www.iamspesaude.com.br www.gagueira.org.br
Realização Nacional:
Informações:
www.cefac.br www.medicina.ufrj.br
GAGUEIRA NÃ...
Na grande maioria dos casos, a gagueira inicia na infância. Ainda existe a
crença errônea de que a gagueira resolve-se por...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Gagueira não tem graça, tem tratamento

398 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
398
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gagueira não tem graça, tem tratamento

  1. 1. www.iamspesaude.com.br www.gagueira.org.br Realização Nacional: Informações: www.cefac.br www.medicina.ufrj.br GAGUEIRA NÃO TEM GRAÇA. TEM TRATAMENTO. Na semana de 19 a 26 de outubro, ocorrerão eventos em todo o Brasil para comemorar o "Dia Internacional de Atenção à Gagueira". Informe-se sobre os que serão realizados na sua cidade. Patrocínio: Apoio: Realização Regional:
  2. 2. Na grande maioria dos casos, a gagueira inicia na infância. Ainda existe a crença errônea de que a gagueira resolve-se por si só e que nenhuma intervenção se faz necessária. Muitas vezes, os pais são orientados a fazer de conta que nada está acontecendo, a "esperar que passa" ou a pressionar o filho para falar sem gaguejar. Nenhuma dessas atitudes é, de fato, recomendada. A gagueira é um distúrbio de fluência, caracterizada por repetições, alongamentos ou bloqueios de sons ou de sílabas ou pela evitação dessas disfluências. É causada provavelmente por um mau funcionamento de áreas do cérebro relacionadas à temporalização da fala. Sendo assim, a criança não gagueja porque quer, para chamar a atenção dos pais, porque está com ciúmes do irmão ou porque é muito cobrada pelos pais. Em boa parte dos casos, a gagueira regride espontaneamente em até um ano após o início dos primeiros sintomas. Entretanto, para algumas crianças, a tendência é que a gagueira persista indefinidamente e se torne crônica. Por isso, é fortemente recomendado que os pais procurem um fonoaudiólogo especializado em gagueira assim que o distúrbio surgir. O fonoaudiólogo avaliará a fala da criança e poderá estimar se é mais alta a probabilidade de a gagueira regredir espontaneamente ou de cronificar-se. ·Se a maior probabilidade for de remissão espontânea, os pais serão esclarecidos e orientados sobre como interagir com a criança de forma a promover a fluência da fala. ·Se a maior probabilidade for de cronificação, o tratamento pode ser imediatamente iniciado. A intervenção precoce é muito mais efetiva do que a intervenção tardia. Devido à grande plasticidade do cérebro infantil, os resultados do tratamento são melhores e mais rápidos. Além disso, o impacto emocional e social da gagueira (tanto para a criança, quanto para seus pais) é bastante minimizado. Por isso, se o seu filho gagueja, não há por que esperar. Não existe idade mínima para se procurar ajuda profissional. Procure um fonoaudiólogo especializado em gagueira assim que os sintomas da gagueira forem percebidos. O tratamento da gagueira é muito eficaz se realizado precocemente e por um profissional especializado. A comunicação é um direito fundamental do ser humano. Maiores informações nos seguintes sites: CEFAC - Saúde e Educação: HSPE - Hospital do Servidor Público Estadual: IBF - Instituto Brasileiro de Fluência: FM-UFRJ - Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro: http://www.cefac.br http://www.iamspesaude.com.br http://www.gagueira.org.br http://www.medicina.ufrj.br

×