A família e a evangelização na construção de

3,871 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,871
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
78
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A família e a evangelização na construção de

  1. 1. A família e a Evangelização na construção de uma Nova Era
  2. 2. Jesus abençoa as crianças! <ul><li>Trouxeram-lhe, então, algumas crianças, para que lhes impusesse as mãos e orasse; mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim, porque dos tais é o </li></ul><ul><li>reino dos céus... (Mateus 19.13-14) </li></ul>
  3. 3. Educação ou Evangelização? <ul><li>A educação prepara o ser humano para comportar-se e para enfrentar as diversas situações da vida. </li></ul><ul><li>A Evangelização prepara-o para enfrentar a vida dentro dos postulados do Evangelho de Jesus. </li></ul>
  4. 4. INSTRUÇÃO # EDUCAÇÃO # EVANGELIZAÇÃO DE ESPÍRITOS INSTRUÇÃO = Adequação dos Espíritos à sua Ambientação Reencarnatória Educação = Mudar a maneira de pensar para viver melhor Evangelização = Educação do Espírito segundo a metodologia do Cristo à luz da Doutrina Espírita EDUCAR COM JESUS “ Educação é como chuva. Cai no solo e ninguém mais vê. Mais tarde, o líquido emergirá das reservas ocultas em fontes de água pura Ney Lobo
  5. 5. Educação Espírita está mais voltada para as Escolas Espíritas de formação básica e fundamental. (Ney Lobo) Evangelização Espírita tem como foco principal a questão dos sentimentos, a formação de valores morais e tem como destino a perfeição de que é suscetível.(...)
  6. 6. <ul><li>Evangelizar a infância e a juventude é preparar o ser humano para enfrentar todos os momentos e adversidades da vida nos postulados do Evangelho, numa verdadeira e profunda imitação do Mestre Jesus. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Quem instrui oferece meios para que a mente alargue a compreensão das coisas e entenda a vida. Quem educa cria os valores ético-culturais para uma vivência nobre e ditosa. Quem evangeliza liberta para a Vida feliz. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Conduzir o PENSAMENTO do Espírito dentro da VERDADE de tal forma que se sinta compromissado com a sua EVOLUÇÃO ” </li></ul>
  9. 9. “ Poderoso é o sol da Verdade” Eurípedes Barsanulfo Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou? Que faço aqui? Qual a finalidade dessa existência?
  10. 10. <ul><li>PRINCÍPIOS NORTEADORES DA PEDAGOGIA DE JESUS </li></ul><ul><li>- Educar com Jesus - </li></ul><ul><li>a pessoa humana: mais alto investimento – acredita no ser humano ; </li></ul><ul><li>meta: crescimento pessoal; </li></ul><ul><li>valorização do contato pessoal; </li></ul><ul><li>o homem contextualizado: linguagem/cultura; </li></ul><ul><li>visão integral do homem; </li></ul><ul><li>relação teoria-prática: pensamento e ação; </li></ul><ul><li>sentido iminente e transcendente da experiência humana; </li></ul>
  11. 11. A Pedagogia e o Evangelho <ul><li>Os princípios e métodos pedagógicos sempre se modificaram ao longo dos anos e dos séculos, atendendo às particularidades de um pensador, de uma escola ou de um país. Poderão mudar, tendo em vista as novidades das técnicas de ensino, para alcançarem melhores resultados na aprendizagem da criança e do jovem. </li></ul><ul><li>É preciso convir, entretanto, que os métodos pedagógicos do Evangelho de Jesus são sempre os mesmos, intactos e inamovíveis, através dos séculos, esperando dos homens uma maior capacidade de penetração interpretativa e de testemunho nos seus segredos de amor e caridade, educação e aperfeiçoamento. