Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Acerto talk - Descobrindo o poder do Cloud Computing

42 views

Published on

Ciclo de palestras sobre computação na nuvem

Published in: Software
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Acerto talk - Descobrindo o poder do Cloud Computing

  1. 1. Descobrindo o poder do ‘Cloud Computing’
  2. 2. Faça parte também... # meetup.com/pt-BR/Random-Hacks
  3. 3. André Paulovich Arquiteto de Sistemas - CI&T paulovich@100loop.com | @andrepaulovich MCP | MCTS | MCT | MCAD | MCSD.Net | MVP Asp.Net 2011-2014
  4. 4. Quem?
  5. 5. Somos globais, presentes no Brasil, EUA, Europa, Japão e China. Excelência reconhecida pelo mercado com diversos prêmios e certificados desde a nossa fundação em 1995. Somos multiculturais, com uma legião de mais de 2000 talentos e suas incríveis histórias
  6. 6. Forte presença em regiões estratégicas Estados Unidos • Atlanta • Filadélfia • São Francisco • Somerset NJ • Nova Iorque Brasil • Campinas (sede) • Belo Horizonte • Rio de Janeiro • São Paulo UK • Londres China • Ningbo • Shangai Japão • Tokyo 3
  7. 7. Reconhecimento CI&T foi listado nos últimos seis anos consecutivos como um dos melhores prestadores de serviços de outsourcing do mundo pela IAOP. Top Parceiro do ano em Cloud 2013 e 2014 CI&T é símbolo de inovação em outsourcing Fortune Magazine 9 anos no ranking
  8. 8. Descobrindo o poder do ‘Cloud Computing’
  9. 9. Computação? “A computação pode ser definida como a busca de uma solução para um problema a partir de entradas (inputs) e tem seus resultados (outputs) depois de trabalhada através de um algoritmo. ” Wikipedia
  10. 10. E negócio precisa de computação
  11. 11. Como é hoje
  12. 12. Como é hoje?
  13. 13. Tempo Carga Alocação de capacidades Desperdício de capacidades Falta de capacidades Previsão de carga Padrão de Crescimento de Capacidade de TICapacidadedeTI
  14. 14. Uso Computação Tempo Uso Inatividade • Desperdício da capacidade provisionada • “Time to market” pode ser retardado Padrões de Uso: Liga/Desliga
  15. 15. Uso • Serviços que precisam crescer e escalar • Crescer é um desafio grande na TI • Deployment complexo Padrões de Uso: Crescimento RápidoComputação Tempo
  16. 16. Uso • Pico de demanda inesperada • Desempenho comprometido pelo pico • Difícil provisionar nos casos extremos Padrões de Uso: “Pico Imprevisível“ “Earth Shake” Computação Tempo
  17. 17. Padrões de Uso: “Picos Previsíveis” Sistemas estudantis Bancos Computação Tempo Uso
  18. 18. Mesmo “prevendo” você ainda tem um problema!
  19. 19. Vende ISSO!
  20. 20. Em 2005, a Amazon já tinha investido mais de uma década e centenas de milhões de dólares para desenvolver e gerenciar uma infraestrutura de TI em grande escala, confiável e eficiente, que alimentou a operação de uma das maiores plataformas de varejo on-line do mundo.
  21. 21. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  22. 22. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  23. 23. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  24. 24. “Everything fails all the time.” Werner Vogels CTO da Amazon
  25. 25. Recuperação em desastres
  26. 26. Como isso é medido?
  27. 27. Como isso é medido? Mais facilmente compreendido pela tabela dos noves:
  28. 28. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  29. 29. Tempo CapacidadedeTI Carga Alocação de capacidades Desperdício de capacidades Falta de capacidades Previsão de carga Padrão de Crescimento de Capacidade de TI
  30. 30. Carga Redução do investimento inicial Redução do excesso de TI Sem falta de capacidades Redução das capacidades nos momentos de redução da carga Tempo Previsão de carga Padrão “Pay as you go” ou EscalávelCapacidadedeTI
  31. 31. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  32. 32. Compare! https://awstcocalculator.com
