DSTs

3,816 views

Published on

Apresentação sobre as DSTs: Contágio e Prevenção.

Published in: Education, Health & Medicine
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,816
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
314
Actions
Shares
0
Downloads
67
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

DSTs

  1. 1. EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE Doenças Sexualmente Transmissíveis Prof.: Geizevan Rosberg E.E.F.M. MONSENHOR ANTERO
  2. 2. DST <ul><li>O sexo faz parte da nossa vida de uma maneira perfeitamente natural, normal e saudável. OBS: segundo a bíblia o correto é após o casamento . At. 15.29 </li></ul><ul><li>No entanto, existem várias doenças que se transmitem através do contacto sexual. Por isso, estas doenças são chamadas de sexualmente transmissíveis (DST) ou venéreas. </li></ul>
  3. 3. DST <ul><li>Existem várias DST das quais: </li></ul><ul><li>Ftiaríase; </li></ul><ul><li>Sarna; </li></ul><ul><li>Gonorreia; </li></ul><ul><li>Sífilis; </li></ul><ul><li>Verrugas genitais; </li></ul><ul><li>Herpes; </li></ul><ul><li>Hepatite B; </li></ul><ul><li>Clamídia; </li></ul><ul><li>AIDS - SIDA </li></ul>DST
  4. 4. DST <ul><li>Causadas por vírus: </li></ul><ul><li>Verrugas genitais; </li></ul><ul><li>Herpes; </li></ul><ul><li>Hepatite B </li></ul><ul><li>SIDA </li></ul><ul><li>Causadas por bactérias: </li></ul><ul><li>Clamídia; </li></ul><ul><li>Gonorreia; </li></ul><ul><li>Sífilis; </li></ul>DST
  5. 5. DST Ftiaríase : Causada por piolhos do púbis. Estes piolhos são insectos minúsculos de seis patas parecidos com caranguejos a que vulgarmente se dá o nome de chatos; Estes insectos gostam de viver em zonas quentes, como a púbica; O tratamento consiste na aplicação de um medicamento na zona púbica; Estes tipos de piolhos nada têm a ver com os piolhos vulgares da cabeça, não são considerados DST. DST
  6. 6. DST Sarna : Causada por insectos minúsculos chamados ácaros; Podem causar comichões intensas à volta dos genitais, bem como nas outras partes do corpo à excepção do pescoço e cabeça; Pode ser tratada mediante a aplicação de um medicamento na zona infectada; O contacto sexual não é a única maneira de se apanhar os chatos e a sarna, também o contacto com lençóis, toalhas ou roupas de uma pessoa infectada pode transmitir. DST
  7. 7. DST <ul><li>Clamídia, Uretrite e Vulvaginite : </li></ul><ul><li>Os sintomas são as infecções nos olhos, pele e boca; </li></ul><ul><li>O homem é normalmente um portador assintomático; </li></ul><ul><li>A mulher transmite ao feto no parto; </li></ul><ul><li>Pode levar à esterilidade como consequência do não tratamento. </li></ul>DST
  8. 8. DST Gonorreia ou esquentamento , tem como sintomas a dificuldade em urinar, acompanhadas de corrimento (pus), estas queixas podem estar ausentes na mulher. No homem a falta de tratamento pode levar à esterilidade, na mulher provoca a inflamação da pélvis, e no recém-nascido pode provocar a cegueira. DST
  9. 9. DST Sífilis é extremamente grave e se não for tratada pode causar a morte; Numa grávida pode provocar mal formações no feto; Passa por vários estados em que primeiro aparecem feridas não dolorosas, nos genitais, depois aparecem caroços nas virilhas, axilas e pescoço e finalmente manchas no peito, nas costas, nas mãos e pés. Podem por vezes haver perda ocasional do cabelo. DST
  10. 10. DST <ul><li>Verrugas Genitais : </li></ul><ul><li>São inchaços que se localizam nos órgãos genitais externos, na mulher pode também localizar-se na vagina e no colo do útero, com aspecto de couve-flor; </li></ul>DST
