Mecânica é a parte da física que estuda osmovimentos.Cinemática estuda os movimentos sempreocupação com suas causas.Dinâmi...
Para Aristóteles, força era a causa davelocidade de um movimento.Para Newton, força é a causa da aceleraçãodo movimento.Co...
Força é um grandeza representada por umvetor (simbolizado por seta). Ela possui:Intensidade (valor numérico. No SistemaInt...
Qualquer grandeza que dependa de direçãoe sentido além da intensidade érepresentada por vetores.Além da força, a velocidad...
Isaac Newton enunciou as três leisPrincipais da dinâmica:Primeira Lei: Princípio da InérciaSegunda Lei: Princípio Fundamen...
Princípio da InérciaTodo corpo tende a manter seu estado demovimento se não houver nenhuma forçaagindo sobre ele.Primeira ...
Princípio Fundamental da DinâmicaA valor da resultante das forças agindo emum corpo é igual à sua massa multiplicadapor su...
Princípio da Ação e ReaçãoToda força agindo em um corpo gera umaforça de reação no outro corpo com mesmaintensidade, mesma...
Classificação ModernaHá quatro tipos de forças no Universo:- Gravitacional- Eletromagnética- Nuclear Fraca- Nuclear ForteT...
As forças nucleares são relevantes apenasem nível atômico e subatômico (e são maiscomplicadas que as leis de Newton).Exerc...
É a força de atração entre massas, descobertapor Isaac Newton (ele de novo).Somos atraídos pelo centro da Terra, logo afor...
A força gravitacional (normalmente chamadade força peso) é o produto da massa pelaaceleração da gravidade do planeta (9,8 ...
Uma força de natureza eletromagnética tem aver com forças geradas por cargas elétricas.Em mecânica, isso implica em forças...
NormalÉ a reação da superfície onde o corpo está.Em um plano reto, está na mesma direção daforça peso.Forças de Contato
Em um plano inclinado, a normal está“espetada” no plano.Forças de Contato
TraçãoÉ a força ocasionada por algum fio ou corda.Na figura, o carro puxa o bloco com uma corda(e pela terceira lei, o car...
AtritoToda superfície possui rugosidade e aspereza.Uma força de atrito pode ser definido como aresistência da superfície a...
Atrito EstáticoSe você empurra um piano e ele não sai dolugar, é porque há uma força de atrito estático.Ele só começará a ...
Atrito DinâmicoQuando um corpo já se move sobre umasuperfície com atrito, então há uma forçade atrito dinâmico no sentido ...
Força ElásticaÉ a força envolvida em molas e elásticos.Está sempre na direção oposta aodeslocamento do corpo.Sua intensida...
Quando se aplica uma força em um corpo e ocorpo sofre um deslocamento na mesmadireção dessa força, dizemos que foirealizad...
Energia não possui uma definição exata.Podemos entender energia como aquilo que épreciso ter para que trabalho seja realiz...
É a energia associada ao movimento de umcorpo.Aparece como a soma da energia potencial eda energia cinética de um corpo.En...
É a energia armazenada em um corpo para sertransformada em energia cinética. Emmecânica, pode serpotencial gravitacional o...
Exemplos: Uma flecha em um arco esticadotem energia potencial elástica.Energia Potencial
Um corpo pode perder energia para o meioexterno em forma de calor (devido ao atrito,por exemplo), por isso sua energia mec...
Na ausência de forças dissipativas (comoatrito), a Energia Mecânica se conserva (asoma da energia potencial com a energiac...
É o produto da massa pela velocidade de umcorpo. No Sistema Internacional é medida emkg.m/sA quantidade de movimento total...
Conservação da Quantidadede MovimentoA quantidade de movimento total do sistemasempre se conserva.Se você medir a quantida...
ImpulsoImpulso é a variação da quantidade de movimentode um corpo.Também pode ser representado pelo produtoda força atuant...
Força CentrípetaÉ a força resultante responsável pela variação dadireção da velocidade em movimentos curvos(como o movimen...
Força CentrípetaExemplo: Quando se dá um looping, a resultanteno ponto mais alto (normal + peso) é a forçacentrípeta que p...
PotênciaPotência é definida como a energia passada ourecebida em um certo invervalo de tempo. É dadapor: P = E/Δt.É medida...
Leis de KeplerJohannes Kepler foi um astrônomo do séculoXVII que percebeu algumas regularidades nasórbitas dos planetas.Ta...
Primeira Lei de KeplerOs planetas movimentam-se em trajetóriaselípticas, tendo o Sol com um dos focos.
Segunda Lei de KeplerOs planetas varrem áreas iguais em intervalos detempo iguais.
Terceira Lei de KeplerO quadrado do tempo de uma volta do planeta aoredor do Sol (ou seja, seu periodo de revolução)é dire...
Lei da Gravitação UniversalIsaac Newton (ele de novo) percebeu que osplanetas giram ao redor do Sol devido à umaforça grav...
Lei da Gravitação UniversalA força de atração gravitacional F entre um corpode massa m e outro de massa M separados poruma...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Habilidade 20 enem_fisica_aula_02

