Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Professor Luiz Marinswww.marins.com.brprofessor@marins.com.br
©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
Todos os slides desta palestra estarãodisponíveis aos participantes;Solicitar através do e-mail:  apresentacao@marins.com....
Washington, DC, setembro, 2011
Washington, DC, setembro, 2011
IMF/World Bank – Sep2011
IMF/World Bank – Sep2011
IMF/World Bank – Sep2011
IMF/World Bank – Sep2011
Fonte: www.ebooksgratis.com.br
Fonte: www.ebooksgratis.com.br
©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
Fonte: PriceWaterhouseCoopershttp://www.pwc.com/pt_BR/br/2014/assets/folder-copa-2014-09.pdf
Valor Econômico11 de maio de 2010
5º. Jogos Militares Mundiais do Conselho Internacional do Esporte Militar
http://www.conworld.net/America/sao-paulo-to-host-rotary-international-convention-in-2015.html
June 10, 2010
UNCTADConferência das NaçõesUnidas para o Comércio eDesenvolvimentoRelatório sobreInvestimentos Mundiais2010-2012Publicado...
September 6, 2010
The EconomistSeptember11-17 2010
14-20 de novembro de 2009                    11-17 de setembro de 2010As duas edições mais vendidas da história da THE ECO...
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas,               Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de D...
190.755.799 habitantes       25 a 59 anos = 89.654 M      (46,9%)          Maior que a população total da Alemanha (81,8 M...
108.508 M   (*) Não estão computadas 49.933 M ocupadas sem rendimentoFonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de T...
Até 1 SM                   Pobres                            40.024            36,8%1 a 3 SM                  Média baixa ...
PEA       CLASSE                          X 1.000                                             Argentina (40) + Chile (17) ...
Acima de 5 salários mínimos           10.076 M  (x 1.000)Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Re...
Brasil                     Pessoas Ocupadas - 2008            com rendimento mensal acima de 05 salários.         Comparaç...
Pense nisso...
Norte + Nordeste                                                          Guatemala     são maiores que a     Costa Rica  ...
Pense nisso...
Vamos fazer agora quatroenquetes com vocês para quesaibamos o que o clienterealmente deseja e os desafiosda execução.     ...
96,4%         38.615        votantesFonte: www.anthropos.com.br
84,5%              12.558             votantesFonte: www.anthropos.com.br
83,2%         15.550        votantesFonte: www.anthropos.com.br
Pense nisso...
89,1%                               17.315                              votantesFonte: www.anthropos.com.br
89,1%                               17.315                              votantesFonte: www.anthropos.com.br
As empresas têm “missão”; “crenças e valores”;“políticas”, etc.A dificuldade é transformar esses conceitosabstratos em fat...
Planejamentos Estratégicos assim comobudgets (orçamentos) são elaborados e adificuldade recai em como executar comqualidad...
Sem o compromisso total com aexecução as empresas vivemnum processo de melhoriacontínua do auto-engano;                   ...
As empresas de enorme sucesso são aquelascujos executivos são voltados para aexecução;Executar significa:  Garantir e acom...
Executar significa:  Garantir que as pessoas certas estejam nos lugares  certos para que as ações sejam concretizadas;    ...
Executar significa:Garantir que as pessoas tenham as condiçõesde operação (equipamentos, sistemas, etc.)adequadas para exe...
Executar significa:Garantir que as lideranças todas – dapresidência aos diretores, gerentes,supervisores, estejam total e ...
Executar significa:Que toda a liderança, ao participar ativamente,faça, constantemente, as perguntas certas paragarantir a...
Executar significa:  Não “engolir enrolado” quando uma proposta ou  idéia parecer não fazer sentido completo,  checando to...
Executar significa, resumindo:Definir e difundir, a todo momento, o FOCOda atividade;E envolver-se em todos os passos daex...
Avaliação de PessoalNome do(a) Colaborador(a):_____________________________________________________Função:________________...
Avaliação de Pessoal Nome do(a) Colaborador(a): Antônio Carlos de Oliveira Função: Gerente de Vendas - Salário atual: R$6....
Baixe formulário e instruções parafazer a “Avaliação de Pessoal” emsua empresa                       ©Anthropos Consulting...
Clique aqui
Pense nisso...         ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
O Fator Foco
©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
A Caçada do EMU
A Caçada do EMU
Pense nisso...
Estamos em tempos deunidade na diversidade
Pense nisso...       ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
Est. 1984
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empre...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empresa?"

1,851 views

Published on

Professor Luiz Marins, um dos mais requisitados palestrantes brasileiros e autor de 25 livros, foi um dos palestrantes do 10º Simpovidro, evento organizado pela Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro). O tema de sua apresentação foi "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empresa?"

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

10º Simpovidro Abravidro - Palestra profº Luiz Marins - "Os desafios da execução: por que as coisas não acontecem na empresa?"

