Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Como escrever um e-mail de vendas matador

278,743 views

Published on

Quantas portas você já abriu com um e-mail de vendas? Pode ser que você esteja fazendo as coisas do jeito errado. Aqui estão algumas dicas

Os clientes são mais propensos a responder e-mails curtos e doces que vão direto ao ponto.

Nós não queremos e-mails com assuntos que dão voltas e percam o nosso tempo. Nós queremos saber o que essas pessoas/empresas têm pra agregar à nossa empresa e, saber porque deveríamos cogitar seus produtos.

Published in: Sales

Como escrever um e-mail de vendas matador

  1. 1. www.agendor.com.br
  2. 2. Quantas portas você já abriu com um e- mail de vendas? Pode ser que você esteja fazendo as coisas do jeito errado. Aqui estão algumas dicas.
  3. 3. www.agendor.com.br
  4. 4. Os clientes são mais propensos a responder e-mails curtos que vão direto ao ponto. A maioria dos e-mails de vendas têm uma taxa de resposta de cerca de 1%. Mas, vamos mudar esse cenário. Vamos explicar algumas dicas de e-mails que podem aumentar as suas taxas de respostas.
  5. 5. www.agendor.com.br A abertura 1
  6. 6. Isso é o que o destinatário vê na caixa de entrada. Trata-se do assunto e as primeiras 20 ou mais palavras do e-mail. Se a abertura é intrigante, o e-mail é aberto; se a abertura é chata, o e-mail é ignorado ou excluído.
  7. 7. www.agendor.com.br O benefício 2
  8. 8. Esse é o recheio do e-mail. Isso explica por que o cliente deve estar interessado no que você tem a oferecer. Se o benefício é claro e compreensível, o e-mail é lido; se o benefício é obscuro ou complicado, o receptor ignora.
  9. 9. www.agendor.com.br O fechamento 3
  10. 10. Este é o lugar onde você diz ao destinatário o que fazer a seguir (ou seja, o apelo à ação), juntamente com suas informações de contato. Se o fechamento é simples e fácil, você receberá uma resposta. Se for complicado e sufocante, não receberá resposta.
  11. 11. www.agendor.com.br Um e-mail de vendas típico
  12. 12. O exemplo a seguir é baseado em um e-mail real. Os destinatários são pessoas que organizam feiras e conferências.
  13. 13. Só para você saber, o e-mail acima é, antes de mais nada, melhor que a média. É relativamente livre de bobagens e descreve um conceito de produto interessante. No entanto, é pouco provável que esse e- mail seja aberto, porque é isso que o destinatário vê na caixa de entrada (a abertura).
  14. 14. Isso é chato. E por que o destinatário se preocuparia com um e-mail como esse? As únicas chances para esse e-mail é que ele seja excluído. Mas vamos supor que o destinatário abra o e-mail. Nesse ponto, ele vai se deparar com 2 parágrafos extensos de texto (o benefício).
  15. 15. www.agendor.com.br
  16. 16. Se você ler os 2 parágrafos com cuidado, é muito claro o que está sendo oferecido. A maioria das pessoas não vão cometer esse esforço. As pessoas vão passar batidas sobre o que a sua empresa faz, e em seguida, vão apagar o e-mail.
  17. 17. www.agendor.com.br
  18. 18. No entanto, digamos que você leia o e- mail e entenda o benefício. Nesse ponto, ele é confrontado com milhares de coisas a fazer (o fechamento). São muitas chamadas à ação. O destinatário deveria acessar um site, ligar, escrever uma carta? Ou todas as anteriores?
  19. 19. www.agendor.com.br Como escrever um e- mail de vendas certo
  20. 20. Existe uma grande probabilidade de que seu e-mail seja lido e compreendido porque o benefício é simples. Finalmente, este e-mail é mais provável de conseguir uma resposta, porque a chamada à ação (uma “resposta a este e- mail” implícita) é simples e fácil de executar.
  21. 21. www.agendor.com.br Isso é tudo que seu e-mail precisa ter
  22. 22. Para resumir, os e-mails de vendas matadores são curtos e simples Eles contam com uma abertura intrigante, um benefício que o cliente pode entender facilmente e um fechamento que tenha uma chamada para ação de fácil entendimento.
  23. 23. Gostou da apresentação? Compartilhe e espalhe a ideia! + conteúdo em: agendor.com.br/blog

×