Avc

791 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
791
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avc

  1. 1. AVCAVCAVCAVCAVCAVCAVC AVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVCAVC
  2. 2. SumárioSumário• AVC.. O que é?• Tipos de AVC• Fisiopatologias do AVC´S• Sintomas do AVC• Primeiro atendimento• O tratamento• Prevenção• Conclusão12345678
  3. 3. AVC… O que é?AVC… O que é?• Às vezes chamado de “Ataque cerebralAtaque cerebral“ ouDerrame, um Acidente Vascular Cerebral(AVC) é uma interrupção do fornecimento desangue para qualquer parte do cérebro.• O AVC acontece quando o fluxo de sanguepara uma parte do cérebro é interrompidoporque um vaso sanguíneo no cérebro estábloqueado ou se rompe. Se a circulação dosangue for interrompida por mais do quealguns segundos, o cérebro não consegueobter sangue e oxigênio. As células cerebraispodem morrer, causando danos permanentes.
  4. 4. • O AVC é a segunda causa de morte maiscomum em todo planeta, logo atrás dasdoenças cardíacas.• Foi realizado uma pesquisa sobre amortalidade por AVC no Brasil na ultimadécada ( entre 2000 e 2009 ) que foipublicado nos Arquivos Brasileiros deCardiologia, que indicou que o AVC foiresponsável por 10,70% de mortes em2000 e 10,18% em 2009.
  5. 5. • Até o ano de 2006, a mortalidade peladoença mostrou uma tendência àelevação, seguido de uma queda até oano de 2009.• A queda na mortalidade associada aoAVC pode estar associada a um maiorcontrole dos fatores de riscos para adoença ( como diabetes e hipertensãoarterial ), reflexo de uma melhorprevenção primaria e secundária
  6. 6. das doenças circulatórias e melhoriasdas condições socioeconômicas dapopulação, além do desenvolvimentotecnológico que permite diagnósticosmais preciso e atendimento mais rápidodo paciente.
  7. 7. GráficoGráfico dada MortalidadeMortalidade nono BrasilBrasil(( 20002000 –– 20092009))
  8. 8. Tipos de AVCTipos de AVC• Existem dois tipos principais deAVCs:- O AVC isquémico Ocorre quando um vasosanguíneo que fornece sangue ao cérebro ébloqueado por um coágulo de sangue. Issopode ocorrer de duas maneiras:* Um coágulo pode se formar em umaartéria que já está muito estreita.;* • Um coágulo pode se desprender deoutro lugar nos vasos sanguíneos docérebro
  9. 9. ou alguma outra parte do corpo e se deslocaraté o cérebro para bloquear uma artériamenor, isso e mais conhecida como embolia.* AVC - ISQUÊMICO
  10. 10. • AVCs isquêmicos também podem ser causadospor coágulos de sangue que se formam nocoração ou em outras partes do corpo. Essescoágulos se deslocam com o sangue e podemficar presos nas pequenas artérias docérebro. Isso se chama embolia cerebral.
  11. 11. - O AVC hemorrágico ocorre quando um vasosanguíneo em parte do cérebro fica fraco e serompe, fazendo com que o sangue vaze para océrebro. O risco de hemorragia no cérebro podeser intensificado, o qual aumenta a probabilidadede ocorrência de um AVC devido a:AVC - HEMORRÁGICO* Uso de álcool* Distúrbios hemorrágicos* Uso de cocaína
  12. 12. AVC – ISQUÊMICOAVC – ISQUÊMICOHEMORRÁGICOHEMORRÁGICO
  13. 13. FisiopatologiaFisiopatologia• Fisiopatologia AVC Isquêmico: Ocorre pela falta defluxo sanguíneo cerebral, levando ao sofrimento eenfarte do parênquima do sistema nervoso.• Nos primeiros momentos do AVC isquêmico não hámorte de tecido cerebral, mas a falta de suprimentosanguíneo provoca a rápida degeneração do tecidocerebral, um tecido metabolicamente muito ativo eque demanda muito oxigênio e glicose para manterseus neurônios vivos. A área central do acidentevascular morre em pouco tempo, pois estápraticamente sem nenhum fluxo de sangue. penumbra.
