Analise estruturada

655 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
655
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Analise estruturada

  1. 1. Ferramentas Estruturadas de Análise Dicionário de Dados Diagramas Entidade-Relacionamento Profa Miriam Sayão Resumo Análise Estruturada. Utilização das Ferramentas: DFD, Dicionário de Dados, Diagramas E-R, Português Estruturado, Árvore/Tabela de Decisão. Objetivo: construir um documento denominado de Especificação Estruturada. Identificação de objetos e operações Análise Gramatical – Definir “objetos” destacando todos os substantivos na definição escrita para o escopo do sistema ° Produtores e consumidores de dados ° Locais onde os dados são armazenados ° Itens de dados compostos – Definir “operações” sublinhando todos os verbos ativos ° Processos relevantes para a aplicação ° Transformações de dados – Considere outros “serviços” que podem ser requeridos pelos objetos e não estão apresentados explicitamente na definição Diagrama de Fluxo de Dados - Rede de processos inter-relacionados. Dicionário de Dados e DER - Detalham a interface. Português Estruturado, Árvore de Decisão, Tabela de Decisão - Descrição lógica e dos programas de ação. Elementos da Análise Estruturada De maneira simplificada, o processo de Análise Estruturada pode ser descrito como sendo a aplicação dos modelos abaixo: – Fluxo de Dados ° Fornece a indicação de como os dados são transformados à medida que se movem pelo sistema. ° Mostra as funções (e sua decomposição). – Dicionário de Dados ° Mostra a estrutura e composição dos dados. – Diagramas Entidade-Relacionamento ° Mostra as relações entre os dados. – Transição de Estados ° Indica como o sistema se comporta em conseqüência de eventos externos. Modelagem de Dados Examina os objetos de dados de maneira independente do seu processamento. Atenção especial ao domínio dos dados. Indica qual a relação entre objetos de dados. 1
  2. 2. Dicionário de Dados Dicionário de Dados Relação organizada de todos os elementos de dados pertinentes ao sistema, com definições precisas e rigorosas. Gramática “quase-formal” para descrição dos itens de dados. Notação útil para descrever dados de controle e valores permitidos (p.ex: “on” e “off”). É um repositório que também pode conter informações sobre “quem-usa” e “como-usa”. Pode ser representada manualmente, mas é melhor se apoiada por ferramenta CASE. Registra todos os fluxos de entrada e saída, depósitos de dados, fluxos e depósitos de dados temporários. Dicionário de Dados Dicionário de Dados Descreve o significado dos fluxos de dados e dos depósitos de dados. Descreve a composição de dados agregados Ex.: endereço. Especifica os valores e unidades relevantes. Descreve os relacionamentos entre depósitos de dados (diagramas E/R). Dicionário de Dados (DD) Nome: o nome primário do item de dados composto. Alias: outros nomes pelos quais o item é conhecido. Usado em: lugares (processos) que utilizam o item de dado. Forma de uso: como o item é utilizado (depósito de dados, entrada ou saída de dados, ... Descrição: descrição do item de dado composto com uso da notação apresentada no próximo slide. Formato: informações específicas sobre tipos de dados e valores pré-definidos. simples: Elementos de dados simples informações que não necessitam de decomposição. Elementos de dados compostos: composições de compostos elementos de dados simples e/ou outras estruturas de dados. Definição do DD: feita de forma TOP-DOWN. DD: Notação = + () {} [] | ** @ é composto por e opcional iteração ou repetição selecionar uma das várias alternativas separa alternativas quando se usa [] comentário identificador (chave) de um depósito de dados 2
