Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Uml

5,746 views

Published on

UML

Published in: Technology, Education
  • DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THIS can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THIS is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THIS Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THIS the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THIS Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Uml

  1. 1. Unified Modeling Language Maurício Edgar Stivanello
  2. 2. Agenda <ul><li>Software e modelagem; </li></ul><ul><li>UML </li></ul><ul><ul><li>Introdução; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagramas; </li></ul></ul><ul><li>Comentários finais; </li></ul>
  3. 3. Agenda <ul><li>Software e modelagem; </li></ul><ul><li>UML </li></ul><ul><ul><li>Introdução; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagramas; </li></ul></ul><ul><li>Comentários finais; </li></ul>
  4. 4. Evolução do software <ul><li>O surgimento de sistemas de software complexos resultou na necessidade de reavaliar a forma de desenvolver sistemas; </li></ul><ul><li>As técnicas tem evoluído de forma impressionante, notavelmente no que tange à modelagem de sistemas. </li></ul>
  5. 5. Novos requisitos de sistemas <ul><li>Escalabilidade; </li></ul><ul><li>Segurança; </li></ul><ul><li>Robustez; </li></ul><ul><li>De fácil manutenção; </li></ul><ul><li>Reutilizável; </li></ul><ul><li>Como resolver isso... </li></ul>
  6. 6. Modelagem <ul><li>Um modelo pode ser visto como uma representação idealizada de um sistema a ser construído; </li></ul><ul><li>Maquetes de edifícios e de aviões e plantas de circuitos eletrônicos são apenas alguns exemplos de modelos; </li></ul><ul><li>Uma simplificação da realidade que nos ajuda a entender um problema complexo; </li></ul>
  7. 7. Modelagem de software <ul><li>A modelagem de sistemas de software consiste na utilização de notações gráficas e textuais com o objetivo de construir modelos que representam as partes essenciais de um sistema, considerando-se diversas perspectivas diferentes e complementares. </li></ul>
  8. 8. Para que modelar <ul><li>Ajuda no gerenciamento da complexidade inerente ao desenvolvimento de software; </li></ul><ul><li>Ajuda na comunicação entre as pessoas envolvidas; </li></ul><ul><li>Ajuda na predição do comportamento futuro do sistema. </li></ul>
  9. 9. Evolução da modelagem <ul><li>Na primeira metade da década de 90 surgiram várias propostas de técnicas para modelagem de sistemas; </li></ul><ul><li>Houve uma grande proliferação de propostas para modelagem de sistemas segundo o paradigma orientado a objetos; </li></ul><ul><li>Existiam diferentes notações gráficas para modelar uma mesma perspectiva de um sistema. </li></ul>
  10. 10. Necessidade de um padrão <ul><li>Percebeu-se a necessidade de um padrão para a modelagem de sistemas, que fosse aceito e utilizado amplamente; </li></ul><ul><li>Surgiram esforços nesse sentido de padronização, sendo o principal liderado por James Rumbaugh, Grady Booch e Ivar Jacobson (Rational). </li></ul>
  11. 11. Agenda <ul><li>Software e modelagem; </li></ul><ul><li>UML </li></ul><ul><ul><li>Introdução ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagramas; </li></ul></ul><ul><li>Comentários finais; </li></ul>
  12. 12. UML... <ul><li>Surge a UML em 1996 como a melhor candidata para ser a linguagem unificadora de notações; </li></ul><ul><li>Em 1997 a UML é aprovada como padrão pela OMG; </li></ul><ul><li>Desde então tem tido grande aceitação; </li></ul><ul><li>Atualmente na versão 2.0; </li></ul>
  13. 13. Características da UML <ul><li>É uma linguagem visual; </li></ul><ul><li>É independente de linguagem de programação; </li></ul><ul><li>É independente de processo de desenvolvimento; </li></ul><ul><li>Não é uma linguagem de programação; </li></ul><ul><li>Não é uma metodologia. </li></ul>
  14. 14. Usos da UML <ul><li>Visualização; </li></ul><ul><li>Especificação; </li></ul><ul><li>Documentação; </li></ul><ul><li>Comunicação; </li></ul><ul><li>Construção. </li></ul>
  15. 15. Diagramas Podem ser usados para... <ul><li>Mostrar os limites de um sistema e suas funções; </li></ul><ul><li>Representa a estrutura estática de um sistema; </li></ul><ul><li>Modelar o comportamento de objetos; </li></ul><ul><li>Apresentar a implementação física e a arquitetura de um sistema; </li></ul>
  16. 16. Elementos Essenciais Estruturais Classe Objeto Interface Nó Componente Relacionamentos
  17. 17. Elementos Essenciais Comportamentais Caso de uso Ator Estados Mensagens
