Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Saúde mental

1,367 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Saúde mental

  1. 1. O que é a Reforma Psiquiátrica?  É a ampla mudança do atendimento público em Saúde Mental, garantindo o acesso da população aos serviços e o respeito a seus direitos e liberdade. É amparada pela Lei Nº 10.216/2001, conquista de uma luta social que durou 12 anos. Significa a mudança do modelo de tratamento: no lugar do isolamento, o convivio na familia e na comunidade. O atendimento é feito no CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, Residências Terapêuticas, Ambulátórios, Hospitais Gerais, Centros de Convivencia. As internações, quando necessárias, são feitas em hospitais gerais ou nos CAPS/24horas.
  2. 2. O que são Transtornos Mentais?  São alterações do funcionamento da mente que prejudicam o desempenho da pessoa na vida familiar, na vida social, na vida pessoal, no trabalho, nos estudos, na compreensão de si e dos outros, na possibilidade de autocrítica, na tolerância aos problemas e na possibilidade de ter prazer na vida em geral. Isto significa que os transtornos mentais não deixam nenhum aspecto da condição humana intocado.
  3. 3. Dados Importantes  3% da população geral sofre com transtornos mentais severos e persistentes;  Mais que 6% da população apresenta transtornos psquiátricos decorrentes do uso de Álcool e outras drogas.  12% da população necessita de algum atendimento em saúde mental, seja ele contínuo ou eventual.  2,3% do orçamento anual do SUS vai para a Saúde Mental
  4. 4. Transtornos Mentais: Desafiando os Preconceitos  Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a se manifestar na condução de suas vidas. Hoje em dia, as atitudes negativas os afastam da sociedade de maneiras mais sutis, mas com a mesma efetividade.
  5. 5. Direitos de Cidadão  É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o preconceito por parte dos profissionais de saúde, das famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de sua cidadania.
  6. 6. Direitos de Cidadão  É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o preconceito por parte dos profissionais de saúde, das famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de sua cidadania.

×