Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Trabalho avaliação e planejamento

515 views

Published on

avaliaçao e planejamento

Published in: Education
  • Be the first to comment

Trabalho avaliação e planejamento

  1. 1. Instituto Superior de Educação Tecnologia e Desenvolvimento Social – ISETED AVALIAÇÃO E PLANEJAMENTOAVALIAÇÃO E PLANEJAMENTO Prof. Orientador: Arnaldo AlcântaraProf. Orientador: Arnaldo Alcântara
  2. 2. Instituto Superior de Educação Tecnologia e Desenvolvimento Social – ISETED ComponentesComponentes Poção de Pedras-MAPoção de Pedras-MA 20142014
  3. 3. Instituto Superior de Educação Tecnologia e Desenvolvimento Social – ISETED PLANEJAMENTOPLANEJAMENTO Poção de Pedras-MAPoção de Pedras-MA 20142014
  4. 4. PLANEJAMENTO Planejamento é fundamentalmente um processo de decisão: escolher entre alternativas de ação. Se temos alternativas, precisamos conhecê-las o melhor possível. Premissa: crença de que é possível se preparar para o futuro.
  5. 5. PLANEJAMENTOPLANEJAMENTO Processo de planejamento: encontrar respostas para as seguintes perguntas: ONDE ESTAMOS? COMO ESTAMOS INDO? ONDE QUEREMOS IR? COMO VAMOS CHEGAR LÁ?
  6. 6. Para quê um Planejamento EstratégicoPara quê um Planejamento Estratégico Participativo?Participativo? • Estabelecer ações que permitam alcançarEstabelecer ações que permitam alcançar os objetivos fixados para a organização;os objetivos fixados para a organização; • Identificar as necessidades da comunidadeIdentificar as necessidades da comunidade em geral;em geral; • Prover os meios para compor os planos,Prover os meios para compor os planos, identificando ações a executar;identificando ações a executar; • Obter maior participação eObter maior participação e comprometimento de todos os segmentos ecomprometimento de todos os segmentos e níveis hierárquicos da organização;níveis hierárquicos da organização; • Utilização racional e eficaz dos recursos;Utilização racional e eficaz dos recursos; • Promover a integração planejamento /Promover a integração planejamento / orçamentoorçamento
  7. 7. Instituto Superior de Educação Tecnologia e Desenvolvimento Social – ISETED AVALIAÇÃOAVALIAÇÃO Poção de Pedras-MAPoção de Pedras-MA 20142014
  8. 8. Avaliação e cotidiano Estamos sempre fazendo apreciações sobre o que vemos, o que fazemos, o que ouvimos, o que nos interessa e o que nos desagrada. Praticamos avaliação quando estamos: Em uma fila de banco ou supermercado: para alguns o atendimento é rápido, para outros lento; Fazendo compras: analisamos os preços, comparamos, pechinchamos e decidimos pela compra de algo; Ao assistir um programa de televisão: comentamos a atuação dos atores, sobre suas roupas e temas debatidos.
  9. 9. Avaliação O que é avaliar? Avaliar – a valere : dar valor   Verificar – verum facere : fazer verdadeiro (QUALITATIVA)
  10. 10. AVALIAÇÃO Avaliação tem sido o aspecto do processo educativo que gera mais angústias, discussões e desacordos no ambiente escolar do dia a dia. Por ser um processo amplo, percebe-se que ainda há certas dificuldades encontradas em tentar ser o mais coerente possível com a realidade escolar .
  11. 11. •É importante repensar a prática pedagógica, buscando sempre atender aos interesses dos alunos oriundos de todas as classes e características; •A dificuldade dos professores quanto aos critérios e diversificação de instrumentos que atendam aos objetivos de uma avaliação coerente;
  12. 12. A quem a Avaliação avalia? Processo de ENSINO / APRENDIZAGEM ⇓ ⇓ EDUCADOR EDUCANDO
  13. 13. A AVALIAÇÃO É UM PROCESSO ÉTICO EM BUSCA DO SUCESSO. AVALIAR CONTEÚDOS TRANSMITIDOS ? x AVALIAR O CONHECIMENTO CONSTRUIDO?
  14. 14. Avaliação instrumento que promove aprendizagem de educando e educador • “...o aluno ensina ao aprender e o professor aprende ao ensinar,...” (Freire, 1999) • “ A gente sempre ensina o que mais precisa aprender.” • “A escola seria o espaço privilegiado para saber sobre o passado e relacionar esse saber com o fazer, que é o novo.” (Ubiratan D’Ambrosio)
  15. 15. *Os pais também devem ser envolvidos neste processo tomando conhecimento de como isto ocorre na escola e de como podem contribuir para que haja um trabalho conjunto no processo educativo, pois, ao avaliar a aprendizagem dos alunos, a prática docente também está sendo avaliada, bem como o próprio sistema de ensino.
  16. 16. “Não há coisas novas para apresentar; Há novas perspectivas; Há um novo olhar”
  17. 17. AVALIAÇÃO: ENTRE O DITO E O FEITO, O QUE FOI POSSÍVEL FAZER E O QUE (AINDA) PRECISAMOS FAZER
  18. 18. [...] DESSE MODO CREMOS SER FUNDAMENTAL PARA PROFESSORES E PEDAGOGOS TER EM VISTA QUE “PARA A AVALIAÇÃO NÃO HÁ UMA SEPARAÇÃO ENTRE O CERTO E O ERRADO; HÁ O QUE EXISTE E ESTA SITUAÇÃO QUE EXISTE É ACOLHIDA, PARA SER MODIFICADA. NA AVALIAÇÃO NÃO HÁ EXCLUSÃO.” (LUCKESI, 2008, P. 172)
  19. 19. Instituto Superior de Educação Tecnologia e Desenvolvimento Social – ISETED OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!!OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!!

×