Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Diário Oficial - São Paulo Orgânico

441 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Diário Oficial - São Paulo Orgânico

  1. 1. II – São Paulo, 123 (71)IV– São Paulo, 123 (71) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 17 de abril de 2013Do convencional para o naturalA s secretarias estaduais de Agricul- FOTOS: CLEO VELLEDA tura e Abastecimento e a do Meio Ambiente iniciaram uma série de cursos para capacitar seus profissio- nais na técnica de agricultura orgâ- nica. Participam também funcioná- rios da Fundação Instituto de Terras do Estado (Itesp). É o Programa São Paulo Orgânico, que vai ajudar agri- cultores, principalmente os peque- nos, a migrar da agricultura conven- cional, com uso de produtos quími- cos, para métodos mais naturais.Programa São PauloOrgânico ensinaagricultores a migrarda agriculturaconvencional paramétodos mais naturais O pessoal formado nos cursos vai a campo para disseminar essa ideia. O primeiro módulo se reali- za esta semana, até sexta-feira, 19, com a participação de 20 técnicos, na sede da Agência Paulista de Tec- Wilson Tivelli, chefe da Apta São Roque e um dos capacitadores – entusiasta da agricultura orgânica aposta no programa estadual nologia dos Agronegócios (Apta), da Agricultura, em São Roque, unidade que pesquisa agricultura ços de poda, etc. “Tudo isso é matéria-prima orgânica desde 1994. para compostagem, a ação microbiológica O plano é capacitar 200 téc- que decompõe os resíduos e dois meses nicos até o final do ano. As aulas depois vira rico nutriente para o solo”. teóricas e práticas são ministradas Um bom exemplo é o bokashi, fertilizante por especialistas das secretarias con- natural que pode ser obtido nos estados sólido vidados e também por agricultores ou líquido. Tivelli dá a receita: farelos de arroz que dominam a metodologia. Os e mamona, farinha de osso e de peixe, cinza, produtos vegetais ou animais obti- pó de carvão e inoculante, o micro-organismo dos dessa forma ocupam mercado que irá decompor o material. crescente e exigente. São consumi- Entusiasta da agricultura orgânica, dores dispostos a comprar algo mais Tivelli aposta no programa estadual. Ele nobre e com preço mais elevado. informa que o próximo módulo de capacita- ção será no segundo semestre, com algumas Adubo verde – No primei- mudanças. A ideia da Apta é oferecer cursos ro módulo, os participantes conhe- específicos para algumas regiões dos Esta- cem vários métodos – biodiversi- dos, levando em conta a característica agro- dade e vida do solo, teoria da trofo- Aula de preparação pecuária de cada uma. “Algumas se dedicam biose (relação entre insetos), bio- do bokashi líquido, mais à cana, outras a cítricos e também fertilizante bokashi, mercado e fertilizante natural àquelas que produzem aves, ovos, etc.”. No comércio, práticas conservacionis- primeiro módulo, foram chamados técnicos tas, manejo da terra, legislação do fas, conservação de pastagem, homeopatia métodos de adubação orgânica sem produ- de Presidente Prudente, Mogi das Cruzes, setor, garantia da qualidade, visitas animal, processamento de leite. tos químicos comerciais. Ressalta a impor- Altinópolis, Promissão, Jaboticabal, Pinda- em propriedades, planejamento de O pesquisador Sebastião Wilson Tivelli, tância de técnicas para se obter fertilizantes monhangaba, Monte Alegre do Sul. produção, pragas e doenças, adu- chefe da Apta São Roque, um dos capacita- com subprodutos da propriedade – capim, bação natural, hortaliças em estu- dores, explica que em seu curso ele ensina folhas, resíduos de hortaliças, palhas, peda- Linhas de crédito – Para participar do programa, o produtor rural deve procu- rar a Casa da Agricultura de sua cidade ou o Naturebas, sim senhor! escritório da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati). Para assentados e O técnico agrário do Itesp de An- rio de Andradina atende 11 assentamentos orgânica em dias de campo (visitas a pro- quilombolas, o local é um dos escritórios dradina, Cláudio da Silva, um dos capa- em cinco cidades. Cláudio informa que o priedades que já praticam os métodos), regionais do Itesp. O interessado em praticar citados em São Roque, diz que vai voltar Itesp capacitou muitos pequenos produto- cursos e palestras. “No ano passado, reali- agricultura orgânica conta com linhas de cré- satisfeito e repleto de novidades para res numa técnica de plantio de hortaliças zamos 18 eventos de várias atividades em dito do Fundo de Expansão do Agronegócio sua cidade. Conta que sua região foi, chamada mandala, “que é orgânica e será nossa área de atuação”. Paulista (Feap) no valor de R$ 100 mil para por muito tempo, dominada por enor- nosso pontapé no programa”. O agrônomo Roberto Teruo Ohmori, pessoa física ou jurídica e de até R$ 400 mil mes fazendas dedicadas ao gado. “Mas Andreia Hirata, pesquisadora da Apta da Cati de Mogi das Cruzes, conta que sua para cooperativas e associações de agriculto- isso vem mudando de alguns anos para de Presidente Prudente, diz que algumas região, considerada o cinturão verde do res. O financiamento é pago em até sete anos cá após os assentamentos rurais, for- famílias de sua região estão interessadas na Estado, tem cerca de 30 agricultores orgâ- com juros anuais de 3%. O Feap dispõe de mados por pequenos agricultores, que técnica natural e sustentável para produzir nicos. “Há dez anos, quase não havia”, recursos de R$ 5 milhões para essa finalida- têm na cultura orgânica uma forma de hortaliças e frutas. Seu escritório, que aten- observa. “Queremos ampliar o número de. Especialistas preveem que a transição do aumentar a renda familiar. O escritó- de 32 cidades vizinhas, vai ensinar cultura no futuro”. método convencional para o orgânico leva de um a dois anos. Com o recurso, a pessoa financia a cer- tificação da área produtiva, compra equipa- mentos e insumos para a mudança, máqui- nas para fertilizantes ecológicos, análises laboratoriais de água, solo e adubo e proce- dimentos para outorga de água e medição da propriedade. Otávio Nunes Da Agência Imprensa Oficial A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste documento quando visualizado diretamente no portal www.imprensaoficial.com.br quarta-feira, 17 de abril de 2013 às 02:27:05.

×