Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Pequeno dicionáio paase ent                      r r         enderma pr  is ofunda e o significa de aguma paa r s         ...
Ot o aseguirfoi r ir do do l r        ext             et a      ivo:“ O Homem que Veio da S ombra”                Ligue o ...
A deus : É quando o coração queparte deixa a metade com quem fica.A migo: É alguém que fica para ajudar   quando todo mund...
A mor ao próximo: É quando o es tranho  pas s a a s er o amigo que ainda não                abraçamos .C aridade: É quando...
C iúme: É quando o coração fic a apertado porque não confia em s i              mes mo.C arinho: É quando a gente não enc ...
E vangelho: É um livro que    Doutrinaçãos ó s e lê bem com o coração.   : É quando a                                    g...
E volução: É quando a gente es tá lá nafrente e s ente vontade de bus car quem             ficou para trás .              ...
Fé: É quando agente diz que vai   es calar um            Fome: É quando o   E veres t e o           es tômago manda  coraç...
Inveja: É quando a gente ainda nãodes cobriu que pode s er mais e melhor do               que o outro.          Lealdade: ...
Lágrima: É quando                  o coração pede aos                    olhos que falem                        por ele. M...
Maldade: É quandoarrancamos as as as do anjo que deveríamos                              Perfume: É         s er.         ...
Netos : É quando Deus                  tem pena dos avós e                manda anjos para alegrá-                        ...
Perdão: É   Ódio: É      uma alegria   quando       que a gente plantamos        dá e que trigo o ano    pens ava que    t...
Obs es s or: É quando o E s pírito                adoece, manda embora a                 compaixão e convida a            ...
Raiva: É quando     Preguiça: Écolocamos uma         quando  muralha no        entra víruscaminho da paz.     na coragem  ...
S audade: É es tando longe, s entir vontade devoar; e es tando perto, querer parar o tempo.   S exo: É quando a gente ama ...
S upérfluo: É quando                    a nos s a s ede precis a                     de um gole de água                   ...
Ternura: É           Vaidade: É quando aquando alguém          gente abdica da nos s a nos olha e os          es s ência p...
C réditos Livro: OHomem que V daSombr                     eio    a   A utor: L G gaPinheir            uiz onza     o  Mús ...
Vocabulár
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Vocabulár

595 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Vocabulár

  1. 1. Pequeno dicionáio paase ent r r enderma pr is ofunda e o significa de aguma paa r s ment do l s l v a muit impora es nav de quaquerpessoa o t nt ida l , expl do com o sent o, ica iment sem afor l de da r a gr maica maida s egr s a t is ou a ra fil ó s. mar s os fica L dema indo is!T o de Luiz Gonzaga Pinheiro ext
  2. 2. Ot o aseguirfoi r ir do do l r ext et a ivo:“ O Homem que Veio da S ombra” Ligue o S om!
  3. 3. A deus : É quando o coração queparte deixa a metade com quem fica.A migo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo s e afas ta.
  4. 4. A mor ao próximo: É quando o es tranho pas s a a s er o amigo que ainda não abraçamos .C aridade: É quando a gente es tá comfome, s ó tem uma bolacha e reparte.
  5. 5. C iúme: É quando o coração fic a apertado porque não confia em s i mes mo.C arinho: É quando a gente não enc ontra nenhuma palavra para expres s ar o que s ente e fala com as mãos , c oloc ando o
  6. 6. E vangelho: É um livro que Doutrinaçãos ó s e lê bem com o coração. : É quando a gente convers a com o E s pírito colocando o coração em cada palavra. C ordialidade: É quando amamos muito uma pes s oa e tratamos todo mundo da maneira
  7. 7. E volução: É quando a gente es tá lá nafrente e s ente vontade de bus car quem ficou para trás . Filhos : É quando Deus entrega uma jóia em nos s as mãos e rec omenda c uidá-la.
  8. 8. Fé: É quando agente diz que vai es calar um Fome: É quando o E veres t e o es tômago manda coração já o um pedido para a cons idera feito. boca e ela s ilencia. E ntendimento: É quando um velhinhocaminha devagar na nos s a frente e a gente, es tando apres s ado, não reclama.
  9. 9. Inveja: É quando a gente ainda nãodes cobriu que pode s er mais e melhor do que o outro. Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama. Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem dis tante.
  10. 10. Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele. Mágoa: É um es pinho que agente coloca no coração e s e
  11. 11. Maldade: É quandoarrancamos as as as do anjo que deveríamos Perfume: É s er. quando mes mo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz. Morte: Quer dizer viagem, trans ferência ou qualquer cois a com cheiro de eternidade.
  12. 12. Netos : É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá- los .Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.
  13. 13. Perdão: É Ódio: É uma alegria quando que a gente plantamos dá e que trigo o ano pens ava que todo e jamais a teria. es tando os pendões maduros a gentequeima tudo em um dia.
  14. 14. Obs es s or: É quando o E s pírito adoece, manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele. Pes s imis mo: É quando a genteperde a capacidade de ver em cores . Paz: É o prêmio de quem cumpre hones tamente o
  15. 15. Raiva: É quando Preguiça: Écolocamos uma quando muralha no entra víruscaminho da paz. na coragem e ela adoece.S implicidade: É ocomportamento de quem
  16. 16. S audade: É es tando longe, s entir vontade devoar; e es tando perto, querer parar o tempo. S exo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.
  17. 17. S upérfluo: É quando a nos s a s ede precis a de um gole de água e a gente pede um rio inteiro. S olidão: É quando es tamos cercados porpes s oas , mas ocoração não vê
  18. 18. Ternura: É Vaidade: É quando aquando alguém gente abdica da nos s a nos olha e os es s ência por outra; olhos brilham geralmente pior. como duas es trelas . S inceridade: É quando nos expres s amoscomo s e o outro es tives s e do outro lado do
  19. 19. C réditos Livro: OHomem que V daSombr eio a A utor: L G gaPinheir uiz onza o Mús ica: E w Inst ument l del eiss r aReformatação: dut i@hot il ol ma .com

×