Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Impacto da Obra: REA e Redes Sociais
redistribuição – reuso – remix – recriação
2012 - eBook
Publisher: Scholio Educationa...
Objetivos e Resultados com
ebook 2012 e livro impresso 2013 & 2014
Objetivos
Produzir um capítulo REA para obra com filoso...
Próximos Desafios para 2014
Investigar e implementar estratégias que permitam
1. Maximizar e consolidar as conquistas c/ma...
Próximos Desafios para 2014

A proposta é inovar com
novas estratégias que ampliarão
os resultados alcançados
com o projet...
Próximos Desafios para 2014
Work, Investigate, and Learn - whenever and
wherever
Cloud-based technologies Teamwork
Group c...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013

Eventos
(Conferências)

OCW

UNESCO

OpenEd

Uminho

UNED

UA-PT

OU-K...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
VISITAS – Linha do Tempo

Eventos
(Conferências)

OCW

UNESCO

Divulgaç...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013

Cidade

Novas
Visita Visitas

pt-br

Sao Paulo

1.843

70,43%

pt-br

...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013

Grupo

PAGE

Page Views

Unique PV

Avg Time

Entrances Bounce Rate

E...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013

Grupo

PAGE
oer.kmi.open.ac.uk
homepage

Page Views
64239

Unique PV A...
oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
oer.kmi.open.ac.uk – próximos passos

Novas ações
•
•
•
•
•
•

1. aprimorar o website
2. obter financiamentos p/pesquisa
3...
Disseminação em 2012 e 2013 ...
20-22 June 2012 UNESCO
France, Paris

The Open University, KMi Meeting
OU UK, Milton Keyne...
Larry Cooperman, Director of OCW
First I want to say how pleased I am to see this book launched how important it is for
to...
Murilo Mendonça, membro OCW e prof. UNISUL
É uma honra estar participando de uma discussão tão importante principalmente
n...
Lygia Puppato, Secretária de Inclusão Digital do Brasil
Em primeiro lugar quero parabenizar a todos que participaram desse...
Peter Scott, director of KMI - Open University
I’d like to say thank you to everyone for celebrating the launch of this
vo...
Alex Microyannidis, researcher KMI - Open University
I am very happy to be part of this initiative, happy to be a part of ...
E agora ?

“A obra REA e Redes Sociais é um marco de inovação de livro aberto em
múltiplos formatos, idiomas, no qual conh...
SUGESTÕES ?

QUESTÕES ? INTERESSES ?

REGISTREM COMENTÁRIOS
no site da obra

oer.kmi.open.ac.uk
colaboradores desta aprese...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Livro rea analiticos 2013

930 views

Published on

Obra REA resumo 2013 e proximos passos

Published in: Education
  • Parabéns pelo esforço merecido. Tem sido muito produtivo nosso intercâmbio. Divulguei em meu blog que pode ser acessado http://stelapiconez.blogspot.com.br/
    Tenho discutido muito no Grpo Alpha de Pesquisa da FEUSP e chegamos a algumas conclusões muito importantes sobre a produção do materialç digital por professores. Identificamos alguns dos maiores desafios e ampliamos o conceito de abertura para a questão do REA.
    Conte conosco para continuidade e avaço dos debates,ok.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Livro rea analiticos 2013

