Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
CEIC – Angelo – 10/04/2012disponível em www.slideshare.net/angelojmb
   Conhecer os princípios básicos da    doutrina espírita   Conhecer as refutações aos principais    argumentos de seus ...
   Atitude do Cético                               Maravilhoso e sobrenat                              Oposição da ciê...
   Meios de comunicação Utilidade prática das m                          Médiuns interesseiros      Loucura, suicídio ...
   Reconhece utilidade do estudo, nem contra    nem a favor, apresenta objeções de certo    valor, confessa ignorância  ...
   Qual a necessidade da criação de novos    termos?   Espiritualista, aquele ou aquela pessoa cuja    doutrina é oposta...
   Por basear-se em fatos positivos, não deveria    ser a mesma na América e na Europa?   Tal divergência só existe na f...
   Os fenômenos podem produzir-se fora do    Espiritismo – prejuízo à sua origem?   Por ser uma coisa suscetível de imit...
   Detratores de real valor, cujas opiniões têm    certo peso?   A imensa maioria dos espíritas se compõe de    homens i...
   Revive crenças fundadas nas superstições,    já condenados pela razão.   Uma idéia só é supersticiosa quando falsa  ...
   Contestação dos sábios e base da crença    nos Espíritos   Se nunca a Ciência se houvesse enganado...   Ninguém pode...
   Crítica aos fenômenos espíritas provocados   Alucinação   Fluido magnético   Reflexo do pensamento   Estado sonamb...
   Espíritos deveriam se prestar aos meios de    convencer as pessoas   Não fornecem provas a pessoas a quem    não liga...
   Revelação espontânea ou crença prévia?   Fenômenos espontâneos ( materiais )   Caráter inteligente independente das ...
   Como podem conversar conosco?   Meios muito variados e dependem tanto    da natureza dos Espíritos, quanto das    dis...
   Convencimento por fenômenos pagos   Curioso x estudante sério – convencimento?   Simulação na ausência de comunicaçã...
   É a mesma coisa?   Mediunidade natural e inconsciente na    história foi confundida com feitiçaria   Espiritismo ani...
   Bons e maus? Não há luz para todos?   Imperfeições físicas x morais   Progressão dos Espíritos   Necessidade de est...
   Até hoje não fez falta. Pode-se viver sem ele.   Sob tal ponto de vista [ financeiro ], quantas    ciências deixariam...
   Espiritismo perturba as faculdades mentais   Todas as grandes preocupações do espírito    podem ocasionar a loucura ...
   Como aproveitar experiências de vidas    passadas se não me lembro delas?   Analogia do aluno   Intuição e ideias in...
   Contestação das manifestações   Condições para observação e    compreensão   Os elementos de convicção não são os   ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O Que eh o Espiritismo - 2º dialogo

594 views

Published on

Apresentação dos pontos básicos da doutrina espírita e dos principais argumentos e objeções por parte dos opositores respondidos por Kardec. Obra O Que é o Espiritismo - 2º diálogo.

