Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Escravidão no Brasil 
(século XIX) 
→ Escravo: mercadoria (“coisa”) ou sujeito 
(agente)?
Formas de trabalho 
●A imagem clássica: Nas plantations (latifúndio 
+ monocultura + trabalho escravo) 
●Outras formas de ...
Relação entre escravos e 
senhores 
→ Paternalismo + Violência 
→ Negociação 
● Acordos informais com os senhores sobre o ...
Solidariedade e 
Manifestações Culturais 
→ Irmandades religiosas – solidariedade e ajuda mútua: 
“Os membros da irmandade...
→ Festas e manifestações culturais: do ponto 
de vista dos senhores, propiciam ou ajudam 
a evitar revoltas? 
Aquarelas de...
http://ufftube.uff.br/video/8GHO2DX1SUG7/Mem%C3%
http://ufftube.uff.br/video/8GHO2DX1SUG7/Mem%C3%
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Escravidão no Brasil do século XIX

643 views

Published on

Escravidão no Brasil século XIX

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Escravidão no Brasil do século XIX

  1. 1. Escravidão no Brasil (século XIX) → Escravo: mercadoria (“coisa”) ou sujeito (agente)?
  2. 2. Formas de trabalho ●A imagem clássica: Nas plantations (latifúndio + monocultura + trabalho escravo) ●Outras formas de trabalho: ●Roças de subsistência ●Mercado interno (alimentos) ●Cidades (escravos de ganho)
  3. 3. Relação entre escravos e senhores → Paternalismo + Violência → Negociação ● Acordos informais com os senhores sobre o que seria um cativeiro “aceitável” → Conflito ● Fugas (individuais; reivindicatórias; de rompimento) ● Quilombos ● Revoltas
  4. 4. Solidariedade e Manifestações Culturais → Irmandades religiosas – solidariedade e ajuda mútua: “Os membros da irmandade – homens e mulheres; libertos e cativos; africanos, crioulos e mestiços – ali ingressavam após pagar uma quantia de entrada, e contribuíam com taxas anuais empregadas em muitos serviços prestados aos irmãos: assistência aos doentes, sepultamentos e funerais, festejos para os santos de devoção e, eventualmente, ajuda para a compra da alforria [liberdade] de irmãos cativos” (Fonte: Cadernos Penesb 12, 2a edição)
  5. 5. → Festas e manifestações culturais: do ponto de vista dos senhores, propiciam ou ajudam a evitar revoltas? Aquarelas de Auguste Earle: Aquarelas de Auguste Earle: Capoeira e Umbigada. Capoeira e Umbigada.
  6. 6. http://ufftube.uff.br/video/8GHO2DX1SUG7/Mem%C3%
  7. 7. http://ufftube.uff.br/video/8GHO2DX1SUG7/Mem%C3%

×