  1. 1. Impacto da Obra: REA e Redes Sociais redistribuição – reuso – remix – recriação 2012 - eBook Publisher: Scholio Educational Research & Publishing (August 1, 2012) ISBN: 978-09-5668-104-1 2013 - 1ª edição impressa Editora EdUEMA ISBN: 978-85-8227-022-6 2014 - 2ª edição impressa Editora EdUEMA ISBN: 978-85-8227-029-5 Prox. Projeto 2015 – iBook MOOC Publisher: OU iTunes U Mais de 60.000 visualizações, mais de 33.000 visitantes mais e 10.000 downloads
  2. 2. Objetivos e Resultados com ebook 2012 e livro impresso 2013 & 2014 Objetivos Produzir um capítulo REA para obra com filosofia REA em 1 ano: • reutilizar estudos sobre tema mais significativo do grupo • integrar estudo com o conceito REA • readaptar e reconstruir de modo colaborativo • reutilizar tecnologias (OER Tool-Library) e as mídias sociais • refletir e usar o “design sócio-técnico-pedagógico” para REA • aprimorar capítulo c/feedback do Comite Científico Resultados Obtidos ser ter estratégias ou intenção pré-determinadas: • Avaliação máxima da CAPES do eBOOK (Scholio) 2012 • Obra Impressa colorida 1ª. Edição EdUEMA 2013 • Obra Impressa colorida 2ª. Edição EdUEMA 2014 • Pontuação máxima em 3 edições • Encaminhamento para o Premio Jabuti – e outros... • Ampla disseminação: mais de 20 eventos (inter e nacionais) Apreciadores da obra que receberam exemplar: Diretor da OCW, Creative Commons, Reitor da UA-PT, UOC e OU Coordenadores da UMinho, UA PT, UOC, UNED, OU, Secretários de Educação de Portugal e Inclusão Digital do Brasil, Diretor da CAPES,...
  3. 3. Próximos Desafios para 2014 Investigar e implementar estratégias que permitam 1. Maximizar e consolidar as conquistas c/maior reconhecimento dos estudos de cada grupo de pesquisa e dos coautores especialistas 2. Ampliar os resultados: acesso, visualizações, downloads, citações (uso), e recriações de outras obras (impacto científico e social) 3. Aumentar as oportunidades: convite de palestras, obtenção de financiamentos, publicação com novas parcerias em excelentes journals e networking. 4. Inovar o “design sócio-técnico-pedagógico” de REA para nova geração “post-computing” (interfaces que além de abertas, em rede e colaborativas ... São também móveis, personalizadas, sociais, ubíquoas, analíticas, investigativas... convergentes e expansionistas... 5. Contribuir para a versão inovadora e estratégica – iBook – integrando o estudo do grupo + OER + “Open Science” através de um novo design.
  4. 4. Próximos Desafios para 2014 A proposta é inovar com novas estratégias que ampliarão os resultados alcançados com o projeto OER iBook - Mooc
  5. 5. Próximos Desafios para 2014 Work, Investigate, and Learn - whenever and wherever Cloud-based technologies Teamwork Group communication SOCIAL MEDIA coauthorship Mobile Apps Tablet Computing Critical-Creative Thinking Creative Inquiry Game-Based Learning Learning Analytics
  6. 6. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013 Eventos (Conferências) OCW UNESCO OpenEd Uminho UNED UA-PT OU-KMi
  7. 7. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013 VISITAS – Linha do Tempo Eventos (Conferências) OCW UNESCO Divulgação: 1ª versão OpenEd Versão Revisada Webinars Uminho UNED 1ª. Versão Impressa UA-PT OU-KMi 2ª. Versão Impressa
  8. 8. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
  9. 9. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013 Cidade Novas Visita Visitas pt-br Sao Paulo 1.843 70,43% pt-br Rio de Janeiro 1.306 65,31% pt-br Belo Horizonte 980 64,69% pt-br Curitiba 666 66,07% pt-br Salvador 466 86,27% pt-br Brasilia 421 80,52% pt-br Campo Grande 320 52,50% pt-br Fortaleza 319 72,41% pt-br Recife 305 79,02% pt-br Florianopolis 260 40,77%
  10. 10. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
  11. 11. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
