Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação oficial de etica na net

9,888 views

Published on

Melanie Laura Mariano

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Apresentação oficial de etica na net

  1. 1. Ética na internet<br />Será possível pôr em prática ?<br />
  2. 2. O que é ética?<br />Segundo o dicionário ética seria a parte da filosofia que estuda os deveres do homem para com Deus e a sociedade. Seria a ciência da moral.<br />A moral por sua vez trataria dos costumes ( dos bons costumes) do homem. O senso comum muitas vezes funde esses dois conceitos entendendo-os como um só, ou incorporando um ao outro.<br /> De modo que esses dois pilares dificilmente andam separados, até por que a moral é o objeto de estudo da ética.<br />
  3. 3. “Ética, é uma palavra que gera diferentes conclusões e diferentes pontos de vista, pois uma conduta pode ser ética para uma pessoa e pode ser antiética para outra, dependendo da individualidade, dos princípios, dos costumes, de maneira geral de como aquela pessoa foi criada em determinada sociedade.”<br /> Rodolfo Teixeira <br />
  4. 4. Caracterìsticas atribuìdas à ética<br /><ul><li>Respeito aos direitos do outro.
  5. 5. Bom cumprimento dos compromissos assumidos para com a sociedade, principalmente quando se trata de pessoas públicas, como políticos.
  6. 6. Respeito à privacidade do outro.
  7. 7. Respeito aos valores e credos alheios em geral. ( fé, costumes, tradições, pontos de vista.)</li></ul> É bastante comum ao pensarmos em componentes da ética ligarmos tais componentes à palavra respeito. Porém, em nosso mundo informatizado, será que costumamos usar tais conceitos no mais novo espaço de interação humana: a internet?<br />
  8. 8. Internet : terra sem lei. Mito ou verdade ?<br /> O maravilhoso novo mundo da internet e todo avanço comunicativo, informativo, interativo que ele traz, nos apontam novas necessidades de postura perante essa ferramenta. Não faltam exemplos de condutas antiéticas praticadas na internet, não são poucos os que atribuem isso a uma falta de impunidade, que na rede torna-se cada vez mais real. Muitas dessas condutas viram processos, crimes graves e contrariando a “regra da impunidade online” até mesmo prisões. <br />Uma das causa para a possível rotina da falta de ética na web, é justamente o modo como as pessoas respondem às diferentes informações que são recebidas de diversos lugares e formuladas por indivíduos de culturas totalmente variadas. <br />
  9. 9. Causas e casos da falta de ética na internet<br />Manipulação de imagens e vídeos que constrangem, ou agridem a privacidade alheia.<br />Sites fraudulentos que roubam dados pessoais do usuário.<br />Falsas promoções com a mesma finalidade de obter dados ilegalmente<br />Crimes de pedofilia com imagens pornográficas de ou para crianças<br />Difamações em sites de relacionamento<br />Apoio a preconceitos, bulliyng, perseguições<br />
  10. 10. ética na rede social<br />Wath´s happening? Como o espaço para escrever é curto, o melhor a fazer é distanciar-se de polêmicas e pensar bem o que você vai escrever no twitter.<br />Orkut: cuidado para não publicar informações demais sobre sua vida pessoal, humilhar ou invadir a privacidade das pessoas. Tenha cuidado ao participar de comunidades, evite aquelas que estimulem o racismo, ou exponham comportamentos seus desnecessários, por exemplo.<br />Fotolog, MSN ,facebook, etc.: não compartilhe dados, fotos, mensagens que fora da esfera virtual você não postaria ou que podem prejudica-lo(a)<br />
  11. 11. Internet , ética e educação.<br />Com os jovens e as crianças dominando cada vez mais as novas tecnologias, cresce a preocupação de pais e professores com os conteúdos aos quais seus filhos e alunos podem ter acesso.<br />Há o temor da exposição ao material pornográfico, violento, preconceituoso, ilegal. Nesse sentido várias ações educativas estão sendo planejadas e vivenciadas para que, os pais fiquem atentos ao que os filhos fazem on line, e para que as próprias crianças e adolescentes saibam discernir o que procurar na rede. O essencial é que haja conscientização dos dois lados.<br />
  12. 12. Fazendo acontecer<br /><ul><li>Redação de aluno da 7ª série / 8° ano.</li></ul>Ética e Pedofilia<br />A ética é um elemento fundamental para que a nossa sociedade possa funcionar de forma justa. Toda pessoa possui uma noção de ética, uma espécie de "consciência moral", estando sempre avaliando suas ações para dizendo se são boas ou más, certas ou erradas, justas ou injustas.Esse tipo de atitude é importante no nosso dia-a-dia, inclusive na Internet. A pedofilia na Internet é algo praticado por pessoas sem ética. Esse crime já chegou a ponto de reunir “Clubes” que reúnem pedófilos pelo mundo, abrindo uma porta para o tráfico de menores para a exploração sexual. O problema é que é muito difícil punir os que praticam esse crime quando ele é usado na Internet. Imagens pornográficas de crianças são vendidas e trocadas na rede. (...)<br />Os pais devem ajudar a combater o crime conhecendo a Internet e os sites nos quais seus filhos navegam. Devem ensinar suas crianças a fazerem um uso adequado do aparelho, devem explicar para elas os perigos da rede e não permitir que marquem encontros com desconhecidos. (...) Esperamos também que o governo tome uma providência sobre essa situação, para que, no futuro próximo, outras crianças inocentes não venham a sofrer com esses “atos criminosos” de pessoas inconseqüentes. <br />
