SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO           AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS                    PÓL...
Pesquisadores Envolvidos   Grupo de pesquisa Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce       Dr. Helcio L. de Almeida Ma...
Pesquisa número 1
Pesquisa número 1    “INFLUÊNCIA DA DENSIDADE DE ESTOCAGEM NA PRODUÇÃO DE    LAMBARI EM TANQUES-REDE INSTALADOS EM VIVEIRO...
Material e Métodos       Experimento realizado UPD Pirassununga        Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao...
Resultados    Lambaris de 4 g para 7 g    Camarões de 0,007 g para 1,2 g    Os parâmetros de qualidade de água não se a...
Conclusões             Tecnicamente o sistema de policultivo proposto é viável    Considerando a taxa de sobrevivência e m...
Implicações Futuras                Aumento na densidade de estocagem de lambari      Iniciar o experimento com alevinos ...
Pesquisa número 2
Pesquisa número 2     “DENSIDADE DE ESTOCAGEM DE LAMBARI EM TANQUES-REDE    ALOCADOS EM VIVEIRO ESCAVADO POVOADO COM CAMAR...
Material e Métodos (Exp. 2) - Macrobachium rosenbergii       Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao dia      ...
Resultados    Lambaris 1º Ciclo = 0,7 g à 7 g (57 dias, 5.400 lambaris em 180 m2)    Lambaris 2º Ciclo = 0,6 g à 4,5 g (...
Conclusões           A proposta de 2 ciclos de lambari e 1 de camarão é viável;    Entre as densidades de 300, 450 e 600 l...
Implicações Futuras      Qual a capacidade suporte de lambaris em um viveiro de 180 m2??;                        Dois ci...
Pesquisa número 3
Pesquisa número 3     “PRODUÇÃO DE LAMBARI EM TANQUES-REDE ALOCADOS EM      VIVEIRO ESCAVADO POVOADO COM CAMARÃO DA MALÁSI...
Material e Métodos (Exp. 3) - Macrobachium rosenbergii       Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao dia      ...
Resultados                      EM EXECUÇÃO...     Iniciado em 17/02/2011;     Primeira biometria do camarão em 17/03/20...
CONSIDERAÇÕES FINAIS O camarão de água doce deveria ser cultivado em toda tilapicultura de                          tanqu...
Peixe nativo é para pesca esportiva esubsistência de populações ribeirinhas.Peixe para consumo, deve ser cultivado.
Obrigado..         .             sussel@apta.sp.gov.br
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas

4,183 views

Published on

II Workshop Piscicultura do Noroeste Paulista
Fábio Rosa Sussel – Zootecnista, Msc.Pesquisador Científico APTA – UPD
Pirassununga
Mais apresentações:
http://www.aptaregional.sp.gov.br/piscicultura.php

===================================
=====================================
APTA Regional - Polo Noroeste Paulista
Linhas de Pesquisa:
http://www.aptaregional.sp.gov.br/polos_gera.php?id_polo=1&mostra=9#texto
Localização:
http://www.aptaregional.sp.gov.br/polos_gera.php?id_polo=1&mostra=6#texto

