Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Jornal Correio Popular

16 views

Published on

edição do dia 6 de julho

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Jornal Correio Popular

  1. 1. Imposto sindical 1 Ubiratan Parada Aposentado, Campinas Seria um absurdo o retorno desse imposto. Notamos que o trabalho feito por entidades para meter a mão no bolso do trabalhador chegou ao alto escalão. Ora, os sindicatos devem viver com as mensalidades dos seus sócios, porém já pensam em investimentos nas campanhas eleitoreiras. A ideia dessas entidades, de terem políticos que vão representar os trabalhadores, não deu certo. Já tivemos um presidente, um ministro e outros que saíram do meio sindical e qual foi o resultado? Imposto sindical 2 Benone Augusto de Paiva Aposentado, São Paulo Por 6 votos a 3 o Supremo Tribunal Federal (STF) pôs fim ao imposto sindical, uma abusiva e bilionária contribuição obrigatória para os sindicatos manterem na boa vida, fazer campanha política e enriquecer os seus sindicalistas alérgicos ao trabalho, e que, de agora em diante terão que trabalhar para viver. Imposto sindical 3 Edgard Gobbi Aposentado, Campinas Finalmente em 29 de junho último, o Supremo Tribunal Federal (STF) por 6 votos a 3 pôs fim definitivamente ao imposto sindical compulsório — equivalente a um dia de trabalho do trabalhador —, que passa a ser facultativo conforme a Reforma Trabalhista. Segundo o Ministério do Trabalho, o Brasil conta com 16.720 sindicatos registrados e é o País com maior quantidade de sindicatos no mundo. Como trabalhador aposentado não poderia deixar de enviar a minha mensagem de agradecimento ao STF, que no momento atravessa uma fase conturbada. Parabéns, STF. Imposto sindical 4 Paulo Panossian Jornalista, São Carlos Aleluia! O fim do imposto sindical aprovado que foi em 2017, pelo Congresso, no âmbito da Reforma Trabalhista, é enterrado definitivamente por decisão do STF. Tributo esse criado em 1940, de legado fascista do ex-presidente Getúlio Vargas, que durante quase 80 anos fez a orgia dos dirigentes sindicais! Somente em 2016, os quase 17 mil sindicatos existentes no País (boa parte de fachada) arrecadaram, ou sugaram de forma autoritária do bolso dos trabalhadores R$ 3,5 bilhões! Barragens e Sistema Adutor Ricardo Borsari Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo As barragens Duas Pontes e Pedreira serão capazes de prover 9 m3/s (nove mil litros por segundo) adicionais regularizados na porção centro-norte das bacias PCJ, sendo empreendimentos completos em si. Mesmo inicialmente, sem o Sistema Adutor PCJ (SARPCJ), as barragens beneficiarão mais de 20 municípios, com uma população urbana de 1,7 milhão de habitantes, que têm acesso, de forma direta ou indireta, aos rios regularizados ou a seus afluentes. Já o SARPCJ depende da existência das barragens, pois objetiva transferir parte das vazões adicionais até municípios mais distantes, atendendo aqueles que, até 2045, tenham esgotado as disponibilidades de suas fontes de captações superficiais. Ou seja, o sistema adutor pode ser construído em etapas, com a fase inicial concomitante ao final das obras das barragens e as outras etapas construídas na sequência em função da evolução das demandas regionais. Além disso, as obras do sistema adutor, por suas características próprias, são mais flexíveis em termos de cronograma, podendo ocorrer em partes e de forma simultânea, com muito mais facilidade em relação à construção física e a outras questões associadas como desapropriações e compensações ambientais. Philippe Coutinho Cidinha Bernardo Voluntária, Campinas Quem não se emocionou ao ver a foto do menino Whalace com uma camisa do Brasil pintada com o numero 11, número que pertence ao Philippe Coutinho na nossa Seleção? Como muitos brasileiros, ele não teria dinheiro para comprar a original, pois o preço que está sendo vendida