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>A Pedagogia da Educação Espírita não precisa ser elaborada e nem escrita por ninguém e sim estudada e bem compreendida, pois ela existe e está inteiramente contida no Evangelho – o grande desconhecido e desprezado da Educação intelectual e vivencial. </li></ul><ul><li>Sem o Evangelho compreendido, sentido e praticado em sua essência por aqueles que trabalham na Educação Espírita, não alcançaremos jamais as metas superiores da boa formação do caráter infanto – juvenil. </li></ul><ul><li>Se cuidarmos com esmero unicamente da educação intelecto – religiosa, desprezando os fundamentos do Evangelho praticado no lar, não passará, a educação espírita da Criança e do Jovem, de uma boa e primorosa formação cultural religiosa e nada mais. (Walter Barcelos/livro Educadores do Coração) </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Esforço individual: </li></ul><ul><li>- auto-domínio; </li></ul><ul><li>- disciplina dos sentimentos </li></ul><ul><li>egoísticos e inferiores; </li></ul><ul><li>- trabalho silencioso da criatura </li></ul><ul><li>por exterminar as próprias paixões . </li></ul><ul><li>(O Consolador – perg. 230) </li></ul>Como iniciar o trabalho de iluminação da nossa própria alma? <ul><li>O PROCESSO EDUCATIVO: </li></ul><ul><li>Início: antes da união dos pais; </li></ul><ul><li>Responsabilidade; desde que assumiram o compromisso de receber um Espírito </li></ul>
  14. 14. COMO SER UM EDUCADOR DA SEARA DO MESTRE? VIGILÂNCIA Cultivar o bom pensamento PENSAMENTO CRIADOR O que estamos criando? MEDITAÇÃO EM TORNO DOS GRANDES PROBLEMAS Qualidade espírita ao meu pensamento SENTIR COM VEEMÊNCIA Dilatar a sensibilidade BUSCA DE DEUS Apagar o pensamento materializado de Deus OPORTUNIDADE/COMPROMISSO/ SINALIZADOR DA VERDADE
  15. 15. Educação de Espíritos = Salvação <ul><li>Cada criatura na Terra é um educando </li></ul><ul><li>A Terra é a grande escola em que todos nos educamos </li></ul><ul><li>A pedagogia da Esperança oferece a todos </li></ul><ul><li>a oportunidade da salvação. </li></ul><ul><li>A salvação está na Educação </li></ul>
  16. 16. “ Eu,porém,estou no meio de vós como aquele que serve” Lucas 22,27 <ul><li>Jesus criou a didática naturalista pois ele não se impõe, não usa coerção, nem mesmo de persuasão. </li></ul><ul><li>Convida, exemplifica, serve e ama </li></ul><ul><li>Para ensinar, abençoa, cura, serve a quem necessita, usa o verbo paciente e adequado ao ouvinte, lava os pés dos discfípulos e afinal, sacrifica-se na cruz </li></ul>
  17. 17. Finalidade da educação <ul><li>Cada ser traz consigo, para cada existência, os resultados do seu desenvolvimento anterior, em existências passadas. </li></ul><ul><li>Esses resultados se encontram em estado latente no seu inconsciente, mas desder os primeiros anos de vida começam a revelar-se nas suas tendências e no conjunto das manifestações do seu temperamento. </li></ul><ul><li>Cabe aos pais e educadores observar esses sinais e orientar o seu ajustamento às condições atuais. (Herculano Pires) </li></ul>
  18. 18. ACREDITAR <ul><li>Respeito à natureza </li></ul><ul><li>Confiar na sabedoria das coisas </li></ul><ul><li>Sentir a presença divina em toda parte </li></ul>
  19. 19. ABOLIR <ul><li>Punições </li></ul><ul><li>Métodos coercitivos e autoritários </li></ul>
  20. 20. ESTIMULAR <ul><li>Vontade de aprender </li></ul><ul><li>Processo amistoso de aprendizagem </li></ul><ul><li>Ensino ativo, sensorial, concreto </li></ul><ul><li>Conexão com a realidade </li></ul>
  21. 21. EDUCAR <ul><li>Coerência com o Universo </li></ul><ul><li>Despertar as virtudes morais (Potencialidades) </li></ul><ul><li>Atuação consciente no mundo </li></ul><ul><li>Tolerância religiosa para a Paz Universal </li></ul><ul><li>Garantia de felicidade individual e coletiva </li></ul>
  22. 22. Para não esquecer! <ul><li>Paciência </li></ul><ul><li>Sabedoria </li></ul><ul><li>Firmeza </li></ul><ul><li>Doçura </li></ul><ul><li>“ A melhor escola ainda é o lar, onde a criatura deve receber as bases do sentimento e do caráter”. Emmanuel </li></ul>

×