Funções sintáticas internas ao grupo verbal

719 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
719
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
100
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Funções sintáticas internas ao grupo verbal

  1. 1. Complemento direto, indireto, oblíquo e agente da passiva, predicativos do sujeito e do complemento direto, modificador do grupo verbal
  2. 2. As funções sintáticas internas ao grupo verbal são aquelas que fazem parte do predicado. Integram o predicado, as seguintes funções sintáticas: - complemento direto; - complemento indireto; - complemento oblíquo; - complemento agente da passiva; - predicativo do sujeito; - modificador do grupo verbal; - predicativo do complemento direto. 2/9
  3. 3. Pedro roubou a estrela. O complemento direto é uma função sintática exigida por verbos transitivos diretos. Pode ser substituído pelos pronomes o, a, os, as, isso. Pedro roubou-a. 3/9
  4. 4. O rapaz escreveu à Petra. O complemento indireto é uma função sintática exigida por verbos transitivos indiretos. É desempenhado por um grupo preposicional iniciado pela preposição a. Pode ser substituído pelos pronomes lhe, lhes. O rapaz escreveu-lhe. 4/9
  5. 5. Lourença foi para a praia. Lourença mora ali. O complemento oblíquo é uma função sintática exigida por verbos transitivos indiretos. Pode ser desempenhada por um grupo preposicional ou adverbial Não pode ser substituído por nenhum pronome. Lourença foi-a. Lourença foi-lhe. 5/9
  6. 6. O cavaleiro foi surpreendido pela neve. O complemento agente da passiva surge numa frase passiva. Esta função sintática é desempenhada por um grupo preposicional iniciado pela preposição por. Na frase ativa, desempenha a função de sujeito. A neve surpreendeu o cavaleiro. 6/9
  7. 7. O cavaleiro ficou doente. O predicativo do sujeito é uma função sintática exigida por verbos copulativos, como ser, estar, ficar. Não pode ser substituído por nenhum pronome. O cavaleiro ficou-o. O cavaleiro-lhe. 7/9
  8. 8. No verão, Lourença ia para a praia. O modificador do grupo verbal é uma função sintática que não é exigida por nenhum elemento do grupo verbal. É uma função sintática acessória e pode ser retirado da frase sem que esta perca a sua gramaticalidade. O modificador do grupo verbal pode ter três valores: No verão, Lourença ia para a praia – tempo Havia uma festa na minha aldeia – lugar O Cavaleiro enfrentou corajosamente o frio – modo 8/9
  9. 9. Todos consideravam o Marco um excelente amigo. Um excelente amigo completa o sentido do verbo considerar e incide sobre o complemento direto o Marco. Dessa forma, Um excelente amigo desempenha a função de predicativo do complemento direto. Esta função aparece depois de verbos como: Acho a Maria bonita. Julgava-o inocente. A turma nomeou o Filipe delegado. 9/9

×