Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 05

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 57 Ad
Advertisement

More Related Content

Slideshows for you (20)

Viewers also liked (20)

Advertisement

More from ADEP Portugal (20)

Recently uploaded (20)

Advertisement

Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 05

  1. 1. 5 O MUNDO DOS ESPÍRITOS 5.1 INTRODUÇÃO 5.2 ORIGEM E NATUREZA DOS ESPÍRITOS 5.3 PERISPÍRITO 5.3.1 Histórico 5.3.2 Natureza e propriedades
  2. 2. 5 O MUNDO DOS ESPÍRITOS 5.4 DIFERENTES ORDENS DE ESPÍRITOS 5.4.1 Introdução 5.4.2 Terceira ordem – Espíritos imperfeitos 5.4.3 Segunda ordem – Bons espíritos 5.4.4 Primeira ordem – Espíritos puros 5.5 PERCEPÇÕES, SENSAÇÕES E SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS
  3. 3. ORIGEM E NATUREZA DOS ESPÍRITOS
  4. 4. Espíritos São os seres iinntteelliiggeenntteess ddaa ccrriiaaççããoo;; PPoovvooaamm oo UUnniivveerrssoo ffoorraa ddoo mmuunnddoo mmaatteerriiaall ((ccoommoo ddeesseennccaarrnnaaddooss))..
  5. 5. Espírito e princípio espiritual Espírito é a individualização do princípio espiritual; Tudo se encadeia na natureza, desde o átomo primitivo até ao arcanjo.
  6. 6. Espírito e princípio espiritual Nem todos os espíritos tiveram origem na Terra; Iniciaram a sua marcha desde o princípio espiritual até à qualidade de espíritos;
  7. 7. EEssppíírriittoo ee pprriinnccííppiioo eessppiirriittuuaall TTêêmm uummaa sséérriiee ddee eexxiissttêênncciiaass qquuee pprreecceeddeemm aa ffaassee hhoommiinnaall;; CCoonnttiinnuuaamm aa ssuuaa mmaarrcchhaa aattrraavvééss ddee oouuttrrooss mmuunnddooss ccaaddaa vveezz mmaaiiss eevvoolluuííddooss,, ppaassssaannddoo ppoorr ffaasseess ccaaddaa vveezz mmaaiiss ddiissttaanntteess ddaa hhoommiinnaall..
  8. 8. PERISPÍRITO
  9. 9. HISTÓRICO A crença na sua existência existe desde a mais remota antiguidade, e em vários povos; Tem assumido várias designações, dependendo dos povos e da época;
  10. 10. William Crookes descobriu que é a chave de todos os fenómenos do Magnetismo e do Espiritismo. HISTÓRICO
  11. 11. HHIISSTTÓÓRRIICCOO NNaa aaccttuuaalliiddaaddee,, vváárriiooss cciieennttiissttaass oo eessttuuddaamm,, cchhaammaannddoo--llhhee MMooddeelloo OOrrggaanniizzaaddoorr BBiioollóóggiiccoo ((MM..OO..BB..)),, ccoorrppoo bbiioopplláássmmiiccoo,, eettcc..
  12. 12. CCoorrppoo FFííssiiccoo PPeerriissppíírriittoo EEssppíírriittoo Correntes Magnéticas ® ¬ Fluidos Nervosos ® ¬
  13. 13. NATUREZA E PROPRIEDADES
  14. 14. NATUREZA Corpo físico e perispírito têm ambos origem no fluido cósmico universal. Assim, ambos são matéria, só que em estados físicos diferentes.
  15. 15. PROPRIEDADES Matriz espiritual do corpo físico; Sustentador das formas físicas dos seres vivos; Retracta o nosso estado mental; Papel na mediunidade.
  16. 16. DIFERENTES ORDENS DE ESPÍRITOS
  17. 17. IINNTTRROODDUUÇÇÃÃOO FFaazzeemm--ssee sseegguunnddoo oo ggrraauu eevvoolluuttiivvoo;; SSããoo eemm nnúúmmeerroo iilliimmiittaaddoo;; NNããoo eexxiisstteemm ffrroonntteeiirraass eennttrree eellaass;; AA ffoorrmmaa,, aa eessccoollhhaa ddooss tteerrmmooss,, aass ccllaassssiiffiiccaaççõõeess ee ooss ssiisstteemmaass ssããoo ddaa rreessppoonnssaabbiilliiddaaddee ddee AAllllaann KKaarrddeecc..
  18. 18. IINNTTRROODDUUÇÇÃÃOO SSuubbddiivviiddeemm--ssee eemm ttrrêêss oorrddeennss::
  19. 19. 33..ª OORRDDEEMM EESSPPÍÍRRIITTOOSS IIMMPPEERRFFEEIITTOOSS
  20. 20. 3.ª ORDEM ESPÍRITOS IMPERFEITOS Características gerais: Predominância da matéria sobre o espírito; Propensão para o mal; Ignorância; Orgulho; Egoísmo... ... e todas as consequentes paixões;
  21. 21. 3.ª ORDEM ESPÍRITOS IMPERFEITOS Características gerais: Têm intuição de Deus, mas não O compreendem; Nem todos são essencialmente maus; Inteligência aliada à maldade ou malícia;
  22. 22. 3.ª ORDEM ESPÍRITOS IMPERFEITOS Características gerais: Restritos conhecimentos do mundo espiritual; Possível fonte de comunicações falsas ou incompletas; Sofrem com a lembrança e percepções da vida corporal pensando que assim permanecerão eternamente.
  23. 23. 22..ª OORRDDEEMM BBOONNSS EESSPPÍÍRRIITTOOSS
  24. 24. 2.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS Características gerais: Predominância do espírito sobre a matéria; Desejo do bem; As suas qualidades e poderes para o bem são relativas ao seu grau evolutivo;
  25. 25. 2.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS Características gerais: Uns tem a ciência, outros a sabedoria e a bondade; Conservam, mais ou menos, os hábitos de quando encarnados; Compreendem Deus e o infinito e já gozam da felicidade dos bons;