  33. 33. Se “popularizou” em 2008
  34. 34. Entenda o contexto
  35. 35. Big Users
  36. 36. Fonte: ProgrammableWeb Clube dos Bilhões 5+ Bilhões de Calls/Dia1+ Bilhões de Calls/Dia
  37. 37. A Internet das coisas
  38. 38. E a exigência dos usuários é cada vez MAIOR!!!
  39. 39. Evolução Virtualização Físico SaaSVirtual IaaS PaaS Nuvem
  40. 40. Seu Datacenter Virtualization O/S Hardware Network Data Applications Firewall Web Sites Applications Data Serviços na Nuvem Applications Firewall Rules Data Virtual Network Máquinas Virtuais Virtual Network Data Applications Firewall Rules O/S Quanto mais à direita, maior o foco no “negócio” Cloud Services
  41. 41. Cloud Native ou PAAS! Flexibilidade Agilidade
  42. 42. Cloud Native ou PAAS! Flexibilidade Agilidade
  43. 43. Eu QUERO Agora! Posso pegar minha aplicação atual e publicá-la na nuvem para ter todas estas vantagens?
  44. 44. 90% das aplicações são assim.
  45. 45. Ele continua sendo um Porco!
  46. 46. “On the line” Clickgram
  47. 47. Você é o responsável pela infraestrutura de um novo aplicativo chamado Clickgram. O Clickgram permite que qualquer pessoa compartilhe uma foto com seus amigos em apenas um clique! Chegou o momento de você colocar o aplicativo no ar e seu chefe exigiu que não ocorram problemas de escalabilidade ou de disponibilidade.
  48. 48. Requisição Resposta JAVA MySQLREDIS HD
  49. 49. Requisição Resposta Servidor 01 JAVA MySQLREDIS HD
  50. 50. Mas lembre-se de que precisa ser escalável!
  51. 51. Servidor 01 JAVA MySQLREDIS HD Servidor 02 JAVA MySQLREDIS HD Requisição Resposta Requisição Resposta
  52. 52. MySQLREDIS HD Parece bom, mas as camadas de dados não são escaláveis simplesmente “dobrando” os servidores. E agora?!
  53. 53. Requisição Resposta Servidor 01 JAVA MySQLREDIS HD Novamente parece muito bom! Esta abordagem de montar um servidor mais potente vai funcionar por um tempo, mas tem um limite físico.
  54. 54. Voltamos à estaca zero!
  55. 55. Dica de ouro!
  56. 56. ServidorServidor ServidorServidor JAVA MySQL REDIS HD Isole cada componente da sua aplicação!
  57. 57. Problema: O banco de dados está muito lento. O que fazer?
  58. 58. Servidor (master)Servidor ServidorServidor JAVA MySQL REDIS HD Um master-slave pode funcionar! Servidor (slave) MySQL
  59. 59. Os bancos relacionais, são “limitados”! (DBA´s por favor sem polêmica)
  60. 60. ServidorServidor ServidorServidor JAVA NoSQL REDIS HD Mas considere usar bancos NO-SQL
  61. 61. Problema: A quantidade de escritas e leituras no sistema de arquivos (armazenamento de fotos) precisa aumentar. O que fazer?
  62. 62. ServidorServidor ServidorServidor JAVA NoSQL REDIS Storage Não use um sistema de arquivos convencional.
  63. 63. Problema: O sistema de cache precisa de mais memória. O que fazer?
  64. 64. ServidorServidor ServidorServidor JAVA NoSQL REDIS + Memória Storage Neste caso, aumentar a memória de um servidor basta!
  65. 65. Problema: A aplicação não está atendendo todas as requisições por conta de limitação do processamento. O que fazer?
  66. 66. Servidor Servidor ServidorServidor JAVA NoSQL REDIS + Memória Storage Dobramos a aplicação e adicionamos um balanceador de carga! Voilá! Servidor JAVA Servidor Load BalancerRequisição Resposta
  67. 67. Servidor Servidor ServidorServidor GAE DataStore GAE - MEMCACHE Cloud Storage Servidor GAE Servidor Cloud NetworkingRequisição Resposta Visão usando “recursos de nuvem” do google.
  68. 68. Servidor ServidorServidor GAE DataStore GAE - MEMCACHE Servidor GAE Servidor Cloud NetworkingRequisição Resposta Indo ainda além… pense fora da caixa.
  69. 69. Por hoje é só pessoal! Obrigado, velhinhos!
  70. 70. Perguntas?!
  71. 71. André Paulovich paulovich@100loop.com | @andrepaulovich www.100loop.comwww.raptors.com.br MCP | MCTS | MCT | MCAD | MCSD.Net | MVP Asp.Net

×