Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
O que é sustentabilidade?
Cultura do consumo e do excesso
Consumo responsável
Ms. Aline Corso
0
2
4
6
8
10
12
14
500 600 700 800 900 1000 1100 1200 1300 1400 1500 1600 1700 1800 1900 2000 2100
ano
1 em 1800
4 em 1975...
Não temos mais que um planeta
Limites do meio ambiente
• Séc. XVIII - limites da agricultura para
sustentar o crescimento da população;
• Séc. XX - limi...
RECURSOS
NATURAIS
COMO
INSUMOS
ESTADO
GERALDO
MEIO
AMBIENTE
Consumo
Reciclagem
SISTEMA
ECONÔMICO
MEIO AMBIENTE
DEJETOS
DEG...
Tipos de Crises
• Da evolução
• Da evolução da
espécie
• Ecológica
• Social
• Cultural
• Civilizatória
• Da consciência
• ...
Crise energética
Século XX: a era do combustível fóssil
Fritjof Capra
Colapso
• Sustentabilidade
• Insustentabilidade
• Descuido com questões
ambientais
Rio + 10
Aspectos positivos
• expansão da
consciência ecológica
• fortalecimento jurídico
e institucional
• redução de tax...
Sustentabilidade:
habilidade para se sustentar
Precisamos sustentar o mundo natural para
que o mundo natural possa nos sus...
Eixos principais
• Direitos individuais versus interesses coletivos – dilema:
respeitam-se os direitos individuais ou impõ...
Múltiplas Sustentabilidades
• ecológica
• ambiental
• social
• política
• econômica
• demográfica
• cultural
• institucion...
Sustentabilidade
• Diminuir o Consumo de Água
• Gerar Menos Resíduos
• Economizar Energia
• Reduzir o Uso de Papel
• Polui...
Sustentabilidade
Existem recursos suficientes neste planeta
para atender às necessidades de todos,
mas não o bastante para satisfazer o
des...
A economia carrega em si necessidades,
desejos, e paixões humanas que
ultrapassam os meros interesses
econômicos.
Edgar Mo...
Sustentabilidade e
necessidades
• O que são necessidades?
• Em que se diferenciam de demandas?
• Como se formam as necessi...
Necessidades - Maslow
• Os desejos de natureza econômica e
material têm impactos diretos sobre a
demanda por recursos naturais ou sobre a
emissã...
• Desejos são construídos social, cultural e coletivamente.
• A sociedade e a cultura, com seus valores, os regulam.
• Ele...
• Desejos são sementes das quais brotam
ações.
• Os de consumo trazem impactos diretos
sobre a ecologia ambiental, ao
pres...
Ecologia do cotidiano
• na vida pessoal - hábitos alimentares,
educação dos filhos, hábitos de consumo,
frugalidade.
• sim...
• Enquanto não se trabalhar sobre a
formação dos desejos individuais e
coletivos, a exploração da natureza será
cada vez m...
Psicoeconomia
• necessidades
• expectativas
• esperanças
• aspirações subjetivas
influenciam e formam as demandas de
consu...
7º. princípio da Carta da Terra:
"7. Adotar padrões de produção, consumo e reprodução que protejam as
capacidades regenera...
Ecologizar o desejo é:
• um processo psicológico e subjetivo, pois implica em
reduzir ou eliminar desejos ecologicamente d...
Ética e sustentabilidade
“A ética poderia ser definida como o conjunto de
valores que levam o homem a se comportar de modo...
Ecologizar
a consciência
o pensamento
o sentimento
o desejo
a crença
a palavra
a ação
a economia
o capital
O que é consciência ecológica?
Modo de consciência que integra o
indivíduo ou a organização no meio
ambiente; compreende q...
Mudança de consciência e de percepção
A fumaça já foi símbolo de
progresso industrial
Hoje denuncia o
aquecimento global e...
Empresas eco-responsáveis
• eliminam resíduos
• reduzem desperdícios
• levam seus fornecedores a reduzir as emissões
de ca...
