Retratos da Leitura em Esteio

1,100 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,100
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
548
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Retratos da Leitura em Esteio

  1. 1. CMEB EDWIGES FOGAÇA RETRATOS DA LEITURA EM ESTEIO TURMA: 7º ANO B ALUNOS APRESENTADORES: BRUNO DIAS EBERTZ, BRUNO DA ROSA, GABRIÉLE ZONATTO, KATLYN PEREIRA, LUCIANA RIBEIRO, MATHEUS EDUARDO DE MATOS, MICAEL FOGAÇA E MORRANA LEUVEN. PROFESSORES ORIENTADORES: ANA PAULA CECATO – PORTUGUÊS CÁREN SARAIVA – MATEMÁTICA 2014
  2. 2. JUSTIFICATIVA  A ideia surgiu a partir da professora Ana Paula Cecato e da professora Cáren Saraiva, propondo para a turma observar e descobrir o número de livros lidos pelos moradores da cidade de Esteio.  A relevância da pesquisa é que, a partir dos resultados colhidos, pode-se tomar a decisão de que se deve entusiasmar mais as pessoas a ler na sociedade que vivemos hoje em dia.
  3. 3.  PROBLEMA  Como é o comportamento dos leitores da cidade de Esteio? OBJETIVO  Conhecer o número de moradores de Esteio que têm o hábito da leitura, e em médio e longo prazo propor atividades para incentivar mais a leitura.
  4. 4. REFERENCIAL TEÓRICO  A pesquisa Retratos da leitura no Brasil, realizada pela última vez em 2011, é a mais abrangente pesquisa sobre livros e hábitos de leitura já realizada no País, envolvendo um universo de mais de 172 milhões de pessoas com idade acima de cinco anos. Na pesquisa, 73% das crianças citam as mães como maior influência ao hábito de ler e o número de livros lidos pela população brasileira é de 4,7 livros por ano. Na pesquisa, o IBOPE operou com margem de erro de 1,4% e intervalo de confiança de 95%, ou seja, se a mesma pesquisa for realizada 100 vezes, em 95 delas os resultados serão semelhantes.  É preciso despertar nas pessoas o desejo de ler, não importa muito qual tipo de livro. É importante colocar as pessoas em contato com quem cultiva a leitura, um processo delicado e lento.
  5. 5.  Uma ação que está sendo feita para incentivar a leitura no Brasil é a ONG Roedores de Livros, do Distrito Federal, fundada há cinco anos. Essa ONG desperta o interesse pela leitura em crianças de baixa renda através de contações de histórias, músicas e atividades artísticas.  A fundadora da ONG, Ana Paula Bernardes, reuniu os amigos, Célio Calisto, Edna Freitas e o marido, Tino Freitas, para contagiar as crianças da cidade de Ceilândia para a leitura. Eles pesquisaram lugares e conheceram comunidades até escolherem a cidade de Ceilândia e firmarem parceria com um centro comunitário da região. Em cada encontro as crianças participam de várias atividades educativas, com ótimo resultado. Antes, algumas crianças eram briguentas e não conseguiam focar na história, mas, aos poucos, foram ficando mais atentas, pois o livro passou a fazer parte da vida delas durante a semana também. As crianças podem levar os livros emprestados para casa, de um acervo de mais de 800 obras adquiridas por doação.
  6. 6. METODOLOGIA EMPREGADA  Esta pesquisa quantitativa é feita para saber o quanto da comunidade de Esteio tem o hábito de ler. As etapas realizadas foram:  -Entrevistas com moradores de Esteio (amostragem de 0,01% da população da cidade, ou seja, 81 pessoas) sobre hábitos de leitura;  - Leitura de textos indicados pela professora para a pesquisa do referencial teórico;  - Cálculo e tabulação de todos os dados das pesquisas;  - Análise dos dados levantados;  - Conclusão do trabalho.
  7. 7. RECURSOS  Caderno de campo, folhas de ofício, caneta, lápis, livros, computador, internet, impressora.
  8. 8. CRONOGRAMA Data Ação Junho - Apresentação da metodologia de pesquisa para os alunos; - Revisão teórica sobre a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil e iniciativas de incentivo à leitura no País; Julho - Construção do plano de pesquisa; - Coleta de dados: entrevista com 81 moradores de Esteio; Agosto - Cálculo, tabulação e análise dos dados; - Conclusão da pesquisa.
  9. 9. RESULTADOS DA PESQUISA  Nas aulas de Matemática, os alunos tabularam os dados da pesquisa e elaboraram gráficos para analisar as informações coletadas com os moradores de Esteio. Foram entrevistados 81 moradores de Esteio pelos alunos da turma do 7º B.
  10. 10. 40% 60% Sexo das Pessoas Masculino Feminino
  11. 11. 27% 18% Idade 7% 15% 22% 2% 7% 2% 1 a 17 18 a 24 25 a 29 30 a 39 40 a 49 50 a 59 60 a 69 70 ou mais
  12. 12. 11% 5% 69% 14% 1% Raça preta amarela branca parda indigena
  13. 13. 69% 9% 15% 1% Religião 4% 2% Catolica Espirita Evangélica Umbanda Cristão Nenhuma
  14. 14. Renda Familiar 30% 28% 32% 10% 0% Até 1 salário 1 a 2 salários 2 a 5 salários mais de 5 salários recusou-se a dizer
