Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

problemas ambientais

1,495 views

Published on

Geografia_9.ano

Published in: Education
  • Be the first to comment

problemas ambientais

  1. 1. PROBLEMAS AMBIENTAIS Desertificação . Desflorestação . Biodiversidade O que se pode fazer para solucionar ?
  2. 2. PROBLEMAS AMBIENTAIS Introdução Os problemas ambientais vividos no mundo de hoje são consequência direta da intervenção humana no planeta e nos ecossistemas, causando desequilíbrios ambientais no planeta, comprometendo a vida.
  3. 3. PROBLEMAS AMBIENTAIS O que são: Consequência direta da intervenção humana nos diferentes ecossistemas da Terra. Causam desequilíbrios no meio ambiente e comprometem a qualidade de vida.
  4. 4. PROBLEMAS AMBIENTAIS A degradação da cobertura vegetal: A desflorestação ‒ aumento demográfico; A floresta é um recurso; que tem sido sobre ‒ aumento de áreas urbanas ‒ conversão longo da história e monoculturas para explorada aopara a agricultura, entre outras, atualmente exportação; ‒ fogos florestais; tem‒comoexploração dade pressão: sobre fatores madeira; ‒ fragmentação por estradas, etc. ; ‒ poluição atmosférica; ‒ introdução de espécies exóticas.
  5. 5. PROBLEMAS AMBIENTAIS A degradação do solo Solo  fina camada de terra móvel que cobre grande parte dos continentes. O solo é uma pelicula frágil da qual depende a produção alimentar que sustenta os seres vivos. Calcula-se que, em resultado das atividades humanas, 10 % da superfície terrestre tenham sido transformados de floresta e solo fértil em deserto e mais de 25 % das terras agrícolas correm risco de ter o mesmo destino. As causa da degradação prendem-se com: –Desflorestação; –Pastoreio excessivo; –Sobre exploração dos solos; –Urbanização das vastas áreas, –Queimadas; –Irrigação; –etc.
  6. 6. Desflorestação Provoca a redução da qualidade que as florestas consistem. E a desflorestação nas florestas tropicais provoca o aumento do efeito de estufa, visto que as florestas desempenham um grande papel na remoção do dióxido de carbono.
  7. 7. O que é a desflorestação? Processo de desaparecimento das Florestas. Causada pela actividade humana para a exploração de matéria primas. Estes acontecimentos acontecem com mais frequência nos países menos desenvolvidos.
  8. 8. Curiosidade... • Entre 1990 e 2000, a superfície florestal do mundo diminuiu 8,9 milhões de hectares por ano, cerca de 740 mil hectares por mês e pouco mais de 24 mil hectares por dia... Nota: 1 hectare = 10000 metros2
  9. 9. Taxa de desflorestação anual por país
  10. 10. Mais de metade da superfície florestal pertence a cinco países apenas.
  11. 11. Consequências da Desflorestação Níveis de Evaporação Níveis de Precipitação Quantidade de nuvens que refletem o calor do sol Clima mais seco e quente Solo mais duro não absorve a água da chuva Humidade Fertilidade Temperatura superfície terrestre da Desertificação Para agricultura intensiva Extinção de espécies e infertilidade do solo
  12. 12. Estatísticas • Segundo as estatísticas, 17 milhões (170000 km2) de florestas são destruídas anualmente. • Hoje em dia as percentagens de florestas virgens da Europa são praticamente nulas, e são extremamente reduzidas na América do Norte.
  13. 13. Modos de Desflorestação:  Abate e queima ;  Colheita de madeira;  Libertação dos solos para agricultura;  Libertação para plantação de florestas mais produtivas;  Desimpedimento para pastagens;  Abate para madeira combustível;  Colonização, mineração e exploração de óleo;  Construção de estradas e barragens.
  14. 14. Abate e queima  representa 45% da desflorestação em África e no sudeste Asiático; liberta enormes quantidades de dióxido de carbono aumentar o efeito de estufa.
  15. 15.  significativa fonte de desflorestação no sudeste Asiático e na África ocidental (até +/- 1990);  Danifica mais madeira do que extrai.  muitas vezes, as árvores abatidas são substituídas por novas plantações, ou a área é deixada para que se regenere naturalmente. Colheita de madeira
  16. 16. Libertação dos solos para agricultura: A "libertação" dos solos para agricultura, instalada em solos inférteis, resulta apenas em ganhos a curto prazo.
  17. 17. Libertação para plantação de florestas mais produtivas: • •
  18. 18. Desimpedimento para pastagens a maior causa de desflorestação, nas décadas de 70 e 80, na América Central, motivada pelo patrocínio governamental para a criação de ranchos produtores de gado.
  19. 19. Abate para madeira combustível O abate para madeira combustível (carvão vegetal) é um problema nas áreas secas de África, dos Himalaias e dos Andes.
