Xen Server X Vm Ware

12,162 views

Published on

Análise Inversa

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
12,162
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
73
Actions
Shares
0
Downloads
517
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Xen Server X Vm Ware

  1. 1. WHITE PAPER Citrix XenServer Comparação Técnica e Comercial entre o XenServer e o VMware O Citrix XenServer e o VMware vSphere são duas plataformas líderes de virtualização de servidor. Este documento contém uma comparação técnica e comercial entre o XenServer e o vSphere, inclusive sobre instalação e manutenção, suporte ao OS, alta disponibilidade, recuperação de desastres e outras importantes preocupações com virtualização que devem ser levadas em consideração quando se explora as opções disponíveis em soluções de virtualização. www.citrix.com
  2. 2. Visão Geral Este documento contém uma comparação técnica e comercial entre o Citrix® XenServer™ e o VMware® vSphere™, dois produtos líderes em virtualização de servidor disponíveis no mercado. Como será ilustrado, o XenServer é uma alternativa potente e com muitos recursos ao difereciando-se em várias áreas – entre elas, em sua arquitetura aberta, performance, integração de armazenamento e custo total de propriedade. • O Citrix XenServer é uma plataforma de virtualização baseada no hypervisor de código aberto Xen® e contém o XenCenter™, um console de gerenciamento de múltiplos servidores com recursos de gerenciamento core, tais como gerenciamento de múltiplos servidores, máquina virtual (VM), snapshots, suporte para armazenamento compartilhado, grupos de recursos e a migração à quente do XenMotion™ . Além disso, a Citrix oferece capacidades de gerenciamento avançado na linha de produtos Citrix Essentials™ for XenServer™ . O Citrix Essentials para o XenServer encontra-se disponível em duas edições, Enterprise e Platinum. • O VMware vSphere é uma plataforma de virtualização de servidor que contém o hypervisor VMware ESX™ e ferramentas de gerenciamento associadas. O vSphere encontra-se disponível em três diferentes edições: Standard, Advanced e Enterprise Plus. O VMware oferece também a edição Enterprise do vSphere por um tempo limitado. Os servidores vSphere são gerenciados pelo vCenter Server, e pelo console de gerenciamento de múltiplos servidores VMware. O vCenter Server é vendido separadamente do vSphere. Comparações Arquitetura do sistema Os dois produtos possuem tecnologías bare metal ou de hypervisor Tipo 1, instaladas diretamente nos servidores físicos sem necesitar de um sistema operacional host (OS). Esta abordagem bare-metal ofrece melhor performance e gerenciabilidade que as soluções baseadas em OS host, tais como o VMware GSX Server® (GSX) e o Microsoft Virtual Server. Tradução binário VMware ESX 2
  3. 3. WHITE PAPER Citrix XenServer O VMware ESX está no mercado há mais tempo que o XenServer e sua arquitetura de primeira geração precede os sistemas operacionais (inclusive muitas distribuições Linux® e o Windows Server® 2008) e processadores (ex: Intel® VT, AMD-V™) com virtualização. A abordagem do ESX em relação à virtualização pode ser descrito como uma tradução binária: cada solicitação do OS ao processador é interceptada e traduzida para uma instrução compatível com virtualização. Por exemplo, uma solicitação para uma interrupção temporária do OS para o processador garante que em vez de suspender a execução do sistema inteiro, somente a VM específica seja suspensa, liberando os recursos para outras VMs. Desta forma, o ESX “engana” o OS convidado e faz com que ele interprete que está rodando em um hardware físico. Devido a necessidade de fazer esta operação muitas vezes em software, o ESX é um sistema muito sofisticado e complexo. Como a primeira