Breve história da antropologia visual

5,360 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,360
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
102
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Breve história da antropologia visual

  1. 1. Breve História daAntropologia Visual DocenteProfª. Mª. Andreia Regina M. Mendes atenasregina@yahoo.com.br
  2. 2. O nascimento da Antropologia VisualPeríodo: Segunda metade do século XIXcom a revolução industrial e a invenção dafotografia e do cinema.Surgimento como auxiliar das pesquisasde campo, como também de registro edocumentação de grupos étnicos epráticas culturais ameaçadas dedesaparecimento pelo avanço da políticaneocolonial.No princípio, garantia a objetividade doolhar do antropólogo diante de outrospovos e costumes. atenasregina@yahoo.com.br
  3. 3. O cinema e a Antropologia Visual Ambos atuam num mesmo processo de observação científica. O surgimento ocorre na mesma época, durante a expansão industrial e diante de uma atitude mais analítica perante os fatos científicos. No século XIX o objeto de observação tanto do cinema e da antropologia era o “outro”, o tipo “exótico”, a realidade distante. Ao longo do século XX ocorreram diversas reestruturações a partir das dinâmicas sócio-históricas que influenciaram o posicionamento da antropologia visual e do cinema diante dos modelos globais. “As tendências visualizantes do discurso antropológico abririam também o caminho à representação cinematográfica das culturas”. José da Silva Ribeiro. atenasregina@yahoo.com.br
  4. 4. Margareth MeadOs antropólogosculturalistas MargarethMead e GregoryBateson realizaramvaliosos registrossobre o modo de vidabalinês edocumentaramdiversos aspectos docotidiano dos seushabitantes. atenasregina@yahoo.com.br
  5. 5. Bronislaw Malinowski Bronislaw Malinowski é considerado o criador do método do trabalho de campo, seus registros visuais no Pacífico Sul enriquecem a sua etnologia. atenasregina@yahoo.com.br
  6. 6. Franz BoasFranz Boaspesquisando entre osInuit realizoudocumentários curtoscom os nativosregistrando suasdanças e festas.A fotografia foi outrorecurso bastanteutilizado em todas astemporadas detrabalho de campofeitas por Boas. atenasregina@yahoo.com.br
  7. 7. A polifonia do documentário Redefinição da Antropologia Visual para uma Antropologia da comunicação visual. Segundo CANEVASSI (2001), “ (...) o visual leva a multiplicar as tramas da comunicação dentro de suas respectivas culturas”. Os nativos negam-se o papel de simples objetos observados e participam ativamente da renovação da antropologia visual apresentando os seus próprios pontos de vista a partir de suas dinâmicas sociais. A Antropologia Visual é usada como recurso de afirmação identitária e reconhecimento cultural pelos povos nativos. atenasregina@yahoo.com.br
  8. 8. Terence Turnerdesenvolve pesquisasjunto aos Caiapós(Kayapó) nas quais osrecursos visuais sãoexplorados pelospróprios nativos,dandooutros significadospara as suas práticas,diferentes dossentidos dados peloantropólogo. atenasregina@yahoo.com.br
  9. 9. Os xavantes do Vale do Xingu desenvolvem projetos de produção visual e discutem seus pontos de vista a partir de uma visão que elaboram de si mesmos e das suas especificidades culturais. Acima imagem do documentário Etenhiritipá.atenasregina@yahoo.com.br
  10. 10. ConclusõesA Antropologia Visual é um terreno fértilpara as ações afirmativas e a prática dorelativismo cultural.O processo de emergências étnicas vembeneficiando-se das tecnologias visuaispara apresentar seus projetos de reforçoidentitário.Segundo CANEVASSI (2001), os nativosrecusam serem vistos enquanto objetosmuseificados e catalogados, apontandomudanças na visão de si e dos outros. atenasregina@yahoo.com.br

×