Successfully reported this slideshow.

Zootecnistas

7,165 views

Published on

www.beefpoint.com.br - Zootecnistas - E-book em comemoração ao Dia do Zootecnista, produzido por André Camargo e Silvia Rossi

Published in: Education, Technology, Travel
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Zootecnistas

  1. 1. Zootecnistas 13 de maio de 2011
  2. 2. Índice Introdução O Símbolo Perfil Entrevista com o Presidente da ABZ – Walter Motta Ferreira Dia do Zootecnista – Arlindo Saran Netto Sobre o autor Agradecimentos Apoio
  3. 3. IntroduçãoEsse projeto foi desenvolvido com o objetivo de comemorar o Dia doZootecnista e, através de entrevistas e depoimentos dos profissionais, mostrarque essa profissão se mostra cada vez mais importante para nosso país.Hoje, as propriedades rurais estão se profissionalizando, e se destacando comograndes empresas, que encaram com seriedade e organização, a produção dealimento de origem animal.Isso se deve a constante e crescente atuação do zootecnista, que conseguealiar conhecimentos em diversas áreas - nutrição, genética, manejo,administração - definindo o que é o melhor para cada empresa.São profissionais atentos às constantes mudanças de mercado e legislação, queestão sempre buscando novos conhecimentos através de cursos, treinamentose da infinita fonte de informação que é a internet e os seus sites especializados.Seja você, zootecnista, atuante em qualquer dos inúmeros elos da cadeia deprodução animal, parabenizado pelo seu dia e pelo seu trabalho de ajudar naprodução de alimento para uma população que não para de crescer.“Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia emsua vida.” (Confúcio – filósofo chinês) 3
  4. 4. O Símbolo 4
  5. 5. PerfilA seguir apresentamos algumas entrevistas quefizemos com Zootecnistas com o intuito demostrar a importância da profissão e algumasáreas onde esses profissionais tem se destacadoe colaborado para o desenvolvimento doAgronegócio Brasileiro. 5
  6. 6. Adriano Rubio Diretor de empresa de biotecnologia Responsável pela gestão operacional geral.“Zootecnia é a ciência e arte da criação de animais, voltada aolazer, ao trabalho e principalmente a produção de alimentos, apartir da adaptação de animais domésticos a ambientes criadosespecialmente para seu bem-estar e maximização de seu potencialde produção, por meio da aplicação do conhecimento biológicoalicerçado na ciência econômica. A moderna Zootecnia sedesenvolve pelos caminhos da verticalização da produção, comresponsabilidade social, preservação ambiental, bem-estar animale amplo trabalho de gestão, visando produzir o máximo, com altaqualidade, no menor tempo possível e sempre visando a maior 6lucratividade”.
  7. 7. Alexandre Foroni Diretor da Método Consultoria/Fazenda 3 Bacuris Atua com consultoria agropecuária, execução de projetos financeiros.“Zootecnia é a arte de produzir, criar, gerar alimentos a partir deoutros. Tipo: pasto gera carne, milho gera carne...” 7
  8. 8. Aline Monari Especialista em cuidado animal no Busch Gardens Tampa Bay Trabalha no departamento do Zoológico no parque Busch Gardens na Florida, EUA. Responsável pelo cuidado e treinamento de animais exóticos no Busch Gardens, desde lemures, porco-da-terra, araras, flamingos até carnívoros como o serval. Trabalha no preparo de dietas para os animais, observação diária dos animais, administração de medicamentos, sanitização de ambientes e treinamento com reforço positivo.“Zootecnia é mais do que uma profissão para mim, é a minha paixão! Teoricamente,a zootecnia é uma profissão cuja a meta principal é a produção animal, porém ocampo de atuação de um zootecnista vai muito mais além do que propriedades rurais.A zootecnia é uma profissão relativamente nova no Brasil e o campo de atuação seexpande cada dia mais, hoje em dia temos zootecnistas atuando desde a área deprodução animal até a área de animais de companhia (pets) e animais exóticos”. 8
  9. 9. André Locateli Gerente Executivo da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil - ACNB É responsável pela coordenação geral das atividades de fomento e divulgação da raça Nelore no país. Entre elas destaca-se o Ranking Nacional Nelore, o Programa de Qualidade Nelore Natural, o Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças e a Universidade do Boi e da Carne.“A essência da zootecnia é a produção de alimentos saudáveis eseguros para a alimentação humana, de forma economicamenteviável e em harmonia com a natureza”. 9
  10. 10. Arlindo Vilela Diretor da Novanis Trabalha principalmente com a intensificação da pecuária de corte no MT e MS, buscando soluções tecnológicas, aliadas a praticidades do dia a dia e a sustentabilidade da cadeia da carne bovina de um modo geral.“A Zootecnia é mais do que minha profissão. É minha vida”. 10
  11. 11. Bruno Pietsch Cunha Mendonça Doutorando em Nutrição Produção de Ruminantes/ Universidade Federal de Viçosa Em seu doutorado está trabalhando com a utilização de co-produtos da indústria de biocombustíveis na nutrição de bovinos de corte em confinamento e agora está no Texas, EUA, junto a West Texas A&M University.“Além de ser minha profissão, minha paixão e minha rotina, a Zootecnia foi um divisor deáguas na produção animal. No Brasil em especial conseguimos claramente ver a evoluçãoe o fortalecimento que a pecuária brasileira teve nos últimos 15 -20 anos que dentreoutros fatores podemos destacar a inserção de Zootecnistas qualificados nas áreas depesquisa e extensão bem como Zootecnistas empresários que implementaram emassificaram técnicas simples como a suplementação de bovinos a pasto, manejo depastagens que aliados com a utilização de animais melhorados geneticamentereduziram pelo menos a metade da idade de abate de bovinos de corte no Brasil. Assimconcluímos que a Zootecnia tem um papel fundamental no desenvolvimento de nossopaís, produzindo proteína animal de forma saudável, sustentável e gerando divisas paraum país que tem tudo para ser o grande produtor de alimentos do mundo”. 11
  12. 12. Cristiano Leal Gerente Corte Taurinos da CRV Lagoa Responsável pelo gerenciamento da pasta Corte Taurino da CRV Lagoa e pela gestão das raças Taurinas de Corte o que engloba atualização da bateria de touros acompanhando as tendências do mercado oferecendo aos nossos clientes o que há de mais atual no seguimento.“É a profissão da produção e gestão, olhando para a pecuária de corte aZootecnia vem conquistando espaço de relevância principalmente pelofoco da profissão ir de encontro com as necessidades atuais da nossapecuária”. 12
  13. 13. Cristiano Rocha Goulart Botelho Gestor Comercial da Unidade de Lins da JBS SA Cuida do pedido desde sua negociação até a entrega, passando pela matéria prima, produção e carregamento. É a interface das estratégias de mercado adotadas pela empresa corporativamente com a produção, precificação, comercialização, logística e estratégias de estoques.“Na minha opinião a Zootecnia abrange desde a técnica adequada paraproduzir um animal de maneira eficaz, à satisfação do consumidor final,garantindo a sustentabilidade de todo processo e cadeia”. 13
  14. 14. Daniel F. Biluca Executivo da Conexão Delta G É responsável pela administração do programa de melhoramento genético da Conexão Delta G e de atividades de compra e venda realizadas em conjunto.“Uma profissão que se consolidou nos últimos 10 anos e que formaprofissionais alinhados e preparados para os desafios da agropecuáriabrasileira. Quando me formei as coisas eram bem mais difíceis e o mercadomuito pequeno. Com o tempo a profissão ficou mais conhecida e o mercadogostou do tipo de formação que o zootecnista recebe tornando-se hoje umprofissional muito procurado, até preferido na maioria dos cargos ligados aprodução animal. A profissão ainda tem potencial e cresce no mesmo ritmoda necessidade de utilização de tecnologia no campo. Com a crescentedemanda de alimentos, principalmente proteína animal, e com a dificuldadede abrir novas áreas, a tecnologia será cada vez mais utilizada buscandomaior produtividade e consequentemente serão necessários maiszootecnistas, e esses melhores remunerados”. 14
  15. 15. Daniel Fuziki Umezu Consultor Desenvolvimento, dimensionamento e implantação de projetos de piscicultura, treinamento de equipes, implantação de processos de controle e outros. Atualmente está também bastante focado no investimento na produção de alevinos e juvenis de tilápia.“Zootecnia é um meio para contribuir com a produção de alimentos ea erradicação da fome”. 15