  26. 26. 2.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS Características gerais: São felizes pelo bem que fazem e pelo mal que impedem; Não têm inveja nem remorsos nem qualquer outra paixão terrena; Suscitam bons pensamentos;
  27. 27. 2.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS Características gerais: Não os move qualquer vício; Designados “bons espíritos” ou “espíritos protectores”; Ainda têm de passar por provas até atingir a perfeição.
  28. 28. 1.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS
  29. 29. 1.ª ORDEM BONS ESPÍRITOS Características gerais: Nenhuma influência da matéria; Superioridade intelectual e moral absoluta em comparação aos espíritos das outras ordens.
  30. 30. 3.ª Espíritos Imperfeitos Predominância da matéria sobre o espírito 10.ª 9.ª 8.ª 7.ª 6.ª Impuros Levianos Pseudo sábios Neutros Batedores e Perturbadores Inclinados ao mal, sua única preocupação Ignorantes, maliciosos, irreflectidos e zombeteiros Conhecimentos amplos; crêem saber mais do que sabem Nem fazem bem nem mal Provocam efeitos sensíveis e físicos ESCALA ESPÍRITA
  31. 31. 3.ª Espíritos Imperfeitos Predominância da matéria sobre o espírito 10.ª 9.ª 8.ª 7.ª 6.ª Impuros Levianos Pseudo sábios Neutros Batedores e Perturbadores Inclinados ao mal, sua única preocupação Ignorantes, maliciosos, irreflectidos e zombeteiros Conhecimentos amplos; crêem saber mais do que sabem Nem fazem bem nem mal Provocam efeitos sensíveis e físicos 2.ª Espíritos Bons Predominância do espírito sobre a matéria 5.ª 4.ª 3.ª 2.ª Benévolos Sábios De sabedoria Superiores Domina neles a bondade Têm muitos conhecimentos Têm qualidades elevadas Reúnem em si a ciência, a sabedoria e a bondade ESCALA ESPÍRITA
  32. 32. 3.ª Espíritos Imperfeitos Predominância da matéria sobre o espírito 10.ª 9.ª 8.ª 7.ª 6.ª Impuros Levianos Pseudo sábios Neutros Batedores e Perturbadores Inclinados ao mal, sua única preocupação Ignorantes, maliciosos, irreflectidos e zombeteiros Conhecimentos amplos; crêem saber mais do que sabem Nem fazem bem nem mal Provocam efeitos sensíveis e físicos 2.ª Espíritos Bons Predominância do espírito sobre a matéria 5.ª 4.ª 3.ª 2.ª Benévolos Sábios De sabedoria Superiores Domina neles a bondade Têm muitos conhecimentos Têm qualidades elevadas Reúnem em si a ciência, a sabedoria e a bondade 1.ª Espíritos puros Nenhuma influência da matéria 1.ª Puros Superioridade intelectual e moral absoluta ESCALA ESPÍRITA
  33. 33. PERCEPÇÕES, SENSAÇÕES E SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS
  34. 34. PERCEPÇÕES, SENSAÇÕES E SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS Agem com maior liberdade, porque não têm corpo físico, dependendo da sua ligação à matéria; Os que ainda estão ligados à matéria podem ter sensações de frio, calor, etc., que são a lembrança do que sofreram quando encarnados.
  35. 35. PERCEPÇÕES, SENSAÇÕES E SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS O conhecimento é proporcional ao nível de evolução; Os seus sentidos podem não estar localizados como quando encarnados; A sua sensibilidade em relação às artes e às belezas naturais depende, também, do seu nível evolutivo.
  36. 36. CONCLUSÃO A natureza dos espíritos nada tem a ver com a matéria. A sua origem remonta ao princípio espiritual. O perispírito é o elo de ligação entre o espírito e a matéria. Existem várias ordens de espíritos, mas não perfeitamente delineadas e definidas. Os espíritos desencarnados, em geral, têm mais percepções do que quando encarnados. Podem ter sensações e sofrimentos, dependendo da sua maior ou menor ligação à matéria.
  37. 37. TESTE
  38. 38. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.1 – Os espíritos são: ( ) a. Os seres superiores da criação; ( ) b. Os seres privilegiados da criação; ( ) c. Almas de outros planetas; ( ) d. Os seres inteligentes da criação.
  39. 39. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.1 – Os espíritos são: ( ) a. Os seres superiores da criação; ( ) b. Os seres privilegiados da criação; ( ) c. Almas de outros planetas; (x) d. Os seres inteligentes da criação.
  40. 40. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.2 – Os espíritos individualizam-se nos: ( ) a. Seres inanimados; ( ) b. Seres superiores da criação; ( ) c. Seres inferiores da criação; ( ) d. Chimpanzés.
  41. 41. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.2 – Os espíritos individualizam-se nos: ( ) a. Seres inanimados; ( ) b. Seres superiores da criação; (x) c. Seres inferiores da criação; ( ) d. Chimpanzés.
  42. 42. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.3 – Os espíritos têm origem: ( ) a. No princípio espiritual, como a matéria tem origem no fluido cósmico universal; ( ) b. Em microscópicos fragmentos de Deus; ( ) c. No fluido cósmico universal; ( ) d. No princípio vital, como a matéria tem origem no fluido cósmico universal.
