Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

O que é pós moderno

16,571 views

Published on

  • Be the first to comment

O que é pós moderno

  1. 1. O que é Pós-modernoProfessora Ma. Andreia Regina Moura MendesAntropóloga, historiadora e doutoranda em Ciências Sociais-UFRN
  2. 2. Conceituando “Pós-modernismo é o nome aplicado às mudanças ocorridas nas ciências, nas artes e nas sociedades avançadas desde 1950. Nasce com a arquitetura e a computação nos anos 50, toma corpo com a arte pop nos anos 60. Cresce ao entrar na filosofia, durante os anos 70, como crítica da cultura. E amadurece hoje, alastrando-se na moda, no cinema, na música e no cotidiano programado pela tecnociência (ciência + tecnologia invadindo o cotidiano com desde, alimentos processados até microcomputadores) sem que ninguém saiba se é decadência ou renascimento cultural”.  (SANTOS, 1986:8)
  3. 3. James Rosenquist- Dog descending a staircase-1979.
  4. 4. James Rosenquist- F-111 “Na era da informática, que é o tratamento computadorizado do conhecimento e da informação, lidamos mais com signos do que com coisas”. (p.09) “O pós-modernismo é coisa típica das sociedades pós-industriais baseadas na informação”. (p.11)
  5. 5. Andy Warhol- Liz. “(...) preferimos a imagem ao objeto, a cópia ao original, o simulacro (a reprodução técnica) ao real. E Porquê? Porque desde a perspectiva renascentista até a televisão, que pega o fato ao vivo, a cultura ocidental foi uma corrida em busca do simulacro perfeito da realidade”. (p.12)
  6. 6. Richard Hamilton. Just what is it that makestoday’s home so different-1992 “O digital permite escolher, o analógico, reconhecer ou compreender. Com a invasão da computação digital no cotidiano (calculadoras, painéis eletrônicos) estamos assistindo a digitalização do social”. (p.16) “Sublinhamos até aqui palavras que são verdadeiras senhas para invocar o fantasma pós-moderno: chip, saturação, sedução, niilismo, s imulacro, hiper- real, digital, desreferencialização, et c”. (p.17)
  7. 7. Jasper Johns- Pensamentos fugazes. “Entendemos até aqui que o pós- modernismo é um ecletismo, isto é, mistura várias tendências e estilos sob o mesmo nome. Ele não tem unidade, é aberto, plural e muda de aspecto se passamos da tecnociência para as artes plásticas, da sociedade para a filosofia”. (p.18-19)
  8. 8. James Rosenquist- F-111 “Simbolicamente o pós- modernismo nasceu às 8h15 do dia 06.08.1945, quando a bomba atômica fez booom sobre Hiroxima. Ali a modernidade equivalente a civilização industrial- encerrou seu capítulo no livro da História, ao superar seu poder criador pela sua força destruidora”. (p.20)
  9. 9. Jasper Johns- Bandeira. Historicamente o pós-modernismo foi gerado por volta de 1955, para vir à luz lá pelos anos 60. Nesse período, realizações decisivas irromperam na arte, na ciência e na sociedade. Perplexos, sociólogos americanos batizaram a época pós- moderna, usando o termo empregado pelo historiador Arnold Toynbee, em 1947. (idem)
  10. 10.  A pílula, o rock, o motel, a minissaia- liberadores que emergem nos anos 60 – preparam a paisagem desolada da civilização industrial para a quermesse eletrônica pós-industrial. (p.21)
  11. 11. Claes Oldenburg- Blueberry Pie.  Na mesma medida em que a pop homenageia o consumo e os mass media, a minial tece o elogio da tecnologia, dos seus materiais sintéticos, sem mensagem, sem protesto. (p.50).
  12. 12. Tom Wesselmann A tecnologia invade o cotidiano com mil artefatos e serviços, mas não oferece nenhum valor moral além do hedonismo consumista. (p.73)
  13. 13. Andy Warhol
  14. 14. Referência bibliográfica SANTOS, Jair Ferreira. O que é pós-moderno. São Paulo: Brasiliense, 1986.

×