Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Manual de serviço spacy cilindro

Manual de serviço spacy cilindro

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Manual de serviço spacy cilindro

  1. 1. CH125 7. CILINDRO/PISTÃO ESPECIFICAÇÕES 7-1 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7–1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 7–1 REMOÇÃO DO CILINDRO 7–2 REMOÇÃO DO PISTÃO 7–3 INSTALAÇÃO DO PISTÃO 7–6 INSTALAÇÃO DO CILINDRO 7–6 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INSTRUÇÕES GERAIS • Todos os serviços de inspeção e reparos do cilindro e pistão podem ser feitos sem remover o motor do chassi. Item Valor Correto (mm) Limite de uso (mm) Cilindro Diâmetro interno 52,400-52,410 52,50 Empenamento – 0,05 Conicidade – 0,05 Ovalização – 0,05 Pistão, Anel do pistão Folga entre o anel e a canaleta 1º anel 0,015-0,05 0,09 2º anel 0,015-0,05 0,09 Folga entre a extremidades dos anéis 1º anel 0,15-0,30 0,50 2º anel 0,25-0,40 0,60 Anel de óleo 0,20-0,80 – Diâmetro externo do pistão 52,370-52,390 52,30 Folga entre pistão e cilindro 0,010-0,040 0,10 Diâmetro interno do furo do pino do pistão 15,002-15,008 15,04 Diâmetro externo do pino do pistão 14,994-15,000 14,96 Folga entre pistão e o pino do pistão 0,002-0,014 0,02 Diâmetro interno do pé da biela 15,016-15,034 15,06 ESPECIFICAÇÕES DE TORQUE Parafuso da base do cilindro 10 N.m (1,0 kg.m) DIAGNOSE DE DEFEITOS Compressão baixa ou irregular • Cilindro ou anéis do pistão gastos • Vazamentos nas sedes das válvulas Compressão muito alta • Depósitos excessivos de carvão na câmara de combustão ou na cabeça do pistão Fumaça excessiva • Cilindro, pistão e anéis gastos • Posicionamento incorreto dos anéis do pistão • Cilindro ou pistão danificado Superaquecimento • Depósitos excessivos de carvão na câmara de combustão ou na cabeça do pistão • Fluxo do líquido de arrefecimento obstruído ou restrito • Termostato preso Batidas ou ruídos anormais • Pistão ou cilindro gastos • Depósitos excessivos na câmara de combustão ou na cabeça do pistão
  2. 2. CH125CILINDRO/PISTÃO 7-0 10 N.m (1,0 Kg.m)
  3. 3. CH125 7-2 REMOÇÃO DO CILINDRO Remova o cabeçote (capítulo 6). Remova a mangueira de água do cilindro. Remova o parafuso da base do cilindro. Remova o cilindro. Remova a junta do cilindro e pinos guias. Limpe completamente o material da junta da superfície do cilindro. NOTA Molhe a junta com solvente para facilitar sua remoção. INSPEÇÃO Verifique se as superfícies internas do cilindro estão gastas ou danificadas. Meça o diâmetro interno do cilindro em três pontos (topo, centro e base) e em duas direções em ângulo reto (90°) LIMITE DE USO: 52,30 mm CILINDRO/PISTÃO CILINDRO MANGUEIRA DE ÁGUA PARAFUSO JUNTA PINO GUIA (1)TOPO (2)CENTRO (3)BASE
  4. 4. CH125 CILINDRO/PISTÃO 7-3 Inspecione a parte superior do cilindro quanto a empenamento. LIMITE DE USO: 0,05 mm REMOÇÃO DO PISTÃO Coloque um pano sob o pistão para evitar que a trava do pino do pistão e outras peças caiam no interior do motor. Remova as travas do pino do pistão usando um alicate. Pressione o pino do pistão para fora do pistão. INSPEÇÃO Remova os anéis do pistão. Inspecione o pistão se não há danos ou desgaste nas canaletas. ATENÇÃO Os anéis do pistão são quebrados fácilmente. Tenha cuidado para não danificá-los durante a remoção. Meça a folga entre o anel e a canaleta. LIMITE DE USO: 1º Anel: 0,09 mm 2º Anel: 0,09 mm TRAVA DO PINO DO PISTÃO
  5. 5. CH125 7-4 Introduza cada anel no cilindro aproximadamente 20 mm da parte inferior do cilindro Meça a folga entre as extremidades do anel. LIMITE DE USO: 1º anel: 0,50 mm 2º anel: 0,60 mm Meça o diâmetro externo do pino do pistão. LIMITE DE USO: 14,96 mm Calcule a folga entre o pino e o pistão. LIMITE DE USO: 0,02 mm Meça o diâmetro interno do pé da biela. LIMITE DE USO: 15,06 mm Meça o diâmetro interno do furo do pistão. LIMITE DE USO: 15,04 mm CILINDRO/PISTÃO
