Jornalismo participativo


      Jornalismo Digital
      Famecos/PUCRS
Jornalista


 Público
Jornalista


 Público
Jornalista

 Público
Jornalista
 Público
A.I. - Público ligava para a
redação, passava a
denúncia
D.I. - Público manda mail
para os amigos/twitta/bloga
e ao mesmo tempo
comunica imprensa
Não ouvir o público era
apenas não ouvir uma
ligação
Não ouvir o público agora é
dar brecha para
reclamações - e perder
pauta para a concorrência
Imprensa Tradicional -
Gatekeeping

Novas Mídias -
Gatewatching
GateWATCHING
Conceito criado por Axel Bruns, quando o
público subverte a tradição e fiscaliza o que a
mídia publica
Correções
Jornalismo
Cidadão - feito pelas pessoas com um viés
cívico e de serviços
Colaborativo/Open Source - feito por várias
pess...
Modelo open source

A produção
cooperativa é
potencializada pela
possibilidade de
interação de todos
com todos,
instantane...
Open Source
Código aberto, caminhos abertos, PRÁTICAS
ABERTAS
Tipos


Público faz conteúdo - blog, Twitter, páginas pessoais
Público participa - vcRepórter, VCnoG1
Todos mexem em tudo ...
Cuidado


Estes tipos de participação não são iguais aos
observados nos jornais e TVs com o simples mande a
sua foto (TV+s...
“Antes mera consumidora de
      notícias, a audiência está
  aprendendo como conseguir
     informação melhor e mais
    ...
Meus leitores
sabem mais
 do que eu
Jornalismo deixa de
ser PALESTRA e
torna-se CONVERSA
com os leitores
Muitas pessoas corrigem
mais rápido o problema que
apenas poucas pessoas
podem corrigir
Webjornalismo participativo

 “Práticas desenvolvidas em seções ou na
 totalidade de um periódico noticioso na
 Web, onde ...
Webjornalismo participativo

 A função do webjornalismo participativo é cobrir as
 lacunas deixadas pela mídia tradicional...
Mas por que
eu tô aqui?
Escolas de jornalismo não perdem papel, pois
capacitam e aprimoram o profissional.
A pessoa sem diploma pode ter um bom tal...
Público deve ser pensado de forma diferente. Leitor
não é inimigo, mas sim um cara que está no lugar que
você ainda não ch...
Bibliografia

BRAMBILLA, Ana Maria. A reconfiguração do jornalismo através do
modelo open source. Sessões do Imaginário, Por...
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Jornalismo Participativo
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Jornalismo Participativo

958 views

Published on

Material da aula de jornalismo participativo da F

Published in: Education
  • Be the first to comment

Jornalismo Participativo

  1. 1. Jornalismo participativo Jornalismo Digital Famecos/PUCRS
  2. 2. Jornalista Público
  3. 3. Jornalista Público
  4. 4. Jornalista Público
  5. 5. Jornalista Público
  6. 6. A.I. - Público ligava para a redação, passava a denúncia
  7. 7. D.I. - Público manda mail para os amigos/twitta/bloga e ao mesmo tempo comunica imprensa
  8. 8. Não ouvir o público era apenas não ouvir uma ligação
  9. 9. Não ouvir o público agora é dar brecha para reclamações - e perder pauta para a concorrência
  10. 10. Imprensa Tradicional - Gatekeeping Novas Mídias - Gatewatching
  11. 11. GateWATCHING Conceito criado por Axel Bruns, quando o público subverte a tradição e fiscaliza o que a mídia publica
  12. 12. Correções
  13. 13. Jornalismo Cidadão - feito pelas pessoas com um viés cívico e de serviços Colaborativo/Open Source - feito por várias pessoas ao mesmo tempo
  14. 14. Modelo open source A produção cooperativa é potencializada pela possibilidade de interação de todos com todos, instantaneamente e em escala mundial.
  15. 15. Open Source Código aberto, caminhos abertos, PRÁTICAS ABERTAS
  16. 16. Tipos Público faz conteúdo - blog, Twitter, páginas pessoais Público participa - vcRepórter, VCnoG1 Todos mexem em tudo - Wikimedia, Slashdot
  17. 17. Cuidado Estes tipos de participação não são iguais aos observados nos jornais e TVs com o simples mande a sua foto (TV+show ZH), ligue para nós (Secretária Eletrônica Ipanema), mas etapas iniciais das participações mais efetivas
  18. 18. “Antes mera consumidora de notícias, a audiência está aprendendo como conseguir informação melhor e mais oportuna. Também está aprendendo como se juntar ao processo jornalístico, ajudando a criar uma enorme conversação e, em alguns casos, fazendo um trabalho melhor que o dos profissionais” (Gillmor, 2004).
  19. 19. Meus leitores sabem mais do que eu
  20. 20. Jornalismo deixa de ser PALESTRA e torna-se CONVERSA com os leitores
  21. 21. Muitas pessoas corrigem mais rápido o problema que apenas poucas pessoas podem corrigir
  22. 22. Webjornalismo participativo “Práticas desenvolvidas em seções ou na totalidade de um periódico noticioso na Web, onde a fronteira entre produção e leitura não pode ser claramente demarcada ou não existe” (Primo e Träsel, 2006, p.6).
  23. 23. Webjornalismo participativo A função do webjornalismo participativo é cobrir as lacunas deixadas pela mídia tradicional, não substituir o jornalismo como um todo. O jornalista deixa de ser o do sujeito que vai atrás da informação e diz ao leitor como as coisas são, para ser o do sujeito que gerencia e harmoniza as informações que chegam até ele através dos próprios leitores.
  24. 24. Mas por que eu tô aqui?
  25. 25. Escolas de jornalismo não perdem papel, pois capacitam e aprimoram o profissional. A pessoa sem diploma pode ter um bom talento, mas o contexto demanda um preparo - Brasil não é EUA Empresas jornalísticas continuam. Boas reportagem demandam tempo - e empresas que possam pagar para o jornalista escrever e apurar com tempo, além de sustentar processos Empresa precisa de informação de boa qualidade, mesmo que o padrão de qualidade seja discutível
  26. 26. Público deve ser pensado de forma diferente. Leitor não é inimigo, mas sim um cara que está no lugar que você ainda não chegou Especialistas blogando são novas fontes Jornalistas sempre sonharam com leitores ativos, então é hora de aproveitar isso Criar rivalidade gera tensão, o que não pode acontecer. Leitor é reativo, provocar desequilibra relação de dependência jornalista-leitor
  27. 27. Bibliografia BRAMBILLA, Ana Maria. A reconfiguração do jornalismo através do modelo open source. Sessões do Imaginário, Porto Alegre, n.13, p. 87-94, setembro de 2005. BRUNS, Axel. Gatewatching. Nova York: Peter Lang, 2005. GANS, Herbert. Democracy and the news. Nova York: Oxford, 2003. GILLMOR, Dan. We, the media: grassroots journalism by the people, for the people. Sebastopol: O'Reilly, 2004. http://wethemedia.oreilly.com PRIMO, Alex; TRÄSEL, Marcelo. Webjornalismo participativo e a escrita coletiva de notícias. Contracampo, Niterói, v.14, 1º semestre/2006.

×