616 views

Published on

Segunda parte da habilidade de Mecânica

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
616
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Habilidade 20 enem_fisica_aula_02

  1. 1. Mecânica é a parte da física que estuda osmovimentos.Cinemática estuda os movimentos sempreocupação com suas causas.Dinâmica estuda os movimentosconsiderando suas causas.
  2. 2. Para Aristóteles, força era a causa davelocidade de um movimento.Para Newton, força é a causa da aceleraçãodo movimento.Conceito de força
  3. 3. Força é um grandeza representada por umvetor (simbolizado por seta). Ela possui:Intensidade (valor numérico. No SistemaInternacional é medida em Newton (N))Direção (horizontal, vertical ou diagonal)Sentido (para onde está apontando)Deve haver uma orientação para o sentido(se o apontamento for orientado comopositivo, o lado oposto necessariamenteserá negativo)Conceito de força
  4. 4. Qualquer grandeza que dependa de direçãoe sentido além da intensidade érepresentada por vetores.Além da força, a velocidade, o deslocamentoe a aceleração também são grandezasvetoriais.Já tempo e massa, por exemplo, nãodependem de direção e sentido, logo nãosão vetoriais (são grandezas escalares)Observação
  5. 5. Isaac Newton enunciou as três leisPrincipais da dinâmica:Primeira Lei: Princípio da InérciaSegunda Lei: Princípio Fundamental daDinâmicaTerceira Lei: Princípio da Ação e ReaçãoLeis de Newton
  6. 6. Princípio da InérciaTodo corpo tende a manter seu estado demovimento se não houver nenhuma forçaagindo sobre ele.Primeira Lei de Newton
  7. 7. Princípio Fundamental da DinâmicaA valor da resultante das forças agindo emum corpo é igual à sua massa multiplicadapor sua aceleração (Fr= ma).Segunda Lei de NewtonHá duas forças agindo nessebloco.A resultante dessas forças éigual à massa vezes aaceleração do bloco.
  8. 8. Princípio da Ação e ReaçãoToda força agindo em um corpo gera umaforça de reação no outro corpo com mesmaintensidade, mesma direção e no sentidooposto.Terceira Lei de Newton
  9. 9. Classificação ModernaHá quatro tipos de forças no Universo:- Gravitacional- Eletromagnética- Nuclear Fraca- Nuclear ForteTipos de Força
  10. 10. As forças nucleares são relevantes apenasem nível atômico e subatômico (e são maiscomplicadas que as leis de Newton).Exercícios de vestibular, em geral, usam ostipos gravitacional e eletromagnética.Tipos de Força
  11. 11. É a força de atração entre massas, descobertapor Isaac Newton (ele de novo).Somos atraídos pelo centro da Terra, logo aforça gravitacional que age em um corpo commassa na Terra é sempre nesse sentido.Força GravitacionalGaroto caindo na direção docentro da Terra.
  12. 12. A força gravitacional (normalmente chamadade força peso) é o produto da massa pelaaceleração da gravidade do planeta (9,8 m/s2).E pela Terceira Lei, se a Terra nos atrai, nósatraímos a Terra.Força Gravitacional
  13. 13. Uma força de natureza eletromagnética tem aver com forças geradas por cargas elétricas.Em mecânica, isso implica em forças geradaspor contato. Exemplo: quando empurro umacaixa, o contato da minha mão com a caixatem natureza eletromagnética.Força Eletromagnética
  14. 14. NormalÉ a reação da superfície onde o corpo está.Em um plano reto, está na mesma direção daforça peso.Forças de Contato
  15. 15. Em um plano inclinado, a normal está“espetada” no plano.Forças de Contato
  16. 16. TraçãoÉ a força ocasionada por algum fio ou corda.Na figura, o carro puxa o bloco com uma corda(e pela terceira lei, o carro também é puxadopelo bloco).Forças de ContatoForça que puxa o bloco Força que puxa o carroCorda
  17. 17. AtritoToda superfície possui rugosidade e aspereza.Uma força de atrito pode ser definido como aresistência da superfície ao movimento.É definida pela fórmula Fat=μ.NForças de Contato
  18. 18. Atrito EstáticoSe você empurra um piano e ele não sai dolugar, é porque há uma força de atrito estático.Ele só começará a se mover quandovocê fizer uma força que supere essa forçade atrito estático.Forças de Contato
  19. 19. Atrito DinâmicoQuando um corpo já se move sobre umasuperfície com atrito, então há uma forçade atrito dinâmico no sentido oposto aomovimento.Forças de Contato
  20. 20. Força ElásticaÉ a força envolvida em molas e elásticos.Está sempre na direção oposta aodeslocamento do corpo.Sua intensidade é dada por Fel= - kxForças de Contato