  6. 6. CH125 CILINDRO/PISTÃO 7-5 Meça o diâmetro externo do pistão. NOTA LIMITE DE USO: 52,30 mm Compare essa medida com o limite de uso e calcule a folga entre o pistão e o cilindro. Consulte a página 7-2 sobre a medida do cilindro. Meça o diâmetro externo na saia do pistão, 10 mm acima da base e em direção perpendicular ao furo do pino do pistão. INSTALAÇÃO DOS ANÉIS DO PISTÃO Limpe a cabeça do pistão, as canaletas e a saia do pistão. Instale com cuidado os anéis no pistão. Posicione as extremidades dos anéis como mostra a figura abaixo. NOTA • Tenha cuidado para não danificar os anéis e o pistão durante a montagem. • Todos os anéis deverão ser instalados com as marcas voltadas para cima. • Após a instalação, os anéis devem girar livremente sem prender. 1º ANEL 2º ANEL ANEL LATERAL ESPAÇADOR ANEL LATERAL 1º ANEL 2º ANEL ANEL DE CONTROLE DE ÓLEO
  7. 7. CH125 7-6 INSTALAÇÃO DO PISTÃO Instale o pistão e o pino do pistão. Posicione o pistão com a marca "IN" voltada para o lado da válvula de admissão. Instale as presilhas novas do pino do pistão. NOTA • Não alinhe as extremidades das travas do pino do pistão com a ranhura do pistão • Coloque um pano sob o pistão para evitar a queda de travas no interior do motor. INSTALAÇÃO DO CILINDRO Remova todo o material da junta da superfície da carcaça do motor tomando o cuidado de não deixá-lo cair no interior do motor. NOTA Instale dois pinos guias e uma junta nova do cilindro. O material da junta sairá fácil se embebedar com solvente. Lubrifique o cilindro, o pistão e os anéis com óleo limpo do motor. Introduza com cuidado o pistão no cilindro comprimindo os anéis. Abaixe o cilindro. ATENÇÃO Não force o cilindro sobre o anel. Isto pode danificar os anéis e o pistão. Instale o parafuso da base do cilindro. Conecte a mangueira de água ao cilindro. Instale a guia da corrente de comando. NOTA Instale o cabeçote (capítulo 6). Aperte o parafuso da base do cilindro. TORQUE: 10 N.m (1,0 kg.m) Pressione a guia até a extremidade inferior encaixar no orifício da carcaça do motor. CILINDRO/PISTÃO TRAVA DO PINO NO PISTÃO JUNTA PINOS GUIAS ÓLEO LIMPO GUIA DA CORRENTE MANGUEIRA DE ÁGUA PARAFUSO
  8. 8. TAMPAS DO CHASSI CH125 INFORMAÇÕES GERAIS COMO USAR ESTE MANUAL Este manual de serviços descreve os procedimentos de serviços do modelo CH125. Siga as recomendações da tabela de manutenção (Capítulo 3) para que o veículo esteja em perfeitas condições de uso. Efetuar a primeira revisão indicada na tabela de manutenção é muito importante. Ela compensa o desgaste inicial que ocorre no período de amaciamento. Os capítulos de 1 a 3 descrevem a motocicleta em geral e os capítulos 4 a 17 descrevem as partes da motocicleta, agrupadas de acordo com a localização. Procure o capítulo desejado através desta página, em seguida veja o índice específico na primeira página desse capítulo. A maioria dos capítulos iniciam com uma ilustração do conjunto ou sistema, informações de serviço e diagnose de defeitos do capítulo. As páginas subsequentes descrevem os procedimentos detalhados. Se você não souber a causa do problema , veja o capítulo 18 DIAGNOSE DE DEFEITOS. HTA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Departamento de Serviços Setor de Publicações Técnicas Todas as informações, ilustrações e especificações incluídas nesta publicação são baseadas nas informações mais recentes disponíveis sobre o produto no momento de aprovar a impressão. A HTA Indústria e Comércio Ltda. reserva o direito de alterar as características do veículo a qualquer momento sem aviso prévio, sem que por isso incorra em obrigações de qualquer espécie. ÍNDICE GERAL INFORMAÇÕES GERAIS 1 LUBRIFICAÇÃO 2 MANUTENÇÃO 3 SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 4 REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR 5 CABEÇOTE/VÁLVULAS 6 CILINDRO/PISTÃO 7 POLIA MOTRIZ/EMBREAGEM/POLIA MOVIDA 8 REDUÇÃO FINAL 9 ALTERNADOR/EMBREAGEM DE PARTIDA 10 CARCAÇA DO MOTOR/ÁRVORE DE MANIVELAS 11 SISTEMA DE ARREFECIMENTO 12 13 COLUNA DE DIREÇÃO/RODA DIANTEIRA/FREIO/SUSPENSÃO 14 RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO 15 EQUIPAMENTO ELÉTRICO 16 DIAGRAMA ELÉTRICO 17 DIAGNOSE DE DEFEITOS SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTOR 18

×