  14. 14. • AIT ou ataque isquêmico transitório pode serconsiderado um tipo de AVC isquêmico, é um episódiosúbito de deficit sanguíneo em uma região do cérebrocom manifestações neurológicas que se revertem emminutos ou em até 24 horas sem deixar sequelas.Estudos clincos mostram que a maioria dos AIT s duramenos de 1 hora. Se dura mais de uma horaprovavelmente será um AVC e talvez possa provocaruma lesão cerebral, mesmo que imperceptível.
  15. 15. • Fisiopatologia AVC Hemorrágico: Acontece umainflamação e o efeito de massa ou pressão exercidapelo coágulo de sangue no tecido nervoso prejudica edegenera o cérebro e a função cerebral.• O AVC hemorrágico pode ser provocado por rotura deum aneurisma, por malformações na permeabilidadevenosa ou hemorragia subaracnóidea. Fatores quepodem aumentar o risco de AVC:* Hipertensão arterial;* Diabetes Mellitus;* Aterosclerose;* Doença valvular cardíaca e o tabagismo.
  16. 16. Sintomas do AVCSintomas do AVC• Alteração aguda da fala;• Alteração súbita da sensibilidade;• Dormência nos braços e nas pernas;• Perda da força muscular repentinamente(braços fracos);• Perda repentina da visão;• Tonturas;
  17. 17. • Falha na memória;• Dor de cabeça;• Edema cerebral;• Aumento da pressão intracraniana;• Náuseas e vômitos.
  18. 18. Primeiro atendimentoPrimeiro atendimento• Ao ter os primeiros sinais ou sintomas de umAVC o indicado é procurar de imediato aunidade de saúde mais próxima da sua casa ouligar imediatamente para atendimento deurgência SAMU, para ter o mais rápidopossível encontro com o médico.• O AVC é uma emergência médica e possuitratamento se o paciente for rapidamenteencaminhado para um hospital adequado.
  19. 19. • O paciente tem que fazer uma tomografiapara a equipe médica saber qual o tipo de AVCe começar o tratamento imediatamente. Otempo - desde os sintomas até a aplicação doremédio no hospital - tem que ser de, nomáximo, quatro horas e meia. Se a pessoaconsegue fazer isso, os estudos mostram quereduz em até 20% a mortalidade e em 30% assequelas.
  20. 20. O tratamentoO tratamento• Profissionais afirmam que é importantepara a reabilitação do paciente comderrame que o mesmo recebaatendimento em, no máximo, 3 horasapós o início do “acidente”.• O tratamento é feito através dosexercícios físicos, realizados pelofisioterapeuta, sempre procurandodeixar o paciente realizar sozinho oque ele consegue.
  21. 21. • O tratamento é modificado de acordo com amelhora do paciente, por isso a importância doacompanhamento com o fisioterapeuta queanalisa, modifica e inclui outros exercícios notempo certo.
  22. 22. PrevençãoPrevenção• É importante ficar sempre atento aos fatoresde risco e tentar controlá-los. Eles são:• hipertensão arterial;• uso de anticonceptivos orais;• Diabetes;• hiperlipidêmica (gorduras no sangue);• tabagismo e alcoolismo.
  23. 23. • Exercícios físicos e uma dieta saudável,à base de cálcio e potássio, sãoelementos recomendados pelos médicos.
  24. 24. CONCLUSÃOCONCLUSÃO• O AVC, acidente vascular cerebral, é uma das maiorespreocupações dos profissionais da área da saúdeatualmente. De acordo com o grau do AVC, ele podeapagar uma parte da rede de neurônios e gerar sériassequelas motoras e de raciocínio, entre outras,fazendo com que algumas pessoas fiquem totalmentedependentes de terceiros, sem condições, às vezes,de sair da cama. Sempre que necessário o pacientedeve buscar ajuda com profissionais competentes eresolver seus problemas e dúvidas. Muitos pacientes,ainda que não tenham recuperado suas funções comoantes do AVC, podem ter uma vida normal, atétrabalhar, desde que se façam algumas adaptaçõestornando melhor a sua qualidade de vida.
  25. 25. FFIIMM

×