Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas

3,147 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,147
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cibercultura a sociedade em rede e as mídias interativas

  1. 1. DOCENTEANDREIA REGINA MOURA MENDESANTROPÓLOGA, HISTORIADORA E DOUTORANDA EM CIÊNCIAS SOCIAIS -UFRNatenasregina@yahoo.com.br@AndreiaReginaBr
  2. 2. Questão inicial: em que era vivemos?Pós-modernidade?Sociedade de massa?Sociedade de consumo?Sociedade da informação?Sociedade em rede?Sociedade do conhecimento?Sociedade do acesso?
  3. 3. Novos conceitos?Cibercultura Ciberespaço World wide web TécnicaInterfaces Hipertexto Comunidade virtual
  4. 4. Algumas definições segundo PierreLévyCIBERESPAÇO: é o novo meio de comunicação que surge dainterconexão mundial dos computadores.CIBERCULTURA: conjunto de técnicas (materiais e intelectuais) depráticas, de atitudes, de modos de pensamento e de valores que sedesenvolvem juntamente com o crescimento do ciberespaço.TÉCNICA: uma técnica é produzida dentro de uma cultura, e umasociedade encontra-se condicionada por sua técnica.COMUNIDADE VIRTUAL: grupo de pessoas se correspondendomutuamente por meio de computadores interconectados.
  5. 5. HIPERTEXTO: é um texto em formato digital, reconfigurável e fluido.A noção de hiperdocumento generaliza, para todas as categorias designos (imagens, animações, sons, etc), o princípio da mensagem emrede móvel que caracteriza o hipertexto.WORLD WIDE WEB: função da internet que junta, em um único eimenso hipertexto ou hiperdocumento (compreendendo imagens esons), todos os documentos e hipertextos que a alimentam.INTERFACES: aparatos materiais que permitem a interação entre ouniverso da informação digital e o mundo ordinário.
  6. 6. Novas mídiasComputador TabletCelular Smartphone Televisão TV digital
  7. 7. Brevíssimo histórico1945: surgimento dos primeiros computadores com fins militares nos EUAe Inglaterra.Década de 1960: disseminação do uso.Década de 1970: desenvolvimento do microprocessador e invenção docomputador pessoal através de um movimento de contracultura (Califórnia-EUA).Década de 1980: junção da informática com telecomunicações, editoração,cinema e televisão, advento da digitalização (música), mensagens interativas,jogos e hiperdocumentos (hipertexto e CD-ROM).Final da década de 1980 e início da década de 1990: invenção da internet.Aparecimento das tecnologias digitais criando um novo espaço decomunicação, sociabilidade, organização, transação, mercado dainformação e do conhecimento.
  8. 8. Conceituando: CIBERCULTURASegundo Pierre Lévy (1993:17) a cibercultura é o “conjunto de técnicas(materiais e intelectuais) de práticas, de atitudes, de modos depensamento e de valores que se desenvolvem juntamente com ocrescimento do ciberespaço”.Para Lévy (1993: 157). , o ciberespaço é o suporte para as tecnologiasintelectuais alterarem profundamente as funções cognitivas humanas,atuando desde o campo da memória, da própria imaginação, dasformas de percepção inclusive nos processos de raciocínio.“Enfatizo mais uma vez que esse uso do ciberespaço não derivaautomaticamente da presença de equipamentos materiais, mas exigeigualmente uma profunda reforma das mentalidades, dos modos deorganização e dos hábitos políticos.”(LÉVY, 1999:186).
  9. 9. •Histórico do surgimento da cibercultura: Movimento realizado por jovens quequerem experimentar novas formas de comunicação, diferente das mídiasclássicas.•Elementos principais:•Abertura de um novo espaço de comunicação.•Mudanças qualitativas na ecologia dos signos.•Ambiente inédito da extensão das redes de comunicação para a vida social ecultural.•Preocupação em desenvolver as novas tecnologias em uma perspectiva maishumanista.•O ciberespaço entrou na era comercial, mas também oferece serviços gratuitosa partir de universidades, instituições governamentais, associações sem finslucrativos.•Urgência atual: Necessidade de contemplar as implicações culturais dacibercultura em todas as suas dimensões.
  10. 10. Conceituando: SOCIEDADE EM REDEPara Castells (1999:67): Meu ponto de partida, e não estou sozinhonesta conjuntura, é que no final do século XX vivemos um desses rarosintervalos na história. Um intervalo cuja característica é a transformaçãode nossa “cultura material” pelos mecanismos de um novo paradigmatecnológico que se organiza em torno da tecnologia da informação. Na transição para o século XXI surgiu uma sociedade na qual oconhecimento é mediatizado pelas novas tecnologias, o que exige novosprocedimentos, técnicas e saberes em articulação, sendo a educaçãouma esfera diretamente atingida por estas transformações.
  11. 11. Definindo: MÍDIAS INTERATIVASMídia interativa é toda aquela que permite ao usuário mudar, em temporeal, o fluxo lógico das informações geradas e transmitidas.Mídias Digitais passiveis de Interatividade:DVD, Computador, Imagem e Som, TV Digital, Mídias Móveis(Celular).
  12. 12. Vamos discutir?“[...] a cibercultura expressa , o surgimento de um novo universal,diferente das formas culturais que vieram antes dele no sentido de queele se constrói sobre a indeterminação de um sentido global qualquer”.(LÉVY, 1999:15)“A hipótese que levanto é a de que a cibercultura leva a co-presença dasmensagens de volta a seu contexto, como ocorria nas sociedades orais,mas em outra escala, em uma órbita completamente diferente”. (idem)
  13. 13. Referências bibliográficasCASTELLS, Manual. A sociedade em rede. 8ª ed. São Paulo: Paz e terra,1999, vol.1.GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 1989.GOMEZ, Margarita Victoria. Cibercultura, formação e atuação docente emrede. Brasília: Liber Livro, 2010.HARVEY, David. Condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.LEMOS, André; Cunha, Paulo (orgs). Olhares sobre a Cibercultura. Sulina,Porto Alegre, 2003;LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed.34, 1999.
  14. 14. Fonteshttp://estudiolivre.org/tiki-index.php?page=M%C3%ADdia%20Interativas&bl

×