Dns

2,357 views

Published on

Breve explicação de como funciona o DNS

  • Be the first to comment

Dns

  1. 1. DNS | Uma breve explanação<br />Anderson Zardo / Roberto Bragagnolo<br />
  2. 2. O que é?<br />DomainName System (Sistema resolução de nomes)<br />Permite acessar computadores sem que o usuário ou próprio computador tenha conhecimento de seu endereço IP.<br />Traduz nomes comuns para endereços IP e vice-versa (ex: www.ftec.com.br => 200.175.97.128)<br />Para DOS/UNIX: nslookup <endereço><br />
  3. 3. Por que?<br />Nomes são mais fáceis de lembrar que quatro blocos de números de 8 bits cada.<br />
  4. 4. Como surgiu?<br />A Internet, era uma pequena rede estabelecida pelo Departamento de Defesa para propósitos de pesquisa. <br />O endereçamento dos computadores nesta rede era administrado por um único arquivo de hosts localizado em um único servidor central. <br />Cada rede que precisasse solucionar nomes de hosts em outras redes, carregava este arquivo. <br />O número de hosts na Internet cresceu, o tráfico gerado pelo processo de atualização assim como o tamanho do arquivo de hosts, também. <br />Necessidade de um novo sistema que oferecesse características como a escalabilidade aliada à administração descentralizada.<br />
  5. 5. Quando Surgiu?<br />Foi introduzido em 1984;<br />Os nomes de hosts residentes em um banco de dados pôde ser distribuído entre servidores múltiplos, baixando assim, a carga em qualquer servidor que provê administração no sistema de nomeação de domínios. <br />Baseia-se em nomes hierárquicos e permite a inscrição de vários dados digitados além do nome do host e seu IP. Em virtude do banco de dados de DNS ser distribuído, seu tamanho é ilimitado e o desempenho não degrada tanto quando se adiciona mais servidores nele.<br />
  6. 6. COMO FUNCIONA<br />O DNS da internet é um conjunto de bancos de dados espalhados em servidores de todo o mundo.<br />Esses bancos de dados têm a função de indicar qual IP está associado a um nome de um site. <br />Ao digitar www.ftec.com.br, seu computador solicita aos servidores de DNS de seu provedor de internet que encontre o endereço IP associado a www.ftec.com.br. Se os servidores não tiverem essa informação, ele se comunica com outros que possam ter.<br />
  7. 7. é uma tarefa simples?<br />Atualmente existem bilhões de endereços de IP em uso e a grande maioria das máquinas possui um nome legível associado.<br />Alguns bilhões de requisições são feitas ao DNS todos os dias. Uma única pessoa pode fazer várias requisições em apenas um dia<br />Nomes de domínio e endereços de IP mudam diariamente.<br />Novos nomes de domínio são criados todos os dias.<br />Milhões de pessoas trabalham na mudança e no acréscimo de nomes de domínio e endereços de IP constantemente<br />
  8. 8. Esquema básico<br />
  9. 9. Esquema Básico<br />Dentro de cada domínio (.com, .net, .gov) existem outras subdivisões. Por exemplo, dentro de .com há .com.br, .com.fr, .com.ar, etc.<br />Com essas divisões, é possível atribuir cada uma das terminações a uma entidade que as gerencie. <br />Assim, para você registrar um domínio .br, é necessário fazer a solicitação ao Comitê Gestor de Internet do Brasil, órgão que controla essa terminação. Para registrar um domínio que termine com .fr é necessário procurar a entidade que controle esse tipo.<br />
  10. 10. Cache de DNS<br />Ao visitar um site que nunca tenha sido resolvido pelo serviço de DNS de seu provedor, este deve fazer uma pesquisa em outros servidores de DNS (através da pesquisa hierárquica). <br />Para evitar que essa pesquisa tenha que ser feita novamente quando outro usuário do provedor tentar acessar o mesmo site, o serviço de DNS guarda a informação da primeira consulta. Assim, em outra solicitação, ele já saberá qual o IP associado ao site em questão. Esse procedimento é conhecido como "cache de DNS".<br />
  11. 11. Servidores raízes e suas cópias em funcionamento no mundo<br />
  12. 12. Exemplos de Servidores DNS(funcionam com qualquer provedor)<br />Google Public DNS:<br />8.8.8.8<br />8.8.4.4<br />Open DNS (opendns.com):<br />208.67.222.222<br />208.67.220.220<br />
  13. 13. Implementação de um DNS Local<br />O DNS é implementado por meio de uma aplicação cliente-servidor. O cliente é o resolver (conjunto de rotinas em uma implementação de TCP/IP que permite a consulta a um servidor) e um servidor geralmente é o programa bind ou namedou uma implementação específica de um servidor de DNS (Windows NT).<br />
  14. 14. Um servidor de DNS pode ser responsável pela resolução de um ou mais nomes de domínios (ex. acme.com.br, presid.acme.com.br). <br />Seu escopo de atuação define a Zona de atuação de um servidor DNS.<br />
  15. 15. Exemplo:<br />Para resolver o domínio acme.com.br e seus sub-domínios existem três zonas: a primeira resolve o próprio domínio principal e os subdomínios mktg.acme e vendas.acme; a segunda resolve os domínios engen.acme e prod.engen.acme; e a terceira resolve o domínio lab.engen.acme. Cada zona possui um servidor de nomes principal ou primário, que mantêm em tabelas o mapeamento dos nomes em endereços IP daquele domínio. Uma zona pode ter servidores secundários que possam substituir os primários em caso de falha. Os secundários, entretanto não possuem fisicamente as tabelas de mapeamento mas carregam regularmente as informações do primário. <br />
  16. 16. Figura:<br />
  17. 17. Mensagens de Erro<br />Tempo esgotado - O servidor DNS não respondeu a pesquisa no tempo esperado <br />Sem autoridade sobre o domínio - O servidor DNS tem os dados do domínio, porém não em seus arquivos locais e não pode garantir a validade dos dados <br />Domínio Desconhecido - O servidor DNS não possue dados deste domínio <br />DNS Desconhecido - servidor DNS não pode ser achado ou não existe na Internet <br />Etc...<br />
  18. 18. Perguntas?<br />
  19. 19. Obrigado!<br />

×