Três tipos de empresas
• Proativas - as ações de investimento em
meio ambiente são de sua (da empresa)
própria iniciativa....
Sustentabilidade na publicidade
A publicidade como espaço e
oportunidade para
• Confundir
• Desinformar
• Enganar
• Mistificar
• Condicionar
• Ensinar/Apr...
Questões
• o que é autêntico e responsável?
• o que é enganoso?
• o que é greenwashing e lavagem de
imagem pública?
• os c...
Condicionamento da
consciência
• Em que medida a publicidade é capaz de
influenciar atitudes?
• É possível ecologizar a pu...
A mídia
• difunde valores como a compulsão pela segurança
pessoal, o prazer e a sensualidade, o poder, a
competitividade s...
Mídia educa quando
• colabora para a expansão da consciência ecológica;
• torna os cidadãos conscientes de sua unidade com...
12 problemas simultâneos
• destruição de habitats naturais (florestas, pântanos, recifes de coral),
• redução das fontes d...
A responsabilidade pela
mudança
• empresas,
• governo,
• sociedade como um todo.
• Incapacidade de pensar no longo prazo,
...
Como agir para reduzir a
pegada ecológica:
individual
da cidade
do país?
Com quais instrumentos e métodos?
Sustos,
choques,
desastres,
catástrofes,
são necessários para a
evolução da consciência
ecológica?
Como ser sustentável no dia a dia?
• Multidimensões
• Renúncia seletiva ao consumo de bens
materiais
• Sair de cena – demo...
Valores da ética da sustentabilidade
• Atestar, mostrar
• Honradez
• Honestidade
• Responsabilidade
• Compromisso com o me...
Hugo Penteado -
Sustentabilidade implica em
• mudança de valores
• revisão do modelo e teoria econômicos, com abandono do ...
Bilbiografia/agradecimentos
http://pt.slideshare.net/Michelmontandon/publicidade-e-sustentabilidade?qid=ae3a9bc0-d8f4-41ba...
O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.
O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.
O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.
O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.

1,139 views

Published on

pp cnec

Published in: Education
  • Be the first to like this

O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso.

  1. 1. O que é sustentabilidade? Cultura do consumo e do excesso Consumo responsável Ms. Aline Corso
  2. 2. 0 2 4 6 8 10 12 14 500 600 700 800 900 1000 1100 1200 1300 1400 1500 1600 1700 1800 1900 2000 2100 ano 1 em 1800 4 em 1975 2 em 1920 6.5 em 2005 População Mundial ( bilhões) Fonte: Divisão de População da ONU 2004; Lee, 2003; Population Reference Bureau
  3. 3. Não temos mais que um planeta
  4. 4. Limites do meio ambiente • Séc. XVIII - limites da agricultura para sustentar o crescimento da população; • Séc. XX - limites dos recursos naturais e da capacidade de suporte do meio ambiente; • Séc. XXI – era dos limites – mudanças climáticas, extinção de espécies
  5. 5. RECURSOS NATURAIS COMO INSUMOS ESTADO GERALDO MEIO AMBIENTE Consumo Reciclagem SISTEMA ECONÔMICO MEIO AMBIENTE DEJETOS DEGRADAÇÃO DEJETOS DEGRADAÇÃO Produção
  6. 6. Tipos de Crises • Da evolução • Da evolução da espécie • Ecológica • Social • Cultural • Civilizatória • Da consciência • Energética – do petróleo • Econômica • Política • De crédito, de confiança • Interpessoal • Pessoal
  7. 7. Crise energética Século XX: a era do combustível fóssil Fritjof Capra
  8. 8. Colapso • Sustentabilidade • Insustentabilidade • Descuido com questões ambientais
  9. 9. Rio + 10 Aspectos positivos • expansão da consciência ecológica • fortalecimento jurídico e institucional • redução de taxas de crescimento demográfico Aspectos negativos • desertificação destruição do ozônio desequilíbrios climáticos desmatamento poluição hídrica e dos oceanos
  10. 10. Sustentabilidade: habilidade para se sustentar Precisamos sustentar o mundo natural para que o mundo natural possa nos sustentar num processo de sustentabilidade recíproca. Thomas Berry
  11. 11. Eixos principais • Direitos individuais versus interesses coletivos – dilema: respeitam-se os direitos individuais ou impõem-se os direitos coletivos sobre aqueles? • Direitos das gerações atuais e das gerações futuras. Dilema: gerações do presente em condições precárias de vida para preservar o meio ambiente para gerações futuras? ou lançar mão dos recursos naturais hoje e não garantir viabilidade ambiental para gerações futuras? • Ciência e tecnologia – ao mesmo tempo, causa dos problemas e solução potencial para a saída do impasse ambiental.
