Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Portabilidade de uma aplicação

2,770 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Portabilidade de uma aplicação

  1. 1. Portabilidade de uma Aplicação<br />
  2. 2. Portabilidade de uma aplicação<br />O conceito de portabilidade, adquire, com o modelo de desenvolvimento de software livre, novas proporções.<br />Software proprietários normalmente são desenvolvidos visando as arquitecturas de hardware e software dominantes no mercado, e manter uma equipe de desenvolvimento e testes para arquitecturas menos utilizadas é inviável para a maioria das empresas, mesmo que na prática, garantir a portabilidade de um programa muitas vezes envolva apenas cuidados triviais. Com a disponibilidade do código-fonte, este tipo de verificação acaba sendo feita pela própria comunidade de usuários, trazendo benefícios para ambas as partes:<br />por um lado, a comunidade de usuários potenciais da aplicação aumenta;<br />por outro lado, a plataforma é beneficiada com a disponibilidade de mais aplicações.<br />
  3. 3. Portabilidade de uma aplicação (Cont.)<br />Uma aplicação portátil é um programa que pode ser levado connosco para qualquer parte num aparelho portátil como um disco externo, PEN USB, iPod. Estes programas não necessitam que seja instalado software adicional, apenas é necessário fazer o donwload da aplicação, extrair e já está pronta a funcionar.<br />É uma óptima maneira de termos sempre á mão ferramentas de Office, editor de imagem, Web Browser, Chat, etc…<br />Em um grande número de programas, os autores cometem o erro de pressupor como fixas determinadas características que, especialmente dada a natureza do software livre, são flexíveis. O modelo de software livre estimula a modificação. Mesmo tendo desenvolvido um programa para um determinado sistema operacional, o autor deve estar ciente de que ele eventualmente será portado.<br />
  4. 4. 1º Passo:<br />Escolher o programa que quer tornar portátil. Eu, escolhi o MP3 Rocket..<br />Para o fazer, precisarás de uns programas próprios, no meu caso eu escolhi o 7-zip e o Universal Extractor. É também necessário criar uma pasta e colocar lá o ficheiro 7zS que deve ser sacado.<br />Instala-los!<br />
  5. 5. 2º Passo:<br />Depois de todos os programas instalados, no ficheiro do programa escolhido para tornar portátil, clique no botão direito do rato e escolha a opção:”UniExtract para Subdirectoria”. Para o fazer, é necessário também o programa WinRar instalado.<br />
  6. 6. 3º Passo:<br />Seleccionar todos os ficheiros extraídos e com o botão direito do rato, escolher a opção 7-zip – adicionar ficheiros. Aparecerá esta janela. Grave numa pasta onde colocou o ficheiro 7zS.<br />
  7. 7. 4º Passo:<br />Ambos os ficheiros devem estar colocados na mesma pasta.<br />
  8. 8. Pronto<br />O programa está pronto a correr!<br />

×