  3. 3. Dicionário de Dados - Exemplos Nome = título + primeiro-nome + sobrenome Título = [Sr. |Sra.|Prof. |Profa.|Dr.|Dra.] Primeiro-nome = 3{caracter-válido} Sobrenome = 2{caracter-válido} Caracter-válido = [A-Z | a-z | ‘ | - | ‫] ط‬ Endereço = * ainda não definido* ‫ ط‬indica espaço em branco Dicionário de dados (cont.) Iteração ou repetição Pedido = nome-cliente + endereço-de-entrega + {item} Pedido = nome-cliente + endereço-de-entrega + 1{item}10 a = 1{b} a = {b}10 a = 1{b}10 a = {b} Seleção Sexo = [m | f | o] Tipo-do-cliente = [governo | indústria | universidade | outro] Dicionário de dados (cont.) Sinônimos (alias) Freguês = * sinônimo de cliente* Evite o uso excessivo. Avaliação do DD Todos os dados do DFD estão definidos? Todos os elementos do elemento composto foram definidos? Há elementos repetidos? Há elementos que não existem do DFD? Dicionário de dados (cont.) Dados elementares → mais nenhuma decomposição necessária Ex.: peso, altura. Dados opcionais Endereço-cliente = (endereço-de-entrega) + (endereço-de-cobrança) Endereço-cliente = [endereço-de-entrega | endereço-de-cobrança | endereço-de-entrega + endereço-de-cobrança] Endereço-cliente = endereço-de-entrega + (endereço-de-cobrança) Dicionário de dados (cont.) Iteração ou repetição {} indica de 0 a n ocorrências Coloca-se o caracter @ para o identificador (chave) do depósito de dados Exemplo: definição dos depósitos de dados Clientes e Funcionários Clientes = { @CPF + Nome + Data-registro + Endereço } Funcioná Funcionários = { @Matrícula + Nome + Data-admissão + endereço + { Telefone + Descrição} + { RG-dependente + Nome + Data-nascimento }} Diagramas Entidade-Relacionamento (DER) Utilizados para: Focalizar relacionamentos entre depósitos de dados; Definir depósitos de dados; Interagir com o usuário. Cliente Compra Livro 3
  4. 4. DER DER Componentes de um DER Entidades; Relacionamentos; Atributos. Entidade Representada por uma caixa retangular; Representa uma coleção ou conjunto de objetos do mundo real; Nome deve ser um substantivo no singular, acompanhado ou não de qualificador; Cada entidade desempenha um papel no sistema e deve ser : Identificada unicamente; Ser descrita por um ou mais elementos de dados. DER Trata Paciente Médico Cobra DER Os relacionamentos podem ser unários, binários, ternários... Pessoa Relacionamentos Representados por losangos; Nome pode ser verbo ou substantivo; Um relacionamento representa um conjunto de conexões entre entidades; Pode haver mais de um relacionamento entre dois objetos. casamento Cardinalidade: é o número de entidades de cada tipo que participa no relacionamento. Pode ser: 1:1 ; 1:N ; N:1 ; M:N Outras possibilidades: 3..4: 0..N ; 3, 5: 0..1 Cliente Tipo entidade: Atributo identificador: número_de_matrícula N Item M Ministra N Disciplina DER Aluno Atributos descritores: : nome, endereço, telefone, data_nascimento, curso, sexo Instância de entidade: número_de_matricula: 11250 nome: João da Silva endereço: Av. Ipiranga, 6681 telefone: 8887777 data_nascimento: 01/09/80 curso: Eng. De Computação sexo: m • Compra Professor DER 1 Instância de uma associação é uma ocorrência de uma ligação entre entidades Cliente Instâncias de Cliente compra Filme Instâncias de compra Instâncias de Filme C1 F1 C2 F2 C3 F3 C4 4 instâncias de Cliente 3 instâncias de Filme 3 instâncias da associação compra 4