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas

  1. 1. SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS PÓLO REGIONAL DO CENTRO LESTEPolicultivo Lambari x Camarão de Água Doce: Resultados de Pesquisas Fábio Rosa Sussel – Zootecnista, Msc. Pesquisador Científico APTA – UPD Pirassununga São Jose do Rio SP Votuporanga – Preto-SP 10 de Dezembro de 2009 Abril de 2011
  2. 2. Pesquisadores Envolvidos Grupo de pesquisa Policultivo Lambari x Camarão de Água Doce  Dr. Helcio L. de Almeida Marques – Pesca de São Paulo  Dra. Helenice Pereira Barros – Pesca de Rio Preto  Dra. Margarete Malassen – Pesca Rio Preto  Dr. Fernando André Salles – APTA Ribeirão Preto  Msc. Marcello Villar Boock – APTA Mococa  Msc. Fábio Rosa Sussel – UPD Pirassununga
  3. 3. Pesquisa número 1
  4. 4. Pesquisa número 1 “INFLUÊNCIA DA DENSIDADE DE ESTOCAGEM NA PRODUÇÃO DE LAMBARI EM TANQUES-REDE INSTALADOS EM VIVEIRO POVOADO COM CAMARÃO DA AMAZÔNIA” _ Quantos lambaris é possível estocar em tanques rede?? _ Qual vai ser o tempo de cultivo??Premissas: _ Como será o desenvolvimento do camarão?? _ Qual a viabilidade zootécnica deste policultivo??
  5. 5. Material e Métodos Experimento realizado UPD Pirassununga  Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao dia  Alocados 12 tanques-rede de 1 m3 _ 80 pxs  Povoados com lambaris em 3 densidades _ 160 pxs _ 320 pxs  DIC com 3 Tratamentos e 4 Repetições  Densidade de estocagem dos camarões = 14 pós-larvas/m2 (Total 2.520)  Ração comercial extrusada com 36% de PB, Lambaris 2 X ao dia 1,5% da biomassa  Período Experimental = 60 dias
  6. 6. Resultados  Lambaris de 4 g para 7 g  Camarões de 0,007 g para 1,2 g  Os parâmetros de qualidade de água não se alteraram Sobrevivência de 98% dos Lambaris e 70% para os Camarões  Diminuição do ganho de peso médio individual com aumento da densidade, porém, mantendo-se dentro do tamanho comercial  A introdução do camarão não prejudicou o desenvolvimento do lambari
  7. 7. Conclusões Tecnicamente o sistema de policultivo proposto é viável Considerando a taxa de sobrevivência e manutenção do tamanho comercial mesmo nas maiores densidades, há possibilidade de aumento na densidade de estocagem de lambaris neste sistema de cultivo Flexibilidade do manejo no sistema de TR O tempo de cultivo para o camarão foi insuficiente
  8. 8. Implicações Futuras  Aumento na densidade de estocagem de lambari  Iniciar o experimento com alevinos ao invés de juvenis de lambari  Realizar dois ciclos de lambari e um de camarão
  9. 9. Pesquisa número 2
  10. 10. Pesquisa número 2 “DENSIDADE DE ESTOCAGEM DE LAMBARI EM TANQUES-REDE ALOCADOS EM VIVEIRO ESCAVADO POVOADO COM CAMARÃO DA MALÁSIA (Macrobrachium rosenbergii)” _ Ajustar a densidade de estocagem do lambari em TR _ Povoando os lambaris na fase de alevino, quanto tempo será necessário para atingir 7 g ??Premissas: _ Como será o desenvolvimento do camarão da malásia?? _ Qual a viabilidade zootécnica deste policultivo, considerando 2 ciclos de lambari??
  11. 11. Material e Métodos (Exp. 2) - Macrobachium rosenbergii  Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao dia  Alocados 12 tanques-rede de 1 m3 _ 300 pxs  Povoados com lambaris em 3 densidades _ 450 pxs _ 600 pxs  DIC com 3 Tratamentos e 4 Repetições  Densidade de estocagem dos camarões = 5 pós-larvas/m2 (Total 900)  Ração comercial extrusada com 36% de PB, Lambaris 3 X ao dia ad libitum  Período Experimental Primeiro Ciclo = 57 dias  Período Experimental Segundo Ciclo = 50 dias
  12. 12. Resultados  Lambaris 1º Ciclo = 0,7 g à 7 g (57 dias, 5.400 lambaris em 180 m2)  Lambaris 2º Ciclo = 0,6 g à 4,5 g (50 dias, 4.050 lambaris em 180 m2)  Conversão Alimentar do Lambari = 1,3  Camarões Ciclo total = 0,03 g à 11,57 g (120 dias, 8,5 kg em 180 m2)  Os parâmetros de qualidade de água não se alteraram  Sobrevivência de 90% dos Lambaris e 79% para os Camarões  A introdução do camarão não prejudicou o desenvolvimento do lambari
  13. 13. Conclusões A proposta de 2 ciclos de lambari e 1 de camarão é viável; Entre as densidades de 300, 450 e 600 lambaris por m3, a densidade de 450 foi a que apresentou melhores resultados; O Camarão, dispensando o emprego de mão-de-obra adicional, mostrou- se viável para a obtenção de uma receita extra (Custo da PL, somente).
  14. 14. Implicações Futuras  Qual a capacidade suporte de lambaris em um viveiro de 180 m2??;  Dois ciclos exatos de lambari;  Biometria mensal do camarão da malásia neste sistema para fins de obtenção da curva de crescimento;  Viabilidade econômica do ciclo completo.
  15. 15. Pesquisa número 3
  16. 16. Pesquisa número 3 “PRODUÇÃO DE LAMBARI EM TANQUES-REDE ALOCADOS EM VIVEIRO ESCAVADO POVOADO COM CAMARÃO DA MALÁSIA (Macrobrachium rosenbergii)” _ Qual a capacidade suporte de um viveiro de 180 m2 _ Com mais peixes, o desenvolvimento do camarão será Premissas: melhor? _ Qual a viabilidade econômica deste policultivo?
  17. 17. Material e Métodos (Exp. 3) - Macrobachium rosenbergii  Tanque escavado de 180 m2 com renovação de 10% ao dia  Alocados 20 tanques-rede de 1 m3  Povoados com lambaris na densidade de 450 pxs/m3 (9.000)  Densidade de estocagem dos camarões = 5 pós-larvas/m2 (Total 900)  Ração experimental extrusada com 26% de PB, Lambaris 3 X ao dia ad libitum
  18. 18. Resultados EM EXECUÇÃO...  Iniciado em 17/02/2011;  Primeira biometria do camarão em 17/03/2011;  Encerramento do primeiro ciclo de lambari e segunda biometria do camarão em 18/04/2011.
  19. 19. CONSIDERAÇÕES FINAIS O camarão de água doce deveria ser cultivado em toda tilapicultura de tanque escavado;  O lambari, apesar de ser uma espécie relativamente fácil de se criar, demanda de melhorias técnicas dos atuais sistemas de cultivo; Acreditamos no camarão da amazônia como isca viva e no camarão da malásia para consumo;  Acreditamos no policultivo: lambari em TR e camarão por fora
  20. 20. Peixe nativo é para pesca esportiva esubsistência de populações ribeirinhas.Peixe para consumo, deve ser cultivado.
  21. 21. Obrigado.. . sussel@apta.sp.gov.br

×