Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Alavancagem Sistêmica em Projetos Ágeis

178 views

Published on

Utilizar pensamento sistêmico durante a aplicação dos princípios ágeis pode nos levar muito além do que a simples utilização dos métodos e práticas que conhecemos hoje. "System Thinking" é um dos temas mais poderosos que podem ser aplicados hoje a projetos Ágeis de software. Essa palestra mostrará o quão pode ser importante a compreensão do seu projeto como um sistema e como utilizar instrumentos sistêmicos para criar alavancagem na produtividade e qualidade dos resultados.

Published in: Business

Alavancagem Sistêmica em Projetos Ágeis

  1. 1. Alavancagem Sistêmica em Projetos Ágeis Alisson Vale Technical Leader http://alissonvale.com/ Looking for Sustentability in Software Development
  2. 2. Os três desafios da Agilidade
  3. 3. remover a casca cultural #1
  4. 4. o simples uso de métodos e práticas não garante sucesso colocar pra funcionar #2
  5. 5. #3 entender porquê as coisas funcionam do jeito que funcionam
  6. 6. conquistar esse entendimento demanda uma nova forma de pensar
  7. 7. “Nós não podemos resolver problemas usando o mesmo modelo de pensamento que utilizamos quando os criamos.” Albert Einstein
  8. 8. o pensamento analítico
  9. 9. o pensamento analítico: análise indentifica-se as partes que compõe o objeto de estudo identifica-se as propriedades e comportamentos de cada uma dessas partes. agrega-se o conhecimento adquirido de cada uma das partes para obter conhecimento sobre o todo. #1 #2
  10. 10. Teoria do Gerenciament o Científico Gestão por tempo e atividades Processos rígidos e prescritos Gestão Top- Down Contabilidade de Custos Pessoas são recursosOrganização Piramidal Comando e Controle Waterfall Incentivo a Ótimos Locais decorrências do pensamento analítico
  11. 11. System Thinking é a base da revolução cultural da qual Agile faz parte
  12. 12. o pensamento sistêmico: síntese identifica-se em que estrutura (container) o objeto de estudo está contido indentifica-se propriedades e comportamentos do container no qual o objeto de estudo está contido desagrega-se o entendimento do container para identificar o papel ou funcionamento de cada um dos componentes inseridos no container #1 #2
  13. 13. Lean, TOC Gestão por Resultados Processos adaptativos Auto- gerenciamento Contabilidade de Ganho Pessoas são essenciaisOrganização Flat Liderança e Colaboração Agile Incentivo a Ótimos Globais decorrências do pensamento sistêmico
  14. 14. “Pensamento analítico não produz entendimento, ele produz conhecimento. Porque o produto da análise é o como as coisas funcionam não o porquê elas funcionam do jeito que funcionam. Pensamento Sistêmico produz entendimento.” Russel Ackoff
  15. 15. A chave para alavancagem de sistemas é entender porquê ele funciona do jeito que funciona É obter explicações, não só conhecimento.
  16. 16. “As explicações estão sempre fora dos sistemas.” Russel Ackoff
  17. 17. sistemas
  18. 18. Mercado Empresa Equipe de Produto Grupo de Trabalho Sistemas são definidos pela sua função em relação ao sistema maior da qual ele faz parte. Todo o sistema está inserido no contexto de um sistema maior da qual ele faz parte.
  19. 19. Um sistema é o produto das interações entre seus componentes, não a soma de suas partes. Seu comportamento é derivado da interação entre suas partes e não do que cada uma de suas partes pode fazer separadamente.
  20. 20. “Uma pequena mudança em uma pequena parte, pode causar uma grande mudança no todo” ”Pontos de alavancagem existem em todos os sistemas, o segredo está em saber localizá-los.” alavancagem Donella Meadows pontos de
  21. 21. Ø  Propósito Ø  Demanda Ø  Capacidade Ø  Fluxo Ø  Melhoria Contínua alavancagem pontos de
  22. 22. o propósito do sistema
  23. 23. Qual a verdadeira meta do sistema? Fazer gols ou ganhar o jogo?