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

O Que eh o Espiritismo - 2º dialogo

  1. 1. CEIC – Angelo – 10/04/2012disponível em www.slideshare.net/angelojmb
  2. 2.  Conhecer os princípios básicos da doutrina espírita Conhecer as refutações aos principais argumentos de seus contraditores
  3. 3.  Atitude do Cético  Maravilhoso e sobrenat  Oposição da ciência Espiritismo e Espiritualismo Dissidências  Falsas explicações Fenômenos simulados  Vontade para convenc  Origem das ideias espír Detratores do Espiritismo
  4. 4.  Meios de comunicação Utilidade prática das m  Médiuns interesseiros  Loucura, suicídio e obse Médiuns e feiticeiros  Esquecimento do passa Diversidade dos Espíritos  Elementos de convicçã
  5. 5.  Reconhece utilidade do estudo, nem contra nem a favor, apresenta objeções de certo valor, confessa ignorância Satisfação em responder perguntas sinceras, sem pensamento oculto Sem pretensão de responder tudo Prévia leitura responderá maior parte das questões, evitará repetições inúteis e provará desejo sincero de instruir-se Serão tratadas questões mais genéricas
  6. 6.  Qual a necessidade da criação de novos termos? Espiritualista, aquele ou aquela pessoa cuja doutrina é oposta ao materialismo. Todas as religiões são espiritualistas, o que não quer dizer que creiam nos Espíritos e nas suas manifestações. Os termos espírita, espiritismo, exprimem, sem equívoco, as idéias relativas aos Espíritos.
  7. 7.  Por basear-se em fatos positivos, não deveria ser a mesma na América e na Europa? Tal divergência só existe na forma, sem afetar o fundo Qual a ciência que, em seu começo, não deu nascimento a dissidências? Adversários do Espiritismo - falta de argumentos sérios
  8. 8.  Os fenômenos podem produzir-se fora do Espiritismo – prejuízo à sua origem? Por ser uma coisa suscetível de imitação, segue- -se que ela não exista? Há identidade real entre a imitação e a coisa imitada? O Espiritismo cresce com os ataques infundados, pois atrai atenção e investigação - vê-se então que é sério
  9. 9.  Detratores de real valor, cujas opiniões têm certo peso? A imensa maioria dos espíritas se compõe de homens inteligentes e de estudos A fonte do Espiritismo não se acha num ponto, mas em toda parte Para que triunfassem, era-lhes mister impedir que os Espíritos se manifestassem.
  10. 10.  Revive crenças fundadas nas superstições, já condenados pela razão. Uma idéia só é supersticiosa quando falsa Opiniões x observação dos fatos Espiritismo não faz milagres nem prodígios, antes explica, ampliando o domínio da Ciência e trazendo consequências morais
  11. 11.  Contestação dos sábios e base da crença nos Espíritos Se nunca a Ciência se houvesse enganado... Ninguém pode ser bom juiz naquilo que está fora da sua competência. A Ciência enganou-se quando quis experimentar os Espíritos Essa crença apóia-se sobre o raciocínio e sobre os fatos.
  12. 12.  Crítica aos fenômenos espíritas provocados Alucinação Fluido magnético Reflexo do pensamento Estado sonambúlico
  13. 13.  Espíritos deveriam se prestar aos meios de convencer as pessoas Não fornecem provas a pessoas a quem não ligam importância Os Espíritos gostam dos observadores assíduos e conscienciosos Não é a fé antecipada o que pedimos, mas, sim, a boa-fé.
  14. 14.  Revelação espontânea ou crença prévia? Fenômenos espontâneos ( materiais ) Caráter inteligente independente das manifestações Revelação sobre a existência dos Espíritos (de seu mundo, de seus defeitos e qualidades ) e de como comunicar-se por eles mesmos
  15. 15.  Como podem conversar conosco? Meios muito variados e dependem tanto da natureza dos Espíritos, quanto das disposições peculiares dos médiuns Não tentar ensaio algum antes de acurado estudo Assimilação dos fluidos perispirituais e vontade do Espírito comunicante
  16. 16.  Convencimento por fenômenos pagos Curioso x estudante sério – convencimento? Simulação na ausência de comunicação Natureza da mediunidade é opõe-se à sua profissionalização Respeitabilidade do médium Médium público
  17. 17.  É a mesma coisa? Mediunidade natural e inconsciente na história foi confundida com feitiçaria Espiritismo aniquila a feitiçaria, reduzindo-a aos fenômenos possíveis sem sair das leis naturais Reunião pública x charlatanice: divulgação x estudo sério
  18. 18.  Bons e maus? Não há luz para todos? Imperfeições físicas x morais Progressão dos Espíritos Necessidade de estudos e observações para distinguir a verdade da impostura Não nos revelam o que pode ser obtido pelo estudo e pelo trabalho
  19. 19.  Até hoje não fez falta. Pode-se viver sem ele. Sob tal ponto de vista [ financeiro ], quantas ciências deixariam de ser úteis! Existência do mundo invisível e sua relação com o mundo visível – é um das forças do Universo Influência moral pela comprovação da existência da alma, sua individualidade, sua imortalidade e seu destino
  20. 20.  Espiritismo perturba as faculdades mentais Todas as grandes preocupações do espírito podem ocasionar a loucura Para o verdadeiro espírita, aas tribulações são só incidentes desagradáveis e provações Suicídio e medo do diabo - esclarecimentos Obsessão – independe do Espiritismo e oferece o único meio de vencê-la
  21. 21.  Como aproveitar experiências de vidas passadas se não me lembro delas? Analogia do aluno Intuição e ideias inatas sempre crescentes No plano espiritual recupera-se a lembrança Providência divina
  22. 22.  Contestação das manifestações Condições para observação e compreensão Os elementos de convicção não são os mesmos para todos Há duas coisas no Espiritismo – a parte experimental das manifestações e a doutrina filosófica

×