Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estado libera R$ 120 mi para institutos

153 views

Published on

Matéria sobre investimentos recebidos pelos institutos da APTA, através do edital para seleção de projetos lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foi publicada no jornal Correio Popular, em 27 de maio de 2017. O diretor-geral do IAC, Sérgio Augusto Morais Carbonell, concedeu as informações.

Published in: Science
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Estado libera R$ 120 mi para institutos

  1. 1. EstadoliberaR$120miparainstitutos PESQUISA ||| MODERNIZAÇÃO Maria Teresa Costa DA AGÊNCIA ANHANGUERA teresa@rac.com.br Os 20 institutos de pesquisa do Estado de São Paulo, dos quais três deles sediados na re- gião de Campinas, receberão investimentos de R$ 120 mi- lhões para a modernização e ampliação da capacidade cien- tífica e tecnológica das unida- des. O Instituto Agronômico de Campinas (IAC), o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) e o Instituto de Zootecnia (IZ) já receberam as demandas das unidades e estão em fase de consolidar as propostas pa- ra participar do edital de sele- ção. Cada proposta poderá soli- citar até R$ 20 milhões e o apoio aos projetos terá dura- ção de 36 meses. O edital para a seleção dos projetos foi lançado na quinta- feira pela Fundação de Ampa- ro à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O diretor-geral do IAC, Sérgio Augusto Morais Carbonell, disse ontem que os recursos serão fundamentais para melhorar a infraestrutura de pesquisa e com isso am- pliar as atividades. A proposta do IAC vai atingir três subpro- gramas: programa na área bási- ca de apoio à pesquisa; progra- ma voltado ao melhoramento e conservação de sementes e programa de transferência de tecnologia pelos laboratórios credenciados e produção de se- mentes. Os recursos financiados pe- la Fapesp serão destinados ex- clusivamente para apoiar ativi- dades de pesquisa nas modali- dades de Infraestrutura Institu- cional de Pesquisa, Bolsas no País e no Exterior, Auxílio à Pesquisa Jovens Pesquisado- res, Auxílio Pesquisador Visi- tante, Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Ino- vação Tecnológica (PITE) e Programa de Pesquisa em Polí- ticas Públicas. Cada instituto deverá apre- sentar um plano de desenvolvi- mento institucional para am- pliar a capacidade de pesquisa e criar conhecimento novo em ciência e tecnologia nas áreas estratégicas definidas. Deverá mirar também a am- pliação da capacidade de aces- so, compreensão e utilização do conhecimento científico e tecnológico existente no mun- do nas áreas estratégicas defi- nidas, além de aumentar a in- teração e a cooperação científi- ca e tecnológica em pesquisa com outras instituições de refe- rência em sua área de atuação, no plano nacional e, especial- mente, no plano internacio- nal. O plano deverá aumentar, qualitativamente e quantitati- vamente, as capacidades insti- tucionais para a inovação ba- seada em pesquisa, incluindo- se a geração de propriedade in- telectual social ou economica- mente relevante, a transferên- cia de tecnologia e conheci- mento ao governo, à socieda- de e a empresas, e a criação de empresas emergentes de base tecnológica. As propostas serão apoia- das por até 36 meses. A sele- ção dos planos, segundo a Fa- pesp, será feita com base em pareceres de assessores espe- cializados nas áreas de atua- ção das entidades listadas no edital ou com experiência na direção de institutos de pesqui- sa orientados à missão. “Esse trabalho (de avalia- ção dos planos institucionais dos institutos de pesquisa) será bom para o governo como um todo, pois permitirá ao pró- prio governo do Estado de São Paulo, à Secretaria de Planeja- mento e às demais secretarias terem um diagnóstico mais cla- ro da situação dos institutos, dos problemas que enfrentam e quais as estratégias que es- tão desenvolvendo para en- frentá-los”, disse Carlos Améri- co Pacheco, diretor-presidente do Conselho Técnico-Adminis- trativo da fundação. Institutos Das 20 instituições credencia- das no edital, sete são ligadas à Secretaria de Agricultura e Abastecimento: Institutos Agro- nômico (IAC), Biológico (IB), de Pesca (IP), de Economia Agrícola (IEA), de Tecnologia de Alimentos (Ital), de Zootec- nia (IZ) e Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta). Outras sete instituições cre- denciadas são ligadas à Secre- taria de Estado da Saúde: Supe- rintendência de Controle de Endemias (Sucen) e os Institu- tos Butantan, Pasteur, de Saú- de, Dante Pazzanese de Cardio- logia, Lauro de Souza Lima (IL- SL) e Adolfo Lutz (IAL). Também estão incluídos no edital os Institutos de Botâni- ca, Florestal e Geológico, vincu- lados à Secretaria do Meio Am- biente; os Institutos de Pesqui- sas Tecnológicas (IPT) e de Pes- quisas Energéticas e Nucleares (Ipen), ligados à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inova- ção; e o Instituto Geográfico e Cartográfico, ligado à Secreta- ria de Planejamento e Gestão. CAMPANHA DO AGASALHO Instituto Agronômico de Campinas busca a verba para financiar três subprogramas na área de pesquisas 20 Os veículos dos integrantes da Associação dos Permissionários e Auxiliares de Táxi de Campinas (Apetax) aderiram à Campanha do Agasalho e darão 30% de desconto na corrida a quem fizer doação. A iniciativa foi elogiada pela primeira-dama de Campinas, Sandra Ciocci, responsável pela ação na cidade. “A solidariedade é um sentimento contagiante e a iniciativa da Apetax é um gesto digno de aplauso”, disse. Os táxis podem ser acionados pelo aplicativo Beetaxi, disponível em Android e Apple. “Vamos unir forças para ajudar as pessoas. Os taxistas têm muito a colaborar”, afirmou o presidente da Apetax, Inácio Rodrigues da Fonseca. A Campanha do Agasalho já arrecadou seis toneladas de roupas e vai até o dia 30 de junho. (ANN) De Pesquisa do Estado de São Paulo podem participar da licitação para investimentos Edital para seleção de projetos foi lançado pela Fapesp; na região, IAC, Ital e IZ disputam verbas Cedoc/RAC Cada proposta poderá solicitar até R$ 20 milhões INSTITUTOS Doação de roupa garante desconto de 30% no táxi CORREIO POPULAR A15CIDADES Campinas, sábado, 27 de maio de 2017 A15

×