camada interaje com o hardware, o VMware fez muitos investimentos no desenvolvimento de drivers de dispositivos proprietários para dar suporte a diversos hardware de rede e de armazenamento disponíveis em servidores comerciais. Quando novos dispositivos de hardware são lançados, os drivers específicos do VMware precisam ser escritos para dar suporte a eles. A arquitetura do XenServer é bastante diferente da arquitetura do VMware porque o desenvolvimento do XenServer coincide com a disponibilidade dos processadores e sistemas operacionais conscientes de virtualização. O XenServer é montado no hypervisor de código aberto Xen, que é a base de praticamente duas dúzias de produtos de virtualização comerciais e suporta a maior disponibilização de virtualização do mundo, o Amazon™ Elastic Compute Cloud™. Ao invés de usar a tradução binárias como o VMware, o XenServer usa uma combinação de paravirtualização e virtualização assistida por hardware. O XenServer foi a primeira solução do mercado a empregar a paravirtualização, que permite ao OS convidado a estar totalmente consciente que está sendo rodado em um hardware virtualizado. Esta colaboração entre o OS e a plataforma de virtualização permite o desenvolvimento de um hypervisor mais simples e econômico e de uma performance altamente otimizada. As distribuições Linux foram os primeiros OSs a serem paravirtualizados para o Xen. Hoje, o XenServer suporta paravirtualização para várias distribuições Linuex, inclusive para Red Hat® Enterprise Linux®, Novell® SUSE, Debian®, Oracle® Enterprise Linux e CentOS. Para sistema operacionais convidados que não podem ser totalmente paravirtualizados, tais como Windows®, o XenServer foi projetado para aproveitar as tecnologias de virtualização assistida de hardware, disponíveis nos processadores Intel e AMD™ (Intel VT e AMD-V). Arquitetura do hypervisor do XenServer 3
  4. 4. Apesar de não valorizar inicialmente os méritos da paravirtualização, o VMware começou a adotá-la no ESX através de sua tecnologia VMI. O white paper sobre a performance da VMI destaca que o VMware aprova a paravirtualização e sua superiorida sobre a tradução binária. Até agora, somente alguns sistemas operacionais Linux (versões específicas do SUSE e do Fedora) conseguiram rodar com o VMI no vSphere. A abordagem do XenServer em relação aos drivers de dispositivos também é expressivamente diferente do que a abordagem do VMware. Com o XenServer, todas as interações da máquina virtual com o hardware são gerenciadas através do domínio de controle Domain 0, que é uma máquina virtual especialmente privilegiada que roda em cima do hypervisor. O Domain 0 do XenServer é mostrado na parte superior esquerda da ilustração acima. O Domain 0 roda uma instância otimizado do Linux. É importante destacar que, para o administrador, o Domain 0 é parte do sistema XenServer e não exige nenhuma instalação ou gerenciamento extra. O Domain 0 permite ao XenServer aproveitar os drivers de dispositivo padrão de código aberto Linux provendo um suporte ao hardware extremamente amplo. Por ter este design, o XenServer pode rodar em laptops ou estações de trabalho—sistemas nos quais os drivers proprietários do VMware têm pouca probabilidade de funcionar. É interessante saber que o design do Microsoft® Hyper-V™ foi feito logo depois do XenServer. A diferença chave entre o Hyper-V e o XenServer é o sistema operacional usado no domínio de controle. Enquanto o XenServer usa uma instância otimizada do Linux, o Hyper-V usa uma versão otimizada do Windows Server 2008. Instalação, configuração e administração O XenServer possui um processo de instalação direto, normalmente chama- do de 10 minutos para ter a experiência Xen. O XenServer é instalado em sistemas host usando um CD ou um processo