Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Trabalho de moral: racismo

7,948 views

Published on

  • Be the first to comment

Trabalho de moral: racismo

  1. 1. Escola E.B 2.3 De CristeloTrabalho realizado por:Vitor Moreira Nº23 9ºD
  2. 2.  Introdução O Racismo Vários tipos de racismo Racismo Individual Racismo Institucional Racismo Cultural Racismo Primário Racismo comunitarista ou diferencialista Como nasceu o Racismo
  3. 3.  Racismo em Portugal Como contribuir para uma infância sem racismo Frase sobre o Racismo A Ciência do Racismo Racismo na sociedade moderna Conclusão
  4. 4.  Neste trabalho vou falar sobre o racismo. Pretendo aprender muito com este assunto.
  5. 5. O racismo é um preconceito contra um grupo racial , geralmente diferente daquele a que pertence o sujeito e, como tal, é uma atitude subjetiva gerada por uma sequência de mecanismos sociais.
  6. 6.  Racismo individual Racismo institucional Racismo cultural Racismo primário Racismo comunitarista ou diferencialista
  7. 7. Realça-se nos estereótipos mais estranhos, nas atitudes, nos comportamentos e até nos interesses pessoais que estão socializados entre brancos, negros e indivíduos de outros segmentos sociais.
  8. 8. É demonstrado em dados oficiais.O negro, o índio, o judeu, o cigano, os mineiros, os peões, os mendigos, os bêbados, os gigolôs, os homossexuais, a mulher – sobretudo negra
  9. 9. Manifesta-se nos valores, nas crenças, na religião, na língua, na música, na filosofia, na estética, etc.
  10. 10. É um fenómeno psicossocial, emocional ou passional, sem qualquer elaboração ou justificação;Corresponde ao que as pessoas chamam de mito.Há uma mitologia racista, que é um estado de espírito passional, irracional, que exprime medo e cólera, terror e ódio.
  11. 11. É o racismo contemporâneo que se apropriou dos pontos centrais do anti-racismo, isto é, que raça não é natureza, mas cultura ou etnia, e que todos temos o direito à diferença.
  12. 12. O racismo surge na Cultura Ocidental, ligado a certas conceções sobre a Natureza Humana que fundamentaram a sua descriminação, tendo em vista a exploração de certos povos.
  13. 13. Em Portugal, o racismo configura um crime conforme o código penal português, sendo uma circunstância de agravo importante como móbil de um crime. No entanto, poucos são os relatórios e as estatísticas acerca da situação em Portugal no que concerne à discriminação racial, apesar de haver registo de alguns casos de violência na história recente do país.
  14. 14.  Educar as crianças para o respeito á diferença. Não classificar outra pessoa pela cor de pele, principalmente à frente de uma criança, ela fica com essa ideia.
  15. 15. Cientistas provaram que as raças não existem enquanto método classificatório, pois todos os homens estão sujeitos a diferenciações genéticas incapazes de determinar certas habilidades, valores, ou padrões de comportamento.
  16. 16. A história da humanidade vem desde os tempos mais antigos, as relações, decorrentes das migrações, entre povos racialmente distintos. No entanto, antes da época de expansão das nações europeias, as relações raciais não apresentavam a feição que mais tarde as caracterizaria.
  17. 17. Este trabalho foi muito bom para mim, porque fiquei a saber muito sobre o racismo e os vários tipos de racismo.

×