  12. 12. Múltiplas Sustentabilidades • ecológica • ambiental • social • política • econômica • demográfica • cultural • institucional • espacial • do abastecimento • alimentar • hídrica • energética
  13. 13. Sustentabilidade • Diminuir o Consumo de Água • Gerar Menos Resíduos • Economizar Energia • Reduzir o Uso de Papel • Poluir Menos o ar • Evitar perda de Biodiversidade • Como se comportar no meio natural • Aproveitar resíduos • O que fazer com pilhas e baterias usadas • Preparar o lixo para coleta
  14. 14. Sustentabilidade
  15. 15. Existem recursos suficientes neste planeta para atender às necessidades de todos, mas não o bastante para satisfazer o desejo de posse de cada um. Mahatma Gandhi
  16. 16. A economia carrega em si necessidades, desejos, e paixões humanas que ultrapassam os meros interesses econômicos. Edgar Morin
  17. 17. Sustentabilidade e necessidades • O que são necessidades? • Em que se diferenciam de demandas? • Como se formam as necessidades e os desejos? • Eles são condicionados pela educação, pela cultura, pela publicidade e a comunicação?
  18. 18. Necessidades - Maslow
  19. 19. • Os desejos de natureza econômica e material têm impactos diretos sobre a demanda por recursos naturais ou sobre a emissão de poluições. • Deles decorrem múltiplos problemas ambientais e climáticos. Desejo
  20. 20. • Desejos são construídos social, cultural e coletivamente. • A sociedade e a cultura, com seus valores, os regulam. • Eles são variáveis sobre as quais se pode trabalhar. Podem ser lapidados e refinados por meio da consciência. • É possível trabalhar na origem e na seleção cultural dos desejos, selecionando aqueles que têm em si o embrião de conseqüencias maléficas, daqueles que tem efeitos benéficos.
  21. 21. • Desejos são sementes das quais brotam ações. • Os de consumo trazem impactos diretos sobre a ecologia ambiental, ao pressionarem a exploração da natureza. • A ação sobre eles pode reduzir ou expandir seus impactos. • Como ecologizar o desejo?
  22. 22. Ecologia do cotidiano • na vida pessoal - hábitos alimentares, educação dos filhos, hábitos de consumo, frugalidade. • simplicidade voluntária, austeridade feliz, conforto essencial. • relacionamento com os outros - defesa não ofensiva, não violência, • vida profissional – ação indutora de comportamentos de outras pessoas e instituições.
  23. 23. • Enquanto não se trabalhar sobre a formação dos desejos individuais e coletivos, a exploração da natureza será cada vez mais intensa. • Não são suficientes os ganhos de produtividade e de eficiência nos processos produtivos, pois eles são neutralizados pelo crescimento acelerado das demandas.
  24. 24. Psicoeconomia • necessidades • expectativas • esperanças • aspirações subjetivas influenciam e formam as demandas de consumo e de produção.
