários, rubricas, observação direta…
  40. 40. Disciplina X Disciplina Y
  41. 41. TIC • Informação • Produção • Comunicação e colaboração • Segurança Inglês • Personal Information • Time for school • People around us • Cities and towns • Family • The mdeia • House and home • Greener future • Holidays
  42. 42. TIC • Informação • Produção • Comunicação e colaboração • Segurança Ciências da Natureza • Rochas magmáticas, sedimentares e metamórficas: génese e constituição; ciclo das rochas; • Paisagens geológicas.
  43. 43. História • Arte românica • Arte Gótica Matemática • Triângulos: notações e classificação • Ângulos externos e internos
  44. 44. Outras ACD Código Ação de Curta Duração Horas 4602 O eTwinning integrado no currículo 3 4603 O mundo Web 2.0 com o eTwinning 3 29103 O eTwinning e a Metodologia de projeto 6 97753 Projetos eTwinning - programação e robótica 6 440102 O eTwinning na Autonomia e Flexibilidade Curricular 3
  45. 45. O b r i ga d a

×