Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Keynote Redacoes Integradas

864 views

Published on

Perfil de redações integradas internacionais baseado em informações levantadas por Daniela Bertocchi, Lucas Oliveira Fernandes e Ana Brambilla

Published in: News & Politics, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Keynote Redacoes Integradas

  1. 2. 1. Daily Telegraph / Inglaterra <ul><li>Redações integradas em 2006, com consultoria da IFRA. São 460 jornalistas, todos preparados para produzir conteúdo para jornal e web. </li></ul><ul><li>Com transição, perderam 54 pessoas do editorial. No “core group”, a substituição </li></ul><ul><li>foi de 50%. </li></ul>Telegraph.com - 22 milhões de UV mensais - 40,8 milhões de PV mensais Fonte: Portal Media Solutions do Daily Telegraph, citando TGI Internet Wave (outubro 2005 – setembro 2006)
  2. 3. 1. Daily Telegraph / Inglaterra <ul><li>A redação agora está em formato de estrela. Eles chamam os braços de “spoke”, ou seja, “raio”. O centro é o “hub” e dele partem as instruções para as editorias. </li></ul><ul><li>O resultado “volta” aos editores para que eles orientem a distribuição do conteúdo em plataformas diferentes. Não existe um editor de Esportes off-line e outro online. Existe um editor que comanda o conteúdo esportivo, para todas as plataformas. </li></ul><ul><li>O site tem cinco focos: Investimento em comunidade , Conteúdo local , Conteúdo colaborativo , Personalização e Comparação de serviços . O jornal, por sua vez, mantém o foco em Comentários, Análises e Opinião. Principais resultados: mais audiência, abrangência e influência. </li></ul>
  3. 4. 2. Boston Globe / EUA <ul><li>Redações integradas em 2006. Alegou que essa movimentação é um esforço para se manter competitivo em um ambiente de notícias e anúncios globalizado e de massa. </li></ul><ul><li>O controle fica a cargo do editor Martin Baron (originalmente do impresso), que coordena como o conteúdo é editado nas duas versões. Os funcionários foram unidos na sede do Boston Globe. O grupo integrou também as áreas de finanças, anúncios, marketing, RH e desing. </li></ul>Boston.com - 4 milhões de UV mensais - 172 milhões de PV mensais Fontes: Nielsen NetRatings (janeiro/07) e Omniture (janeiro/06)
  4. 5. 3. The New York Times / EUA <ul><li>Redações integradas em 2006. O NYT fez a reestruturação da redação com vários planos em mente, de uma forma compassada e respeitando a cultura e tradição do jornal. </li></ul><ul><li>A estratégia foi espalhar pela redação jornalistas entusiastas do meio digital e fazer com houvesse uma fusão natural. O foco está no online: a idéia é produzir multimídia continuamente e fazer parcerias. Pensam em abrir uma redação em Paris e outra em Hong Kong. </li></ul>NYT.com - 17,5 milhões de UV mensais (medição de outubro/07) Fonte: Nielsen NetRating - 39,7 milhões de UV mensais (medição de fevereiro/07) Fonte: comScore: - 1,8 bilhões PV mensais Fonte: The New York Observer, citando Nielsen NetRatings:
  5. 6. <ul><li>Os editores responsáveis Jim Roberts e Martin Gottlieb afirmaram que o mais difícil não tem sido encontrar bons jornalistas capazes de trabalhar em diferentes linguagens, mas fazer com que os editores off-line e online entendam que não são concorrentes e devem trabalhar juntos . </li></ul><ul><li>Foi uma reestruturação bem complexa, porque é voltada ao público interno e, ao mesmo tempo, externo. Eles querem se tornar um veículo online internacional, com redação 24 horas, e com redações integradas, ainda que a distância. </li></ul><ul><li>Vídeo sobre a integração das redações. </li></ul>
  6. 7. As 7 estratégias <ul><li>1) União das redações do site e impresso em um MESMO PRÉDIO </li></ul><ul><li>2) Contratação de evangelistas e web stars: Brian Stelter, do blog TV Newser. </li></ul><ul><li>3) Open Source: ex. Wordpress </li></ul><ul><li>4) BLOGS internos </li></ul><ul><li>5) Novos formados - NEWSGAMING </li></ul><ul><li>6) SEO </li></ul><ul><li>7) REDES DE BLOGS </li></ul>
  7. 9. 4. Time / EUA <ul><li>Redações parcialmente integradas. Busca aproveitar o conteúdo das muitas marcas do grupo ao qual pertence no site. </li></ul><ul><li>O investimento no site ao longo dos últimos anos foi direcionado às equipes, modelo de publicação 24 X 7 e criação e manutenção de arquivo online. O foco hoje é manter uma marca multi-plataforma, não apenas revista. Os jornalistas produzem conteúdo para revista e site. Há também uma equipe de 30 pessoas totalmente dedicada ao site. </li></ul>Time.com - 4,3 milhões de UV mensais - 27 milhões de PV mensais Fonte: MediaKit / Nielsen NetRatings