  16. 16. Daniel Moreira Lambertucci e Emanuela Costa Fernandes Docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre Atuam no ensino técnico-profissional para crianças, jovens e adultos no estado do Acre.“A Zootecnia consiste no aprimoramento da produção animal, respeitandoa legislação vigente e objetivando a maior lucratividade dos pequenos,médios e grandes produtores rurais do Brasil. É responsável pelodesenvolvimento de tecnologias aplicáveis no campo, permitindo oaumento da eficiência de produção nos sistemas de criação animal do país.Não escolheria outro curso para fazer, apesar das dificuldades enfrentadasquanto ao reconhecimento da profissão”. 16
  17. 17. Daniel Schwahofer de Carvalho Supervisor Comercial de Vendas e Marketing da Agropecuaria Jacarezinho Ltda Realiza o planejamento estratégico e operacional de todas as atividades ligadas as vendas dos produtos oferecidos pela empresa (touros, matrizes, bezerros, sêmen, embriões, gado para abate, protocolo de qualidade patenteado-QUALEX). É responsável pela gestão orçamentária e programação anual de vendas; planejamento estratégico e operacional de utilização de marketing institucional e promocional; execução de todos os parâmetros citados.“A Zootecnia é a profissão que reúne as mais variadas habilidadesprofissionais, como capacidade técnica, gestão de pessoas,administração, comunicação, porém sempre ligado de alguma formaa produção animal”. 17
  18. 18. Daniela Teston Analista de Agronegócio da The Nature Conservancy (TNC) Trabalha com a TNC desde 2010 e é uma peça fundamental nos esforços da organização para conciliar produção agropecuária e conservação ambiental na Amazônia. É responsável por articular – junto ao varejo, frigoríficos, traders e empresas de processamento – estratégias para promover a produção responsável de carne bovina na região.“Zootecnia é a arte e o desafio de trabalhar de forma criativa einteligente para garantir a eficiência, a qualidade, a segurança e aresponsabilidade na produção de alimentos e produtos de origem animalcom respeito ao homem e ao meio ambiente”. 18
  19. 19. Danilo Grandini Diretor da Unidade de Negócios Bovinos da Phibro Animal Helath Elabora estratégias necessárias para o correto posicionamento da Phibro no Brasil, e sua linha de aditivos zootécnicos melhoradores de performance, em especial a virginiamicina. As atividades envolvem ações necessárias para desenvolvimento de um portfólio de capacidades aliados a produtos de alta performance. Experimentação científica, treinamento contínuo, divulgação em mídia, alianças estratégicas e correta precificação das tecnologias estão entre as ações mais importantes.“Zootecnia é o exercício do negócio agropecuário; criar alimentoe oportunidades de negócio, não somente animais”. 19
  20. 20. Eduardo Krisztán Pedroso Consultoria Técnica e Comercial Gestão comercial, administração de vendas, canais de venda e formação de preço. Foco no desempenho financeiro da operação. Especialidade em qualidade de carcaças bovinas, qualidade de carne e compra de gado.“Zootecnia para mim é uma opção de vida, uma vocação. Uma profissãoque me traz satisfação pessoal, estímulo ao desenvolvimento intelectuale dignidade para a construção do sustento de minha família. Não obastante, através desta profissão, consigo contribuir para odesenvolvimento do agronegócio brasileiro e busca de alternativascomerciais sustentáveis para o homem do campo. Em resumo, sou umprofissional realizado”. 20
  21. 21. Fabiano Ribeiro Tito Rosa Head of market research/Minerva S.A. Responsável pela coleta e análise de informações de mercado com o objetivo de dar suporte às tomadas de decisão da companhia.“A Zootecnia é a minha vida. O exercício diário de produzir proteínaanimal de forma eficiente e sustentável”. 21
  22. 22. Fernando César Nunes Saltão Diretor da JBS Confinamento Ltda. Direção das atividades de confinamento em 05 unidades no Brasil, com equipe de aproximadamente 200 colaboradores, sendo 06 gerentes.“Zootecnia é a produção de alimentos com responsabilidade, gerandolucro e sustentabilidade (econômica) à atividade”. 22
  23. 23. Fernando José Schalch Júnior Minerthal Produtos Agropecuários Ltda – Responsável Técnico É responsável técnico na fabricação e comercialização de suplementos para animais, envolvendo questões fabris (responsabilidade técnica, BPF e HACCP), desenvolvimento de produtos, gerenciamento de produtos e atendimento técnico/comercial a campo.“Zootecnia é a profissão capaz de aliar a produção animal sustentável, comrentabilidade econômica através do aumento de produtividade. É uma profissãomuito dinâmica exigindo competência e constantes atualizações, uma vez que olucro na atividade agropecuária em relação ao montante de dinheiro empregado ébaixo. Qualquer erro pode custar caro e nem sempre a recuperação do capital érápida. Hoje, falo que a Zootecnia é a profissão da Precisão! (agricultura deprecisão, suplementação de precisão, precisão na segurança alimentar, precisãono manejo produtivo, etc.). Somos nós Zootecnistas, capazes de trazer a precisãopara o mundo do agronegócio, aliando as questões técnicas, comerciais eadministrativas”. 23
  24. 24. Gabriel de Toledo Gerente de vendas na Mitsuisal/Tortuga para os Estados de MT, RO e AC Seleciona, treina e desenvolve representantes para capacitá-los a oferecer aos clientes/pecuaristas não só mais um produto, mais sim um conjunto de fatores que possa contribuir com a melhora dos resultados da pecuária.“Ser Zootecnista é poder contribuir e facilitar o dia a dia do sistema deprodução, para que o criador entregue no final do seu trabalho umproduto de qualidade e que tenha gerado riqueza em todos os elos nacadeia”. 24
  25. 25. Gabriela Giacomini Gerente de Operações do Programa Montana Realiza a coordenação geral do Programa Montana, seleção dos touros, orientação aos criadores e clientes, venda de touros.“Para mim, a Zootecnia é a profissão do momento e que tem umespaço enorme para crescer. Lidamos com a produção sustentávelde alimento e o Brasil será o grande fornecedor de proteína domundo. Além disso, o zootecnista é um profissional completo,habilitado para trabalho em diversas áreas, tanto naspropriedades rurais como nos grandes centros, atuando semprepara o aumento da produtividade”. 25
  26. 26. Giuliana Nogueira Banco JBS – Sales Trader Trabalha na Mesa Clientes com foco no desenvolvimento e estruturação de operações de derivativos agrícolas. O acompanhamento diário do mercado e elaboração de análises complementam a função.“Zootecnia é a profissão que visa melhorar a eficiência e a qualidade naprodução animal. Essa visão pode ser muito ampla quando pensamos quesão muitas as variáveis que contribuem para a concretização de umproduto, desde o campo até o consumidor final. Portanto, cada um dessescomponentes do processo pode ser considerado Zootecnia, desde anutrição animal até a estratégia financeira bem feita que garanta o sucessodo produtor ou da indústria em sua atividade. À medida que ocorra oavanço tecnológico, mais variáveis surgirão, aumentando a amplitude e adiversificação da atuação da Zootecnia”. 26
  27. 27. Guilherme Consentino Sanguino Sócio proprietário do PetVille Animal Center Gerente e Consultor em nutrição Pet“É a ciência onde encontro os argumentos necessários para convencermeus clientes sobre a melhor maneira de criar seus animais e extrair oque tem de melhor a oferecer durante o tempo de convivência com eles.Especificamente no ramo PET, isso é fundamental, pois nos dias de hojeestá cada vez mais difícil convencer as pessoas que seus PETS temparticularidades em relação à nutrição, comportamento, manejo eambiente que diferem bastante do comportamento dos humanos”. 27
  28. 28. Gustavo D. Cruz Doutorando na Universidade da California, Davis e idealizador da Rádio Estrada Afora (www.estradaafora.com.br) Desenvolve pesquisas relacionadas a produção sustentável de gado de corte e através de uma rádio online busca despertar o senso crítico sobre assuntos que são relacionados á agropecuária.“Zootecnia é a única ciência que tem o potencial de integrar outrasdisciplinas para um desenvolvimento eficiente da produção animal.Acredito que em um futuro breve será comum ver Zootecnistastrabalhando com médicos, físicos, engenheiros e nutricionistas. Zootecniaé uma profissão muito valiosa, mas infelizmente não é muito respeitadapela sociedade. Em uma palavra: Zootecnia = Sustentabilidade”. 28
