Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cultura leiga e profana das cortes régias e senhoriais

8,778 views

Published on

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Cultura leiga e profana das cortes régias e senhoriais

  1. 1. A cultura leiga e profana nas cortes régias e senhoriais<br />
  2. 2. Introdução<br />O clima de paz e properidade que impulsionou que impulsionou o renascimento das cidades reflectiu-se também no domínio cultural. O gosto pela erudição, por uma vida mais requintada fez-se sentir não só nos recintos urbanos, onde proliferam escolas e universidades, mas também nas cortes dos reis e grandes senhores. <br />A violência dos sentimentos e a rudeza das maneiras cede lugar à contenção e à delicadeza. O nobre passa a identificar-se com o cavaleiro ideal, bom, corajoso e desinteressado, capaz de defender a causa dos fracos, e da justiça de cortejar a sua dama segunda as regras do “amor perfeito”.<br />
  3. 3. O ideal de Cavalaria<br />
  4. 4. No início da sua vida ...<br />
  5. 5. Ordenação de um Cavaleiro <br />Torneio entre Cruzados e Árabes<br />
  6. 6. Ordens militares:<br />Templários (1118)<br />Hospitalários (1136)<br />Ordem de Santiago (1160) <br />Teotónicos (1193)<br />
  7. 7. D.Duarte, rei de Portugal, escreveu este livro com todos os seus conhecimentos de Cavalaria.<br />
  8. 8.
  9. 9. Amor Cortês<br />
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12. A influencia da Literatura<br />
  13. 13.
  14. 14. Culto da memória dos antepassados<br />
  15. 15. «Naquele tempo os mortos estão vivos, ninguém duvida.» <br />GeorgesDuby<br />
  16. 16.
  17. 17.
  18. 18. Livro de linhagens<br />
  19. 19.
  20. 20. Conclusão<br />Neste trabalho tivemos a oportunidade de aprender um pouco mais sobre a cultura e ideais medievais que prevalesciam no dia-a-dia e na rotina dos que viveram naquela época.<br />Ficámos a conhecer um pouco mais sobre o ideal de cavalaria, amor cortês e até mesmo sobre o culto à memória dos antepassados.<br />Nesta nova vivência cortesã a literatura assumiu um papel central. Foi pela palavra escrita que se difundiram os ideais cavaleirescos, se exprimiram sentimentos amorosos e se honraram as memórias dos antepassados, cujos feitos ilustres serviram de exemplo e inspiração às gerações nobres dos últimos séculos da Idade Media.<br />Muitas destas vivência e costumes ainda permanecem até hoje.<br />
  21. 21. Bibliografia<br /><ul><li>O tempo da história – 10º ano; parte 2 – Célia Pinto do couto, Maria Antónia Monterroso Rosas – Porto Editora
  22. 22. http://pt.wikipedia.org/wiki/Amor_cortês
  23. 23. aula-de-historia.blogspot.com
  24. 24. www.hottopos.com
  25. 25. pt.wikipedia.org/wiki/Cavalaria_medieval
  26. 26. pt.wikipedia.org/wiki/Ordem_militar
  27. 27. www.decavalaria.com</li></li></ul><li>Trabalho realizado por :<br />Anderson Theodoro nº6 <br />Inês Fernandes nº14<br />Maria Inês Feliciano nº18<br />Rita Santos nº24 <br /> 10ºE<br />

×