Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Morreu o escritor manuel antónio pina

597 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Morreu o escritor manuel antónio pina

  1. 1. Morreu o escritor Manuel António Pina O escritor e jornalista Manuel António Pina morreu sexta-feira à tarde,no Porto, aos 68 anos. Manuel António Pina tem uma vasta obra de poesia e literatura infantil,sendo também autor de inúmeras peças de teatro e de livros de ficção e de crónica,Manuel também foi galardoado com vários prémios, entre eles o Prémio Camões, omais importante da Língua Portuguesa.O autor licenciou – se em Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbrae foi jornalista do Jornal de Notícias Magazine. E a sua vasta obra é fundamentalmenteconstituída por poesia e literatura infantil, sendo também autor de inúmeras peças deteatro e de livros de ficção e de crónica. Algumas dessas obras foram adaptadas aocinema e televisão e editadas também em disco.Recolhido por: André Paiva nº3 8ºA
  2. 2. Prémios e bibliografia de Manuel António PinaPrémios:  1978 - Prémio de Poesia da Casa da Imprensa (“Aquele que quer morrer”);  1987 - Prémio Gulbenkian 1986/1987 (“O Inventão”);  1988 - Menção do Júri do Prémio Europeu Pier Paolo Vergerio da Universidade de Pádua, Itália (“O Inventão);  1988 - Prémio do Centro Português para o Teatro para a Infância e Juventude (CPTIJ) (conjunto da obra infanto-juvenil);  1993 - Prémio Nacional de Crónica Press Club/ Clube de Jornalistas;  2002 - Prémio da Crítica, da Secção Portuguesa da Associação Internacional de Críticos Literários” ("Atropelamento e fuga");  2004 - Prémio de Crónica 2004 da Casa da Imprensa (crónicas publicadas na imprensa em 2004);  2004 - Prémio de Poesia Luís Miguel Nava 2003 (Os livros);  2005 - Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores/CTT (Os Livros);  2011 - Prémio Camões.Bibliografia:  1973 - "O país das pessoas de pernas para o ar" (lit. infanto-juvenil);  1974 - "Ainda não é o fim nem o princípio do Mundo, calma é apenas um pouco tarde" (poesia);  1974 - "Gigões & anantes" (lit. infanto-juvenil);  1976 - "O têpluquê" (lit. infanto-juvenil);  1978 - Aquele que quer morrer (poesia);Recolhido por: André Paiva nº3 8ºA
  3. 3.  1981 - "A lâmpada do quarto? A criança?" (poesia);  1983 - "O pássaro da cabeça" (poesia);  1983 - "Os dois ladrões" (teatro);  1984 - "Nenhum sítio" (poesia);  1984 - "História com reis, rainhas, bobos, bombeiros e galinhas" (lit. infanto-juvenil) ;  1985 - A guerra do tabuleiro de xadrez(lit. infanto-juvenil);Recolhido por: André Paiva nº3 8ºA

×