  29. 29. Gustavo Luis Ming Martini Coordenador de Pecuária do Marfrig Group/Ovinos Coordena todas as etapas envolvidas na produção dos ovinos (Programa Fomento – Marfrig com assistência técnica aos fornecedores), seleção da genética que vai ser utilizada nos cruzamentos (Primera e Highlander), confinamento de ovinos, abate de ovinos (qualidade e procedimentos), classificação de carcaças, padronização de cortes até o feed back do consumidor final em relação a qualidade do produto. Coordena todas essas ações nos seguintes estados: RS, SC, PR, SP, MG, GO, MS, MT e PA.“Hoje que trabalho com toda cadeia da carne ovina, meusconhecimentos da Zootecnia são fundamentais para garantir boaprodução, em escala industrial e qualidade, sempre levando emconsideração os custos e viabilidade de produção, assim como aqualidade da matéria prima dentro da indústria até o consumidor final,garantindo que os animais sejam abatidos e processados da melhorforma e que o produto final chegue com excelente qualidade e segurançaaté o consumidor final”. 29
  30. 30. Ivan Borba Formigoni Coordenador de Planejamento Estratégico da Agropecuária Santa Bárbara“Vejo a zootecnia como uma profissão multidisciplinar. Éinteressante ver como há diferentes perfis e áreas de atuação. Por issotalvez seja difícil definir a zootecnia. É algo complexo se nosaprofundarmos nas descrições. Mas, para mim, ser zootecnista é estarcomprometido com a questão da produção de alimento, atentoà produtividade e às práticas que tornam o ambiente produtivosustentável”. 30
  31. 31. Ivo Martins Alves Filho Gerente de vendas da ALLFLEX Responsável pelo gerenciamento da equipe de comercialização; desenvolvimento e recomendação de estratégias comerciais adequadas as oportunidades de mercado; controle e acompanhamento do orçamento de vendas; desenvolvimento de novos mercados e oportunidades. Monitora as empresas concorrentes e acompanha as tendências de mercado. Representa a empresa em reuniões comerciais com outras empresas do ramo, junto a entidades oficiais e representativas do segmento agropecuário. Realiza visitas periódicas de assistência comercial aos representantes, formadores de opinião e pecuaristas.“Zootecnia é uma paixão, a realização profissional. Oportunidadede contribuir ativamente para o desenvolvimento da agropecuáriaBrasileira”. 31
  32. 32. José Rodolfo Panim Ciocca Supervisor de bem-estar animal da WSPA – Sociedade Mundial de Proteção Animal Realiza treinamentos de funcionários de frigoríficos, fiscais, profissionais da área e docentes de cursos que contemplam o tema de bem-estar animal e qualidade da carne. Faz a capacitação de fiscais federais agropecuários e profissionais que atuam em frigoríficos federais, estaduais e municipais para adotarem o Programa Nacional de Abate Humanitário – Steps em sua rotina de trabalho, tornando-se multiplicadores. Promove um melhor entendimento sobre o bem-estar animal e a implantação dos dispositivos da legislação brasileira que incorporam as boas práticas de manejo e abate humanitário, incluindo padrões internacionais, diretrizes da OIE e da UE.“A zootecnia é a ciência que me proporciona, por meio de técnicas claramentefundamentadas, aproveitar as potencialidades dos animais domésticos, respeitandosempre sua natureza (comportamento natural) e seu bem-estar, para “utilizá-los”racionalmente como fonte alimentar de forma que os mesmos não sofram angústia,dor e sofrimento desnecessário”. 32
  33. 33. Leonardo Alencar Analista de Mercado do Minerva Faz o acompanhamento das compras de gado, venda de carne no mercado interno e externo, operações em BM&F, originação de gado via confinamento e termo, compra de insumos, etc.“Apesar de ser uma área relativamente nova ainda, a Zootecniaganha cada vez mais destaque e importância frente à necessidademundial por alimentos e pela posição estratégica do Brasil comoceleiro do mundo. Dentro da porteira, a Zootecnia é peçafundamental para a transformação da propriedade agrícola emempresa rural, através do aperfeiçoamento e aplicação de tecnologiaa todos os processos com o objetivo de aumentar a produção,otimizar o uso da área e melhorar a renda do produtor semnecessidade de expansão de terra”. 33
  34. 34. Lucas Ferriani Compra de animais Premium/JBS Trabalha na prospecção, acompanhamento de processos produtivos das linhas premium da empresa, voltada a qualidade intrínseca da carne, ou a origem dos animais- da cria até ao frigorífico, além da compra dos animais.“Acompanhamento dos processos de produção para a segurançaalimentar, aumento de produtividade e qualidade do produto”. 34
  35. 35. Luis Egídio Moreira MAXXIVET (Distribuidora autorizada Bayer Saúde Animal) Representação comercial de medicamentos veterinários.“Zootecnia é a solução para melhorias do desempenho emprodução e rentabilidade financeira do produtor”. 35
  36. 36. Marcelo Shimbo Gerente de Marketing – Marcas in natura especialidades da JBS SA Responsável pelo desenvolvimento e gestão de projetos especiais“A Zootecnia é uma profissão nova, que ultrapassa a barreira dosetor produtivo e fundamental para grandes empresas doagronegócio”. 36
  37. 37. Marcela de Almeida Contadini Zootecnista da Agropecuária Jacarezinho Ltda Responsável pelo manejo nutricional do rebanho (mineralização e confinamento), coordenação dos funcionários dentro do setor da pecuária, planejamento e organização das atividades do programa de melhoramento genético e revisão de touros.“Zootecnia é a minha vida!” 37
  38. 38. Mariana Paganoti de Oliveira Marketing e vendas do portal MilkPoint/ AgriPoint Trabalha na comercialização de soluções de comunicação no MilkPoint (portal especializado na cadeia de gado de leite), objetivando conquistar novos clientes e principalmente manter os atuais. Desempenha atividades como: contato com clientes, detecção de suas necessidades, elaboração de um plano de divulgação no portal que atenda essas necessidades, acompanhamento da divulgação e dos resultados, propondo melhorias. Além disso, produz uma série de conteúdos para os clientes, como entrevistas, resumos de palestras, etc., intensificando o resultado e a reputação da empresa.“A zootecnia é a base de tudo que desempenho. O conhecimento de todosos elos da cadeia é importante para eu conseguir entender os problemase as expectativas de meus clientes em maior profundidade e assimconseguir sugerir planos de ação que gerem os resultados esperados”. 38
  39. 39. Mateus Paranhos da Costa Professor da Unesp Tem como principais atividades o ensino, a pesquisa e a extensão. Atua em particular nas áreas de comportamento dos animais de produção e bem-estar animal, com ênfase no manejo de bovinos leiteiros e de corte.“Para mim a definição de Zootecnia do Prof. Otávio Domingues (aciência e a arte de criar) reflete exatamente o que é Zootecnia eentendo que essa definição traz também a complexidade enfrentadapelo profissional Zootecnista, que deve ter boa fundamentaçãocientífica e habilidades práticas para que possa exercer sua funçãocom sucesso”. 39
  40. 40. Mauricio Scoton Confinamento Santa Fé - Gerente de Pecuária Faz a gestão da atividade pecuária de corte da Empresa Confinamento Santa Fé: planejamento; orçamento; gestão de custos e de margem das operações; parcerias em engorda de bovinos (40.000 cabeças/ano – Boitel).“Zootecnia é uma profissão extremamente exigente, no qual o Mercadoexige profissionais altamente qualificados tecnicamente e comconhecimentos profundos em sistema de gestão de pessoas e marketing,no conceito amplo de Mercado. No intuito emocional, é um estilo de vida,uma vocação”. 40
  41. 41. Raquel Maria Cury Rodrigues Analista de mercado do FarmPoint/ AgriPoint Consultoria Ltda Realiza análises de mercado e atualizações sobre a cadeia de ovinos e caprinos no Brasil e no mundo. Responsável pela elaboração e edição de matérias, entrevistas, artigos especiais e cotações do cordeiro.“Acredito que a Zootecnia é uma profissão em alta e tende a se desenvolvercada vez mais, pois tem como principal desafio a produção de alimentos deorigem animal visando a sustentabilidade do sistema. O profissional tem umavisão ampla de todas as etapas das cadeias produtivas e pode atuar nos seuselos otimizando resultados e a garantindo um produto final de qualidade. OZootecnista busca acima de tudo a eficiência produtiva. Nenhum outroprofissional conhece tão bem as técnicas para manejar animais de produção,elaborar dietas, gerenciar propriedades e ao mesmo tempo estar antenado nastendências de mercado. Me orgulho em ver colegas Zootecnistas atuando emfazendas, frigoríficos, corretoras, supermercados e grandes empresas da área!Parabéns a todos os Zootecnistas pelo seu dia!” 41