  12. 12. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013 Grupo PAGE Page Views Unique PV Avg Time Entrances Bounce Rate Exit oer.kmi.open.ac.uk 64239 33296 1.22 23216 37% 36% homepage 100% 5210 3.383 00:02:07 2959 54.55% 42.32% 1 Patricia coConstrução 83% 4315 1.907 00:00:59 1666 15,97% 39,10% 2 Claudio Realidade Aumentada 60% 3144 1.187 00:01:02 996 12,85% 33,21% 3 Dani Estilos de Aprendizagem 54% 2820 1.133 00:01:03 825 8,48% 31,17% 4 Stella Formação Permanente 49% 2550 1.052 00:01:02 895 4,13% 34,39% 5 Vicente Narrativa Transmidia 48% 2516 1.073 00:00:52 926 1,62% 37,64% 6 Ale Social Media 39% 2027 838 00:01:13 486 31,69% 27,48% 7 Mea ciberdocencia 39% 2009 847 00:00:50 651 3,99% 34,05% 8 Maina Diseno de REA 38% 2003 822 00:00:41 657 1,67% 33,05% 9 Neide Software Livre 36% 1856 772 00:00:46 580 5,52% 32,97% 10 Vani Ambientes Virtuais 36% 1854 838 00:01:27 632 11,71% 34,84% 11 Ale Midias Sociais 35% 1802 1.303 00:03:17 913 70,32% 52,66% 12 Ana Inteligencia Coletiva 34% 1768 738 00:00:59 518 6,37% 32,13% 13 Iolanda Recursos de Aprendizaje 31% 1599 1.207 00:02:05 997 82,15% 61,98% 14 Robert Business Model 24% 1250 621 00:00:45 479 27,77% 38,08% 15 Bujokas Comunidades Abertas 24% 1247 491 00:01:00 250 7,60% 21,89% 16 Dolores ciberespaco 23% 1223 990 00:03:18 763 80,47% 65,99% 17 Lynn games 22% 1147 451 00:01:00 309 3,24% 26,68% 18 Gabi oerUniversity 21% 1119 485 00:00:50 320 5,62% 27,88% 19 Alex PLE 20% 1022 492 00:01:04 309 34,95% 32,68% 20 Cris Formação Intercultural 16% 848 698 00:03:10 559 84,97% 68,63%
  13. 13. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013 Grupo PAGE oer.kmi.open.ac.uk homepage Page Views 64239 Unique PV Avg Time Entrances Bounce Rate Exit 33296 1.22 23216 37% 36% 100% 5210 3.383 00:02:07 2959 54.55% 42.32% 1 Patricia coConstrução 83% 4315 1.907 00:00:59 1666 15,97% 39,10% 2 Claudio Realidade Aumentada 60% 3144 1.187 00:01:02 996 12,85% 33,21% 3 Dani Estilos de Aprendizagem 54% 2820 1.133 00:01:03 825 8,48% 31,17% 4 Stella Formação Permanente 49% 2550 1.052 00:01:02 895 4,13% 34,39% 5 Vicente Narrativa Transmidia 48% 2516 1.073 00:00:52 926 1,62% 37,64% 6 Ale Social Media 39% 2027 838 00:01:13 486 31,69% 27,48% 7 Mea ciberdocencia 39% 2009 847 00:00:50 651 3,99% 34,05% 8 Maina Diseno de REA 38% 2003 822 00:00:41 657 1,67% 33,05% 9 Neide Software Livre 36% 1856 772 00:00:46 580 5,52% 32,97% 10 Vani Ambientes Virtuais 36% 1854 838 00:01:27 632 11,71% 34,84% 11 Ale Midias Sociais 35% 1802 1.303 00:03:17 913 70,32% 52,66% 12 Ana Inteligencia Coletiva 34% 1768 738 00:00:59 518 6,37% 32,13% 13 Iolanda Recursos de Aprendizaje 31% 1599 1.207 00:02:05 997 82,15% 61,98% 14 Robert Business Model 24% 1250 621 00:00:45 479 27,77% 38,08% 15 Bujokas Comunidades Abertas 24% 1247 491 00:01:00 250 7,60% 21,89% 16 Dolores ciberespaco 23% 1223 990 00:03:18 763 80,47% 65,99% 17 Lynn games 22% 1147 451 00:01:00 309 3,24% 26,68% 18 Gabi oerUniversity 21% 1119 485 00:00:50 320 5,62% 27,88% 19 Alex PLE 20% 1022 492 00:01:04 309 34,95% 32,68% 20 Cris Formação Intercultural 16% 848 698 00:03:10 559 84,97% 68,63%
  14. 14. oer.kmi.open.ac.uk - resultados alcançados em 2013
  15. 15. oer.kmi.open.ac.uk – próximos passos Novas ações • • • • • • 1. aprimorar o website 2. obter financiamentos p/pesquisa 3. integrar a obra c/cursos (graduação e pós) 4. conectar pesquisadores e novas pesquisas 5. planejar novas estratégias 6. organizar coletividade & pesquisa OER iBook  OER MOOC  Open Science • 7. ampliar a rede (pesquisas e pesquisadores) integrando relevância e impacto
  16. 16. Disseminação em 2012 e 2013 ... 20-22 June 2012 UNESCO France, Paris The Open University, KMi Meeting OU UK, Milton Keynes XII Oficina Inclusão Digital Brazil, Brasilia Dec 2012 III Coloquio Luso Portugal, Lisboa Aug 2013 Educ.do séc XXI Brasil Salvador 15-16 July 2013 Challenges Portugal, Braga 15-16 July 2013 Challenges Portugal, Braga 20-22 June 2012 UNESCO France, Paris 28-30 May 2012 IIEiret Spain, Barcelona 16-18 Oct2012 OpenEd Vancouver Nov 2013, Ciber sociedad Aprendizaje Spain Madrid 16-18 April 2012 OER OCW UK,Cambridge