  25. 25. 7º. princípio da Carta da Terra: "7. Adotar padrões de produção, consumo e reprodução que protejam as capacidades regenerativas da Terra, os direitos humanos e o bem-estar comunitário. a. Reduzir, reutilizar e reciclar materiais usados nos sistemas de produção e consumo e garantir que os resíduos possam ser assimilados pelos sistemas ecológicos. b. Atuar com restrição e eficiência no uso de energia e recorrer cada vez mais aos recursos energéticos renováveis, como a energia solar e do vento. c. Promover o desenvolvimento, a adoção e a transferência eqüitativa de tecnologias ambientais saudáveis. d. Incluir totalmente os custos ambientais e sociais de bens e serviços no preço de venda e habilitar os consumidores a identificar produtos que satisfaçam as mais altas normas sociais e ambientais. e. Garantir acesso universal à assistência de saúde que fomente a saúde reprodutiva e a reprodução responsável. f. Adotar estilos de vida que acentuem a qualidade de vida e subsistência material num mundo finito.”
  26. 26. Ecologizar o desejo é: • um processo psicológico e subjetivo, pois implica em reduzir ou eliminar desejos ecologicamente destrutivos. • substituir um desejo que cause impacto negativo ao ambiente natural, social ou pessoal, por algo que seja ecologicamente menos destrutivo. • cultivar aqueles que não causem impactos negativos ao ambiente e dissolver aqueles que tenham o efeito inverso.
  27. 27. Ética e sustentabilidade “A ética poderia ser definida como o conjunto de valores que levam o homem a se comportar de modo construtivo e harmonioso. Certo número de valores são intimamente relacionados com a ética. São os valores que determinam as opiniões, atitudes e comportamentos de uma pessoa. Quando esses valores são de natureza ética a pessoa se comportará de modo ético; o contrário também é verdadeiro. Esses valores influenciam a qualidade de vida, o desenvolvimento cultural e mesmo a preservação da própria cultura. Por isto mesmo é importante termos clareza quanto aos valores que constituem ou condicionam o comportamento ético.” PierreWeil.
  28. 28. Ecologizar a consciência o pensamento o sentimento o desejo a crença a palavra a ação a economia o capital
  29. 29. O que é consciência ecológica? Modo de consciência que integra o indivíduo ou a organização no meio ambiente; compreende que aquilo que ocorre com o ambiente afeta o indivíduo ou a organização. Consciência da unidade indivíduo-meio ambiente.
  30. 30. Mudança de consciência e de percepção A fumaça já foi símbolo de progresso industrial Hoje denuncia o aquecimento global e os desequilíbrios climáticos
  31. 31. Empresas eco-responsáveis • eliminam resíduos • reduzem desperdícios • levam seus fornecedores a reduzir as emissões de carbono • promovem a eficiência energética • redesenham processos • reciclam e reutilizam recursos • reduzem impactos devidos ao transporte
  32. 32. Três tipos de empresas • Proativas - as ações de investimento em meio ambiente são de sua (da empresa) própria iniciativa. • Reativas - ações são meras imposições para o cumprimento da lei • Recalcitrantes – reagem a cumprir a lei
  33. 33. Sustentabilidade na publicidade
  34. 34. A publicidade como espaço e oportunidade para • Confundir • Desinformar • Enganar • Mistificar • Condicionar • Ensinar/Aprender • Comunicar • Informar • Esclarecer • Divulgar • Tornar visível • Conscientizar • Transformar
  35. 35. Questões • o que é autêntico e responsável? • o que é enganoso? • o que é greenwashing e lavagem de imagem pública? • os consumidores percebem o que é só propaganda? (enganosa)? • o mercado se encarregará selecionar entre quem discursa e quem pratica a sustentabilidade? • com que instrumentos?
  36. 36. Condicionamento da consciência • Em que medida a publicidade é capaz de influenciar atitudes? • É possível ecologizar a publicidade? • É necessário? • Como? Por quê? • Como a publicidade condiciona a consciência?
