Apresentação inês magalhães

500 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
500
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação inês magalhães

  1. 1. Como garantir qualidade de vida e padrões urbanísticos em empreendimentos voltados para a baixa renda? Inês Magalhães Secretária Nacional de Habitação Ministério das Cidades COMPLAN - Outubro 2012
  2. 2. PREMISSAA Produção de Habitação de Interesse Social deve propiciar: Qualidade de Vida + Sustentabilidade Urbana
  3. 3. QUALIDADE DE VIDA URBANAQualidade de vida urbana, para os moradores e para acidade, pressupõe qualidade: da unidade habitacional - qualidade dos projetosarquitetônicos, atributos de conforto unidade; do empreendimento - qualidade do desenho urbano daimplantação, diferentes usos, diferentes faixas de renda, áreasverdes; na relação do empreendimento com a cidade – integraçãocom o tecido da cidade, acesso a serviços e equipamentossociais.
  4. 4. SUSTENTABILIDADE URBANADeve ter o foco na diminuição da desigualdade Melhoria da oferta de serviços, de empregos, da mobilidade e bens culturaisPacto social para a construção de uma agenda de Justiça Sócioambiental
  5. 5. PACTO SOCIALEstado: Sociedade Civil: Parâmetros e regulação  Reflexão sobre os padrões de Direcionamento dos investimentos consumo Congregar os diversos atores em  Mudança de paradigma dotorno da agenda urbana ESTADO modelo de cidade desejado MERCADO SOCIEDADE CIVILMercado: Desenvolvimento tecnológico dacadeia produtiva Responsabilidade Social SUSTENTABILIDADE Ampliação do repertório de ofertas
  6. 6. CIDADES SUSTENTÁVEISPrincípios das cidades sustentáveis deve ser replicadotambém na habitação para baixa renda:  Mix de renda  Mix de uso  Baixa necessidade de mobilidade
  7. 7. CIDADES SUSTENTÁVEISObjetivo final da oferta de habitação para baixa renda é garantia de direito, mas é também um instrumento de diminuição de desigualdade
  8. 8. CIDADES SUSTENTÁVEIS Ao mesmo tempo, o padrão reproduzido nas demais faixas derenda não é um modelo sustentável – cidades monofuncionais, excessiva verticalização sem planejamento...
  9. 9. CIDADES SUSTENTÁVEIS Temos o desafio de produzir milhões de unidades comsustentabilidade e o mínimo impacto e ao mesmo tempo quebrando paradigmas e construindo cidades
  10. 10. snh@cidades.gov.brwww.cidades.gov.br

×