  17. 17. Larry Cooperman, Director of OCW First I want to say how pleased I am to see this book launched how important it is for to reflect upon the progress in the Open Education Resources and the Open Education Movement. It’s been now 2 years since MOOC took a lot of space in this area in terms of media attention, and yet in terms of actual learning and actual practice with Open Educational Resources, it seems to me that we are gaining this moment the initiative to begin to address how it is that we create an new infrastructure that allows everybody to learn regardless of their circumstances, regardless of their geographic location, their gender and so for. This book, because it takes on these issues that we´ve done well, it takes on the issues of personal learning, it takes on the issues of peer environments, it takes on the issues of content isn’t enough, all these issues have really crystallised at this point as technology advances as we have an explosion of free resources around the world. What we are waiting for is this infrastructure of the future really coheres into something that everybody knows where go, everyone knows how to find the curriculum that they need to advance their lives. These are the kinds of issues that I think we have to take up and to do that we have to have very solid research, very solid case studies. This is one of the few books, few volumes that actually carefully looked each of these issues confronting us we’re together might look at and say this is an issue of a Global open education infrastructure and we can achieve this we can reduce the cost of the university education we can spread higher education and for that matter k12 to a new populations that haven't had access - and that ultimately is the social goal behind all of the work that reflect in this volume.
  18. 18. Murilo Mendonça, membro OCW e prof. UNISUL É uma honra estar participando de uma discussão tão importante principalmente no ponto de vista da Educação Brasileira. .. Devemos estar alerta e aproveitar a simbiose entre os recursos educacionais abertos e a cultura participativa da sociedade moderna, que tanto cria quanto clama por novas formas de ensinar e de aprender e que não podem ser desconsideradas e valem para todos os níveis da educação( fundamental/secundária ou superior). Os REA (Recursos Educacionais Abertos) entram em cena dentro de um contexto educacional brasileiro e da sociedade global do conhecimento como uma forma de inclusão não somente na educação superior, mas também no escopo educacional mais amplo, através do aumento do acesso e quantidade de aprendizes; incluindo nesse aspecto os aprendizes não tradicionais e a educação não formal. Em regiões menos desenvolvidas os conhecimentos adquiridos por meios não formais, podem muitas vezes converter-se em um bem precioso. Assim, num cenário mundial a Educação de qualidade deixará de ser privilégio de tão poucos e vejo os REA desempenhando um papel central nesse movimento em direção a educação aberta. Dados do CENSO(2012) informam que 83 milhoes de brasileiros tem acesso a Internet, o que correspondem ao aumento de 6,8 % em relação ao ano anterior. Também 2012, 122,7milhões de brasileiros possuiam celulares o que significou um crescimento de 6,3% em relação a 2011.Então temos duas grandes oportunidades para se aproveitar os potenciais dos REA. Além do fato do que é feito com os recursos públicos deve ser revertido para a população. O que se configura que as mudanças estão em curso e estão a nossa volta.
  19. 19. Lygia Puppato, Secretária de Inclusão Digital do Brasil Em primeiro lugar quero parabenizar a todos que participaram desse trabalho e concordar com os depoimentos que foram feitos anteriores a mim. Particulamente no nosso país nós temos um desafio imenso, por temos um país de dimensões continentais com muitas diferenças sociais e também diferenças entre as diferentes regiões. Eu respondo hoje pela secretaria de inclusão digital no governo federal, vinculada ao ministério das comunicações. E o nosso desafio hoje com vários projetos em andamento é que nos possamos incluir digitalmente as pessoas, mas que elas possam se apropriar das tecnologias através da formação. Então o trabalho da educação a distancia é fundamental, como disse o Murilo de Santa Catarina, nós temos que nos preocupar com a qualidade do ensino, com a qualidade para todos, abrir a universidade para todos e para que aqueles que têm maiores necessidade e que estão excluídos do ensino formal. De extrema importância que se possa pensar em incluir essas pessoas que não seja necessariamente no ensino formal, mas que todos tenham a mesma oportunidade e acredito que a EAD pode ser essa porta de entrada para todos os brasileiros.