  37. 37. A mídia • difunde valores como a compulsão pela segurança pessoal, o prazer e a sensualidade, o poder, a competitividade selvagem e a possessividade. • Influencia o inconsciente coletivo, exacerbando aquilo que nele já se encontra e criando resistências em relação àquilo que ainda não se incorporou à mentalidade e ao inconsciente social. • forma valores e mentalidades. • condiciona padrões de comportamento e de atitudes, forma hábitos de consumo e de estilos de vida.
  38. 38. Mídia educa quando • colabora para a expansão da consciência ecológica; • torna os cidadãos conscientes de sua unidade com o meio do qual tiram seu sustento; • aguça a percepção ambiental, por meio da educação dos sentidos; • influi sobre hábitos, comportamentos e estimular ações de respeito ao meio ambiente; • explicita os impactos que o estilo da vida e os hábitos de consumo exercem sobre os ecossistemas naturais.
  39. 39. 12 problemas simultâneos • destruição de habitats naturais (florestas, pântanos, recifes de coral), • redução das fontes de alimento selvagem (peixes, por exemplo, que respondem por 40% da proteína consumida no mundo), • perda da biodiversidade, • erosão e salinização dos solos, • dependência dos combustíveis fósseis, • esgotamento dos recursos hídricos, • o fato de a maior parte da energia solar ser usada para propósitos humanos (plantações), • despejo de produtos químicos (agrotóxicos, hormônios, componentes de plásticos, rejeitos de mineradoras, poluição do ar), • transferência de espécies exóticas para novos habitats, • acúmulo dos gases do efeito estufa, • aumento da população, • seu impacto sobre os recursos naturais. “Se nos concentrarmos em apenas um e esquecermos os outros onze ou vice-versa,estaremos perdidos da mesma maneira. “
  40. 40. A responsabilidade pela mudança • empresas, • governo, • sociedade como um todo. • Incapacidade de pensar no longo prazo, • Curta memória. • Falta de percepção e esquecimento – alienação.
  41. 41. Como agir para reduzir a pegada ecológica: individual da cidade do país? Com quais instrumentos e métodos?
  42. 42. Sustos, choques, desastres, catástrofes, são necessários para a evolução da consciência ecológica?
  43. 43. Como ser sustentável no dia a dia? • Multidimensões • Renúncia seletiva ao consumo de bens materiais • Sair de cena – demográfica; econômica – consumo, modo de via sustentável • Participar da grande Obra - era ecozóica
  44. 44. Valores da ética da sustentabilidade • Atestar, mostrar • Honradez • Honestidade • Responsabilidade • Compromisso com o meio ambiente • Reduzir imprevisibilidade • Perdurabilidade – tempo • Aceitação social • Alinhamento entre discurso e prática
  45. 45. Hugo Penteado - Sustentabilidade implica em • mudança de valores • revisão do modelo e teoria econômicos, com abandono do mito da infinitude e do crescimento eterno • promoção de atividades socioambientalmente sustentáveis • inclusão do custo ambiental nos preços , via tributação • abandono da extração a favor da reciclagem • abandono do desperdício a favor da reutilização • mudança da matriz energética • focar no estoque e não no fluxo • focar em serviços e não na produção (desmaterializar a economia) • estancar o crescimento econômico material e populacional • desvincular os sistemas fiscais, empresariais, financeiros e políticos da necessidade de crescer sempre • abandonar o grande a favor do pequeno, o global a favor do local • adotar a sustentabilidade no núcleo de negócios ou atividades de cada um, de cada família, de cada empresa • buscar equilíbrio entre gerações atuais e futuras, entre os seres humanos e os demais seres vivos, entre as nossas atividades e a natureza, ao invés de pensarmos apenas em crescimento, sem discutir suas conseqüências, como concentração de riqueza e destruição dos ecossistemas e dos empregos.
  46. 46. Bilbiografia/agradecimentos http://pt.slideshare.net/Michelmontandon/publicidade-e-sustentabilidade?qid=ae3a9bc0-d8f4-41ba- b063-aae1a6556afb&v=&b=&from_search=4

×