  42. 42. Renata Fernandes Analista Mercado de Boi/ Broker da Indusval & Partners Corretora Faz análise dos indicadores macro e microeconômicos de mercado de Boi Gordo, elabora relatórios que auxiliam o pecuarista na tomada de decisões e atua na mesa de operações de derivativos, com operações de Futuros e Opções na BM&F Bovespa.“Difícil falar de uma coisa que faz parte de mim, seria omesmo que fazer uma auto biografia. Amo a zootecnia, amo omercado de Boi, amo o meu trabalho! Apesar das dificuldadesque vejo alguns zootecnistas passarem, tenho certeza que anossa profissão será cada vez mais essencial no futuro, tantono campo como na visão estratégica de um zootecnista.Parabéns pelo nosso dia!” 42
  43. 43. Renata Jorge Anaruma Fiscal Federal Agropecuário - Superintendência Federal de Agricultura em SP - Mapa É responsável técnica pelo setor de alimentação animal no estado de São Paulo, coordena e planeja as ações físicas e orçamentárias do setor no Estado; fiscalização de fábricas de produtos destinados à alimentação animal; análise e emissão de registros de estabelecimentos e produtos; auditorias para habilitação de estabelecimentos para exportação e para uso de medicamentos na ração; emissão de certificados de exportação de produtos destinados à alimentação animal; responsável pelas ações investigativas em propriedades dentro do Programa Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes - PNCRC no Estado de SP.“É uma profissão que está diretamente inserida da cadeia produtiva dealimentos e que representa uma importância enorme na economiabrasileira, cujo perfil é de produção agropecuária”. 43
  44. 44. Renato Zanetti Dog Solution | Comportamento e Bem- Estar Animal, empresa que acredita na importância do comportamento equilibrado e do bem-estar para um relacionamento saudável entre cães e pessoas Responsável técnico pelo equilíbrio e bem-estar dos cachorros e pelo relacionamento saudável entre cães e pessoas. Para isso, valemos de atividades voltadas para o gasto de energia física e mental dos cães, utilizando jogos cognitivos para animais e de enriquecimento ambiental.“Zootecnia é gerar bem-estar, equilíbrio e saúde para os animais,oferecendo condições para que possam satisfazer suas necessidadesnaturais, por meio do conhecimento do comportamento animal”. 44
  45. 45. Ricardo André Martins Abreu Gerente Corte Zebu da CRV Lagoa Responsável pela contratação de touros corte Zebu e pelo planejamento de produção e vendas das raças Nelore, Nelore Mocho, Tabapuã, Guzerá, Brahman e Sindi.“A Zootecnia é um grande prazer que nos desafia continuamentena prestatividade e melhoria da pecuária”. 45
  46. 46. Rogério Marchiori Coan Diretor Técnico da Coan – Consultoria Avançada em Pecuária Ltda e da Academia da Pecuária – Consultoria e Treinamento Ltda Coordena diversos projetos de pecuária de corte e integração lavoura pecuária em todo o Brasil. Desenvolve consultorias e treinamentos para empresas do segmento de nutrição animal, genética animal e saúde animal, além de ser supervisor em produção animal da CRV Lagoa e Top in Life Biotecnologia e Genética Animal.“Zootecnia é uma ciência que busca a excelência na produçãoanimal, respeitando o bem estar animal e o meio ambiente”. 46
  47. 47. Rubia Campi Soares Diretora operacional de comercialização da Van Luin Foods Netherlands B.V. – que atua no comércio internacional de carnes Responsável pela gestão e desenvolvimento de estratégias, planos de vendas e metas de lucro. Gerencia as atividades do dia-a-dia do departamento de comercialização; prepara análises de custos e de indicadores do mercado de carnes, avalia resultados da equipe de comercialização; prepara os materiais de comunicação da empresa e estrutura a introdução de novos produtos ao portfólio.“A Zootecnia para mim é toda a base do que eu faço. Osconhecimentos que tenho sobre os fatores que afetam a cadeia deprodução de alimentos (carne mais especificamente no meu caso)são essenciais para a realização do meu trabalho hoje em dia”. 47
  48. 48. Stavros Platon Tseimazides Coordenador Corporativo de Bem-estar animal/ Marfrig Group Responsável por coordenar os trabalhos relacionados a bem-estar animal dentro do Grupo Marfrig (divisão bovinos). Treinamento de supervisores de bem-estar animal das unidades; pesquisas relacionadas a bem-estar animal buscando minimizar estresse e aumentar a qualidade da carne; desenvolvimento de manuais de bem-estar animal; acompanhamento de auditorias focadas em bem-estar animal; implementação de protocolos internacionais de certificação em bem- estar animal nas unidades frigoríficas; treinamento de motoristas boiadeiros; coordenador de trabalhos de extensão em fazendas; desenvolvimento de projetos relacionados a rastreabilidade; etc.“Zootecnia é uma profissão que te possibilita atuar em diversos ramos dacadeia produtiva, melhorando a qualidade dos produtos, aumentandoprodutividade, sempre respeitando os animais e o meio ambiente”. 48
  49. 49. Valdo Rodrigues Herling Professor Associado da FZEA/USP É professor Livre-Docente pela FZEA/USP na área de Forragicultura e Pastagens. Ministra aulas na graduação e pós-graduação da FZEA/USP nas disciplinas: Forragicultura I e II, Agrometeorologia e Introdução à Zootecnia (Graduação) e Botânica e Fisiologia de Plantas Forrageiras, Tópicos Avançados de Forragicultura e Pastagens (Pós-Graduação). Realiza pesquisas na seguinte linha: produção, manejo e conservação de plantas forrageiras. É tutor do Grupo PET Zootecnia (MEC/SESU) desde fevereiro de 2007 e tem participado de atividades administrativas como Comissões de Graduação, Pós-Graduação, CLA/PET - USP, Conselho de Departamento e GAPE (Grupo de Apoio ao Ensino).“Para mim, Zootecnia é a ciência da produção de proteína animal, pelamanipulação consciente e responsável das riquezas que a natureza nosapresenta”. 49
  50. 50. William Koury Filho Diretor da Brasilcomz - Zootecnia Tropical www.brasilcomz.com Trabalha na criação e gestão de projetos, definição de critérios de seleção, julgamentos de morfologia e seleção de animais. Agora a empresa também está preparada para atender a projetos de nutrição, tecnologia, publicidade, filosofia e gestão econômica. Nossa empresa atua principalmente em gerar e interpretar informações a fim de maximizar a eficiência do negócio de nossos clientes.“Zootecnia é a arte e técnica de atuar na produção animal comobjetivo de maximizar a produtividade sem deixar de ladoconceitos importantes da "nova economia", tais como o bem estaranimal, a responsabilidade socioambiental e demais necessidadespara uma produção sustentável”. 50
  51. 51. Wilson Aparecido Marchesin Supervisor de Nutrição Animal Rações COMIGO – Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano, Rio Verde/GO Responsável pela formulação de produtos, supervisão de programas de controle de qualidade e BPF; desenvolvimento de atividades de pesquisa e assistência técnica; elaboração de programas de nutrição animal e projetos técnicos; teste de produtos, equipamentos, processos e fornecedores; desenvolvimento e aprimoramento de novos produtos; orientação da produção e comercialização, segundo tendências de mercado.“Habilidade (do latim habilitate) é o grau de competência de um sujeitofrente à um determinado objetivo. Assim, fica claro que ZOOTECNIA é ahabilidade (competência, capacidade, aptidão) de desenvolver,preservar e controlar a produção animal explorando o máximo de suapotencialidade de maneira racional”. 51
  52. 52. Walter Motta Ferreira Presidente da ABZ“Defino-me principalmente como um cidadão entusiasmado. Casado, dois filhos ebotafoguense. Em se tratando das minhas senhas acadêmicas, sou Zootecnistaformado pela UFRRJ em 1977, onde fui também professor do Instituto de Zootecniaaté 1979. Em 1980 tive o dissabor e também a aventura de ter sido submetido a umacassação branca durante o regime tecnocrático militar e fui parar em Belo Horizonte.Fiz a especialização em Produção Animal e o Mestrado em Zootecnia na UFMG até1983, já como professor desta Universidade. Em 1990 concluí o Doutorado emCiência Animal pela Universidad Politécnica de Madrid. Voltei ainda à Espanha paraum período de um ano de Pós-doutorado, concluído em 2000, dedicado à nutrição deanimais herbívoros não-ruminantes com destaque em coelhos. Sou até a atualidadeprofessor associado da UFMG, lotado no Departamento de Zootecnia. Desde 2008 52presido também a Associação Brasileira de Zootecnistas”