  8. 10. 4. Time / EUA <ul><li>O site apostou na presença em redes sociais , agregadores de notícias e outros sites colaborativos, tais como Twitter, i-Tunes, YouTube, Mobile, Digg, Facebook, RSS. </li></ul><ul><li>O grupo busca monetizar a audiência que está migrando para a web. Atualmente, o site Time.com representa 10% da receita. </li></ul><ul><li>A marca acredita que o site torna a marca ainda mais internacional. 24% do acesso do site chega de fora dos EUA . Na web, a faixa etária da audiência é 10 anos menor do que na revista. </li></ul>
  9. 11. 5. BusinessWeek / EUA <ul><li>Redações parcialmente integradas. A integração teve início em 2006, mas o processo ainda está incompleto. </li></ul><ul><li>Em novembro de 2008 o Departamento de Arte do Online se mudou para ficar ao lado do departamento de Arte do Impresso. O mesmo aconteceu com o departamento Production-Online. Atualmente existem 300 jornalistas, entre eles pessoal de Arte e Foto. </li></ul>BusinessWeek.com - 7,1 milhões de UV mensais (agosto/07) - 42,3 milhões de PV mensais (agosto/07) Fonte: SellMedia, citando Omniture http://www.sellmedia.com.au/media/mediachannel/BWOLresearch.pdf
  10. 12. 5. BusinessWeek / EUA <ul><li>A equipe online tem o que eles chamam de “Channel Editors”. Incluem-se nesta equipe também os Executive Editors (um para impresso, e outro para online), que se reportam diretamente ao Editor-chefe. Também há dois Managing Editors. As decisões sobre o que é publicado online são tomadas pelos Online Executive Editor, Online Managing Editor e os Channel Editors. </li></ul><ul><li>Acordo com Linkedin, Facebook e NBC Videocast. Os blogs dos jornalistas são usados como ferramenta para publicação de breaking news (fora do workflow), e a maioria recebeu treinamento de vídeo e áudio. São equipados com câmeras fotográficas digitais (US$ 150,00). Possui estúdio de podcast. </li></ul><ul><li>Equipe de vendas online e off-line é integrada. </li></ul>
  11. 13. 6. Der Spiegel / Alemanha <ul><li>Redações separadas com colaboração. </li></ul><ul><li>A equipe online é composta por 80 jornalistas. </li></ul><ul><li>No online, o noticiário é ininterrupto (são publicadas de 80 a 100 notícias por dia). Alguns artigos da revista impressa são veiculados mediante pagamento, e a íntegra da edição é disponibilizada em formato pdf mediante pagamento de taxa. </li></ul>Spiegel.de - 10 milhões de UV mensais em 2008 (outubro/2008) - 42,5 milhões de PV mensais em 2008 (outubro/2008) Fonte: MediaKit - http://media.spiegel.de/ - IVW
  12. 14. 6. Der Spiegel / Alemanha <ul><li>O site apostou, no passado, na criação de redes sociais . Atualmente, segue pelo caminho oposto : aposta em manter presença da marca nestas redes (comunidade no Facebook, por exemplo). </li></ul><ul><li>Em 2008 abriu todo o seu arquivo digitalmente a custo zero , tornando-se uma das maiores fontes de pesquisa na internet alemã, junto com a Wikipedia. A presença internacional fica por conta de uma versão do site em inglês. </li></ul>
  13. 15. 7. El Pais / Espanha <ul><li>Redações separadas. Os gestores explicam que a integração ainda não é possível devido às diferenças culturais e estruturas das equipes. A redação do jornal fica a 15 minutos de carro da redação da web. </li></ul><ul><li>No El Pais , 80% conteúdo do site foi criado para web e apenas 20% do conteúdo é proveniente do impresso. </li></ul>Elpais.es - 1,91 milhões de UV mensais (junho/2008) Fonte: portal corporativo do Prisacom, citando EGM Audict Bureau
  14. 16. 8. Washington Post <ul><li>Redações separadas. </li></ul><ul><li>Tanto o jornal impresso quanto o site fornecem conteúdos, ferramentas e serviços . O papel, contudo, está mais focado em análises e interpretação, enquanto o site explora hardnews e ferramentas para finanças. </li></ul>Washigtonpost.com - 6 milhões de UV mensais em 2008 - 323 milhões de PV mensais em 2008 (setembro/2008) Fonte: Media Kit - Omniture
  15. 17. 9. Newsweek / EUA <ul><li>Redações separadas. As redações são fisicamente separadas e respondem a editores diferentes, embora o conteúdo da revista seja reproduzido no site. </li></ul>Newsweek.com - 12,7 milhões de UV mensais em 2008 - 55 milhões de PV mensais em 2008 Fonte: Media Kit-Nielsen Online, NetView, three-month average, Jan-Apr 2008 e Nielsen @Plan-Spring 2008

×