  20. 20. Colonização, mineração e exploração de óleo: • O desimpedimento de vastas áreas para colonização, mineração e exploração de óleo têm importância local, na Indonésia e no Brasil onde, até recentemente, o governo colocava os excessos populacionais dos grandes centros nas florestas, para que aí se instalassem.
  21. 21. Desflorestação de Florestas Tropicais e Florestas tropicais gravemente desflorestadas no mundo
  22. 22. Regiões com maior taxa de desflorestação: • • • • EUA América Latina Ásia África
  23. 23. Soluções: • Devastar em igual proporção ao crescimento; • Conservar as plantas e animais das florestas tropicais, através da proteção dos habitats; • Investir na reflorestação de modo a criar novas fontes de madeira e reabilitar as áreas florestais degradadas.
  24. 24. DESERTIFICAÇÃO
  25. 25. O que é a desertificação? Desertificação é quando uma região perde a capacidade de produtividade e se transforma num deserto. Ao mesmo tempo que se dá este fenómeno, há também uma grande diminuição de fauna, flora e extinção de espécies. Desertificação é o fenómeno que corresponde à transformação de uma área em um deserto.
  26. 26. Causas humanas do ciclo da degradação dos solos
  27. 27. Principais causas de Degradação dos Solos Perda anual de solo: 75 mil milhões de toneladas por ano 1% 27% 37% Agricultura Intensiva Sobrepastoreio Desflorestação e consumo de lenha Industria e urbanização 35% Fonte: GAIA ATLAS,2005.
  28. 28. Causas da desertificação • Agricultura e a pecuária intensiva; • A desflorestação; • A urbanização e a poluição provocadas pelo homem – causam uma diminuição mundo, desertificando-as. das terras aráveis do
  29. 29. Agricultura Intensiva: Pecuária Intensiva:
  30. 30. Urbanização
  31. 31. Consequências da desertificação A desertificação do solo provoca a perda da capacidade produtiva Já sucedeu com mais de 6 milhões de hectares de terras produtivas Origina a perda da biodiversidade. O empobrecimento dos solos causa fome e pobreza há população. Afeta a economia dos países.
  32. 32. Risco de desertificação no mundo:
  33. 33. Soluções: • Reflorestação e manutenção do solo protegido com vegetação durante todo o ano; • Adequação das culturas ao tipo de solo; • Estudo da particularidade de cada solo; • Recuperação e conhecimento tradicional no que toca às boas práticas agrícolas. Alentejo / Douro - Vinho
  34. 34. BIODIVERSIDADE EM RISCO
  35. 35.  Biodiversidade é a quantidade de espécies de organismos vivos existentes nos ecossistemas da Terra.  Ainda se conhece pouco sobre a biodiversidade do planeta.  Calcula-se que existam entre 10 a 20 milhões de espécies, das quais apenas 13% estão descritas cientificamente (1,75 milhões).  O principal impacto da perda da biodiversidade é a extinção das espécies, que são irrecuperáveis.
  36. 36.  A interferência desordenada do homem no meio ambiente é a grande causadora da perda da biodiversidade mundial.  Plantas e animais têm sido exterminados de maneira muito rápida pela acção humana.  A taxa de extermínio de espécies ocasionada pelo homem é 50 a 100 vezes superior aos índices de extinção por causa natural.
  37. 37. Perda de biodiversidade
  38. 38. Causas da perda de Biodiversidade • • • • • • • • • Destruição e diminuição dos habitats naturais; Introdução de espécies exóticas e invasoras; Tráfico da fauna e flora silvestres; Desflorestação; Destruição dos solos aráveis; Desertificação; Incêndios; Poluição do solo, água e atmosfera; Ampliação desordenada das fronteiras agropecuárias dentro das áreas nativas; • Mudanças climáticas e aquecimento global; • Pesca abusiva e sobre pesca; • Caça sem critérios.
  39. 39. Soluções: • Controlo mais apertado ao tráfico ilegal de animais; • Redução da desflorestação; • Criação de reservas e áreas protegidas;
  40. 40. Conclusão: • Com este trabalho acabamos por perceber a importância das fauna e flora que nos rodeia, percebemos também que isto não é um tema qualquer, é um tema que se pensarmos bem, devemos prestar mais atenção. • Esperamos que tenham gostado e que tenham aprendido um pouco mais sobre este tema.
  41. 41. Bibliografia: • Contrastes de Desenvolvimento: Ambiente e sociedade, Cristina Domingues, Jorge Lemos e Telma Canavilhas; • “ESPAÇO GEO” - Ambiente e SociedadeVolume 2, Fernando Santos, Francisco Lopes Editora: Edições ASA
  42. 42. Bibliografia: • Fazer Geografia 9 - 9.º Ano Contrastes de Desenvolvimento / Ambiente e Sociedade, Ana Gomes, Anabela Santos Boto. Porto Editora
  43. 43. Bibliografia: Weldon Own. (2007). Atlas enciclopédico escolar. Rio de Mouro: Edição Portuguesa Evereste Editora, Lda.
  44. 44. Sites Consultados: • http://melhoraroambiente.webnode.com.pt/ • http://www.problemasambientais.com.br/
  45. 45. Trabalho realizado por: • • • • Denys Troshechko, n.6 Joana Figueiredo, n.17 Marcelo Santos, n.20 Vanessa Moço, n.23

×