  53. 53. O que é a ABZ? Walter Motta: A Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) é uma entidade independente e autônoma, sem fins lucrativos, criada em 1988 com o intuito de representar o interesse dos Zootecnistas Brasileiros no tocante à valorização e consolidação da imagem desta categoria na Sociedade. Pode-se dizer que a ABZ é a legítima porta-voz dos Zootecnistas em nosso País. Assume um papel estratégico e de significativa importância na medida em que a interlocução social se faz cada vez mais presente e necessária em todos os setores. Neste sentido, a ABZ tem sinergia com associações regionais, sindicatos e instituições de ensino de Zootecnia de forma a poder mediar à promoção e defesa de interesses corporativos de relevância em instâncias do poder executivo, legislativo, judiciário e demais órgãos, empresas ou instituições públicas ou privadas. A ABZ ainda desenvolve a cada ano, momentos especiais de reflexões e debates sobre diferentes assuntos da Zootecnia concentrado em eventos de alto nível que incluem questões sobre o estado-da-arte das ciências, políticas setoriais, recapacitação profissional, ensino da Zootecnia entre outras muitas temáticas de interesse de nossa área. O evento mais emblemático realizado anualmente pela ABZ com parceria de diversas entidades e empresas é o ZOOTEC, multievento itinerante que reúne um público considerável em cada edição. O próximo será realizado de 23 a 27 de maio em Maceió/AL e lá deveremos contar com mais de dois mil participantes. 53
  54. 54. Em quais frentes a Associação pretende atuar nos próximos anos? WM: A gestão que iniciamos em 2008 e que tem um mesmo grupo que se recandidata pela última vez agora em 2011 para mais três anos de mandato teve e continua perseguindo um programa de trabalho marcado com o mote “Identidade e Referência”. Apoiados em um plano estratégico, procuramos aprofundar a visibilidade e a consequente inserção do Zootecnista nas políticas públicas de maneira a possibilitar que este profissional de alto valor para o desenvolvimento do País possa se integrar mais profusamente na estrutura funcional de órgãos e empresas públicas e privadas voltadas para o agronegócio e agricultura familiar. Cumprimos um programa de marketing e qualidade para o trabalho qualificado onde o Zootecnista teve explicitado, em destaque, as suas competências e habilidades profissionais. Os agentes da esfera pública e privada, bem como os grupos formadores de opinião, foram efetivamente informados sobre os amplos papéis que o Zootecnista desenvolve em sua área, de forma que o seu perfil profissional e os resultados que são decorrentes do seu trabalho sejam reconhecidos mais adequadamente pela sociedade. Outra etapa importante na gestão da ABZ que fizemos e que será ainda bem considerada nesta etapa de mais três anos é a formatação de um programa nacional de certificação de empresas ou de produtos, da área da Zootecnia, ainda não definimos esta abordagem, onde um selo de qualidade auferido pela ABZ – ou concomitante a outras entidades – possa credenciar as iniciativas do setor produtivo que sejam destacadas e que atendam aos padrões técnicos estabelecidos. 54
  55. 55. Certamente, a ABZ ouvirá os Zootecnistas e os interlocutores das diferentescadeias produtivas, assim como os entes governamentais de forma acompaginar a melhor participação da ABZ neste processo e estabelecer de queforma lidaremos com outras iniciativas que se somam a este esforço emproporcionar à sociedade brasileira o melhor serviço profissional e garantias aprodutos confiáveis e seguros.Também é desejo manifesto de nossa entidade colaborar com a consolidaçãodos sindicatos e associações regionais de Zootecnistas nos Estados de maiorconcentração de profissionais e ajudar na criação da Federação SindicalNacional dos Zootecnistas. Acreditamos que a profissão se torna forte quandosuas instituições representativas também são sólidas e reconhecidassocialmente.Uma decisão já tomada majoritariamente pela categoria dos Zootecnistas – eque respeitamos completamente – é a criação do Sistema Conselhos Federal eRegionais de Zootecnia. Temos consciência de que nossa decisão implica nasuperação de muitas etapas no âmbito legislativo e, futuramente, naestruturação das entidades, assim como temos de saber negociar de formaaltiva e aberta com o Sistema CFMV/CRMVs onde, legalmente, os Zootecnistasestão inscritos para efeito da fiscalização do seu exercício profissional e dasempresas da área da Zootecnia.Destes fatores resulta a concretização harmônica e amistosa do objetivo deindependência institucional. Entendemos que temos apoio político para estefeito e a ABZ, como legítima representante do interesse dos Zootecnistas, deveimplementar os diálogos necessários para tais conquistas. 55
  56. 56. No tocante a nossa gestão administrativa a ABZ está se reestruturando parasediar-se definitivamente no Distrito Federal. Nosso amadurecimentoinstitucional impõe uma representação mais permanente na capital do País,onde as decisões mais importantes são tomadas, em especial aquelas de ordemlegislativa e judiciária. Já temos uma parceria acertada há dois anos com oConselho regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal que nos cedeu umespaço físico para instalação na capital federal, mas, no final do ano de 2011vamos nos mudar para uma sala definitiva que concretizamos com um novoacordo que fizemos com a Federação de Agricultura do Distrito Federal. Enfim,estamos alcançando o objetivo de criar as condições necessárias paraestabelecer uma base referencial da ABZ em Brasília, mesmo que seja simples,mas funcional de tal modo que sirva ao propósito de apoiar as ações que aentidade pode e deve realizar na defesa dos interesses maiores da Zootecnia edos Zootecnistas. Igualmente, como reza nosso estatuto, estamos designandodelegados regionais da ABZ, que serão investidos da representação da entidadeem todos os estados da Federação.Em outro campo, para maior interatividade com os nossos associados e com opúblico em geral, a ABZ já realizou uma reforma importante do seu sítio deinternet (www.abz.org.br), que se reverte em uma verdadeira rede nacional daZootecnia e conta com ambientes apropriados à informação geral e específicasobre a ciência Zootecnia e a profissão de Zootecnista, mural de oferta detrabalho e estágios, banco de currículos, informações educacionais, científicas etécnicas, blog do presidente, disponibilização de imagens, filmes, arquivos edocumentos técnicos, históricos e científicos, revista técnica eletrônica, entreoutras inúmeras novidades que promovem o sítio à condição de verdadeirareferência pública de nossas atividades. 56
  57. 57. Temos tido a firmeza em criar as condições do avanço que pretendemosalcançar, no entanto a ABZ deve também induzir uma ampliação na massacrítica de associados que, atualmente, tem potencial para mais 30 milprofissionais Zootecnistas e estudantes de graduação em Zootecnia, quetambém podem se associar à entidade com uma inscrição provisória deimportante significado pré-profissional. Esperamos que a melhoria da interfacecom nossa categoria profissional e com os estudantes por meio do novo sítio deinternet da ABZ e, concomitantemente às ações desta nova frente de trabalho,venham sensibilizar maior número de colegas e futuros profissionais a seenfileirarem conosco nesta luta iniciada há 23 anos por dirigentes que meantecederam e que militaram com esforço hercúleo e recursos próprios paraerguer a entidade.Outra tarefa não menos importante será a aproximação produtiva com asentidades de classe representativas de outras categorias profissionais dasciências agrárias que possuem relação com nossa ação profissional. AZootecnia e os Zootecnistas se apresentam à sociedade como parceiros para asmelhorias, para os avanços de nossas necessidades sociais e para odesenvolvimento do País. Reconhecemos que não realizamos este trabalho deforma isolada, tamanha a complexidade da produção animal como atividadeeconômica. Ainda assim, defendemos que os Zootecnistas compreendem ogrupamento profissional que se encontra melhor conformado a enfrentar osdesafios de superação dos índices de desempenho e rendimento dos animaisúteis ao homem, bem como garantir a melhoria da qualidade dos seus produtose serviços, bem como a garantia da sustentabilidade do meio ambienteprodutivo. 57