é um absurdo! Espero que depois da foto de Whalace as confecções deixem de tanta ganância e coloquem um preço justo, para que pessoas como Whalace possam também comprar a camisa tão desejada. Tabela da Copa Pedro Tauil Filho Administrador, Campinas Tenho por costume guardar lembranças das copas do mundo. Desta vez será a vez da Tabela da Copa do Mundo 2018, publicada pelo nosso jornal Correio Popular. Muito bem elaborada onde nenhum detalhe foi esquecido. Numa só página constam todos os jogos da primeira fase, oitavas de final, quartas de final, semifinais, terceiro lugar e final. Concluindo, elaborou o quadro de artilheiros, não só dos que mais fizeram gols, mas todos eles. Passados alguns anos, a Tabela da Copa se tornará uma relíquia, já que o mais gostoso será mostrá-la aos amigos. Por experiência própria, a cada ano a Tabela da Copa do Mundo 2018 correrá o risco de mudar de mãos. Portanto, ao mostrá-la, todo cuidado é pouco. SIM Você assistiu algum jogo da Seleção no megatelão do Largo do Rosário? Desde as manifestações de 2013, quando ficou patente o descontentamento da sociedade com o meio político, cresce a insatisfação e o desânimo em relação às refor- mas necessárias para que as coisas retomem seu ritmo normal e mais republicano. O que se vê é a degradação aprofundada das funções do Estado, entregue a quadri- lhas especializadas em sugar os recursos públicos em es- quemas de corrupção finamente arquitetados para bene- ficiar empresas, partidos e políticos mal-acostumados a tirarem benefícios próprios, jogando a população em dra- mas cotidianos em setores co- mo saúde, educação, seguran- ça, habitação e trabalho. A amplitude dos protestos mostrou ainda que a socieda- de está dividida em seus pro- pósitos, não havendo a indica- ção clara dos objetivos a se- rem alcançados em curto pra- zo. A indefinição de metas le- va ao descrédito generalizado ou ao embarque em propos- tas vagas, mas com forte apelo populista, que fazem despontar candidatos que se proje- tam mais pela polêmica e frases de efeito do que por sina- lizarem programas concretos. Ainda assim, o que se des- taca nas pesquisas prévias de intenção de voto é o núme- ro surpreendente de eleitores dispostos a anular seu voto ou abster-se da escolha votando em branco, que chega a 42% dos entrevistados nas últimas apurações, ou ainda uma inominável disposição de votar em um pseudocan- didato encarcerado. Esta situação é ameaçadora para a democracia, deno- ta a disposição de entregar o destino do País àqueles que tem o interesse em preservar o status quo, movimentar- se em várias direções para, ao fim e ao cabo, ficarem no mesmo lugar. Cresce na consciência popular que os polí- ticos não merecem atenção, que eles podem ser deixa- dos de lado por instantes, mas ainda serão responsáveis por todas as consequências que causam a penúria da so- ciedade. Se não houver uma forte intervenção, as mudan- ças não virão e os protestos que acenderam a chama cívi- ca no passado recente terão sido inúteis. E esta transfor- mação não virá por medidas radicais, como um volver às formas de ditaduras radicais, com supressão de direitos. É fundamental preservar o valor do voto individual pa- ra aferir as verdadeiras intenções da sociedade, livre em suas escolhas, dando vazão às tensões sociais e à busca de alternativas que possam resgatar a institucionalidade do sistema. As mudanças devem ocorrer de dentro para fora, com protagonismo e decisão. Qualquer alheamento ao processo é simplesmente deixar os bandidos toma- rem a direção do País, com as consequências mais do que conhecidas. O Correio Popular publica as opiniões de seus leitores sobre temas de interesse coletivo. As cartas devem conter no máximo 15 linhas, cerca de 700 caracteres com espaços, medidos pelo Microsoft Word. A Redação se dá o direito de publicar os textos parcial ou integralmente. Fica a critério do jornal a