Haiku

2,225 views

Published on

Conjunto de pequenos poemas, à moda de haiku, redigidos pelos alunos do 6ºA (orientados pela professora de LP) e pela professora bibliotecária.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,225
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
440
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Haiku

  1. 1. HAIKU POEMAS JAPONESES
  2. 2. Para fazer haiku Demos um passeio, deambulemos pela praia deserta, pela floresta verde, por um jardim florido, por uma montanha coberta de neve donde uma pequena planta atrevida quer fugir. Olhemos com os olhos e com o coração. Bem abertos! Deixemos os cinco sentidos bem despertos. Entreguemo-nos à VIDA! Isso é poesia!...
  3. 3. O farol, lá no cimo ilumina o mar. O prado é verdejante. Laure
  4. 4. Lua branca: a noite sem sono é escura mas cintilante. Laure
  5. 5. <ul><li>A água verde-azul do mar </li></ul><ul><li>ondula toda a areia. </li></ul><ul><li>Cobre-me. </li></ul><ul><li>Laure </li></ul>
  6. 6. O mar… Um enorme manto azul. Uma criança com frio diz-lhe: -Podes agasalhar-me? Carolina
  7. 7. Uma roseira florida O perfume De uma bonita tarde de sol. Carolina
  8. 8. Uma rosa caída no chão tem dentro um lamento muita tristeza e solidão. Carolina
  9. 9. Uma abelha acarinha uma flor. Será amor? Jéssica
  10. 10. Ó rosa Porque estás caída no chão? Ainda no teu ponto de perfeição! Jéssica
  11. 11. A Natureza é grande poderosa e majestosa. Mas não trabalha sozinha. Jéssica
  12. 12. O sol esconde-se atrás dos montes. Uma árvore solitária dá-me sombra. O meu refúgio secreto . Jéssica
  13. 13. A folha é simples verde e bem definida Mas esquecida… Jéssica
  14. 14. As ondas dançam, as gaivotas cantam. No mar há música. Jéssica
  15. 15. Fui para o campo Era só alegria. Cada vez mais a cidade me desiludia… Jéssica
  16. 16. Tens uma rosa? Empresta-ma E eu dou-te o meu coração. Ana Sofia Cátia Sofia
  17. 17. Se tiveres frio Chama o sol E pede-lhe o seu imenso manto . Ana Sofia Cátia Sofia
  18. 18. No céu as nuvens são furacões enroladas na imensidão azul. Ana Sofia Cátia Sofia
  19. 19. Desfolha-se a rosa e veste de seda o chão cor-de-rosa. Daniela
  20. 20. Cortinas de seda O vento entra sem pedir licença. Daniela
  21. 21. À noite vou-me deitar. Espreito à janela vem uma estrela para me visitar. Rita Cristiana Márcia
  22. 22. Cada rajada de vento numa onda do mar gaivota assustada. Rita Cristiana Márcia
  23. 23. Porque te moves? Porque uma árvore me deu a vida. Rita Cristiana Márcia
  24. 24. A folha cansada espera pelo Outono para se deitar e beijar o chão. Ana Rita
  25. 25. A flor, de manhã, espera que o orvalho lhe lave as pétalas. Ana Rita
  26. 26. No céu pintado nuvem branca de algodão um falcão a furou. Ana Rita
  27. 27. A música das árvores é o vento bailarino do Inverno. Márcia
  28. 28. Os candeeiros falam à lua quando a noite espreita. Nanci
  29. 29. A andorinha volta para namorar a Primavera. - Beija-me! Ana Paula Oliveira
  30. 30. A Primavera explodiu num risonho malmequer. Que bem me quer! Ana Paula Oliveira
  31. 31. Segredam os búzios ao mar segredos que à areia vem contar. Ana Paula Oliveira
  32. 32. Para saber mais sobre haiku: http://www.apagina.pt/?aba=7&cat=171&doc=12583&mid=2 http://www.prof2000.pt/users/secjeste/mmanuelr/hjapao.htm http://www.museudooriente.pt/1000/haiku--um-caminho-para-a-natureza.htm http://lugardaspalavras.no.sapo.pt/poesia/basho.htm
  33. 33. Trabalho realizado pelos alunos do 6ºA, numa oficina de escrita criativa , integrada na Semana da Leitura 2010. Orientadoras: Ana Isabel Pereira , professora de Língua Portuguesa Ana Paula Oliveira , professora bibliotecária Escola EB 2,3 de Arrifana

×