  15. 15. Escolaridade 3% 4% 28% 52% 13% Analfabeto até 4º série 5º a 8º série Ensino médio Ensino superior
  16. 16. O que gosta de fazer no seu tempo livre? 25 23 20 15 10 5 0 18 23 21 13 13 13 19 13 7 3 14 3 0 7 4 7 7 Nº Pessoas
  17. 17. O que a leitura significa pra você 29% 12% 25% 4% 4% 9% 4% 1% 4% 8% Fonte de conhecimento para vida Fonte de conhecimento e atualização profissioonal Fonte de conhecimento para escola/faculdade Uma atividade interessante
  18. 18. Ler bastante pode fazer uma pessoa 'vencer na vida' e melhorar sua 10% 6% 8% 29% 47% situação socioeconômica Não sabe Discorda totalmente Discorda em parte concorda em parte Concorda totalmente
  19. 19. Quantidade de livros lidos nos últimos 3 meses 10% 25% 25% 3% 6% 1% 9% 16% 4% 1% 5 livros 1 livro 0 livros 2 livros 4 livros 7 livros 30 livros 10 livros 3 livros 20 livros
  20. 20. Quantidade de livros lidos nos últimos 12 meses 9% 17% 10% 7% 1% 10% 7% 7% 1% 9% 1% 2% 5% 1% 1% 1% 5% 1% 1% 1% 1% 6 livros 0 livro 2 livros 1 livro 9 livros 5 livros 7 livros 8 livros 11 livros 12 livros 4 livros 15 livros 3 livros 400 livros 500 livros 100 livros 300 livros 200 livros 25 livros 10 livros 34 livros
  21. 21. Gêneros lidos frequentemente 0 5 10 15 20 25 30 Narrativa longa Enciclopédias/Dicionários Culinária/artesanato História em quadrinhos Livros juvenis Livros infantis Livros religiosos Livros didáticos Nº Pessoas
  22. 22. Qual o livro mais marcante que você leu? 0 1 2 3 4 5 A cabana A menina que roubava livros Menino maluquinho Dez faces da emoção O menino do pijama listrado Harry Potter Um amor de verdade Diário de Cecília Antonio (Palavras ao fogo) Os meninos da rua da praça Diário de um banana Fazendo meu filme
  23. 23. Motivação para ler um livro 29% 1% 12% 24% 8% 13% 13% Ataulização cultural/Conhecimento s gerais Prazer,gosto ou necessidade espontânea Exigência escolar ou acadêmica Motivos religiosos
  24. 24. Motivação para não ler um livro 32% 8% 12% 9% 8% 5% 8% 7% 5% 0%4% 1%1% Por falta de tempo Por desinteresse Não gosta de ler Poque prefiro outras atividaes Não tem paciência para ler Lê muito devagar Tem problemas de visão,ou outras limitações físicas Poque não há bibliotecas por perto Não tem concentração para ler Por não dispor de dinheiro Tem dificildades de compreensão ao ler
  25. 25. CONCLUSÃO  A partir da análise dos dados levantados da pesquisa “Retratos da Leitura em Esteio”, podemos concluir que os habitantes de Esteio não têm o hábito de leitura em suas vidas, ainda que afirmem que a leitura é “fonte de conhecimento para a vida” (36 pessoas).  Das 81 entrevistas realizadas com os moradores da cidade, a média de livros lidos nos últimos 12 meses foi de 23,5. Há bastante diferença entre os leitores, há pessoas que não leram nenhum livro (6 pessoas), mas há quem tenha lido 500 (1 pessoa), acreditamos que por isso tenha dado um número médio bastante alto. Nos últimos três meses, a média foi de 2,8 livros lidos. O livro mais citado foi “A culpa é das estrelas” de John Green. Provavelmente, este dado tem a vida com a faixa etária mais entrevistada, que foi de 1 a 17 anos de idade (19 pessoas), pois se trata de um livro juvenil.  Os principais motivos pelos quais as pessoas não leem foram “Falta de tempo” (33 pessoas), “Por que prefiro outras atividades (13) e “por que não há bibliotecas por perto” (7). Por causa da ausência de espaços de leitura na cidade, estamos propondo ações de incentivo à leitura.  A iniciativa mais lembrada pela turma foi realizar mais eventos literários, como Feira do Livro, em outros locais da cidade. Outras iniciativas sugeridas são: Bibliotecas Móveis em praças de grande circulação da cidade, como a Praça do Expedicionário e a Praça da Juventude e Clube de Livro, onde leitores possam se reunir para discutir o que leram e o que gostam de ler.  Por fim, avaliamos que a leitura é valorizada no discurso das pessoas, mas não é uma pratica constante em suas vidas. Precisamos investir muito ainda para que tenhamos mais leitores, isso deve começar na casa das pessoas, continuar na escola e ir para sua vida toda.
  26. 26. REFERÊNCIAS  AZEVEDO, Cecilina Borges. Metodologia científica ao alcance de todos. Tamboré: Manole, 2013.  INSTITUTO PRÓ-LIVRO. Retratos da Leitura no Brasil.http://www.prolivro.org.br/ipl/publier4.0/texto.asp?id =48 Acesso em 4 julho 2014.  REVISTA CRESCER. Manhãs cheias de histórias. http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI14242 6-10473,00-MANHAS+CHEIAS+DE+HISTORIAS.html Acesso em 11 julho 2014.  TEDESCO, Erick. Hábito de ler é um caminho para transformação social. http://tudosobreleitura.blogspot.com.br/2010/06/habito-de- ler-e-um-caminho-para.html Acesso em 07 julho 2014.

×