Expressões em Copacabana

2,037 views

Published on

A imagem inacreditavel engloba sua própria verdade: o Imaginário não é só aquilo que não existe, mas também, tudo aquilo que pode se tornar realidade. Devido a isto, o imaginário é parente próximo da esperança e da alegria de viver.
Mariano Akerman tem o prazer de lhe convidar para a Abertura da Exposição de seus trabalhos de Desenho e Pintura.
Expressões em Copacabana
Espaço Alcazar
Posto 5, Copacabana, Rio de Janeiro
Sábado, 4 de Junho 2016 – 17 hs.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,037
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,668
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Expressões em Copacabana

  1. 1. A imagem inacreditável engloba sua própria verdade. EXPRESSÕES EM COPACABANA Mariano Akerman Nascido em Buenos Aires em 1963, Mariano Akerman é um pintor, arquiteto e historiador argentino. Como pesquisador e palestrante desenvolve atividades educativas que promovem a livre-expressão e a participação comunitária considerando a idiossincrasia e o contexto cultural de cada indivíduo. Em 1982 inicia seus estudos em arquitetura na Universidade de Belgrano, onde recebe o diploma em virtude de um trabalho premiado, A Natureza do Espaço e os Limites da Arquitetura (1987). Após receber uma bolsa do Conselho Britânico, Akerman escreve O Grotesco nas Pinturas de Francis Bacon (1999). A partir de 1981 Akerman dá palestras em instituições tais como o Museu Nacional de Belas Artes em Buenos Aires, o Centro Cultural Levin em Bersebá, a Casa Argentina em Jerusalém, o Museu Nacional das Filipinas em Manila, o Colégio Escandinavo Hooptes Stajärna em Taytay, a Alliance Française de Karachi, a Universidade COMSATS em Islamabad, e a Academia Nacional de Artes em Lahore. Especializado em Comunicação Visual, Mariano Akerman desenvolve séries de palestras, concursos, oficinas e exposições educativas em vários países, onde colabora com as embaixadas e consulados da Bélgica, Suécia, França, Alemanha e Suíça, incluindo também as de seu país natal. Empreendedor independente multidisciplinar, Akerman recebeu doze prêmios internacionais em arte e educação. Espaço Alcazar, Posto 5, Rio de Janeiro, Junho-Julho 2016 Mariano Akerman: Alegria de viver em Copacabana Por Márcia dos Santos Artista plástico, arquiteto e conferencista, Mariano Akerman reside em Copacabana há quatro anos. "Rio de Janeiro é a capital cultural do Brasil", afirma Akerman e acrescenta: "junto com seu patrimônio cultural, a beleza geográfica da cidade é tão maravilhosa como é a alegria de viver dos seus moradores. Essa alegria de viver é também a minha, porque eu também celebro a vida. Para mim, Copacabana é o coração do Rio de Janeiro, e morar aqui é uma experiência singular e inesquecível". Do Rio de Janeiro, Mariano Akerman aprecia a informalidade e a cordialidade dos cariocas. Costuma passear pela Avenida Atlântica, especialmente pela parte do boulevard que apresenta os desenhos de Roberto Burle Marx e de onde pode ser apreciado tanto a paisagem urbana como a natural. Pensa que as vistas da Baía da Guanabara são únicas no mundo. Gosta da música e da arquitetura brasileira. Descreve como "acolhedores, bem concebidos e sumamente estéticos" os novos quiosques da praia copacabanense, realizados em vidro e aço inoxidável. "Deliciosa", assim Akerman descreve a água de coco, além de enfatizar os cãezinhos do bairro: "todos eles muito mais mimados aqui que em Paris". "Minha experiência em Copacabana encontra-se ligada ao Museu da Imagem e do Som, pois aqui ambos crescemos juntos desde os alicerces. Gosto da estrutura desse edifício, pois é ousada e original. É 100% Copacabana. Eu não posso deixar de me identificar com essa estrutura, já que tais características também me concernem". De um modo filantrópico, Akerman desenvolveu um ciclo de doze conferencias e exposições no Rio de Janeiro, entre 2014 e 2015. Todas em português, as suas palestras foram