  58. 58. Em um contexto inter-relacional, também queremos participar das decisões políticas e estratégicas que envolvam as discussões de atuação profissional e de apoio às cadeias produtivas e negociais de animais e assim compartilhar nossas propostas e preocupações com os destinos da produção animal brasileira. Exigimos sermos ouvidos e reconhecidos como participantes ativos destas discussões e decisões maiores que implicam na manifestação dos grupamentos profissionais responsáveis por papéis importantes e estratégicos, como é o caso da categoria dos Zootecnistas. Não queremos ser excluídos do debate, mas reconhecemos que entrar incisivamente nele implica em muita dedicação e isto é um desafio a ser superado, dada a imensa cobrança de ações em diferentes temas que requerem nossa posição. Teremos de dividir mais entre os colegas que são competentes em representar bem as opiniões e pensamentos elevados da categoria.Como você definiria a Zootecnia? WM: A Zootecnia, em termos mundiais, se perfila intrinsecamente como uma das bases sustentadoras da produção e serviços que se relacionam direta ou indiretamente a produção dos animais úteis ao homem e ao melhor e mais seguro destino de seus produtos, serviços e resultados, inseridos ou não em cadeias produtivas. No passado, pensou-se a Zootecnia apenas da "porteira para dentro” de uma propriedade rural. Muito além está nosso papel e mais robusta está nossa missão. Não se pode mais fazer Zootecnia com um simples aprendizado teórico ou algumas horas de treinamento. Nem mesmo com ações repetidas amparadas pela crença ou tradição. 58
  59. 59. O planejamento e a gestão do negócio e das pessoas envolvidas na produçãoanimal ficaram mais intrincados com a intensificação das bases competitivasque se desenham na globalização. As ciências correlatas evoluem e avolumama cada dia novos conhecimentos que devem ser acompanhados etransformados em inovações e tecnologias.Com todo o cuidado de nossas abordagens e intervenções, a Zootecnia de hojedemanda dedicação intensa e muito estudo na preparação dos profissionais edas condições para sua ação. Transformar-se permanentemente deve ser vistocomo um fato natural e bem-recebido como sinal de sua vitalidade eimportância estratégica para o bem-estar humano. É preciso, no entanto, que aZootecnia e os Zootecnistas sejam mais reconhecidos em sua definição epapéis sociais que representam no desenvolvimento do País.Como definido pelo nosso patrono maior o Professor Octávio Domingues, em1929, se encontra como objeto de interesse e esfera de domínio da Zootecniacomo área de conhecimento, os estudos, desenvolvimento de técnicas e deprocessos de adaptação econômica do animal ao meio e a transformação destemesmo meio ambiente ajustado às potencialidades e possibilidades deexpressão produtiva do animal. Mostra a definição clássica e ainda muitocontemporânea, que nossa tarefa é complexa e que necessita de uma séria ecompetente formação universitária. 59
  60. 60. Qual o principal desafio/problema da profissão de Zootecnista hoje? WM: Há pouco mais de cem anos, a agricultura, em amplo senso, saía de um completo empirismo e adentrava o século XX com o surgimento e evolução das novas ciências pós-revolução industrial, em uma era de pujança e de grandes feitos e descobertas. As tensões e rompimentos causados pelo crescimento da população mundial, ocupação geográfica desordenada, pouca ou nenhuma consciência ambiental e, principalmente, os embates nas relações políticas e econômicas que buscavam concentração de poder criaram, por fim, um modelo competitivo e implacavelmente desumano. Atualmente, todos os seres humanos temos o desafio de reverter, entre outros, a barbárie, a fome, a miséria moral e física com que convivemos em qualquer lugar do planeta. A Zootecnia, como área de conhecimento que lida com a produção racional dos animais úteis ao homem e que cuida das intervenções no meio no qual os animais serão criados, tem uma imensa responsabilidade, juntamente com as demais profissões co-irmãs das ciências agrárias, em dar as respostas mais ajustadas aos novos tempos, em que se requer menor impacto ambiental na produção de alimentos, preservação dos recursos naturais e sustentabilidade dos sistemas de produção, racionalidade do uso da energia, da água, dos solos, diminuição da emissão de carbono na atmosfera, uso de subprodutos e resíduos de forma segura na produção de alimentos etc. 60
  61. 61. Se não utilizarmos de toda a ciência, técnica e sabedoria no manejo dosrecursos existentes para produzir alimentos é possível que a alteração climática– já em curso no século XXI, seja ela causada por fenômenos cíclicos naturaisou pela influência do homem – provoque, nos próximos anos, prejuízosirreparáveis e fortes mudanças em nosso modo de vida. Nunca foi tão urgenteo emprego de inteligência responsável e a boa ciência e técnica para amparar ohomem em sua saga de espécie hegemônica no mundo. A Zootecnia deve sepreparar para estes desafios e creio firmemente que será reconhecidasocialmente como uma das ciências que suportarão as soluções pertinentes.Percebo que já estamos mobilizando atenção das instituições mantenedoras doensino de graduação e pós-graduação em Zootecnia, que inserem, em seusprojetos pedagógicos, tais perspectivas na formação do profissional daZootecnia e dos cientistas que lidarão com estas respostas.Da mesma forma, temos debatido intensamente, em nossos principais eventos,estas questões contemporâneas e nossa mudança estratégica de perfil e açãopara superar os desafios que se avizinham. Os profissionais já habilitadosdevem, igualmente, se recapacitar para esta nova era e sempre entender que"aprender a desaprender para aprender de novo", como citou Alvin Toffler, énossa missão cotidiana. A ABZ, no limite de suas possibilidades, deve atuar nafacilitação desta imensa tarefa e cobrará atenção dos demais co-responsáveis. 61
  62. 62. Em relação ao campo de trabalho, quais as oportunidades que devemsurgir nos próximos anos para o Zootecnista? WM: A pergunta demanda uma resposta que implica certo exercício de projeção do que hoje temos assistido nas práticas zootécnicas sejam elas as mais sofisticadas e complexas aplicáveis a situações específicas ou as aderentes a vida das cidades. Não serei tão amplo quanto estas projeções sugerem, mas sim destacarei algumas das oportunidades que venho acompanhando e que de alguma forma são associadas ao desenvolvimento das ciências e da percepção que é necessário o emprego de conhecimentos científicos para o bem comum. Não há dúvidas que nos novos cenários que se despontam os profissionais envolvidos na intervenção ou no manejo dos recursos naturais como os Zootecnistas essencialmente, assim como outros profissionais de ação técnica direta e os cientistas de todo o mundo, devem trabalhar juntos para buscar alternativas de desenvolvimento sustentável, como por exemplo, a que tem sido de alguma forma efetuada na produção de biocombustíveis no Brasil onde se promulga denotada economia de carbono e diminuição da emissão de gases na atmosfera. Sustentabilidade, nesta perspectiva, é desenvolver a Sociedade sem comprometer as necessidades das gerações seguintes. Não se afasta desta mesma vertente a importância de se fortalecer o uso de materiais recicláveis e de fontes renováveis de energia, o manejo racional dos recursos hídricos, a conservação dos ecossistemas e do material genético disponível, que implica em utilizar com racionalidade mantendo a biodiversidade e aprendendo a viver de forma saudável, em harmonia com a natureza. 62
  63. 63. Os Zootecnistas para além da tradicional participação como profissionaisrelacionados ao desenvolvimento e aplicação de conhecimentos e técnicasrelativas direta ou indiretamente à Produção Animal tanto no nível dos grandesmercados do Agronegócio como na singeleza e importância estratégica daAgricultura Familiar, devem estar preparados para assumir um papel decatalisador de desenvolvimento social, principalmente no contexto rural. Possodar um exemplo que considero muito ajustado a este propósito: umaoportunidade de trabalho altamente relevante e que temos observado emalgumas experiências relatadas por vários profissionais, é a de gestor depolíticas públicas que suportam a produção animal em diferentes municípiosdeste país. Esta experiência pode se reproduzir em milhares de municípiosbrasileiros com vocação agropecuária e que colaboram para o País despontarem todo o mundo como um dos maiores produtores de alimentos. Dada a novarealidade não retrocederemos mais desta linha de vanguarda, a não ser quenão tratemos nossos recursos com a aplicação dos conhecimentos necessáriospertinentes em cada caso. Não haverá espaço para improvisação ouintermediação na tomada de decisões cruciais para o desenvolvimento daprodução animal. Profissionais que privilegiadamente detenham a capacidadede gerir politicamente os sistemas produtivos sem que estas ações sejamimpactantes drasticamente nos recursos naturais serão cada dia maisimprescindíveis e daí abrem-se enormes lacunas e oportunidades de trabalhotanto em um emprego público como de iniciativa privada autônoma ouempresarial. 63