  18. 18. Elementos Essenciais Extensão Notas Tagged Values
  19. 19. Elementos Essenciais Agrupamento Pacotes
  20. 20. Agenda <ul><li>Software e modelagem; </li></ul><ul><li>UML </li></ul><ul><ul><li>Introdução; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagramas ; </li></ul></ul><ul><li>Comentários finais; </li></ul>
  21. 21. Diagrama de Casos de Uso Visão Geral <ul><li>Descreve o que o sistema faz do ponto de vista do observador externo; </li></ul><ul><li>Ajuda a esclarecer os requisitos do sistema; </li></ul><ul><li>Ajuda a dividir o desenvolvimento do sistema em tarefas; </li></ul>
  22. 22. Diagrama de Casos de Uso Caso de uso <ul><li>Representa as diferentes funcionalidades que o sistema disponibiliza aos usuários. </li></ul>
  23. 23. Diagramas de Caso de Uso Atores <ul><li>Diferentes usuários que operam o sistema; </li></ul><ul><li>Sistemas externos que interagem com o sistema; </li></ul>
  24. 24. Diagramas de Caso de Uso Associação <ul><li>Representa a comunicação entre o ator e o caso de uso; </li></ul><ul><li>Também existem associações entre casos de usos; </li></ul>
  25. 25. Diagramas de Caso de Uso Diagrama completo
  26. 26. Diagramas de Classe Visão Geral <ul><li>Largamente utilizado; </li></ul><ul><li>Descreve os diferentes tipos de objeto e o relacionamentos entre eles. </li></ul>
  27. 27. Diagramas de Classe Classes <ul><li>Estereótipo; </li></ul><ul><li>Atributos; </li></ul><ul><li>Operações; </li></ul><ul><li>Visibilidade; </li></ul><ul><li>Tipo; </li></ul>
  28. 28. Diagramas de Classe Relacionamentos <ul><li>Associações representam relações entre ocorrências de classes; </li></ul>
  29. 29. Diagramas de Classe Relacionamentos <ul><li>Multiplicidade; </li></ul><ul><li>Navegabilidade; </li></ul>
  30. 30. Diagramas de Classe Relacionamentos <ul><li>Agregação; </li></ul><ul><li>Composição; </li></ul>
  31. 31. Diagramas de Classe Relacionamentos <ul><li>Generalização; </li></ul><ul><li>Dependência; </li></ul>
  32. 32. Diagramas de Classe Pacotes <ul><li>Agrupa classes relacionadas; </li></ul>
  33. 33. Diagramas de Classe Diagrama completo
  34. 34. Diagrama de Seqüência <ul><li>Mostra um conjunto de objetos, seus relacionamentos e as mensagens que podem ser enviadas entre eles; </li></ul><ul><li>Diagrama de seqüência dá ênfase à seqüência de mensagens; </li></ul>
  35. 35. Diagrama de Seqüência Objetos <ul><li>Representa uma instância de uma determinada classe; </li></ul>
  36. 36. Diagrama de Seqüência Mensagens <ul><li>Representa troca de mensagens entre os objetos; </li></ul>
  37. 37. Diagrama de Seqüência Fragmentos <ul><li>Servem para separar blocos de mensagens condicionadas a teste ou laço; </li></ul>
  38. 38. Diagrama de Seqüência
  39. 39. Diagrama de estados <ul><li>Exibe os possíveis estados de um objeto; </li></ul><ul><li>Exibe também as transições que causam a mudança de estado. </li></ul>
  40. 40. Diagramas de Classe Elementos básicos <ul><li>Estado inicial; </li></ul><ul><li>Estado final; </li></ul><ul><li>Estado intermediário; </li></ul>
  41. 41. Diagramas de Estados Diagrama completo
  42. 42. Diagramas de Implantação Visão Geral <ul><li>Mostra a configuração de software ou hardware; </li></ul><ul><li>Permite avaliar as diferentes situações de implantação do sistema. </li></ul>
  43. 43. Diagramas de Implantação Elementos básicos <ul><li>Componente; </li></ul><ul><li>Nó. </li></ul>
  44. 44. Diagramas de Implantação Diagrama completo
  45. 45. Agenda <ul><li>Software e modelagem; </li></ul><ul><li>UML </li></ul><ul><ul><li>Introdução; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diagramas; </li></ul></ul><ul><li>Comentários finais ; </li></ul>
  46. 46. Design na metodologia hoje Exemplo do RUP
  47. 47. Quanto esforço empregar <ul><li>Projeto; </li></ul><ul><li>Equipe de trabalho; </li></ul><ul><li>Complexidade; </li></ul><ul><li>Automatismos possíveis; </li></ul>
  48. 48. Engenharia Reversa <ul><li>Útil quando se quer trabalhar com sistemas sem documentação; </li></ul><ul><li>Nem sempre o resultado é satisfatório; </li></ul>
  49. 49. Ferramentas sugeridas <ul><li>StarUML em www.staruml.com </li></ul><ul><li>Poseidon em www.gentleware.com </li></ul><ul><li>Umbrello em http://uml.sourceforge.net/index.php </li></ul><ul><li>Rational Rose em www.rational.com </li></ul><ul><li>Dentre outras... </li></ul>
  50. 50. Fontes <ul><li>OMG – www.omg.org </li></ul><ul><li>UML – www.uml.org </li></ul><ul><li>UML Essencial – Grady Booch, Ivar Jacobson e James Rumbaugh </li></ul>
  51. 51. Obrigado... [email_address]

×