Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Last.fm

481 views

Published on

Trabalho apresentado pelos alunos. Rede Social: Last.fm (parte 1).

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Last.fm

  1. 1. Cristina Maria de QueirozValeria Ferreira de Jesus LaurianoNewton Catalão Mota
  2. 2. • Originou-se na Inglaterra da fusão em 2005 entre o plugin audioscrobbler e a plataforma social Last.Fm, que até então era uma espécie de web-rádio.• Last.fm é uma mistura de rede social, sistema de recomendação e web "rádio” que com base nas preferências musicais dos usuários, registradas através do scrobbler, armazena as músicas que o usuário escuta através do computador.
  3. 3. • De acordo com Amaral, 2007, o Last.fm possui 15 milhões de usuários ativos em mais de 232 países.• Quanto ao número de usuários brasileiros, estima-se que o Brasil possuía até 2009 aproximadamente 160.000 usuários cadastrados - não incluindo brasileiros que não marcaram a opção do país. (Amaral e Aquino, 2009)
  4. 4.
  5. 5. ______
  6. 6. Conclusão• A plataforma Last.fm é totalmente voltada para o consumo musical. Entretanto, as ferramentas oferecidas pelo site acabam por destacar os mesmos cenários musicais nos quais os usuários já estão inseridos.• Destaca-se ainda que, embora ofereça um serviço útil, a navegação pelo site exige certa habilidade do usuário, pois o mesmo disponibiliza excesso de informações e recursos que levam certo tempo para serem assimilados pelos usuários.
  7. 7. Referências• AMARAL, Adriana; AQUINO, Maria Clara. Eu recomendo... e etiqueto: práticas de folksonomia dos usuários do Last.fm. Libero, São Paulo, v. 12, n. 24, p. 117-130, dez. 2009.• Last.fm. Disponível em: <http://www.lastfm.com.br/>. Acesso em: 24 out. 2012.• RIBEIRO, Laís Pereira. Consumo cultural e identidade juvenil: compartilhamento musical no Site Last.fm. 2010. 71 fl. Monografia (Comunicação Social) –Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

×