  1. 1. Professor Luiz Marinswww.marins.com.brprofessor@marins.com.br
  2. 2. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  3. 3. Todos os slides desta palestra estarãodisponíveis aos participantes;Solicitar através do e-mail: apresentacao@marins.com.br ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  4. 4. Washington, DC, setembro, 2011
  5. 5. Washington, DC, setembro, 2011
  6. 6. IMF/World Bank – Sep2011
  7. 7. IMF/World Bank – Sep2011
  8. 8. IMF/World Bank – Sep2011
  9. 9. IMF/World Bank – Sep2011
  10. 10. Fonte: www.ebooksgratis.com.br
  11. 11. Fonte: www.ebooksgratis.com.br
  12. 12. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  13. 13. Fonte: PriceWaterhouseCoopershttp://www.pwc.com/pt_BR/br/2014/assets/folder-copa-2014-09.pdf
  14. 14. Valor Econômico11 de maio de 2010
  15. 15. 5º. Jogos Militares Mundiais do Conselho Internacional do Esporte Militar
  16. 16. http://www.conworld.net/America/sao-paulo-to-host-rotary-international-convention-in-2015.html
  17. 17. June 10, 2010
  18. 18. UNCTADConferência das NaçõesUnidas para o Comércio eDesenvolvimentoRelatório sobreInvestimentos Mundiais2010-2012Publicado em07 de setembro de 2010
  19. 19. September 6, 2010
  20. 20. The EconomistSeptember11-17 2010
  21. 21. 14-20 de novembro de 2009 11-17 de setembro de 2010As duas edições mais vendidas da história da THE ECONOMIST desde setembro de 1843
  22. 22. Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2007-2008. Publicação: setembro, 2009
  23. 23. 190.755.799 habitantes 25 a 59 anos = 89.654 M (46,9%) Maior que a população total da Alemanha (81,8 MM)Fonte: IBGE, CENSO 2010
  24. 24. 108.508 M (*) Não estão computadas 49.933 M ocupadas sem rendimentoFonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2008. Publicação: setembro, 2009
  25. 25. Até 1 SM Pobres 40.024 36,8%1 a 3 SM Média baixa 47.835 44,1%3 a 10 SM Média média 17.144 15,8%10 a 20 SM Média alta 2.560 2,4%+ 20 SM Elite 945 0,8% 67.539 62,2% (x 1.000) PEA 108.508 100%Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2008. Publicação: setembro, 2009
  26. 26. PEA CLASSE X 1.000 Argentina (40) + Chile (17) + Portugal (10,6); Maior que a França (65) Espanha (45) + Austrália (22) Média 67.539 Itália (60) + Israel (7.5)Fonte: IBGE/PNAD 2008 (setembro Austrália (22) + 2 Suiças (15.4) + Israel (7.5)2009) + Austria (8.3) + Cingapura (4.9)CIA WORLD FACTBOOK - USAPopulações estimadas - Janeiro 2009 + Costa Rica (4.5) + Paraguai (6.3) (x 1.000) Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2008. Publicação: setembro, 2009
  27. 27. Acima de 5 salários mínimos 10.076 M (x 1.000)Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2008. Publicação: setembro, 2009
  28. 28. Brasil Pessoas Ocupadas - 2008 com rendimento mensal acima de 05 salários. Comparação com população total de diversos países (*) PEA POP. TOTAL POPULAÇÃO DOS PAÍSES X 1.000 X 1.000 Acima de 10.076 Uruguai (3,4); + Libano (4,2); 05 salários + Kuwait 2,9); mínimos ou (x 1.000) Noruega (4,8); + Dinamarca (5,5)Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento,Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2008. Publicação: setembro, 2009
  29. 29. Pense nisso...
  30. 30. Norte + Nordeste Guatemala são maiores que a Costa Rica Argentina Uruguai Marrocos Líbano Rep. Dom. Equador Egito Líbano BolíviaO interior de SP é Bélgicamaior que a Argentina Colômbia Kwait Líbia Peru
  31. 31. Pense nisso...
  32. 32. Vamos fazer agora quatroenquetes com vocês para quesaibamos o que o clienterealmente deseja e os desafiosda execução. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  33. 33. 96,4% 38.615 votantesFonte: www.anthropos.com.br
  34. 34. 84,5% 12.558 votantesFonte: www.anthropos.com.br
  35. 35. 83,2% 15.550 votantesFonte: www.anthropos.com.br
  36. 36. Pense nisso...
  37. 37. 89,1% 17.315 votantesFonte: www.anthropos.com.br
  38. 38. 89,1% 17.315 votantesFonte: www.anthropos.com.br
  39. 39. As empresas têm “missão”; “crenças e valores”;“políticas”, etc.A dificuldade é transformar esses conceitosabstratos em fatos concretos ou seja “executar” amissão, as crenças e valores e as políticas;Mais difícil ainda é avaliar as pessoas e dar feedbackcom base na execução;Dar coerência ao discurso e à prática da execução éum grande desafio. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  40. 40. Planejamentos Estratégicos assim comobudgets (orçamentos) são elaborados e adificuldade recai em como executar comqualidade, velocidade e coerência;Os budgets (orçamentos) são elaborados epassa-se boa parte do ano de execuçãojustificando-se seu não cumprimento;As metas são colocadas abaixo do realpotencial pelos níveis de execução e às vezesacima da realidade atingível pelos níveisestratégicos; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  41. 