  11. 11. DST <ul><li>Herpes genitais </li></ul><ul><li>Têm como sintomas, bolhas nos órgãos genitais; </li></ul><ul><li>Não foi encontrada uma cura para o herpes, mas pode ser tratado com medicamentos que fazem desaparecer as feridas e aliviam a zona infectada; no entanto as bolhas podem voltar a aparecer; </li></ul><ul><li>Pode contagiar o feto. </li></ul>DST
  12. 12. DST <ul><li>Hepatite B : </li></ul><ul><li>Tem como sintomas: a fadiga, perda de apetite, mal-estar, desconforto abdominal, icterícia ( resulta em coloração amarela apresentada pelo paciente) ; </li></ul><ul><li>Pode provocar graves problemas no fígado e mesmo levar à morte no caso de não haver tratamento. </li></ul><ul><li>Existe vacina para este tipo de hepatite. </li></ul>DST
  13. 13. DST <ul><li>AIDS ou SIDA A palavra aids é a sigla em inglês para Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Ela ataca o nosso sistema imunológico, responsável pelas defesas naturais do organismo, deixando o nosso corpo vulnerável a outras doenças e infecções. A aids não tem cura, mas tem tratamento que, se seguido corretamente, aumenta a qualidade de vida do paciente. </li></ul><ul><li>Uma mulher seropositiva pode transmitir o vírus ao bebé durante a gravidez, no aleitamento ou no parto. </li></ul><ul><li>Como não existe cura para a Sida, o melhor tratamento é a prevenção, usar sempre correctamente o preservativo em qualquer relação sexual ; </li></ul>DST
  14. 14. O que é o HIV? O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é o agente causador da SIDA (síndrome da imunodeficiência adquirida).
  15. 15. Diferença entre aids e HIV HIV é o vírus que transmite a doença. Alguém pode ter o HIV, mas ainda não ter desenvolvido aids. Quando isso acontece, a pessoa pode não ter nenhum sintoma aparente, mas ainda assim pode transmitir o vírus.
  16. 16. DST <ul><li>A doença resulta de uma falha do sistema imunitário, pelo que o doente pode morrer não da doença em si mas das infecções parasitas que o indivíduo adquire, tornando-o cada vez mais débil. </li></ul><ul><li>Ser seropositivo não significa ter Sida, significa sim, que foi infectado pelo vírus, podendo tê-lo no organismo durante vários anos sem que venha a desenvolver sintomas. </li></ul><ul><li>Para além do sofrimento físico o doente com Sida procura isolamento, por vezes com sentimentos de culpa e vergonha que a discriminação social fomenta </li></ul>DST
  17. 17. NÃO SE TRANSMITE A SIDA QUANDO: <ul><li>Ao abraçar, um beijo de cumprimento, um aperto de mão a uma pessoa com o vírus da Sida; </li></ul><ul><li>Através do pente, da escova, do prato, assento no sanitário, da maçaneta da porta que uma pessoa com SIDA tenha tocado; </li></ul><ul><li>Através da tosse ou de um espirro; </li></ul><ul><li>Nadando na mesma piscina, com alguém que tenha o vírus VIH; </li></ul><ul><li>Visitar a casa ou no hospital uma pessoa com Sida; </li></ul>
  18. 18. TRANSMITE-SE A SIDA QUANDO: <ul><li>Qualquer tipo de contacto sexual (homossexual ou heterossexual); </li></ul><ul><li>Consumo de drogas, usando agulhas ou seringas contaminadas; </li></ul><ul><li>Furos nas orelhas, tatuagens, piercings, devemos certificarmo-nos de que as agulhas utilizadas são descartáveis e os materiais são esterilizados; </li></ul><ul><li>Partilhar escovas de dentes ou lâminas de barbear; </li></ul><ul><li>Grávida infectada com o vírus VIH. </li></ul>

×