seleção de cartas para ilustração com fotos, que serão produzidas exclusivamente pelos fotógrafos do Correio. As cartas para o Correio do Leitor devem ser enviadas para Rua 7 de Setembro, 189 - Vila Industrial - CEP 13035-350 ou por e-mail: leitor@rac.com.br = Cartas devem ser acompanhadas de: nome completo, endereço, profissão e telefone de modo a permitir prévia confirmação. = Opinião dos colunistas não reflete a opinião do jornal. Correio do Leitor O NOSSO OBJECTIVO 8,78% Você pretende ou já adotou um animal de estimação? Publicado por Correio Popular S/A - Fundado em 4/9/1927 PERGUNTA DE ONTEM Diretor Presidente Sylvino de Godoy Neto Diretor Superintendente Adhemar J. de Godoy Jacob Diretor de Planejamento Marco Aurélio Matallo Pavani Diretor Adm. Financeiro Moacir Teixeira Dias Diretor Comercial Marcos Sá Diretor Editorial Nelson Homem de Mello Há 50 anos @correiopopular ● INTERACT CONGREGARÁ A JUVENTUDE ATUANTE Está surgindo em Campinas um clube de serviço patrocinado pelo Rotary Clube de Campinas, destinado a congregar toda a juventude atuante da cidade e mesmo da região, em promoções e realizações altamente filantrópicas e culturais. Trata-se do “Interact Club”, uma entidade internacional filiada ao Rotary, e que em princípios de 1965, quando tinha menos de três anos de existência no mundo todo, quase 900 Interacts Clubs foram estabelecidos em 44 países de cada continente e de tôdas as regiões do mundo rotário. Nesta ocasião já havia Interacts nos seguintes países: Brasil, Alemanha, Antilhas Holandesas, Argentina, Austrália, Bolívia, entre outros. ● CIENTISTAS DA AMÉRICA NO INSTITUTO AGRONÔMICO Cientistas latino-americanos que integram o Instituto Interamericano de Ciências Agrícolas visitaram o Instituto Agronômico, onde foram recepcionados pelos engenheiros agrônomos José Silas de Paiva Netto, diretor geral do estabelecimento; Francisco da Costa Verdade e Samuel Ribeiro dos Santos, diretores, respectivamente, das Divisões de Solo e de Agronomia da instituição. Os srs. Augusto Duarlach, da Argentina; Manuel Elguet Guerin, do Chile; Luiz Alberto Alvar, do Paraguai; Hector Albuquerque, do Uruguai; Ernst Reynaert e Russel H. Brandley, ambos da FAO, depois de demorado encontro no gabinete do diretor geral do Agronômico, percorreram as instalações da casa, bem como diversas Seções Técnicas, findo o que rumaram para a Estação Experimental Tecdureto de Camargo. ● REGIÃO DE CAMPINAS NA RÊDE NACIONAL DE ARMAZENS O deputado Orestes Quércia, no expediente da Assembléia Legislativa, apresentou moção ao presidente da República, na qual dirige apêlo ao Chefe do Poder da União, para que determine a inclusão da região de Campinas nos estudos para construção da rêde nacional de armazens, silos e frigoríficos da Cia. Brasileira de Armazenamento (CIBRAZEM), recentemente constituida, cujo objetivo é participar dos planos e programas de abastecimento, como elemento regulador do mercado de produtos agropecuários e da pesca. #eunocorreio NÃO Rua 7 de Setembro, 189, Vila Industrial CEP 13035-350 facebook.com/CPopular 91,22% CORREIO POPULAR AS CARTAS DEVEM SER ENVIADAS PARA: EDITORIAL “Seremos na imprensa vigilantes fiscaes da administração publica e zeladores intransigentes do direito collectivo” - (Nº 1, Anno 1) Esperança e o ativismo na política PERGUNTA DE HOJE O Vídeo do dia e-mail: leitor@rac.com.br CORREIO @correiopontocom Enquete Qualquer alheamento ao processo é deixar os bandidos tomarem a direção do País, com as consequências conhecidas Embaixador e embaixatriz de Singapura em visita ao Agronômico: grupo latino-americano também visitou A Estátua da Liberdade precisou ser fechada no Dia da Independên- cia americana porque uma mulher subiu na base da construção e se negava descer, apesar de um lon- go diálogo com a polícia. Sexta-feira, 06/07/1968 .COM.BR Opinião CORREIO POPULAR A3 Campinas, sexta-feira, 6 de julho de 2018

×