de instalação baseado em rede. O console de administração baseado em GUI do XenCenter é instalado a seguir em qualquer PC ou servidor Windows. As informações de configuração do sistema são mantidas em um local de armazenamento de dados interno dentro do domínio de controle do XenServer e é replicado por todos os servidores, que são gerenciados juntos (formando um grupo de recursos) para manter a alta disponibilidade dos serviços core de gerenciamento. Por isso, um servidor de banco de dados separado não é necessário para as funções core de gerenciamento. Similar ao XenServer, o hypervisor ESX do VMware é instalado nos servidores host. O VMware usa o vCenter Server para o gerenciamento e configuração de múltiplos servidores. O vCenter Server roda como um serviço Windows em um servidor de gerenciamento separado e exige bancos de dados de terceiros para armazenamento e gerenciamento das configurações do sistema host. Para redundância e disponibilidade dos serviços core de gerenciamento, o VMware recomenda a inclusão de um software de clustering, como o seu produto add-on vCenter Server Heartbeat. O XenServer e o VMware estão disponíveis para o firmware de muitos servidores x86, inclusive para os da HP e da Dell®. Neste caso, nenhuma pré-instalação é necessária. Suporte ao Sistema Operacional Convidado O VMware e o XenServer suportam os OSs mais populares Windows e Linux, inclusive o Windows XP, Windows Vista®, Windows 2000 Server, Windows Server 2003, Windows Server 2008, Red Hat Linux, SUSE Linux e outros. O VMware ESX também suporta o BSD®, Sun™ Solaris™ e o Novell Netware®. O VMware e o XenServer são certificados para Windows, em conformidade com as exigências do Microsoft Server Virtualization Validation Program (SVVP). 4
  5. 5. WHITE PAPER Citrix XenServer Integração de armazenamento O armazenamento é uma dos principais pontos a serem considerados em disponibilizações de virtualização de servidores. As duas soluções oferecem suporte para armazenamento de VMs em discos locais, iSCSI ou Storage Area Networks (SAN) baseado em Fibre Channel ou Network Attached Storage (NAS). A utilizaçã do SAN ou do NAS é necessária para os recursos avançados de cada plataforma, tais como migração à quente e alta disponibilidade. O VMware aproveita o seu sistema de arquivo proprietário, o VMFS para armazenamento, embora opções de discos brutos estejam disponíveis. O VMFS é o sistema de armazenamento padrão dos arquivos VM, oferecendo armazenamento local e compartilhado (SAN ou NAS). O VMFS é um sistema de arquivos agrupado com recursos avançados, tais como o VMotion e o Storage VMotion. Ao ser usado com o SANs, o VMFS permite que o VMware tenha controle de certas funções, inclusive de provisionamento e de snapshots, independente de que banco de dados do vendedor que está sendo usado. O armazenamento VMotion permite migrações à quente das VMs de um banco de dados para outro sem tempo de parada. O XenServer usa uma abordagem completament diferente em relação ao armazenamento. O XenServer não impõe seu próprio sistema de arquivos em sistemas de armazenamento, mas em vez disso aproveita as capacidades nativas de armazenamento mais diretamente. Por exemplo, com um sistema de armazenamento compartilhado baseado em arquivo, como o NFS, as VMs do XenServer são armazenadas diretamento usando o formato Microsoft VHD (Disco Rígido Virtual). Com armazenamentos baseados em bloqueios, como o iSCSI ou o Fibre Channel SANs, o XenServer estende o VHD com o padrão aberto LVM (Logical Volume Manager) para gerenciamento de volume. O administrador fica completamente protegido dos detalhes ocultos da implementação através do assistente de criação XenCenter Storage Repository (mostrado abaixo). Assistente do Repositório de Armazenamento