  43. 43. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.3 – Os espíritos têm origem: (x) a. No princípio espiritual, como a matéria tem origem no fluido cósmico universal; ( ) b. Em microscópicos fragmentos de Deus; ( ) c. No fluido cósmico universal; ( ) d. No princípio vital, como a matéria tem origem no fluido cósmico universal.
  44. 44. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.4 – A união do espírito ao corpo dá-se: ( ) a. No momento da concepção; ( ) b. No momento do nascimento; ( ) c. Quando se completa um dia; ( ) d. Quando se completa um ano.
  45. 45. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.4 – A união do espírito ao corpo dá-se: (x) a. No momento da concepção; ( ) b. No momento do nascimento; ( ) c. Quando se completa um dia; ( ) d. Quando se completa um ano.
  46. 46. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.5 – A acção directiva do perispírito: ( ) a. Protege o espírito do frio; ( ) b. Protege o espírito da matéria; ( ) c. Orienta a informação do ser e sustenta a sua alma; ( ) d. Orienta a formação do ser e sustenta a sua forma.
  47. 47. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.5 – A acção directiva do perispírito: ( ) a. Protege o espírito do frio; ( ) b. Protege o espírito da matéria; ( ) c. Orienta a informação do ser e sustenta a sua alma; (x) d. Orienta a formação do ser e sustenta a sua forma.
  48. 48. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.6 – As principais ordens admitidas para os espíritos são: ( ) a. Imperfeitos, quase perfeitos, perfeitos; ( ) b. Perfeitos, imperfeitos; ( ) c. Imperfeitos, bons, puros; ( ) d. Anjos, demónios.
  49. 49. 1 – MARQUE A ALTERNATIVA CCOORRRREECCTTAA CCOOMM UUMM ““XX””.. 1.6 – As principais ordens admitidas para os espíritos são: ( ) a. Imperfeitos, quase perfeitos, perfeitos; ( ) b. Perfeitos, imperfeitos; (x) c. Imperfeitos, bons, puros; ( ) d. Anjos, demónios.
  50. 50. 22 –– AASSSSIINNAALLEE CCOOMM ““VV””,, SSEE VVEERRDDAADDEEIIRROO,, OOUU ““FF””,, SSEE FFAALLSSOO.. a. Todo o espírito que, nas suas comunicações, trai um mau pensamento pode ser classificado na terceira ordem. b. Os espíritos pseudo-sábios dispõem de poucos conhecimentos e têm consciência disso. c. Os espíritos superiores reúnem em si a ciência, a sabedoria e a bondade d. No mundo espiritual, o espírito tem as percepções que tinha quando encarnado e outras que o corpo físico não permite. e. Quando um espírito comunicante diz experimentar sensações de frio ou calor, de modo algum revela recordação da existência física. V F V V F
  51. 51. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é ( ) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. ( ) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. ( ) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  52. 52. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é (1) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. ( ) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. ( ) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  53. 53. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é (1) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. ( ) é semi-material. (2) A natureza do perispírito (1) o mais importante produto do FCU. ( ) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  54. 54. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é ( ) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. (2) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. ( ) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  55. 55. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é ( ) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. (2) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. (2) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  56. 56. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é ( ) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. (2) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. (2) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de ( ) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. (2) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.
  57. 57. 3 – NUMERE A 2.ª COLUNA, DDEE AACCOORRDDOO CCOOMM AA 11..ª.. (1) O perispírito é ( ) uma condensação de matéria cósmica em torno de um foco de inteligência ou alma. ( ) é semi-material. (2) A natureza do perispírito ( ) o mais importante produto do FCU. ( ) retrata o nosso estado mental. (3) O perispírito é hoje chamado por alguns cientistas de (3) modelo organizador biológico, corpo bioplasmático, etc. ( ) está em relação com o grau de adiantamento moral do espírito.

×