  64. 64. A utilização das tecnologias de informatização e de comunicação no contexto daprodução animal tem uma longa tradição, mas a evolução contínua dosequipamentos ao nosso dispor e das crescentes exigências de sustentabilidadeeconômica, animal e ambiental tem criado condições para que a denominadaZootecnia de Precisão seja praticada na generalidade das espécies animaisindependentemente do modelo de produção adotado, o que se revela umdesafio extraordinariamente interessante para os técnicos que desenvolvem asua atividade neste setor.É importante apresentar, inicialmente, um enquadramento da Zootecnia dePrecisão, bem como das técnicas e instrumentos que utiliza, pretendendocontribuir para um melhor conhecimento deste suporte de produção que temrecebido fortes investimentos em pesquisa e desenvolvimento tecnológico, mascuja adoção em larga escala ainda não se concretizou. A Zootecnia de Precisãoainda tem um longo caminho a percorrer mas, de alguma forma aponta paraonde caminham as oportunidades em sistemas produtivos que adotam estasferramentas.Não se podem correr riscos de formar Zootecnistas apenas preparados paramega mercados internacionalizados servindo-se meramente como misturadorde receitas técnicas em sistemas de agronegócios de exportação de um sóproduto. Nada que obstar quanto ao emprego ou trabalho nessas condições,mas, a mola do desenvolvimento de um País implica que a maior propulsãoseja dada a partir da inclusão competitiva dos milhares de pequenos produtoresque podem e devem estar organizados para o salto que se pretende dar, aomesmo tempo em que são estratégicos e muito importantes para garantir o 64
  65. 65. acesso popular a produtos com qualidade e preços aceitáveis. O reconhecimentodas potencialidades das produções animais locais e os saberes envolvidos nessesprocessos são premissas substanciais o suficiente para justificar que não devemse distanciar da formação profissional do Zootecnista. Nesta vertente, os conceitose importância da Etnozootecnia e sua transversalidade com outros conhecimentos,se encaixa em justaposição em uma premissa de uma outra oportunidade detrabalho nos próximos anos.Nas Universidades o assunto de bem-estar animal é em geral uma questãocientífica e ética proposta em termos ambíguos que suscita numerosos dilemaspara Ciência e Sociedade. Hesitação e polêmica surgem em um processodecorrente da prática de julgamentos de valor à medida que conceitosrelacionados ao assunto de bem-estar são formulados e critérios de avaliaçãodesenvolvidos. Esta situação, não obstante, reclama um posicionamento maiscoeso e deliberativo, pró-positivo à abertura de linhas de pesquisa e de disciplinasvoltadas para o estudo do comportamento e do bem-estar animal. Não deve haverem Zootecnia nenhum dilema ou antagonismo, muito ao contrário, entre osestudos de bem-estar dos animais úteis ao homem e a finalidade com as quaisconcorrem suas relações em sistemas produtivos ou de simples criação.Os conceitos de bem-estar animal no âmbito zootécnico para além de implicar emreconhecer os aspectos éticos, humanitários e de bom senso na manutenção deanimais em cativeiro ou em sistemas de produção estão intrinsecamenterelacionados às condições técnicas de ambiência e de expressão comportamentalassociada a indicadores zootécnicos de produção e os biológicos ou bioquímicos,bem como outros desta dimensão que possam permitir a interpretação do estadode saúde dos mesmos. 65
  66. 66. Repetimos, a título de deixar clara nossa missão, que a Zootecnia é a ciência quese designa como sustentáculo do emprego de medidas e processos de adaptaçãoeconômica do animal ao sistema de produção ou criação e da modificação deste aoanimal. Substantivamente, não há nas técnicas de produção a falta de atenção aospreceitos que concorrem em elevar o animal ao seu patamar produtivo associada asua expressão comportamental.A Zootecnia não se restringe apenas ao animal de produção onde os estudos deetologia e de bem-estar de alguma forma já se intensificaram e produziramprocedimentos e técnicas que em muito melhoraram a relação do animal em seumeio produtivo. A Zootecnia também tem interesse e dedicação à criação de outrosanimais em cativeiro como, por exemplo, os silvestres, selvagens e os decompanhia, se não por seu propósito produtivo também pela sua relevância socialno bem-estar humano.Não se pode deixar de incitar que é conteúdo emergente a questão da Zootecniaurbana que se delineia a partir dos animais de companhia, lazer e ornamentação. Aorientação técnica nestas condições não pode ser apenas vinculada ao atendimentoclínico que os mesmos sejam passíveis da competência de outros grupamentosprofissionais. A partir dos arcabouços teóricos e práticos desenvolvidos em animaisde produção muito se pode edificar para aplicação em animais de companhia.Certamente, que os estudos de bem-estar nas situações concretas dos animais decompanhia, os denominados Pets, orbitem em uma diferente dimensão daquelesinseridos em sistemas produtivos. Estima-se que no Brasil existam 31 milhões decães e 15 milhões de gatos que em 2007 apresentaram um consumo potencial de3,96 milhões de toneladas de alimentos, sendo o faturamento do mercado de 66
  67. 67. animais de estimação em torno de US$ 4,1 bilhões, além de gerar milhares deempregos, na indústria e no comércio de alimentos, medicamentos e acessórios.Diante deste quadro, é de crucial importância atentar para a transfiguração darelação homem-animal, pois, hoje em dia, ela reflete indiretamente sua ação na vidacomunitária, tornado obrigatória alteração no modo de tratamento do animal o quepressupõe uma nova leitura da realidade no campo jurídico e ético associados aobem-estar animal. Vejo nesta temática uma grande oportunidade de trabalho nofuturo próximo.Várias vertentes da atualmente denominada biotecnologia tem inserção contundentena Zootecnia. Desde a manipulação de microorganismos para benefício dodesempenho produtivo de animais até a produção de alimentos para uso naalimentação animal, como de certa forma já se executa no secular estudo dasfermentações e suas múltiplas aplicações. A biotecnologia assim se absorve comexpressiva utilidade na Zootecnia. Alguns conhecimentos e práticas que podem serentendidas como de habilidades laboratoriais não poderiam se afastar dotreinamento do estudante de Zootecnia para que não corrêssemos o risco deestarmos apenas preparando o profissional para uma intervenção técnica napropriedade e se olvidando de uma importante contribuição que pode oferecer nageração de conhecimentos da “porteira para fora”. Pretende-se não correr o risco doreducionismo das imensas possibilidades de relação da biotecnologia com aZootecnia, assim sendo, objetiva-se nesta resposta apenas se concentrar emcampos de saberes mais concretos que se constituíram nos anos recentes emsubstanciais contribuições científicas e técnicas. Um deles é a nutrigenômica. 67
  68. 68. A Nutrigenômica é o estudo de como os componentes da dieta interagem com genes alterando o fenótipo e, inversamente, como os genes e seus resultados fenotípicos se comportam na metabolização de nutrientes, antinutrientes e compostos bioativos. Resultados de estudos epidemiológicos moleculares e genéticos indicam que um desequilíbrio alimentar pode alterar as interações genes–nutrientes de maneira que aumentam o risco de desenvolver doenças crônicas. Por si mesmo isto é um desafio formidável e que não é tão difícil de se resolver. De alguma maneira, em um futuro próximo as práticas de nutrição e alimentação animal, um dos pilares da Zootecnia sofrerão imensa transformação conceitual, temos de estar preparados para fazer frente a este desafio que se transformará certamente em uma nova e sofisticada oportunidade completamente associada ao trabalho do Zootecnista.Temos acompanhado uma longa disputa para a criação de um Conselhopara a Zootecnia. Qual a importância deste Conselho e como estãocaminhando as negociações sobre o tema? WM: Um conselho como implementado no sistema cartorial brasileiro, deveria ser tão somente uma autarquia federal que tem por missão o controle e a fiscalização do exercício profissional de dada categoria e das pessoas jurídicas inseridas naquele campo de trabalho. A bem da verdade os conselhos que foram concebidos para primar, como tribunais de ética e instâncias de consulta pública, pela defesa dos interesses sociais em razão da garantia da permanência no trabalho de bons profissionais e de dignas empresas de serviços e produtos que comercializam, funcionam mais como instâncias que privilegiadamente exercem uma posição de reserva de mercado e de defesa corporativa para inserir cada vez mais as profissões representadas no mercado de trabalho e assim atuam como lobistas das políticas públicas que podem absorver estes mesmos contingentes. 68 Ou seja, representam mais os anseios profissionais do que os da Sociedade.