do XenServer O StorageLink™ oferece os recursos únicos de integração de armazena- mento para o XenServer. O StorageLink permite ao administrador de virtualização aproveitar diretamente os recursos dos bancos de dados líderes do setor, como HP, NetApp®, Dell EqualLogic e EMC®. Por exemplo, uma solicitação de um snapshot de uma VM dentro do XenCenter faz o offload desta tarefa para o SAN através da uma interface com o API SAN do vendedor. Desta forma, o StorageLink pode otimizar a performance e permitir aos administradores de virtualização usarem os recursos avançados do banco de dados, exatamente como pretendiam, inclusive os snapshots, clones e thin provisioning. Além dos APIs específicos, o StorageLink suporta o padrão ANSI para gerenciamento de armazenamento e o SMI-S (Storage Management Initiative – Specification), permitindo fácil integração de muitos equipamentos de armazenamento de outros vendedores. 5
  6. 6. Backup e recuperação de máquinas virtuais O XenServer e o VMware oferecem a capacidade de snapshot da VM para backups básicos e necessidades de recuperação. Há disponibilidade de suporte para soluções de backup baseadas em agentes e os dois vendedores mantêm um ecosistema de parcerias com vários provedores de software de backup. O XenServer estende a abordagem baseada em agente para as VMs Windows através do provedor Volume Shadow-copy Service (VSS), específico do XenServer. Quando um agente de backup (tais como o Symantec™ Netbackup™) solicita o provedor VSS Windows, o provedor VSS do XenServer o intercepta e o redireciona para fazer um snapshot no nível do disco. Este snapshot no nível do disco é uma cópia diferencial (não é uma cópia completa) e leva cinco segundos para ser feita. Desta forma, os backups regulars são otimizados para performance, considerando-se que o snapshot tem minímas implicações de performance para o host XenServer. O VMware oferece um recurso no vSphere, chamado Data Recovery, para fazer backup das máquinas virtuais. O Data Recovery é um plug-in do vCenter Server que programa snapshots do disco para máquinas virtuais. Alguns clientes acham que é uma alternativa para as abordagens tradicionais baseadas em agente; entretanto, o Data Recovery não oferece percepção no nível do aplicativo, o que é frequentemente mencionado pelos clientes como a razão pela qual eles usam as soluções baseadas em agentes para cargas de trabalho, tais como SQL Server, Oracle, Exchange e Active Directory. Recuperação de desastres A recuperação de desastres (DR) faz a duplicação da infraestrutura e dos dados do servidor virtual em lugares remotos para recuperá-los se o site principal ficar inacessível. A virtualização simplifica a recuperação de desastres de várias formas,tais como cargas de trabalho em pacotes como máquinas virtuais para facilitar o transporte e reinicializar os sistemas remotos. O XenServer e o VMware suportam disponibilizações em múltiplos sites, onde as VMs pode ser colocadas à disposição em sites principais e DR. Em cada caso, a solução de virtualização conta com as tecnologias de replicação baseadas em SAN para manter os arquivos e os dados de configuração das VMs atualizados no local do backup. O VMware oferece o Site Recovery Manager, um add-on que é essencialmente um motor de fluxo de trabalho para orquestração de DR para sistemas virtualizados com o ESX. Da mesma forma, o Citrix Essentials™ para o XenServer™ em sua edição Enterprise contém o Workfow Studio™, que complementa o XenServer para automatização de DR, para servidores virtualizados e físicos. Alta disponibilidade e tolerância à falhas A alta disponibilidade permite que as máquinas virtuais sejam inicializadas em outro host físico se o host original que estava rodando a VM falhe inesperadamente. Isto reduz o