  21. 21. Quando se aplica uma força em um corpo e ocorpo sofre um deslocamento na mesmadireção dessa força, dizemos que foirealizado trabalho (normalmente usamos aletra grega ζ para representar trabalho).TrabalhoCaso a força não esteja na mesmadireção do deslocamento, apenasa componente horizontal da forçarealiza trabalho.
  22. 22. Energia não possui uma definição exata.Podemos entender energia como aquilo que épreciso ter para que trabalho seja realizado.Exemplo: você se cansa quando empurra algopesado, logo você transformou a energiaarmazenada no seu corpo em trabalho.Energia é uma grandeza escalar, ou seja, nãoprecisa de direção ou sentido.Tanto trabalho como energia são medidos emJoule (J) no Sistema Internacional.Energia
  23. 23. É a energia associada ao movimento de umcorpo.Aparece como a soma da energia potencial eda energia cinética de um corpo.Energia Mecânica
  24. 24. É a energia armazenada em um corpo para sertransformada em energia cinética. Emmecânica, pode serpotencial gravitacional ou potencial elástica.Exemplos: Alguém em cima de umescorregador tem energia potencialgravitacional.Energia Potencial
  25. 25. Exemplos: Uma flecha em um arco esticadotem energia potencial elástica.Energia Potencial
  26. 26. Um corpo pode perder energia para o meioexterno em forma de calor (devido ao atrito,por exemplo), por isso sua energia mecânicaem um certo instante pode ser diferente de suaenergia mecânica depois.Mas lembre-se: energia nunca some do nada(ela pode ser transferida para o meio externoem alguma forma, mas nunca desaparece ouaparece do nada)Conservação da Energia Mecânica
  27. 27. Na ausência de forças dissipativas (comoatrito), a Energia Mecânica se conserva (asoma da energia potencial com a energiacinética é a mesma em todos os instantes).Conservação da Energia Mecânica
  28. 28. É o produto da massa pela velocidade de umcorpo. No Sistema Internacional é medida emkg.m/sA quantidade de movimento total de umsistema é a soma da quantidade de movimentode todos os corpos envolvidos.Ao contrário da energia, quantidade demovimento é uma grandeza vetorial, portantoela depende de direção e sentido.Quantidade de Movimento
  29. 29. Conservação da Quantidadede MovimentoA quantidade de movimento total do sistemasempre se conserva.Se você medir a quantidade de movimento totalantes de uma colisão e depois, verá que o valoré o mesmo. Por outro lado, a energia mecânicapode se alterar devido à colisão.
  30. 30. ImpulsoImpulso é a variação da quantidade de movimentode um corpo.Também pode ser representado pelo produtoda força atuante em um corpo pelo tempo queessa força dura.É medido em N.s.
  31. 31. Força CentrípetaÉ a força resultante responsável pela variação dadireção da velocidade em movimentos curvos(como o movimento circular).Exemplo: Quando se dá um looping, a resultanteno ponto mais alto (normal + peso) é a forçacentrípeta que permite completar o looping.
  32. 32. Força CentrípetaExemplo: Quando se dá um looping, a resultanteno ponto mais alto (normal + peso) é a forçacentrípeta que permite completar o looping.A força centrípeta é dada por mv2/R, ou seja,depende da velocidade do corpo e do raio datrajetória do movimento.
  33. 33. PotênciaPotência é definida como a energia passada ourecebida em um certo invervalo de tempo. É dadapor: P = E/Δt.É medida no Sistema Internacional por W (J/s)No caso da mecânica, normalmente aparececomo trabalho realizado em certo intervalo detempo (P = ζ/Δt)
  34. 34. Leis de KeplerJohannes Kepler foi um astrônomo do séculoXVII que percebeu algumas regularidades nasórbitas dos planetas.Tais leis ficaram conhecidas como leis deKepler.
  35. 35. Primeira Lei de KeplerOs planetas movimentam-se em trajetóriaselípticas, tendo o Sol com um dos focos.
  36. 36. Segunda Lei de KeplerOs planetas varrem áreas iguais em intervalos detempo iguais.
  37. 37. Terceira Lei de KeplerO quadrado do tempo de uma volta do planeta aoredor do Sol (ou seja, seu periodo de revolução)é diretamente proporcional ao cubo de suadistância ao Sol.Colocando em números:T2= kd3Onde T é o período, d é a distância ao Sol e k é umnúmero constante.
  38. 38. Lei da Gravitação UniversalIsaac Newton (ele de novo) percebeu que osplanetas giram ao redor do Sol devido à umaforça gravitacional que age à distância (como jáfalamos antes).A força gravitacional é a força de atração entremassas.
  39. 39. Lei da Gravitação UniversalA força de atração gravitacional F entre um corpode massa m e outro de massa M separados poruma distância d é dada por:F = GmM/d2Onde G é a constante gravitacional dada por6,67.10-11Nm2/kg2Essa é a Lei da Gravitação Universal.

×