  13. 13. Internet, ética e mundo empresarial<br />No meio empresarial, a discussão sobre ética e internet também ganha espaço. Nesse caso é importante estar atento às regras do ambiente de trabalho, `a cultura e ao estilo adotado pela empresa , questionamentos como:<br /><ul><li>Há espaço para o lazer online durante o expediente?
  14. 14. Navego mais em sites do meu interesse ou do interesse da empresa?
  15. 15. O tempo gasto na web atrapalha o rendimento?</li></ul>São totalmente válidos para quem preza pela postura disciplinada, focada e ética no trabalho.<br />
  16. 16. Modalidades antiéticas na internet<br />Ciberbullying: agressão anônima ou declarada, moral ou física, quase sempre provoca traumas.<br />Sexting: sex(sexo)+ texting(texto), é quando se produz ou envia conteúdo sexual, erótico, como fotos íntimas ou mensagens, para o namorado(a),ou para pretendentes, o perigo é que se esse material vier a domínio público toda a privacidade será exposta. A regra nesse caso é proteger seus direitos e intimidades sexuais<br />
  17. 17. Aliciamento: pode ser sexual, para o tráfico, ou para prática de outras atividades ilícitas. O internauta, entre outras coisas corre o risco de sofrer abuso ou até sequestro.<br />Chantagem: por isso é muito importante ter cuidado ao usar a internet, uma pessoa mal intencionada de posse de informações pessoais de alguém pode usá-las para tal finalidade.<br />Invasão: pode ser para roubar dados pessoais ou para denegrir a pessoa fazendo-se passar por ela, de posse de uma senha dela em uma rede social, por exemplo.<br />
  18. 18. cibercrime<br />Quando a falta de ética vira crime.<br />Quando ocorre a invasão de privacidade<br />Casos de pedofilia<br />Casos de estelionato, extorsão<br />Marcar encontros para praticar atos violentos ou danosos ao patrimônio público<br />Há casos de bulliyng<br />Fraudes com o uso de dados não autorizados<br />
  19. 19. Casos registrados<br />Segundo dados do CERT.BR o número de casos registrados foi :<br /><ul><li> Em 2004, 4015 cerca de 5,3%
  20. 20. Em 2005, 27.292 aumento de 500% em relação ao ano anterior
  21. 21. Em 2008, a porcentagem era de 40,13%
  22. 22. Os prejuízos diversos beiravam 300 milhões de reais em 2005.</li></ul>CERT = centro de estudos, repostas e tratamentos de incidentes de segurança no Brasil.<br />
  23. 23. Cartilha safernet Brasil<br />A Cartilha SaferDic@s foi elaborada pela equipe da SaferNet Brasil com o propósito de contribuir para a promoção da utilização da Internet de forma mais segura e ética. www.safernet.org.br<br />
  24. 24. Dicas gerais<br />Evite postar dados pesoais, fotos ou imagens de momentos íntimos.<br />Evite sites com conteúdo duvidoso ou comprometedor<br />Tenha cuidado para não ofender o outro ( sua fé, tradição, modo de vida, etc...) expressar a opinião deve ser um ato consciente.<br />Evite ficar mais tempo na internet do que interagindo com as pessoas no mundo real.<br />Não use o computador da empresa para fins pessoais, se não é permitido.<br />Se é permitido, cuidado com os sites que acessa.<br />Se você é pai fique atento ao que seu filho(a) faz na internet.<br />Nas redes sociais evite contar detalhadamente o que você fez durante o dia, ou qual sua rotina, postar comentários ou fotos desnecessárias<br />Conscientize-se sobre a importância de usar a internet corretamente.<br />
  25. 25. Refletindo...<br />É importante ser cauteloso ao navegar na rede, tudo o que se posta na internet é facilmente compartilhado, exposto, copiado, acessado. <br />Pensar duas vezes envolve tanto uma questão de ética quanto de segurança, respeito e privacidade. Autopreservação em todos os sentidos. <br />Essa nova ferramenta, talvez exatamente por ser nova deve ser usada com cuidado, nunca os jovens tiveram tanto acesso à informação e nunca houve um espaço onde a interação acontecesse tão frequentemente e rapidamente. A internet também é um espaço onde a máxima “meu direito acaba onde começa o do outro” é válida.<br />
  26. 26. Referências<br /><ul><li>Artigo da faculdade de infomática de Presidente Prudente (FIPP)
  27. 27. Minidicionário Silveira Bueno
  28. 28. Site: www.safernet.org.br acesso em 09/06/2011</li></ul>Aluna: Melanie Laura Mariano<br />Curso: Lincenciatura em Pedagogia<br />Semestre: 1°<br />Disciplina: informática em educação I<br />Professor: Alexsandro Tenório<br />Data: 10/06/2011<br />

×