  5. 5. DER DER A cardinalidade define os graus máximo e mínimo. O grau máximo de uma associação pode ser: •• 1 :: 1 1 1 •• 1 ::N 1 N Grau máximo: O grau máximo define o número máximo de vezes que O grau máximo define o número máximo de vezes que uma instância da entidade pode ocorrer na associação. uma instância da entidade pode ocorrer na associação. Exemplo: •• N :: M N M • O grau mínimo de uma associação pode ser: • •• 0 :: 0 0 0 tem 1 Carteira de habilitação Uma instância de Cliente pode ocorrer no máximo uma vez Um Cliente tem zero ou uma Carteira de habilitação •• 0 :: 1 0 1 • •• 1 :: 1 1 1 Uma instância de Carteira de Habilitação pode ocorrer no máximo uma vez Uma Carteira de Habilitação pertence a zero ou um Cliente DER DER Exemplo 1: Aluguel N pertence • Um Aluguel pertence a no máximo um Cliente • 1 O grau mínimo define o número mínimo de vezes que mí uma instância pode ocorrer na associação. Cliente Um Cliente pode ter vários Aluguéis Se é zero diz-se opcional, se é um diz-se obrigatória. Exemplo: Exemplo 2: Fornecedor 1 Cliente Cliente N fornece M Produto tem Carteira de Habilitação • • • Um Fornecedor fornece vários Produtos Carteira de Habilitação é opcional: um dado cliente pode não ter carteira. Cliente é obrigatório: uma carteira de Habilitação pertence no mínimo a um cliente. • Um Produto pode ser fornecido por vários Fornecedores DER DER Exemplo: Médico é médico família Doente Médico é opcional Um doente pode não ter médico de família Doente é opcional Um médico pode não ser médico de família de nenhum doente Exemplo: Fornecedor fornece Produto Fornecedor é obrigatório Um fornecedor fornece no mínimo um produto Produto é obrigatório Todo produto é fornecido no mínimo por um fornecedor 5
  6. 6. DER DER Os graus máximo e mínimo de uma relação Os graus máximo e mínimo de uma relação complementam-se e servem para especificar a política complementam-se e servem para especificar a política da organização no que se refere aos dados. da organização no que se refere aos dados. Fornecedor N Produto fornece M 1 Cliente Cartão tem 1 Notaç Notação alternativa: (min, max) Fornecedor (1..N) (1..1) Cliente (1..M) fornece (0..1) tem Produto (0..M) Acessível_por (0..N) Usuário tipo da permissão de acesso (1..M) inscrição nome Participa (0..N) N Contém informação sobre a porcentagem de tempo que o empregado dedica a um dado projeto. Funcionário (1..M) trabalha (1..N) Projeto esporte colocação categoria performance Construção do DER Identificaç associaç 2. Identificação das associações: 2.1 Verificar a descrição dos depósitos de dados no DD Exemplo: : Fornecedores = {Fornecedor + {código_produto}} Fornecedor = @código_fornecedor + nome + morada + número_contribuinte Produtos = {Produto + 1{código_fornecedor}} Produto = @código_produto + descrição + peso + cor N fornece 1. Identificação das entidades Identificaç » depó depósitos de dados; » depó depósitos de dados associados a entidades externas; » formulá documentos, formulários, utilizador. Competição Construção do DER Fornecedor Projeto trabalha Construção do DER Exemplos de associações com atributos Atleta Funcionário M Cartão DER Arquivo Uma associação possui atributos próprios, que são informações específicas que não podem ser derivadas automaticamente pelo sistema. M Produto 2.2 Verificar a especificação dos processos. Exemplo: processo fornecer; ... Se código_fornecedor in Fornecedores = código_ fornecedor in Produtos então ... fim_proc 6
  7. 7. Construção do DER 3. Definir os graus máximos e mínimos das associações má mí associaç 4. Especificar os atributos identificadores e os atributos descritores de cada entidade Verificar a descrição dos depósitos de dados no DD. Atributos identificadores são registrados como círculo preenchido. Demais atributos são registrados como círculo não-preenchido . Construção do DER 5. Completar o dicionário de dados com as descrições das dicioná descriç entidades e associações que ainda não estejam associaç presentes Médico trata Paciente Médico = @código_médico + nome + endereço + salário Paciente = @código_paciente + BI + nome + sexo + (telefone) Trata = @paciente _médico paciente_médico = código_ paciente + código_médico Referências Análise Estruturada Moderna – Álvaro Rocha – notas de aula. Análise Estruturada – João Araújo – notas de aula. Análise e Projeto de Sistemas – William S. Davis – Editora LTC. 7

×