  20. 20. Peter Scott, director of KMI - Open University I’d like to say thank you to everyone for celebrating the launch of this volume. Another thing I’d like to reflect on is that quite a few of the elements of the book are about new technology and innovation and radical new things that we want to do with the world of OER, but the real innovations, I think, are very much, as Larry said, are already here, it’s already the case that we can do pretty much all the things that we wanted to do and there is a lots of exciting innovations to come but the real challenges to look at all the new forms of education that we can use to change our current educational systems and in the text I was reflecting that actually if we are looking at changing the K-12 space, primary and secondary education in countries like Brazil and China with new emerging online populations, actually even at home, in the US or in the UK, I am betting there are things we could be doing to transform the lives of our kids with, in particular, more working in the open, working and learning in the open using these technologies is very exciting and kind of what Larry was saying, increasing participation of those learners in that online process is something that we really need to be doing much more often, so some simple events like these we can show how easy it is to connect the world and do something in public in the open and then reuse it in an open educational way. That’s really cool. Thank you.
  21. 21. Alex Microyannidis, researcher KMI - Open University I am very happy to be part of this initiative, happy to be a part of this excellent group and this hopefully starting point to move towards producing more open educational resources for the public. I’d just like to mention a few initiatives that we are working here at KMI in parallel with projects that deliver what we call to be high quality open educational resources so we have a few European projects, for example the “Tell me” project which is about learning in the workplace and … practices and OER in a variety of businesses, business companies and organizations both medium and large ones and also the “WeSpot” project that is about inquiry based learning and scientific inquiries in secondary and higher education. Some of the resources, a lot of the resources that we are building are targeted to children. You can see from these examples that we target a variety of audiences and learning contexts and we also try to produce content in different formats and in different e-learning distribution channels so we have a few resources for platforms like the i-pad where you can download materials for free and interact with them in various ways, do self-assessment exercises, watch webinars, and follow learning paths in order to reach certain learning goals.
  22. 22. E agora ? “A obra REA e Redes Sociais é um marco de inovação de livro aberto em múltiplos formatos, idiomas, no qual conhecimento aberto engloba não só conteúdo; mas sim, o processo de construí-lo com base em: colaboração em massa, produção em parceria e mídias participatórias. Nesse livro, mais de 30 grupos de pesquisa de várias Universidades, num total de mais de 100 coautores, partiram de seus estudos consolidados para recriar REA colaborativamente com diversas tecnologias e mídias visando “leitores coautores” de novos REA. Sim! Conseguimos resultados surpreendentes, no entanto, pretendemos prosseguir em 2014 com o projeto que possa realmente inovar e ampliar os resultados alcançados. Esse projeto é o iBook Mooc “REA & REDES SOCIAIS” com um novo design sócio-técnico-pedagógico visando “leitores-investigadores” criadores de novas obras... novas pesquisas... novos conhecimentos... novas coautorias científicas” (Ale Okada, 2014)
  23. 23. SUGESTÕES ? QUESTÕES ? INTERESSES ? REGISTREM COMENTÁRIOS no site da obra oer.kmi.open.ac.uk colaboradores desta apresentação: Ale Okada, Cintia Rabello e Karine Pinheiro

×