Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Uber: o peso do seu carro

Ad

O peso do seu carro

Ad

Dirigir nos dias de hoje no Brasil não
é tarefa das mais fáceis. Apesar de
termos um bom Código de Trânsito,
com leis pré-...

Ad

Ninguém nega que a aquisição de
um carro, modelo usado ou novo, traz
muitos benefícios e praticidades para
o nosso dia a d...

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Upcoming SlideShare
Brief #2: Ecobike Courier
Brief #2: Ecobike Courier
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 11 Ad
1 of 11 Ad

More Related Content

Uber: o peso do seu carro

  1. 1. O peso do seu carro
  2. 2. Dirigir nos dias de hoje no Brasil não é tarefa das mais fáceis. Apesar de termos um bom Código de Trânsito, com leis pré-determinadas e aprovadas, toda a população sofre com diversos problemas de mobilidade no país. Um deles é a falta de transporte público de qualidade para a população das cidades, o que acaba gerando um notável aumento da frota de veículos a cada ano que passa. CENÁRIO Fonte: DENATRAN, Sistema SIF, Relatório de Frotas. Elaboração: FGV DAPP. Disponível em: http://www.automotivebusiness.com.br/ abinteligencia/pdf/R_Frota_Circulante_2017.pdf, acessado em: 23/02/18. Hoje, para se ter uma ideia, temos em média um carro para cada quatro habitantes no país, o que resulta em enormes engarrafamentos em muitas cidades, aumento da poluição, acidentes de trânsito e vários outros problemas.
  3. 3. Ninguém nega que a aquisição de um carro, modelo usado ou novo, traz muitos benefícios e praticidades para o nosso dia a dia. Mas nem todos os lados de ser proprietário de um veículo são positivos. Muitas pessoas não sabem quanto custa manter um automóvel, e mesmo que seja um sonho, não é tão simples assim. Há gastos que preocupam alguns motoristas e, em alguns casos, chegam até a afastá-los do desejo de ter o veículo na garagem, principalmente em períodos de crise. QUESTÃO - PROBLEMA Afinal, entra ano, sai ano, quem tem um carro mantém as mesmas preocupações: gasolina, IPVA, manutenção, revisão, seguro… Mas o que muita gente deixa de fora desse cálculo são os aspectos emocionais, como o estresse dos engarrafamentos, a procura de vagas para estacionar, a violência no trânsito etc. São aspectos que pesam muito e influenciam a qualidade de vida de qualquer um. Um estudo publicado pela Fortune indicou que os carros ficam estacionados cerca de 95% do tempo. No Brasil, uma pesquisa do Ibope mostrou que um morador da capital paulista que usa o carro com frequência fica em média 3 horas e 9 minutos por dia no trânsito. Se estiver dirigindo, isso significa gastar mais de 47 dias por ano no trânsito, o que afeta diretamente a qualidade de vida das pessoas.
  4. 4. Com a possibilidade de usar os aplicativos de transporte, muitas pessoas estão deixando o carro em casa para economizar. Sem precisar pagar por gasolina e estacionamento nem causar desgaste do veículo, essa é uma alternativa cada vez mais vantajosa que vem fazendo a diferença no orçamento doméstico de muitas pessoas pelo mundo. UM NOVO MOMENTO Contudo, algumas optam por utilizar Uber apenas em situações esporádicas, como lazer, e preferem usar os veículos próprios no dia a dia, por motivos como as longas distâncias entre as cidades-satélites e os centros comerciais. Neste contexto, a Moringa desenvolveu uma campanha para convencer as pessoas a deixar seus carros e utilizar mais Uber no cotidiano. Foi uma campanha que começou sendo demandada pelo cliente apenas para o DF, mas que em pouco tempo ganhou todo o Brasil.
  5. 5. Objetivo principal: - Mostrar como a Uber pode ser uma melhor opção para deslocamento diário, em relação ao veículo próprio. Objetivos secundários: - Mostrar como ter um carro pode ser desvantajoso. - Incentivar as pessoas a usar menos o carro ou deixar de comprar automóveis. - Provar que utilizar a Uber, mesmo com as longas distâncias, pode ser mais vantajoso em longo prazo do que ter um carro pessoal. POR QUE NÃO USAR OS APPS DE TRANSPORTE? SOLUÇÃO ESTRATÉGIA Para modificar os hábitos de pessoas que já usavam o aplicativo Uber, mas que ainda preferiam utilizar o carro na rotina diária, foi necessário mostrar como isso iria proporcionar benefícios significativos em curto e longo prazo. A ideia era unir razão e emoção para gerar consciência de que usar a Uber não é apenas uma vantagem econômica. Afinal, não são só os custos do carro que afetam a vida das pessoas no dia a dia. Nem todas as pessoas consideram a Uber como uma opção viável para o transporte diário porque ainda veem mais vantagens em um usar o veículo próprio. Entre os principais motivos para isso, estão: Preço Se usados em muitos dias, os passageiros alegam que os preços pesam no bolso, porque veem o dinheiro sair aos poucos, diariamente. Comodidade Para pessoas que precisam transitar em muitos lugares no dia ou que percorrem longas distâncias, o serviço não é considerado tão vantajoso. Apego Mesmo com todos os problemas que um carro próprio pode trazer, muitas pessoas usam a direção como terapia e realmente têm um apego emocional a seus veículos.
