Addtech - Usabilidade

506 views

Published on

Apresentação da AddTech sobre usabilidade na Web.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
506
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Addtech - Usabilidade

  1. 1. Usabilidadenavegar épreciso
  2. 2. “Os artefatos não existem fora do envolvimento humano. Eles são construídos, compreendidos e reconhecidos quando usados pelaspessoas, que têm objetivos próprios.” Klaus Krippendorff (Professor de Cibernética, Linguagem e Cultura na Annenberg School for Communication, University of Pennsylvania, Philadelphia, EUA)
  3. 3. ACESSIBILIDADE X USABILIDADE FLEXIBILIDADE DO ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES FACILIDADE DE USO DE UM DETERMINADO PRODUTO OU LOCAL DESIGN DESIGN UNIVERSAL CONTEXTUAL
  4. 4. Usabilidade “ Usabilidade refere-se à capacidade de um software ser compreendido, aprendido, utilizado e ser atraente para o usuário, em condições específicas de uso” “Usabilidade é a efetividade, eficiência e satisfação com que um produto permite atender aos objetivos específicos de usuários específicos em um contexto de uso específico” Organização Internacional para a Padronização (ISO) ISO 9241
  5. 5. METAS DE Usabilidade- Eficácia- Eficiência- Segurança- Utilidade- Capacidade de aprendizagem- Capacidade de memorização
  6. 6. EficáciaSe refere a quanto um sistema é bom em fazer o que se espera dele. “Com o novo design e a nova disposição de informações passamos de 500 inscrições mês para 1200 “ “maior visibilidade do que o nosso cliente quer de fato da empresa”
  7. 7. EficiênciaSe refere a maneira como o sistema auxilia os usuários na realização de suas tarefas. “35% da operação de call center existia para responder apenas uma demanda. Onde achar a 2ª via de boleto?“
  8. 8. SegurançaImplica em proteger o usuário de condições adversas e situações indesejáveis. “Acesso rápido às funcionalidades por perfil através de área restrita”
  9. 9. UtilidadeRefere-se à medida na qual o sistema propicia o tipo certo de funcionalidade, demaneira que os usuários possam realizar aquilo que precisam ou que desejam. “Contraste, usabilidade e navegabilidade facilitada, acesso rápido às funcionalidades”
  10. 10. Capacidade de Aprendizagem eMemorizaçãoSe refere ao quão fácil é aprender a usar o sistema e facilidade de lembrar comoutilizar, depois de já se ter aprendido. “Repetição das cores linguagem iconográfica ajuda na setorização e memorização das tarefas de administração do conteúdo.”
  11. 11. princípios deUsabilidade Visibilidade Feedback Restrições Mapeamento Consistência Affordance
  12. 12. VisibilidadeFazer com que as coisas fiquem visíveis, abrangendo o modelo conceitual do sistema,os diversos atos possíveis e os resultados desses atos. “Facilitar o usuário a achar a informação mais facilmente”
  13. 13. RestriçõesFacilitar a definição de quais ações são possíveis em cada momento; delimitação deformas de interação que pode ocorrer em um determinado momento. “Tem certeza que deseja fazer isso?”
  14. 14. MapeamentoFacilitar a compreensão da interface de modo natural para que a ação do usuário sejarealizada de forma satisfatória. “Achei !!!!”
  15. 15. ConsistênciaRefere-se a projetar interfaces de modo que tenham operações semelhantes e queutilizem elementos semelhantes para a realização de tarefas similares. “Design Responsivo, adaptado a todos os dispositivos móveis, mantendo as mesmas características do desktop”
  16. 16. AffordanceNo caso de interfaces gráficas, refere-se ao atributo/qualidade percebida de umobjeto, sendo fundamentalmente uma convenção aprendida, que permite às pessoassaberem como utilizá-lo. “A experiência tem que ser positiva, sempre !”
  17. 17. HEURÍSTICA “Conjunto de regras e métodos que refletem oconhecimento humano e, geralmente, permitem obter uma resolução satisfatória de problemas.”“Heurísticas estão baseadas boas práticas de design.Estabelecem um conjunto de diretrizes e orientações para se evitar os problemas de usabilidade.”
  18. 18. 10 princípiosde HEURÍSTICA
  19. 19. 1. Visibilidade do status do sistema O sistema deve manter os usuários sempre informados sobre o queesta acontecendo, fornecendo um feedback adequado, dentro de umtempo razoável. carregando 75% 2. Compatibilidade com o mundo realToda a comunicação do sistema precisa ser contextualizada ao usuário, eser coerente com o chamado modelo mental do usuário. 3. Liberdade de controle do usuárioPermitir desfazer ou refazer a ação no sistema e retornar ao pontoanterior, quando estiver perdido ou em situações inesperadas.
  20. 20. 4. ConsistênciaTrate coisas similares, da mesma maneira, facilitando a identificação dousuário.5. Prevenção de ErrosAinda melhor que uma boa mensagem de erro é um design cuidadosoque possa prevenir esses erros6. Reconhecer ao invés de relembrarPermita que a interface ofereça ajuda contextual, e informações capazesde orientar as ações do usuário - ou seja – que o sistema dialogue com ousuário.
  21. 21. 7. Flexibilidade e eficiência de usoO sistema precisa ser fácil para usuários leigos, mas flexível o bastantepara se tornar ágil à usuários avançados.8. Estética e design minimalistaEvite que os textos e o design fale mais do que o usuário necessita saber.
  22. 22. 9. Suporte para o usuário reconhecer, diagnosticar e recuperar errosAs mensagens de erro do sistema devem possuir uma redação simples eclara que ao invés de intimidar o usuário com o erro, indique uma saídaconstrutiva ou possível solução.ISSO PODE !!!ISSO NUNCA !!!
  23. 23. 10. Ajuda e documentaçãoUm bom design deveria evitar ao máximo à necessidade de ajuda nautilização do sistema. Ainda assim, um bom conjunto de documentação eajuda deve ser utilizado para orientar o usuário em caso de dúvida. Deveser visível, facilmente acessada, e oferecer uma ferramenta de busca naajuda.
  24. 24. testes de usabilidade
  25. 25. O QUE SÃO ?• Técnicas etnográficas nas quais os usuários interagem com um produto ou sistema, em condições controladas, para realizar uma terefa, com objetivos definidos, em um dado cenário, visando a coleta de dados comportamentais.• A meta é determinar a sequência ótima de ações e reduzir a atividade improdutiva.
  26. 26. TESTES DE USABILIDADE
  27. 27. Muito Obrigado!Rio de JaneiroRua Conde de Lages 44 / Sl. 1311Glória • Rio de Janeiro • RJCEP: 20040-915 • Tel.: 21 3974-9450São PauloAv. Brig. Luis Antônio, 2482 / 5º andarJd. Paulista • São Paulo • SPCEP: 01317-001 • Tel.: 11 2865-7502

×