Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Discurso proferido no painel    Speech delivered at thecolaborativo “GP: Gente que     collaborative panel “PeoplePensa” s...
Há dois anos eu vim pela primeira vez            Two years ago I came for the first time to thepara a Conferência Anual do...
O que eu descobri foi que ali eu apenas poderia   What I found out was that I could only meetencontrar pessoas incríveis e...
Por isso, agora eu pergunto a cada um de       That’s why I ask each one of you:vocês: O que lhe faz ser único?           ...
Confesso que eu não tenho nada contra em         I confess I have nothing against being global. Quiteser global. Muito pel...
OBRIGADOTHANK YOU
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Discurso - André Chaves - Conferência do GP 2012

502 views

Published on

Discurso proferido no painel colaborativo “GP: Gente que Pensa” sobre os desafios do planejador no contexto global, na Conferência do Grupo de Planejamento do Brasil, no dia 12 de novembro de 2012 em São Paulo.

Published in: Career

Discurso - André Chaves - Conferência do GP 2012

  1. 1. Discurso proferido no painel Speech delivered at thecolaborativo “GP: Gente que collaborative panel “PeoplePensa” sobre os desafios who Think”, about thedo planejador no contexto challenges the planners findglobal, na Conferência Anual in the global context, in thedo Grupo de Planejamento do Brazilian Planning Group’sBrasil, no dia 12 de novembro Conference, in November 2012,de 2012 em São Paulo. in Sao Paulo.André Chaves23 anosGerente de Planejamento da UPAracaju-Sergipe
  2. 2. Há dois anos eu vim pela primeira vez Two years ago I came for the first time to thepara a Conferência Anual do Grupo de Brazilian Planning Group’s Conference, aimingPlanejamento com o objetivo de observar to observe and learn with you all. After travelinge aprender com todos vocês. Após viajar 3.000 km, I finally was around the best planners3.000 km, eu finalmente estava em volta dos in the country who were part of all those agenciesmelhores planejadores do Brasil que faziam that I had heard of and admired. And for allparte de todas aquelas grandes agências que of that, I really believed that there, in that veryeu já tinha ouvido falar e admirava. E por moment and place, I would really find whatisso, eu realmente acreditava que ali, naquelemomento e naquele lugar, eu encontraria o I was looking for: a big formula to be a greatque eu tanto buscava: uma fórmula pronta professional in this field.para ser um grande profissional da área. But I was wrong.Mas eu estava errado.
  3. 3. O que eu descobri foi que ali eu apenas poderia What I found out was that I could only meetencontrar pessoas incríveis e inspiradoras que, incredible and inspiring people that, somehow,de alguma forma, me dariam força para eu would give me strength so I could find my own pathencontrar meu próprio caminho na profissão in my profession and build my career my own way,e construir minha carreira do meu jeito, sem without having to be any kind of copy or havingprecisar ser uma cópia ou seguir um padrão. to follow a pattern.O que eu percebi, a partir daquele dia, foi que What I found out, since that day, was that a bigum grande planejador não era feito apenasde conhecimento. Em cada fala existia algo planner was not made up of knowledge. In eachmaior. Existia maturidade suficiente para ter speech there was something bigger. There wascoragem e ousadia em defender uma posição. enough maturity in order to be courageous to standE isso fazia toda a diferença para que eles se for something. And that made a whole big differencetornassem únicos. so that they became unique.
  4. 4. Por isso, agora eu pergunto a cada um de That’s why I ask each one of you:vocês: O que lhe faz ser único? What makes you unique?Pode parecer uma pergunta fora de hora, no It might look like an old-fashioned question, butentanto acho que essa resposta é fundamental I think it is crucial so we can evaluate how ourpara avaliarmos como o nosso olhar “global” ‘global’ look could really influence our job as ainfluencia verdadeiramente o nosso trabalho planner.como planejador.Todos os dias, passamos horas pensando Every day, we spend hours thinking of brands,em marca, cliente, agência, chefe, pesquisa clients, agencies, bosses, researches, and creation.e criação. Mas de tanto olharmos para os But as a result of looking so much after the“outros”, será que nós estamos olhando para ‘others’, I wonder if we are looking to ourselves.nós mesmos? Será que estamos tendo coragem I wonder if we are brave enough as to make ourpara assumir nossas próprias convicções e own convictions clear and define our career’sdefinir a identidade da nossa carreira? identity.
  5. 5. Confesso que eu não tenho nada contra em I confess I have nothing against being global. Quiteser global. Muito pelo contrário. Eu apenas the opposite. I just believe our greatest challenge isacredito que o nosso maior desafio ainda está still in the local context, in finding out who we areno contexto local, em descobrir quem nós and who we want to be.somos e assumir o que queremos ser. And if we just put it aside, we risk being all theE, se deixamos isso de lado, corremos o riscode sermos todos iguais. De sermos aqueles same. Being those who do not stand for provocation,que não representam mais a provocação, o whatever is different and unpredictable, in thediferente e o imprevisível para sermos aqueles expense of being those who just look out to theque só olham para os outros e nunca para si others, never to themselves.mesmo.
  6. 6. OBRIGADOTHANK YOU

×