inspiradas pela metodologia de trabalho do anatomista belga Andreas Vesalius (1514-1564) quem, através de uma investigação inédita acabou com numerosos preconceitos da sua época. As conferencias do Programa Estimulo Vesalius, tornaram possível a Akerman abordar o tema da obra de arte como "estrutura didática e interdisciplinar". O Programa foi concebido em Copacabana e desenvolvido em instituições educativas tais como UNIRIO, Centro de Estudos Bíblicos da ARI, Instituto Italiano de Cultura, PUC, Instituto Cervantes, Associação Scholem Aleichem, Instituto Brasil-Argentina e Residência da Bélgica. Artista e educador argentino, Mariano Akerman desenvolve atividades que promovem a livre expressão e a participação comunitária, considerando a idiossincrasia e o contexto cultural de cada individuo. Como artista plástico, Akerman exibe suas pinturas e desenhos
  2. 2. no Espaço Alcazar, Posto 5, há duas semanas. Realizada em Manila, em 2003, Dia de Criação, é uma de suas maiores aquarelas e apresenta uma paisagem definitivamente copacabanense. Sua colagem Idílio, articulada em Islamabad em 2011, engloba duas aves enamoradas, em uma paisagem tropical, com o Pão de Açúcar incluído. Citando a Antoine de Saint-Exupéry, Akerman salienta que: "o essencial é invisível". E, ao perguntar à ele se só se vê bem com o coração, ele responde: "quando o mesmo não é de pedra". A estadia de Mariano Akerman em Copacabana inclui a admiração pelos fogos de artifício durante o Réveillon, o frenesi das celebrações do Carnaval Carioca, a emoção da visita do Papa Francisco, o delírio da Copa do Mundo e a alegria pelas comemorações do 450º Aniversário da Fundação da Cidade Maravilhosa. "Para esta última eu mesmo quero brindar algo especial, através das minhas atividades culturais", diz Akerman. A exposição de pinturas de Mariano Akerman tem como título Expressões em Copacabana. Inclui trabalhos realizados em Buenos Aires, Jerusalém, Bruxelas, Manila e Islamabad. Considerando a aparência característica de seus trabalhos e reafirmando uma idéia de Giordano Bruno, Akerman sustenta que a imagem inacreditável engloba sua própria verdade. Segundo Akerman, "o Imaginário não é só aquilo que não existe, mas também, tudo aquilo que pode se tornar realidade. Devido a isto, o imaginário é parente próximo da esperança e da alegria de viver". EXPRESSÕES EM COPACABANA Mariano Akerman — Pinturas e Desenhos 1. Renascimento, 1981 Guache, 34 x 23 cm 2. Cristalino, Primeiro Movimento, 1985-86 Guache, tinta nanquim e colagem, 64 x 46.5 cm 3. O Carnaval dos Desamparados, 1986 Caneta hidrográfica e colagem, 28.5 x 28.5 cm 4. Templo de Inclusão, 1987 Lápis de cor, 34,5 x 47 cm 5. Irredutíveis como a água, 1988 Aquarela e lápis de cor, 32 x 45 cm 6. A Importância do Autentico, 1988 Tinta nanquim e lápis de cor, 48 x 34 cm 7. Muito, Muito, Muito Amor, 1990 Aquarela, colagem e tinta nanquim, 47.5 x 56.5 cm 8. Partidário de Viver, 1990 Aquarela, tinta nanquim e colagem, 45 x 33.5 cm 9. Centauro, 1990 Tinta nanquim, 23 x 17 cm 10. Minha Jerusalém, 1991 Aquarela, guache e lápis de cor, 73.5 x 53.5 cm 11. Memória de Barro, 2001 Guache, 24.5 x 25.7 cm 12. Dia de Criação, 2003 Aquarela, 90 x 63 cm 13. Terra Prometida, 2003 Aquarela, 25 x 19.3 cm 14. Sonho, 2003 Aquarela, 26.5 x 20.7 cm 15. Entre o Céu e a Terra, 2004 Aquarela, 41 x 19.6 cm 16. Árvore da Vida, 2004 Aquarela e colagem, 23.7 x 19.8 cm 17. Princípio Criação-Destruição, 2004 Aquarela, 21 x 26.5 cm 18. Amizade, 2004 Aquarela e colagem, 38 x 18 cm 19. Paisajem Interior, 2004 Aquarela, 42.7 x 44 cm 20. Lembrança, 2005 Aquarela e pastel, 31.3 x 25.5 cm 21. As Coisas que Você Me Diz, 2010 Colagem, 23.7 x 19.8 cm 22. Idílio, 2011 Lápis de cor e colagem, 45 x 25.5 cm 23. Composição II, 2012 Aquarela e colagem, 28 x 21.7 cm 24. Composição III, 2012 Aquarela e colagem, 28 x 21.7 cm 25. Credo, 2012 Aquarela e colagem, 34.5 x 47 cm Mariano Akerman > Website Pessoal > http://akermariano.wix.com/arte

×