41. Sem o compromisso total com aexecução as empresas vivemnum processo de melhoriacontínua do auto-engano; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  42. 42. As empresas de enorme sucesso são aquelascujos executivos são voltados para aexecução;Executar significa: Garantir e acompanhar que todos os pontos discutidos no planejamento sejam transformados em ações e comportamentos, funcionais, observáveis e mensuráveis; Garantir que todas as ações tenha responsáveis e prazos de execução determinados e acordados; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  43. 43. Executar significa: Garantir que as pessoas certas estejam nos lugares certos para que as ações sejam concretizadas; Isso significa participar ativamente do recrutamento e seleção de talentos Participar ativamente no processo de formação de talentos; Participar ativamente no processo de avaliação das pessoas; Garantir que as recompensas (bônus, promoções, etc.) sejam dadas em função da execução; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  44. 44. Executar significa:Garantir que as pessoas tenham as condiçõesde operação (equipamentos, sistemas, etc.)adequadas para executar o que delas éesperado e cuidar para não entrar numprocesso de auto-engano;Garantir que as pessoas sejamresponsabilizadas pela execução ou não-execução do que foi acordado; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  45. 45. Executar significa:Garantir que as lideranças todas – dapresidência aos diretores, gerentes,supervisores, estejam total e pessoalmenteenvolvidos e comprometidos com a execução,de fato, i.e. que acompanhem tudo o que estáacontecendo e não façam da “delegação” umadesculpa para a “abdicar” daresponsabilidade de participar da execução; ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  46. 46. Executar significa:Que toda a liderança, ao participar ativamente,faça, constantemente, as perguntas certas paragarantir a execução: Como conseguiremos atingir essas metas? De onde virão os recursos? Quem vai fazer essa pesquisa para sabermos a posição de nossos concorrentes? Os clientes estão dispostos a pagar por isso? Como você sabe? Temos o suporte necessário? O nosso software nos dá esses dados? Qual é o cronograma? Etc... ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  47. 47. Executar significa: Não “engolir enrolado” quando uma proposta ou idéia parecer não fazer sentido completo, checando todas as possibilidades antes de decidir/autorizar; Ter a coragem de dizer várias vezes:“Eu não entendi”“Eu não sei” ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  48. 48. Executar significa, resumindo:Definir e difundir, a todo momento, o FOCOda atividade;E envolver-se em todos os passos daexecução, garantindo que todos as pessoassaibam exatamente qual é e estejamcomprometidas com o FOCO; Só o total conhecimento e comprometimento com o FOCO, garante a execução. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  49. 49. Avaliação de PessoalNome do(a) Colaborador(a):_____________________________________________________Função:_________________Salário atual: ____________ Admissão: ___________________I- Pontos Frágeis e Pontos Fortes: PONTOS FRÁGEIS PONTOS FORTESII – Objetivos, Metas e Considerações gerais para o próximo semestre: OBJETIVOS/METAS/CONSIDERAÇÕES GERAIS Fevereiro, 1985 ©Anthropos Consulting
  50. 50. Avaliação de Pessoal Nome do(a) Colaborador(a): Antônio Carlos de Oliveira Função: Gerente de Vendas - Salário atual: R$6.800,00 – Funcionário desde setembro 1999. Pontos Frágeis e Pontos Fortes: PONTOS FRÁGEIS PONTOS FORTESVisita pouco os clientes preferenciais Lidera os vendedores com segurançaDemora na entrega dos relatórios de viagem Faz excelente pós-venda após cada negócioNão formou seu sucessor ainda É comprometido com os valores da empresaAcompanha poucos vendedores no campo Não falta ao trabalhoTem dificuldade em matemática financeira Tem senso de urgência – resolve!II – Objetivos, Metas e Considerações gerais para o próximo semestre: OBJETIVOS/METAS/CONSIDERAÇÕES GERAISVisitar nossos clientes preferenciais quinzenalmente e apresentar relatório de visita e viagem nosprazos.Formar um sucessor para sua posição até a próxima avaliação;Fazer um curso de matemática financeira que a empresa irá proporcionar 50%;Sair com um vendedor por semanaManter todos os pontos fortes – reforçando todos eles, especialmente o senso de urgência. ©Anthropos Consulting
  51. 51. Baixe formulário e instruções parafazer a “Avaliação de Pessoal” emsua empresa ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  52. 52. Clique aqui
  53. 53. Pense nisso... ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  54. 54. O Fator Foco
  55. 55. ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  56. 56. A Caçada do EMU
  57. 57. A Caçada do EMU
  58. 58. Pense nisso...
  59. 59. Estamos em tempos deunidade na diversidade
  60. 60. Pense nisso... ©Anthropos Consulting – www.marins.com.br
  61. 61. Est. 1984

×