tempo de parada da carga de trabalho e elimina a necessidade de interferência administrativa. O VMware e o XenServer oferecem recursos de disponibilidade com políticas granulares que dirigem o comportamento de VMs específicas depois de uma falha de um host. O VMware também oferece tolerância à falhas, um recurso que mantém instâncias refletidas das máquinas virtuais rodando em hosts separados. Se houver uma falha em um host, a instância refletida pode manter a continuidade da carga de trabalho. A Tolerância à Falhas é suportada por máquinas virtuais Vmware com 1vCPU. O XenServer pode ser aumentado com produtos de terceiros para entregar tolerância a falhas de VMs, como os produtos da Marathon Technologies e da Stratus, considerados os melhores do mercado. 6
  7. 7. WHITE PAPER Citrix XenServer Gerenciamento de carga de VMs O gerenciamento de carga de VMs apresenta dois aspectos importantes. Primeiro, garante que um VM é inicializada no host que é mais adequado para a carga de trabalho da VM. Segundo, garante gerenciamento continuo do local onde as VMs estão rodando através de um conjunto de servidores host. XenServer includes a feature called Workload Balancing (WLB). O Workload Balancing captura dados, tais como CPU, memória, disco e rede I/O nos hosts e nas máquinas virtuais para dirigir os locais host iniciais e contínuos para as máquinas virtuais. Há dois modos de otimização para o WLB: otimização para performance e otimização para densidade. A otimização para performance garante que os limiares minímos de performance sejam mantidos, enquanto a otimização para densidade garante menos consumo de energia ao colocar as VMs na menor quantidade de hosts possível. O VMware oferece o Distributed Resource Scheduler (DRS) , que é um recurso que dirige a colocação inicial da VM e o gerenciamento de carga semi-automático ou totalmente automático das VMS. O DRS não permite muita personalização do algoritmo de gerenciamento de carga e é baseado somente no uso da CPU e da memória. Manutenção do sistema O XenServer e o VMware exigem manutenção regular para aplicação de atualizações de software e patches. Como o VMware e o XenServer oferecem migração à quente, as atualizações do hypervisor podem ser feitas sem nenhum tempo de parada das VMs. Os produtos da VMware oferecem patching automatizado para os hypervisors e para os OS convidados. Como o VMware é um sistema de software complexo e sofisticado exige muito mais patching e atualizações do que outros soft- ware de sistemas, tais como BIOS ou drivers de dispositivo. O site de atualizações do VMware VI3.5 lista centenas de patches que foram lançados desde que o produto foi lançado em dezembro de 2007 e o processo de atualização automático é agenciado pela Vmware como uma forma de gerenciar a aplicação destas atualizações. Ao contrário, a Citrix lançou somente cinco hotfixes para o XenServer 4.0 desde o seu lançamento em agosto de 2007 e os recursos automatizados de atualização ficam no XenCenter para serem aplicados nas atualizações do sistema. O XenServer não oferece recursos de patching para convidados; deixa esta tarefa para os vários produtos de outros vendedores de OS (e para seus parceiros do ecosistema) ou para o recursos de serviços de provisionamento do produto. Serviços de Provisionamento O XenServer oferece recursos únicos de serviços de provisionamento para máquinas virtuais. Esta tecnologia permite aos usuários fazerem uma biblioteca de cargas de trabalho de servidor (imagens do sistema operacional, aplicativos, configurações) e fazer stream das cargas de trabalho on-demand para múltiploos servidores virtuais e físicos dentro do datacenter. Os services de provisionamento permitem que múltiplas máquinas virtuais compartilhem uma única imagem de carga de