  24. 24. Enrijecer o processo muda o propósito do sistema Fazer certo o trabalho é mais importante do que fazer o trabalho certo?
  25. 25. Medições funcionais mudam o propósito do sistema
  26. 26. A arma mais poderosa de um líder é poder intervir no propósito do sistema
  27. 27. aderência ao propósito deve ser o primeiro critério a ser analisado na adoção de práticas, técnicas ou mudanças no processo
  28. 28. a demanda do sistema
  29. 29. Muitos pontos de alavancagem podem ser encontrados no entendimento da sua demanda
  30. 30. Planejar a Demanda ou Gerir a Demanda? Foco na quantidade de escopo que pode ser produzido em um determinado tempo fixo (Velocity) Planejamento = Programação + Preparação Mudanças na programação controladas Competição por recursos demanda negociação da capacidade sistêmica Planejamento = Opções + Preparação Fluxo Timebox Foco na quantidade de tempo que leva para produzir uma pré-determinada qtde de escopo (SLA / Cycle Time) Mudanças na programação absorvidas Competição por recursos demanda subordinação à capacidade sistêmica Fluxo Contínuo
  31. 31. A Demanda sempre será maior que o fornecimento Priority Filter Priorização JIT e Liquidez de opções permitem que o sistema subordine a demanda à capacidade
  32. 32. Failure Demand vs Value Demand Demandas de falha nem sempre se referem a erros ou problemas. Saber identificá-las propriamente permite que você se concentre em eliminá-las ao invés de gerenciá-las
  33. 33. a capacidade do sistema
  34. 34. Privilegiar medições que ajudem no entendimento da capacidade do sistema (end-to-end time) Capacidade è Previsibilidade Your wait time from here is ~14 dias Your wait time from here is ~18 dias
  35. 35. Variação e Capacidade Cycle Time Demanda
  36. 36. Variação e Capacidade Cycle Time Demanda Variação Comum
  37. 37. Variação e Capacidade Cycle Time Demanda Variação Especiais
  38. 38. Diminuição na variação leva a aumento na previsibilidade
  39. 39. A melhor maneira de entender sua capacidade é explicitando e subordinando o sistema aos seus limites
  40. 40. Kanban ou Scrumban limitam WIP para subordinar o sistema a sua capacidade e evidenciar os gargalos
  41. 41. o fluxo no sistema
  42. 42. O Fluxo exemplificado em Kanban Development Oversimplified por Jeff Patton
  43. 43. O Fluxo identifica a posição e os possíveis caminhos de cada demanda dentro do processo
  44. 44. O Fluxo revela gargalos e conduz a equipe se reorganizar para eliminá-los ou reduzir sua influência no sistema Cockburn’s Software Engineering in the 21st Century: http://alistair.cockburn.us/Software+engineering+in+the+21st+century.ppt
  45. 45. Sistemas puxados são essenciais para fazer fluir tarefas com grande variação no tempo de ciclo Programado Kanban Pull Sequencial Fluxo Sequencial (FIFO) Fluxo Contínuo Batch and Queue Continous Flow
  46. 46. Value Stream Map/Process Map É mais fácil entender o comportamento de um processo quando ele está mapeado e medido
  47. 47. elementos que otimizam fluxo
  48. 48. liderança
  49. 49. Trabalho colaborativo
  50. 50. o generalista-especialista
  51. 51. Foco na identificação e remoção de gargalos
  52. 52. melhoria do sistema
  53. 53. Retrospectivas continuam sendo importantes para alavancagem de dentro pra fora
  54. 54. Mas as ações sistêmicas mais relevantes virão de fora pra dentro
  55. 55. “Slack” (folga) é essencial para dar suporte às ações de melhoria contínua
  56. 56. Leia mais... Blog Articles http://alissonvale.com/englishblog Interview on InfoQ Brazil (Portuguese) http://www.infoq.com/br/news/2009/01/brasil-representacao-conferencia The History of a Kanban System (Portuguese) http:// alissonvale.com/englishblog/post/A-Historia-de-um-Sistema-Kanban.aspx Kanban: When Signalization Matters alissonvale.com/englishblog/post/Kanban-When-Signalization-Matters.aspx Contact Mail: alisson.vale@phidelis.com.br Blog: http://alissonvale.com/englishblog Twitter: http://twitter.com/alissonvale Obrigado!

×