  6. 6. Mostrando que ter um carro não é um peso só no bolso, mas também na rotina, enquanto a Uber pode ter o efeito contrário: tornar a vida mais leve. COMO: Pode economizar dinheiro: já que não precisa mais gastar tanto com gasolina, manutenção, seguro etc. Pode se estressar menos: pois não precisa se preocupar com batidas, tanque vazio, dirigir no engarrafamento, encontrar estacionamento. Pode ter mais comodidade: afinal, aosolicitar um carro, você conta com um motorista particular para levar você a qualquer lugar. Pode otimizar o tempo: como passageiro, você pode trabalhar, falar ao telefone, resolver pendências.
  7. 7. Objetivo de comunicação: Apresentar, de uma maneira leve e divertida, os gastos necessários para manter um veículo e chamar a atenção para alternativas de mobilidade como a Uber. Como: Criamos uma calculadora para provar para as pessoas que o carro particular pesa muito mais do que se imagina. Os usuários podiam descobrir o quanto é gasto em impostos, combustível, estacionamento e até os mesmo os impactos emocionais de ter um carro. Para chegar ao resultado, a metodologia considerou diferentes variáveis quantitativas, como o valor do carro, a distância percorrida diariamente, os gastos com manutenção, seguro, IPVA e combustível, além de aspectos emocionais, como a preocupação em encontrar uma vaga ou ficar preso no trânsito. E, com isso, muita gente descobriu que não vale manter o peso de um carro no dia a dia e que andar com a Uber fica mais leve no bolso. As vantagens apresentadas são tentadoras: conforto e mais tempo para atividades prazerosas, como ouvir música, ler, relaxar. SOLUÇÃO DE COMUNICAÇÃO AFINAL, QUAL É O PESO DO SEU CARRO? Sem contar a possibilidade de deixar de perder dinheiro com a manutenção do carro ou gerar renda dirigindo com a Uber. E teve promoção também: Para estimular ainda mais a utilização da calculadora, foi desenvolvida uma promoção para quem acessasse o site e finalizasse o teste para concorrer a um prêmio especial: um ano de Uber grátis. Um valor correspondente a R$ 14,6 mil de crédito para ser usado em viagens pelo aplicativo em qualquer cidade do Brasil.
  8. 8. VEJA COMO SEU CARRO PODE PESAR NO SEU BOLSO Parcelas mensais O seu carro já foi quitado ou você ainda está pagando por ele? Os juros das parcelas podem aumentar muito o custo do carro. Desvalorização Quando você compra um carro, ele já sai da concessionária valendo menos e, a cada ano, ele desvaloriza um pouco mais. Distância diária percorrida Quantos quilômetros você percorre por dia? Você costuma ir de casa para o trabalho ou passa sempre em algum outro lugar? A distância que você percorre diariamente só para calcular conta não o custo, mas também a depreciação do veículo. Manutenção e gasolina O preço do combustível varia constantemente, e você precisa fazer manutenção no veículo, no mínimo, duas vezes ao ano. Fora os imprevistos, o IPVA, o Seguro Obrigatório… E lá se vai uma quantia inesperada (e alta) de dinheiro gasto. Gastos emocionais Não são só os gastos monetários que contam, certo?! É preciso considerar o estresse na hora de estacionar, a preocupação com revisão e impostos, o tempo perdido ao volante nos trajetos e congestionamentos. Seu bem-estar mental também precisa ser levado em conta.
  9. 9. Como ação não poderia ficar apenas na internet, a levamos para as ruas a fim de chamar a atenção de quem ainda vive com o peso do carro. UMA CAMPANHA QUE GANHOU AS RUAS:
  10. 10. RESULTADOS MÍDIA ESPONTÂNEA: IMPACTO: “Campanha da Uber quer mostrar o quanto o carro ‘pesa’ na vida” “Uber lança calculadora virtual que estima gastos de carro particular” “Uber lança ação ‘O peso do seu carro’” EXAME VEJADIÁRIO DO NORDESTE de impressões orgânicas com influenciadores. 5MILHÕES de views nos filmes da campanha. 40MILHÕES de impressões offline. 890MILHÕES de impressões online. 310MILHÕES

×