  69. 69. Os Zootecnistas quando instituídos e regulamentados pela Lei 5.550 de 1968,foram remetidos aos Conselhos de Engenharia, Arquitetura e Agronomiaenquanto não instituídos os Conselhos de Medicina Veterinária ou da própriaclasse, como reza a referida Lei.Bem, quando se formaram os primeiros graduados em Zootecnia em 1970 jáhavia sido criado o sistema CFMV-CRMV´s, e assim fomos impelidos pelo textolegal a se inscrever no mesmo para garantir a plenitude do exercícioprofissional. Esta condição não implicou em nenhuma alteração da configuraçãodeste sistema previsto na Lei 5.517 de 1968, que é composto majoritariamentepor Médicos Veterinários. Com isto, devido à natureza numérica de nossacategoria nunca alcançamos mais que um quinto do efetivo de MédicosVeterinários, e sendo este o argumento fútil usado para não se alterar aproporção de diretores e conselheiros do sistema, fomos excluídos dapossibilidade de uma representação democrática e dos debates e decisões sobsua égide, colocando-nos como um conveniente penduricalho de pessoas físicase jurídicas que contribuem para a existência do órgão, mas, longe de podereminfluir em suas decisões, principalmente quando os debates são de temasconflitivos entre as categorias que estão lado a lado no mesmo conselho. Aminoria quando assim está representada sempre perde!Este problema nunca foi debatido pelo sistema CFMV-CRMV´s com a presençadas lideranças da Zootecnia que por anos a fio vem a duras penas seorganizando para conquistar espaços e direitos. Já fora feita no passadopróximo uma proposta de se constituir um conselho único e coeso das duasprofissões, mas que fosse equitativo, igualitário e representativamente eleitodiretamente pelos pares, mas, esta intenção não prosperou. 69
  70. 70. Hoje, somos muito mais maduros e sabemos onde queremos chegar com aparcimônia necessária para tais passos decisivos. Não queremos ser tuteladospor nenhuma outra categoria co-irmã ou não, somos crescidinhos o suficientepara fazer nosso próprio caminho com ou sem a colaboração do atual sistemaque estamos inseridos.A categoria dos Zootecnistas já decidiu, queremos nosso próprio sistema deconselhos federal e regionais de Zootecnia. Temos um projeto de Lei (PL-1372,de 2003) de autoria do deputado Max Rosenmann, PMDB-PR, falecidoprecocemente em 2008, que já foi aprovado na Câmara e no Senado, segueagora novamente na Câmara tramitando nas Comissões de Trabalho,Administração e Serviço Público e na de Constituição e Justiça, para daí àsanção presidencial, o que deve ocorrer ainda este ano.Hoje este é o maior objetivo que temos em nossa categoria. Porém, não vamossó querer mais um conselho de defesa de espaços corporativos, e sim umainstituição que seja reconhecida pela luta dos direitos da Sociedade receber osmelhores serviços e profissionais da Zootecnia. Há que considerar que temosde vencer algumas resistências jurídicas e também corporativas para chegar aconcretizar este sonho, mas, os que estão na linha de frente das ações políticasestamos todos muito mais determinados e conscientes de nossas forças deargumentação política do que tínhamos no passado. Nossa luta não será emvão!Por enquanto, estamos tratando de recuperar o respeito que devemos cobrardaqueles que deveriam primar pela defesa e amparo da Zootecnia como 70profissão regulamentada e inserida de fato e de direito no contexto trabalhista.
  71. 71. Temos observado, mas, não impassíveis, a uma tentativa de expurgo da Zootecnia de suas próprias missões profissionais, que tem em seu principal exemplo a edição de resoluções ilegais e arbitrárias do atual sistema CFMV- CRMV´s que excluem o Zootecnista da responsabilidade técnica de estabelecimentos de produção animal. Estas tentativas de regulamentação infralegal serão todas questionadas judicialmente. Não vamos assistir impassíveis a exclusões deliberadas dos profissionais de Zootecnia ao seu próprio e legítimo posto de trabalho causadas por diferenças e preconceitos ignorantes gerados pelo corporativismo insano. A ABZ está atenta a demandar para consolidação da profissão e proporcionar à sociedade o acesso ao melhor e mais competente serviço zootécnico. Estamos certos que em uma perspectiva de diálogo institucional e consenso podemos construir juntos um novo e melhor convívio profissional, mas, não transigiremos com a Zootecnia que merece todo respeito e reconhecimento.O que os Zootecnistas podem fazer para colaborar com estasdiscussões? WM: Primeiramente, filiarem-se à ABZ e participarem ativamente dos debates e eventos que realizamos. Temos milhares de associados profissionais e de pré- inscrições estudantis, mas, gostaria que cada Zootecnista e estudante deste País percebessem a ABZ na sua dimensão e importância para nossa emancipação profissional. Não há o que questionar sobre a nossa legitimidade em ser a porta- voz da Zootecnia em nosso País. 71
  72. 72. Este reconhecimento foi inclusive citado em diferentes discursos de Deputadose Senadores no Congresso Nacional, o que revela que os representantes daCasa mor da democracia incorporam à ABZ no rol de entidades que devem serouvidas e de participarem dos debates e reflexões em temas de seu interessecomo ciência, da atividade econômica da Produção Animal e de sua própriacondição de profissão regulamentada.Outra expectativa que tenho dos Zootecnistas é que, uma vez que são cidadãosinseridos na Sociedade democrática que nos define, façam suas própriasgestões políticas em favor das conquistas que queremos a alcançar.Um segunda e não menos importante atitude dos Zootecnistas, como homens emulheres de bem é que se preocupem em serem sempre bons profissionais,mas, sobretudo, melhores seres humanos e que compartilhem e colaboremprofusamente por uma vida digna para todos. Ampliem com seu trabalho, pormais modesto que seja a possibilidade das pessoas terem um mundo melhor,mais justo e igualitário. 72
  73. 73. 13 de maio - dia do ZootecnistaAutor: Arlindo Saran Netto No dia 13 de maio comemora-se o dia do Zootecnista. Apesar da Zootecnia ser um ramo de conhecimento que surgiu na França em 1848, no Brasil o primeiro curso universitário foi fundado em 1966, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Transcorreram-se 44 anos a partir da criação do primeiro curso de Zootecnia, muitas empresas do setor agropecuário ainda são desinformadas sobre as vantagens de se contratar profissionais com esta formação. Além disso, os Zootecnistas sofrem concorrência de agrônomos e principalmente de veterinários por não possuírem um conselho próprio que defenda os interesses da classe e uma legislação exclusiva que estabeleça os limites das atividades, nas áreas em que o Zootecnista pode atuar. O mercado para a Zootecnia tem se expandido em todas as regiões brasileiras, no norte e centro-oeste ocorre grande expansão, pois são fronteiras agrícolas e o agronegócio predomina economicamente, nas regiões sul e sudeste tem crescido a necessidade de profissionais com especialização ou pós-graduação, porque são regiões com maior concorrência. 73

×