Projeto de teoria e pratica da alfabetização

1,360 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,360
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto de teoria e pratica da alfabetização

  1. 1. PROJETO DE TEORIA E PRATICA DA ALFABETIZAÇÃOProfessora Mônica Machado<br />GRUPO FOCO PEDAGÓGICO<br />ANA MARIA DA CONCEIÇAO GONCALVES LOPES <br />AURELIA GONZALEZ RABUNADE <br />DENISE BARBOSA DO NASCIMENTO <br />ELIANE MARIA GUIMARÃES BELTRÃO <br />MONICA CORRÊA RODRIGUES<br />
  2. 2. VISÃO DA PROFESSORA VANISEEDUCAÇÃO INFANTILCIEP 431 PADRE NINO MIRALDIMESQUITA RJ<br />
  3. 3. LINGUAGEM ORALA Linguagem Oral é fundamental na Educação Infantil. Procuro fazer do momento da “Roda de Conversa” um dos pontos cruciais do dia-a-dia, onde discutimos vários assuntos, e os alunos são ouvidos, contando suas novidades, relatando suas experiências. Neste momento, faz-se a rotina e conversamos como será o nosso dia. Assim, este momento torna-se de grande valor para o desenvolvimento da Linguagem Oral na EI.<br />
  4. 4. GRAFISMO E LINGUAGEM ESCRITAO grafismo é o momento no qual a criança irá transpor para o papel e expressar seu pensamento, a sua vivência, a linguagem que ele tem de mundo.EXPRESSÃO PLÁSTICAA expressão Plástica retrata o mundo deste aluno. Através dos detalhes que são expressos percebe-se a “riqueza” ou o “empobrecimento” de suas vivências. Na hora do momento de Artes, o aluno demonstra sua capacidade de criação. Aqui, ele é o tempo todo estimulado de maneira bastante positiva<br />
  5. 5. VISÃO DA PROFESSORA CLAUDIA1º ANOCIEP 431 PADRE NINO MIRALDIMESQUITA RJ<br />
  6. 6. A LINGUAGEM ORALA oralidade dos alunos é trabalhada na Roda de Leitura. Nesse momento, os alunos contam histórias para os demais, além de piadas, provérbios, falas diferentes (falas regionais, dos médicos, dos jornalistas, etc.). O objetivo aqui é perceber que existem várias formas de se expressar oralmente e, também, cada um partilhar suas vivências e experiências.Aqui também, tão importante quanto aprender a falar é também aprender a ouvir e a esperar a sua vez, para que o diálogo seja produtivo,enriquecedor e respeitoso.<br />
  7. 7. GRAFISMO E LINGUAGEM ESCRITAComo trabalho com letramento, toda dia trago para os alunos um texto diferente, podendo ser uma poesia, um artigo de jornal, uma fábula, um conto, uma letra de música, para que eles percebam que existem estruturas diferentes para cada gênero textual. A partir dessa percepção, produzimos textos coletivos, criamos acrósticos, reinventamos finais de histórias dos clássicos infantis... O importante aqui não é só aprender a escrita correta das palavras, mas como escrever cada tipo de texto.<br />
  8. 8. EXPRESSÃO PLÁSTICAÉ através da Expressão Plástica, seja a pintura, ou o desenho, ou a execução de trabalhos artesanais, que a criança estimula a criatividade; e isso traz benefícios para outras áreas de estudo.Os meus alunos têm aula de artes plásticas uma vez por semana, normalmente sexta-feira.<br />
  9. 9. EXPRESSÃO SONORA E CORPORALA Expressão Corporal é um processo de comunicação, onde cada aluno busca sua maneira de demonstrar e de manifestar suas tristezas, alegrias, conhecimentos, dúvidas, razões e emoções.Trabalhar com música, dança e teatro deveria ser uma prioridade em todos os segmentos da Educação.<br />
  10. 10. PONTOS CONVERGENTES<br /><ul><li>A construção do conhecimento do aluno, como sujeito ativo de sua própria história;
  11. 11. O incentivo a liberdade de expressão plástica e o reconhecimento das diferentes formas de se expressar oralmente.</li></ul>PONTOS DIVERGENTES<br />- Maior apoio na construção textual aos alunos do 1º ano<br />
  12. 12. O DESENVOLVIMENTO DAS LINGUAGENS NAS CLASSES DE ALFABETIZAÇÃOMesmo entre os pequenos, é fundamental o reforço da norma culta da linguagem, e o trabalho da multiplicidade de linguagens, pode ser trabalhado através de histórias, música, poesias e artes entre outras.<br />
  13. 13. PENSANDO EM VIOLÊNCIANa infância que construímos os principais fundamentos éticos e morais. É preciso que as crianças tenham acesso ao saber das virtudes para que possam, em suas transformações pessoais, encontrar um sentido positivo no mundo em que vivemos, tão marcado pela violência.O ambiente escolar deve transmitir confiança e segurança aos alunos. A professora deve ficar atenta aos melhores momentos para Identificar e tratar das questões que envolvam o tema Violência mesmo em situações imprevistas, como um acontecimento na hora do recreio, ou em outras apresentadas propositalmente, como em um filme.<br />

×