trabalho, o que resulta em uma administração simplificada e em uma expressiva economia de espaço de armazenamento. Os serviços de provisionamento são ideais para farms de servidor, tais como o XenApp, os servidores Web e os desktops virtuais. O streaming dinâmico da carga de trabalho pode ser usado para disponibilizar rapidamente as cargas de trabalho do servidor para os recursos mais apropriados do servidor (físico ou virtual) ao qualquer momento durante a semana, mês, trimestre ou ano. Isto é particularmente útil para aplicativos que podem ser migrados normalmente entre os ambientes de teste e de produção ou para sistemas que podem exigir disponibilizações fisicas para quando há picos de atividades de usuários. Os serviços de provisiona- mento são um recurso único que precisa ser visto para ser totalmente apreciado—não há nada no mercado como estes serviços. 7
  8. 8. Sumário: XenServer e VMware XenServer 5.5 VMware vSphere 4.0 Por servidor: nenhuma restrição na Por processador: Penaliza o uso de servidores mais Modelo de preços quantidade de processadores potentes e taxas mais altas de consolidação Bare-metal deployment Sem nenhum custo Sim Ferramentas de migração P2V e V2V Sem nenhum custo Sim Gerenciamento de múltiplos servidores Sem nenhum custo Sim: vCenter Server :$6-$8k extra Alta disponibilidade de serviços core Sem nenhum custo Sim: vCenter Server Heartbeat: $12-$16k extra de gerenciamento Suporte compartilhado de Sem nenhum custo Sim: Standard Edition e superior armazenamento Grupo de recursos Sem nenhum custo Sim: Standard Edition e superior Snapshots de VM Sem nenhum custo Sim: Standard Edition e superior Monitoramento da performance em Sem nenhum custo Sim: Standard Edition e superior tempo real Live motion Sem nenhum custo Sim: Advanced Edition e superior Backup de VMs Sem nenhum custo Sim: Advanced Edition e superior Suporte vCPU 8 Sem nenhum custo Sim: Enterprise Plus Edition only Recuperação de desastres Sem nenhum custo Site Recovery Manager: $2k extra, por processador A Virtualization Review chamou Vmware de o mais Alta performance para Windows Sem nenhum custo “chato” e o XenServer “o Porsche.” VMware oferece suporte limitado para Alta performance para Linux Sem nenhum custo paravirtualização Alta performance para o XenApp Sem nenhum custo Tolly Group: XenServer bate o VMware em 41% 5 patches para o XenServer 4.0 desde Centenas de patches para o VI 3.5 desde seu Exigências de manutenção seu lançamento em agosto de 2007 lançamento em dezembro de 2007 Alta disponibilidade das VMs Sim, Enterprise Edition Sim: Standard Edition e superior Histórico do monitoramento da Sim, Enterprise Edition Sim: Standard Edition e superior performance Alertas para o administrador Sim, Enterprise Edition Sim: Standard Edition e superior StorageLink Sim, Enterprise Edition Nada comparável Serviços de provisionamento para VMs Sim, Enterprise Edition Nada comparável Balanceamento de carga das VMs Sim, Enterprise Edition Sim: Enterprise Edition e superior Lab Manager Sim, Platinum Edition Lab Manager: $1,500+ extra, por processador Stage Manager Sim, Platinum Edition Stage Manager: $1,500+ extra, por processador Administração baseada em função Em breve 1 Sim; Standard Edition e superior Super-comprometimento da memória Em breve 1 Sim; Standard Edition e superior Produtos da Marathon Sim: Advanced Edition e superior (para VMs Tolerância à falha das VMs Technologies e da Stratus com 1 vCPU) 1 As declarações que constam deste documento sobre futuras funcionalidades não representam um compromisso para entregar estes recursos em qualquer produto disponível no mercado. Os preços, embalagens e datas de entrega de quaisquer novos recursos discutidos ou apresentados neste 8 documento ainda não foram determinadas.
  9. 9. WHITE PAPER Citrix XenServer Exemplos de comparações de preços Os exemplos a seguir são exemplos de comparações de custo das soluções baseadas no XenServer e no Vmware para consolidação de servidores físicos. Exemplo 1: Consolidação de 40 servidores físicos para 5 usando quatro servidores processadores com uma taxa de consolidação de 8:1. 5 Servidores – XenServer 5.5 5 Servidores – VMware vSphere 4.0* Capacidades: gerenciamento de múltiplos Capacidades: gerenciamento de múltiplos servidores, grupos de recursos, XenMotion, HA, servidores, grupos de recursos, vMotion, HA, DRS balanceamento de carga de trabalho Sem nenhum 5x Citrix XenServer vCenter Server + 3 anos suporte Gold: $7,670 custo 5x Essentials para o XenServer, Enterprise: $12,500 vCenter Server Heartbeat, 3 anos suporte Gold: $15,347 vSphere Enterprise, 3 anos suporte Gold: (20 Contrato de suporte de 1 ano: $1,500 $88,304 processadores) Renovação do Subscription Advantage: $325 por host Custo total 3 anos: $20,250 Custo total 3 anos $111,321 Exemplo 2: Consolidação de 100 servidores físicos para 20 usando dois servidores de processador e uma taxa de consolidação de 5:1. . 20 Servidores – XenServer 5.5 20 Servidores – VMware vSphere 4.0* Capacidades: gerenciamento de múltiplos Capacidades: gerenciamento de múltiplos servi- servidores, grupos de recursos, XenMotion, HA, dores, grupos de recursos, vMotion, HA, DRS balanceamento de carga de trabalho Sem nenhum 20x Citrix XenServer vCenter Server + 3 anos suporte Gold: $7,670 custo 20x Essentials for XenServer, Enterprise: $50,000 vCenter Server Heartbeat, 3 anos suporte Gold: $15,347 vSphere Enterprise, 3 anos suporte Gold: Contrato de suporte de 1 ano: $1,500 $176,608 (40 processadores) Renovação do Subscription Advantage: $325 por host Custo total 3 anos: $67,500 Custo total 3 anos: $199,625 *Preços da loja online da VMware em junho de 2009 Conclusão Há pouco tempo os clients que procuravam soluções de virtualização de servidor tinha poucas opções disponíveis. O mercado de virtualização de servidor entrou numa nova fase, onde soluções potentes e com muita capacidades, tais como o Citrix XenServer oferecem alternativas irresistíveis e cheias de recursos. Como este whitepaper demonstrou o XenServer supera o VMware em várias áreas—inclusive em sua arquitetura aberta, performance, integração de armazenamento e custo total de propriedade. 9
  10. 10. WHITE PAPER Citrix XenServer Citrix Brasil Citrix Argentina Av. Brigadeiro Faria Lima 2055 Victoria Ocampo 360, 3er Piso 16 andar C1107BGA Buenos Aires Sede da América Latina e Jd. Paulistano- São Paulo/SP, Brasil Tel.: 54 (11) 4515-6330/34/28/27 do Caribe CEP: 01452-001 1 Harbour View Street 2525 Ponce de León Boulevard Tel: + 55 (11) 3816-5730 Fax: 54 (11) 4515-6301g Coral Gables, FL 33134 Linha grátis: 0800.800.222.4288 Suite 1100 Citrix Sistemas de México S de RL Tel. 1 786 449 3700 de CV Paseo de La Reforma #505, Piso 32 Col. Cuauhtémoc C.P.06500 www.citrix.com/br México D.F. Tel. (52)55.5905.0700 Fax.(52)55.5212.0672 Toll Free. 001.87.7792.4697 Sobre a Citrix A Citrix Systems, Inc. (NASDAQ:CTXS) é a empresa líder em prover virtualização, redes e software como tecnologias de serviço para mais de 230.000 organizações no mundo todo. Suas famílias de produtos Citrix Delivery Center, Citrix Cloud Center (C3) e Citrix Online Services simplificam radicalmente a computação para milhões de usuários ao entregarem aplicativos como um serviço on-demand para qualquer usuário, em qualquer lugar com qualquer dispositivo. Entre os clientes Citrix encontram-se as maiores empresas de Internet do mundo, 99% das empresas Fortune Global 500 e centenas de milhares de pequenas empresas e indivíduos no mundo inteiro. Os parceiros Citrix possuem mais de 10.000 empresas em mais de 100 países. Fundada em 1989, sua renda anual em 2008 foi de $ 1.6 bilhões. ©2009 Citrix Systems, Inc. Citrix®, XenServer™, Citrix Essentials™, XenCenter™, XenMotion™, Xen®, Workfow Studio™ and StorageLink™ são marcas registradas da Citrix Systems, Inc. e/ou de uma ou mais de uma de suas subsidiárias e podem estar registradas no United States Patent and Trademark Office e em outros países. Todas as outras marcas registradas e marcas comerciais registradas pertencem aos seus respectivos proprietários. 0609/PDF

×